• A GNR de Constância deteve, na tarde do dia 11 de Março, um homem de 77 anos por pesca ilegal. O idoso estava a pescar com um número de canas superior ao permitido por lei, tendo sido apreendidas três. Foi notificado para comparecer em tribunal. 

  • Com um valor médio de precipitação de 2.2mm, o mês de fevereiro registou um valor cerca de 50 vezes inferior ao normal (100,1 mm), o que permite classificá-lo como extremamente seco, sendo o fevereiro mais seco desde que se iniciaram os registos continuados de observação, em 1931.
    Esta situação ficou a dever-se à influência de cristas anticiclónicas sobre o território do continente, que foram atuando como bloqueio à influência e atravessamento das superfícies frontais que habitualmente afetam o território continental nos meses de inverno.
    Como decorrência da quase ausência de precipitação neste mês, a situação de seca meteorológica intensificou-se em todo o território nacional, encontrando-se no final do mês a totalidade do território continental em situação de seca, repartindo-se por seca severa (68%) e extrema (32%), os dois níveis de maior severidade deste fenómeno climático.
    A temperatura do ar registou igualmente valores extraordinariamente baixos, nomeadamente na temperatura mínima, com uma anomalia média de cerca de -5ºC em relação ao valor normal, o que posiciona este fevereiro como o segundo com temperatura mínima do ar mais baixa, desde 1931. Destaca-se ainda a ocorrência de vários dias com temperatura mínima inferior a 0ºC em muitas localidades e o registo de novos valores mínimos absolutos.
    As baixas temperaturas persistiram neste mês de Fevereiro durante longos períodos, tendo-se registado situações prolongadas de ondas de frio, tendo em alguns casos atingido mais de 18 dias consecutivos.
    Os valores médios da temperatura média e máxima do ar também foram inferiores aos respetivos valores normais, em -0,26ºC e -2,49ºC respetivamente, sendo o valor da temperatura média do ar, de 7,6ºC, o 5º mais baixo desde 1931.
    Neste mês e particularmente na segunda metade, o risco de incêndio florestal também acompanhou a excecionalidade meteorológica e atingiu níveis elevados, particularmente em comparação com períodos homólogos anteriores, apresentando forte correlação com o número de ocorrências e área ardida.

  • Abrantes e Mação estão no topo da lista de concelhos que registam maior número de idosos a viver sozinhos e isolados. Durante a operação “Censos Sénior 2011”, a GNR contabilizou, no distrito de Santarém, 2123 idosos, 1680 dos quais vivem sozinhos e 197 vivem isolados.
    O concelho de Abrantes foram registados 309 idosos a viver sozinhos e 37 que vivem isolados. Seguem-se Mação (250 e 24), Torres Novas (218 e 12), Chamusca (165 e 13), Golegã (153 e 1), Alcanena (150 e 3) e Vila Nova da Barquinha (118 e 7).
    A operação, realizada pelas secções de Programas Especiais (SPE) dos Destacamentos Territoriais, em toda a área de jurisdição da GNR, pretende “sinalizar as situações de potencial perigo e informar as entidades competentes de tais situações”, refere a GNR em comunicado.

  • As cadeiras do banco de suplentes do Estádio da Luz vão ser leiloadas. O valor angariado irá reverter a favor da Fundação Benfica e de projetos como o "Para ti Se não faltares!", implementado em Ponte de Sor.
    Até 12 de Março, em http://solidario.leiloes.net/fundacaobenfica, estarão à venda as cadeiras que estiveram no estádio desde a sua inauguração em 2003, que passaram pelo Euro 2004 e estiveram em uso até meados deste ano. As cadeiras vão ser leiloadas individualmente com uma base de licitação de 100 euros ou 500 euros na opção «compre já» que permite que o interessado compre a cadeira de imediato.
    "Para ti Se não faltares!" é o principal projeto da Fundação Benfica que tem como objetivo contribuir para o sucesso escolar dos seus beneficiários de zonas como Paranhos, Mondim de Basto, Elvas, Ponte de Sor, Setúbal, Marvila, Zambujal, Casal da Boba e Boavista. Visa a conceção, planificação e implementação de diversos projetos de carácter social, educacional, ambiental e saúde, como forma de contribuir para a qualidade de vida do ser humano, em particular de crianças e jovens em situação em risco, promovendo o desporto inclusivo, como defendem organizações internacionais.

  • A Câmara Municipal de Gavião, a Deco e o Núcleo Distrital de Portalegre da EAPN (Rede Europeia Anti-Pobreza) promovem, dia 13 de Março, uma sessão de informação acerca da Televisão Digital Terrestre. A iniciativa tem lugar, pelas 14h30, no Auditório da Biblioteca Municipal. Mais informações através dos mails geral@cm-gaviao.pt e portalegre@eapn.pt ou através dos números 241639070 e 245202407.

  • Estão abertas as inscrições para as tasquinhas e quiosques de vendas de bebidas, uma iniciativa que integra a Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem / Festas do Concelho 2012, que decorrerá nos dias 7, 8 e 9 de Abril.
    As tasquinhas que resultam de um desafio da Câmara Municipal de Constância, têm como principais objetivos preservar/divulgar a gastronomia do concelho e da região, colmatar as lacunas que os restaurantes e cafés têm na insuficiente oferta devido ao elevado número de visitantes e fomentar/proporcionar espaços de convívio e de confraternização.
    Deste modo, poderão inscrever-se para abertura de tasquinhas e de quiosques de vendas de bebidas Associações e Coletividades do Concelho, Estabelecimentos de ensino do Concelho e Comerciantes do Concelho.
    Os quiosques de bebidas serão autorizados apenas como complemento das tasquinhas selecionadas e/ou dos estabelecimentos de restauração e bebidas, existentes na sua zona de atividade.
    Cada participante deverá efetuar a respetiva inscrição, em impresso próprio, no Gabinete de Ação Cultural e Desporto da Câmara Municipal até ao dia 16 de Março. Consultar as normas e impresso para inscrição em www.cm-constancia.pt

  • Irá decorrer no dia 12 de Março, pelas 18h00, na Junta de Freguesia do Pego, a apresentação pública da proposta de Alteração ao Plano de Urbanização do Pego (PUP). Posteriormente, no dia 13 de Março, pelas 18h00, na Junta de Freguesia de Tramagal irá ser feita a apresentação pública da proposta de Revisão ao Plano de Urbanização do Tramagal (PUT). Ambas as sessões são abertas à comunidade.

  • Os Bombeiros Municipais de Abrantes e a Proteção Civil local contam a partir de agora com mais uma viatura, que contribuirá para a capacidade de socorro e segurança na comunidade. Trata-se de uma Canter, oferecida pela Mitsubishi Fuso Truck Europe, em 2008, que foi adaptada para o efeito.
    O veículo destina-se a apoio em incidentes de alguma dimensão, com intervenção significativa de recursos humanos e equipamentos. Possui diverso equipamento de apoio a situações multi-vítimas (macas de campanha), disponibilizando apoio com iluminação, fornecimento de energia e carregamento de aparelhos respiratórios para situações de incêndios estruturais ou resgates aquáticos. Também dispõe de equipamento de corte de madeira, ferro e betão, sinalização, apoio em cenário de inundações, apoio com equipamento sapador e apoio com escadas em trabalhos em altura.
    A viatura permite ainda, caso seja necessário, transportar o reboque da Tenda de Campanha.

  • O Ministério da Administração Interna vai antecipar o pagamento, por duodécimos, às 100 corporações de bombeiros que têm estado mais envolvidas no combate a incêndios florestais desde o início do ano, disponibilizando uma verba de 382 348 euros até ao início da próxima. Miguel Macedo decidiu ainda reforçar os meios operacionais devido às condições meteorológicas propícias à propagação de fogo.
    Assim, será activado um segundo helibombardeiro pesado para reforçar o dispositivo aéreo permanente, a partir da base de Santa Comba Dão, constituindo-se um dispositivo composto por quatro helicópteros Kamov para ataque ampliado. Os meios humanos vão contar com mais 86 elementos, dos quais 22 pertencem à Força Especial de Bombeiros, que vão ficar mobilizados e em pré-posicionamento, com elevado grau de prontidão, na Guarda. Os restantes 64 pertencem ao Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR, cujas 16 equipas vão ficar em elevado grau de prontidão nos distritos de Aveiro, Bragança, Coimbra, Porto, Vila Real e Viseu.
    Os meios vão ser disponibilizados no imediato, através da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), e vigorar enquanto as condições meteorológicas o exigirem. Mais de quatro mil incêndios florestais deflagraram este mês de fevereiro, segundo a ANPC, situação considerada anormal para época de Inverno.

  • Rodolfo Navalho está desaparecido desde o dia 23 de Fevereiro. Tem 18 anos e reside em Sardoal. A última vez que foi visto apresentava-se com um casaco verde e uns ténis pretos/azuis.
    Segundo Vasco Navalho disse ao Correio da Manhã, o irmão manteve o telemóvel ligado até domingo, mas não atendia as chamadas, nem respondia às mensagens. No entanto, enviou "mensagens estranhas" à namorada e à melhor amiga, a "despedir-se e a agradecer o que tinham feito por ele". "Não levou roupa nem quaisquer bens de casa, apenas os três euros que a minha mãe lhe deu no dia em que desapareceu".
    Rodolfo estuda na Escola Profissional de Desenvolvimento Rural das Mouriscas, em Abrantes, mas também não tem assistido às aulas.
    Quem souber de alguma informação pode contactar Vasco Navalho (963877632) ou a GNR do Sardoal (241850020).

  • Desde o início do ano já foram registados cerca de oito vezes mais fogos do que em igual período de 2011 e Instituto de Meteorologia prevê que a precipitação continue em valores abaixo do normal. O Governo promete tomar medidas.

    Mação registou um dos maiores incêndios deste fim de semana

    Em dois dias deflagraram 587 fogos, mais 206 do que em todo o mês de Fevereiro de 2011. Segundo dados da Protecção Civil, este fim de semana, estiveram no terreno 5331 operacionais apoiados por 1443 veículos e quatro meios aéreos. Em Mação registou-se uma das situações mais preocupantes.
    O fogo, que deflagrou na tarde de sábado, em Mação, consumiu mais de 200 hectares de floresta e chegou a colocar em perigo algumas habitações. Para o combate às chamas foram mobilizados mais de 150 operacionais, 40 viaturas e um helicóptero bombardeiro pesado. O incêndio terá sido provocado por uma queimada feita por um idoso.
    Refira-se ainda que um bombeiro, de 48 anos, da corporação de Vila de Rei, ficou ferido quando o autotanque em que seguia a caminho de Mação se despistou na EM244.

    Governo promete apoios antecipados e reforço de meios

    O tempo seco e os valores de precipitação bastante inferiores aos registados em Agosto são as principais razões para tão elevado número de incêndios e, segundo o Instituto de Meteorologia, as previsões apontam para que os valores de precipitação continuem abaixo do normal.
    Face a esta situação, o Ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, afirmou que o Governo vai antecipar o apoio previsto para as corporações de bombeiros mais mobilizadas para os diversos fogos que têm ocorrido no período de inverno. Esta medida visa apoiar as despesas extraordinárias feitas por algumas corporações de bombeiros desde o início do ano, até porque "não é normal que em Janeiro e Fevereiro haja tantas ocorrências e ignições como as que aconteceram".
    Para além desta medida imediata, que implica uma cedência antecipada dos duodécimos previstos para apoiar as corporações de bombeiros, o Ministério da Administração Interna já anunciou também o reforço de meios operacionais.

  • Aldeia do Mato, em Abrantes, na categoria Praias de Albufeiras e Lagoas. Alamal, no Gavião, e Penedo Furado, em Vila de Rei, na categoria Praias de Rios. Estão entre as 70 praias pré-finalistas do concurso "7 Maravilhas - Praias de Portugal".
    A lista, hoje divulgada, é liderada pelo Algarve com 13 praias candidatas. Seguem-se a região de Lisboa e Setúbal com 11 praias, Alentejo com 9, Estremadura e Ribatejo também com 9, Beira Litoral com 7, Açores com 6, Beira Interior com 5 praias, Entre o Douro e o Minho com 4, Madeira e Trás-os-Montes e Alto Douro ambas com 3 praias pré-finalistas cada.
    Na próxima fase, um painel de 21 personalidades notáveis vai selecionar as 21 Finalistas para votação pública que decorre de 7 de Maio a 7 de Setembro por SMS, chamada telefónica, internet (www.7maravilhas.pt ) e Facebook. As candidatas a "7 Maravilhas - Praias de Portugal" são organizadas em 7 categorias e as 7 vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que duas maravilhas por região.
    As "7 Maravilhas - Praias de Portugal" serão reveladas em direto na RTP1 a 8 de Setembro de 2012.

  • Terminam esta quinta feira, dia 1 de Março, as inscrições para a tradicional prova de vinhos na Sociedade Recreativa e Cultural de Foros de Domingão que se realiza no sábado, dia 3.
    Com início às 12 horas, a prova inclui almoço e os interessados devem efectuar a sua inscrição nas instalações da sociedade ou pelo telefone 932 069 059.

  • "Sinais de Alerta" é o tema da quarta sessão das Conferências do Liceu promovidas pelo Agrupamento de Escolas Dr Manuel Fernandes e pela Associação Palha de Abrantes. Fernando Alves é o orador da iniciativa agendada para o dia 20 de Abril, pelas 21h12, no edifício da Assembleia de Abrantes.

     

  • Construção de Coelhos da Páscoa é o Ateliê Criativo que decorrerá, dia 14 de abril, pelas 10h30, na sala de formação dos Serviços Culturais.
    Destinado a crianças entre os 5 e os 10 anos de idade,
    pretende-se que meninos e meninas dêem largas à sua imaginação, a fim de criarem os mais originais e coloridos coelhos da Páscoa.
    As inscrições têm o valor de 3€ e decorrem até dia 13 de abril, nos Serviços Culturais da Autarquia. Os portadores do Cartão Entroncamento Solidário usufruem um desconto de 50%.

     

  • Quinquilharia, bugigangas, ferramentas, diversões, guloseimas, roupas e calçado. Tudo este domingo, dia 1 de Abril, na tradicional Feira dos Santos que se realiza anualmente no Domingo de Ramos, no Largo Infante D. Henrique (também conhecido por Largo da Feira), em Mação.

     

  • A tradição da segunda-feira de Páscoa em Ponte de Sor vai mais uma vez cumprir-se. O tradicional piquenique da Salgueirinha no feriado municipal, este ano a 9 de abril , tem novamente a organização do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Ponte de Sor.
    Para além do convívio com largas dezenas de anos, tem lugar também o habitual sorteio do borrego e a animação este ano a cargo do organista Nuno Florindo.

     

  • Os tradicionais festejos em Tramaga, de 7 a 9 de Abril, abrem a chamada época de Festas de Verão. Como sempre no fim de semana da Páscoa e durante três dias a animação vai ser muita. Torneios de sueca e malha, a presença dos grupos Cristais da Noite, sábado, Miúdos da Rua, domingo e do Duo Musical Star no feriado de segunda-feira de Páscoa, são a garantia de animação e divertimento. Novidade na edição de 2012 é a realização de uma prova de resistência de todo o terreno, com a duração de 2 horas, para motorizadas de 50 cc 

  • Os autocarros e os motoristas do Município Sardoal vão assegurar um circuito concelhio de transporte coletivo, que funcionará em dois dias da semana, sendo complementares, entre si, e fazendo a cobertura de todas as freguesias. A proposta, apresentada por Miguel Borges, vice-presidente da Câmara Municipal do Sardoal, foi aprovada por unanimidade na sessão do Executivo Municipal, realizada em 21 de março.
    O circuito terá início às 8h30m, no Largo do Mercado Diário, percorrerá todas as freguesias e regressando. Outro circuito, em sentido inverso, terá início às 15 horas. Os utilizadores terão este serviço à disposição a título gratuito, ou contribuindo através de um preço simbólico, de acordo com os trâmites do Regulamento de Utilização destes transportes, que se encontra a ser ultimado.
    Este projeto pretende minimizar as dificuldades de mobilidade que existem no concelho de Sardoal, devido à falta de oferta de transportes públicos coletivos e pretende, em especial, assegurar meios de deslocação a um número significativo da população local, composta por pessoas idosas.
    Assim, pretende-se simplificar e promover a deslocação dos habitantes das aldeias das várias freguesias, frequentando o comércio local ou tratando de assuntos relativos aos serviços municipais, serviços de saúde e Segurança Social, instituições bancárias e outros serviços centralizados na vila.
    Este circuito insere-se num programa mais vasto de Ação Social e irá passar por um período experimental. O Município espera que dentro de um ou dois meses este projeto possa passar à prática.

     

  • Paulo Grácio, o principal suspeito da morte da sua mãe, Lídia Grácio, vai ser presente a um juiz amanhã, dia 28 de Março. Tendo já sido interrogado pela Polícia Judiciária, o homem, de 33 anos, confirmou a agressão e está detido na esquadra da GNR de Tramagal.
    O suspeito, com antecedentes criminais, sofre de esquizofrenia, tendo, há poucos dias, agredido também o pai. Dada a agressividade de Paulo Grácio, Lídia Grácio já tinha pedido ajuda para que o filho fosse internado, mas sempre sem resposta.
    A vítima, de 55 anos, foi encontrada numa rua de Tramagal, onde viviam, pelas 17h00 de ontem, com sinais de uma morte bastante violenta. O funeral será amanhã, pelas 17 horas.

     

  • A ASAE deteve, no dia 15, num café de Vila Nova da Barquinha, duas pessoas, por jogo ilícito, tendo apreendido uma roleta com um valor de 2000€.

     

  • Uma mulher, suspeita de furto, foi detida pala GNR de Chamusca, na tarde de ontem, dia 25.
    A detida terá furtado bens de um supermercado, tendo a queixa sido formalizada pelo representante do estabelecimento. Foi restituída à liberdade e notificada para comparecer em tribunal.

  •  Dois condutores, de 53 e 64 anos, foram detidos pela GNR de Mação, na manhã do dia 23, por conduzirem com excesso de álcool no sangue. Conduziam com taxas de 1,72 e 1,90 G/L pelo que serão presentes a tribunal

  • Dois homens foram detidos pela GNR de Vila Nova da Barquinha, na madrugada do dia 22, na Praia do Ribatejo, por furto.
    Os suspeitos, de 43 e 51 anos, foram surpreendidos com 240 metros de cabo pertencentes a uma empresa de telecomunicações. Serão presentes a tribunal.

  • Três estrangeiros foram detidos por furto num supermercado, na tarde do dia 14, pela GNR da Chamusca.
    Os indivíduos foram intercetados pouco depois do furto. Seguiam na EN 118 numa viatura quando os militares os alcançaram, tendo ainda na sua posse todos os artigos furtados – garrafas de bebidas alcoólicas e cosméticos. Têm entre 24 e 32 anos e serão presentes a tribunal.

     

  • O Clube de Motards “Os Últimos do Ribatejo”, de Sardoal, promove, esta sexta-feira, dia 6, uma ação de Natal junto das crianças e idosos do concelho.
    Esta atividade, que se realiza pelo segundo ano consecutivo, consiste na distribuição de prendas aos utentes do Centro de Dia de Alcaravela e do Lar da Santa Casa da Misericórdia durante a manhã e, na parte da tarde, aos alunos dos jardins-de-infância do concelho.
    Para o efeito, os motards de Sardoal irão vestir-se a rigor, encarnando a personagem do Pai Natal, com o objectivo de proporcionar aos idosos e às crianças do concelho momentos de diversão aliados à magia do Natal.

     

  •  

    O tradicional Mercado de Janeiro, volta a Sardoal este domingo, dia 8, com tendas e bancas montadas nas ruas, no espaço entre a Avenida Luís de Camões, Praça da República e artérias adjacentes.
    Este mercado é anual, realiza-se sempre no segundo domingo de cada ano e nele se comercializa, em especial, utensílios agrícolas, ferros e alimentos próprios desta época. Sem a dimensão popular e comercial que tinha em tempos idos, o mercado de janeiro em Sardoal, ainda mobiliza as populações das terras limítrofes, que aí se deslocam em ambiente de festa e animação.
    Antigamente era nesta altura que se faziam importantes transações de gado vivo, em especial de espécies bovinas, caprinas e suínas. No espaço do antigo mercado, junto às escolas primárias (hoje Avenida Heróis do Ultramar) efetuavam-se vendas significativas de porcos gordos, ou de leitões para criar sendo uma das formas de subsistência de muitas famílias.
    Recorde-se que o porco tinha uma enorme importância na economia familiar e o dia da matança era acompanhado de rituais festivos, porquanto era a garantia de alimentação para o ano inteiro, com as carnes conservadas nas “salgadeiras”.

  • A tradicional Feira de S. Matias realiza-se entre 24 de Fevereiro e 11 de Março de 2012, no Tecnopolo do Vale do Tejo, em Alferrarede.
    Um dos focos de atracção é a diversão electromecânica para crianças e adultos. Também não faltam, nesta Feira, as barracas de quinquilharia, cerâmica, utensílios de cozinha, objectos de decoração, assim como, as barracas e roulottes de farturas, pipocas e algodão doce, pão quente, torrão de alicante, bem como os bares e barracas de exploração de máquinas eléctricas de diversão (videojogos, flippers e similares).
    As suas origens remontam ao século XIII e afirma-se como um marco sócio–cultural na vida dos abrantinos e dos visitantes que, vindos dos concelhos vizinhos, aqui se deslocam durante esse período.

     

  • Portugal é o único país, entre os seis mais afectados pela crise na União Europeia, onde o esforço exigido pelas medidas de austeridade pesou mais sobre os mais pobres do que sobre os mais ricos. A conclusão é de um estudo da Comissão Europeia que analisa as medidas tomadas entre 2009 e Junho de 2011.
    O documento conclui que, entre a Grécia, Espanha, Irlanda, Reino Unido e Estónia, Portugal "é o único país com uma distribuição claramente recessiva", ou seja, onde os pobres pagaram proporcionalmente mais que os ricos para o esforço de consolidação das contas públicas.

     

  • Foram encontradas, hoje, dia 3, mais peças de artilharia no rio, junto à Barca do Tejo, em Tramagal, tendo sido os explosivos entregues à Brigada de Minas e Armadilhas de Leiria.
    Mas não é a primeira vez que se encontram munições neste local. Aliás, uma situação idêntica foi noticiada pelo jornal Abarca, na edição de Janeiro de 2008, tal como seguidamente se transcreve:

     

    MARÉ BAIXA “DESTAPA” EXPLOSIVOS EM TRAMAGAL
    GRANADAS À BEIRA DO TEJO

    Três munições com 105 milímetros de diâmetro foram encontradas no Tejo, em Tramagal. A população diz que provêm da Metalúrgica Duarte Ferreira e que foram atiradas ao rio, há mais de 50 anos, após o acidente que causou dois mortos e nove feridos.

    Pouco passava das dez da manhã, quando, no dia 26 de Dezembro, Jorge Pereira, enfermeiro militar, encontrou peças de artilharia no rio, junto à Barca do Tejo, em Tramagal. É habitual passear na zona, mas naquele dia “o rio estava anormalmente baixo e junto às pedras vi uma granada perfeitamente definida, com o ranhurado típico deste tipo de munições”. Ao lado, estava outra “mais dissimulada” e uma terceira foi encontrada, posteriormente, pela Brigada de Minas e Armadilhas de Leiria.
    Jorge Pereira explica que são munições, possivelmente, de carros de combate, com 105 milímetros de diâmetro e, apesar
    do estado de degradação, conseguiu reconhecer os objectos. No entanto, “para um cidadão comum não é assim tão fácil identificá-las. Podem confundir-se com garrafas de litro e meio, ou com latas, o que é mais provável, porque pela ferrugem vê-se que é um objecto metálico. Na parte mais bojuda têm uns vincos e uma cavidade na zona de inserção da espoleta”.
    Mas não é a primeira vez que se encontram munições naquele local. “Numa das ocasiões, a brigada fez explodir uma das granadas, supondo que estivesse activada”, acrescenta Jorge Pereira.
    Embora ninguém o confirme, supõe-se que estes engenhos provêm da Metalúrgica Duarte Ferreira e que foram atiradas ao rio depois do acidente com munições deste tipo, ocorrido a 30 de Abril de 1956, nas instalações da MDF.
    Na altura, José Maria Lopes, 68 anos, era trabalhador da MDF. Trabalhava junto aos fornos e conta que era habitual fundirem-se invólucros de explosivos, porque um dos fornecedores da MDF era as forças armadas. Naquele dia, 30 de Abril de 1956, as duas granadas atiradas para o forno estavam activas. A primeira explodiu dentro do forno e a violência da explosão fez saltar a segunda que deflagrou no exterior. O desastre atingiu 11 homens, dois dos quais morreram.
    Eram 10 horas e 37 minutos. José Lopes, então com 17 anos, estava a pregar pregos em peças de material de lavoura, e ficou sem o braço direito. “A partir desse dia, a fundição nunca mais usou esse tipo de sucata e os meus colegas disseram
    que as granadas foram atiradas ao Tejo”, declara José Lopes.
    Jorge Pereira opina que “ninguém se desfaz de munições activas, mas, até prova em contrário, elas oferecem perigosidade. Arma que mata não é a que nós sabemos que está carregada, mas sim a que pensamos que está descarregada. Devemos tratá-las como estando activas, nunca lhes devemos mexer”. O militar adianta ainda que “os pescadores dizem que há mais munições por aí”.
    No entanto, a GNR “parte do princípio que não existam mais”, porque “quando fomos ao local batemos a área”. A mesma fonte revela também que as empresas que usam este tipo de munições já foram alertadas.

     

  • O CAO – Centro de Actividades Ocupacionais de Vila de Rei, com o apoio da Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, vai levar a cabo a organização da Feira da Solidariedade – Grandes Saldos, entre os dias 16 e 31 de Janeiro.
    A iniciativa, a decorrer no hall da Biblioteca Municipal, engloba a venda e exposição de trabalhos realizados pelos utentes do CAO de Vila de Rei, sendo que os lucros obtidos com esta Feira reverterão a favor desta instituição de solidariedade social Vilarregense.
    O CAO tem como finalidade proporcionar aos jovens e adultos portadores de deficiência grave e profunda um conjunto de actividades socialmente úteis, de forma a permitir-lhes uma valorização pessoal e o aproveitamento das suas capacidades 

  • Realiza-se, este domingo, dia 15 de Janeiro, a habitual Feira de Janeiro. Nesta ocasião pode aproveitar para comprar árvores de fruto e plantas, bem como roupa, calçado, cestaria, outros objectos de utilidade para si e para o lar e muito mais.
    Os feirantes instalam-se maioritariamente no Largo Infante D. Henrique (igualmente conhecido por Largo da Feira), mas a Feira estende-se também por outras artérias da Vila, nomeadamente no Largo dos Bombeiros e ainda na Praça Gago Coutinho, onde pode encontrar toda a variedade de árvores de fruto para plantar nesta época do ano.
    A Feira de Janeiro realiza-se anualmente, no terceiro domingo do mês.

     

  • Francisco Louro, Comandante dos Bombeiros de Gavião, é o novo presidente da Federação de Bombeiros do Distrito de Portalegre, sucedendo a Simão Velez, que não se recandidatou. Os Órgãos da Federação integram ainda, como secretária da Mesa da Assembleia Geral, Luísa Monteiro dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Sor.

     

  •  

    A cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores do Concurso “Presépios na Cidade”, decorreu, no dia 6 de Janeiro, na Sala da Cultura do Pavilhão Desportivo Municipal e contou com as atuações da Tuna da Universidade Sénior do Entroncamento, da Banda da Associação Filarmónica do Entroncamento (sob a direção do Maestro Carlos Gameiro), de um grupo de alunos da Escola E.B. 2/3 Dr. Ruy D’Andrade (atuação musical) e do Grupo de Janeiras da Paróquia da Sagrada Família.

    Os vencedores foram:

    Categoria “Comércio Local” (total de 22 estabelecimentos a concurso)
    Vencedor - Santos e Cunha, Lda.
    2º Lugar – Chupeta

    Categoria “Escolas do Concelho” (total de 7 inscrições)
    Vencedor – Jardim de Infância Sophia de Mello Breyner
    2º Lugar – Jardim de Infância João de Deus

    Categoria “Instituições do Concelho” (com 4 instituições a concurso)
    Vencedor – Lar dos Ferroviários
    2º Lugar – Centro de Convívio da 3ª Idade

    Este concurso foi uma iniciativa conjunta da Câmara Municipal do Entroncamento e da Pastoral da Cultura da Paróquia da Sagrada Família e teve como principal objetivo a retoma dos valores tradicionais relacionados com a quadra natalícia, assim como a dinamização do comércio na cidade, através da realização de presépios tradicionais.
    Os prémios e certificados de participação foram entregues pelo Vereador a Tempo Inteiro, João Canaverde e por Maria Luís Reis, da Pastoral da Cultura (na categoria “Comércio Local”), pela Vice-Presidente, Paula Costa e por Maria José Martins da Pastoral da Cultura (categoria “Escolas”), pelo Reverendo Padre António Vicente (pároco da Paróquia da Sagrada Família) e pelo Presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jaime Ramos (categoria “Instituições”).

     

  •  

    As Festas da Cidade de Ponte de Sor 2012 decorrem de 4 a 8 de julho no Anfiteatro da Zona Ribeirinha e zona envolvente.
    Mostra de artesanato, gastronomia representativa das sete freguesias do concelho e a animação noturna, fazem parte do programa dos cinco dias do evento. Enquanto se aguarda o programa definitivo da edição deste ano, estão já abertas as inscrições para os artesãos que pretendam estar presentes na mostra de artesanato. Informações em www.pontedesor.pt

     
  • O Plano Municipal de Emergência de Protecção Civil (PMEPC) de Vila de Rei foi aprovado, no passado dia 14 de Janeiro, pela Comissão Nacional de Protecção Civil.
    O Plano, elaborado pelo Núcleo de Protecção Civil e Gabinete Técnico Florestal, em parceria com a empresa Matacortex, foi o primeiro dos planos dos 11 municípios do distrito a ser aprovado, sendo que cinco PMEPC’s encontram-se já em análise por parte da CNPC e os restantes cinco estão ainda em fase de conclusão por parte das Autarquias.
    A elaboração do PMEPC de Vila de Rei permite enfrentar a generalidade das situações de emergência que se admitem para o Concelho, clarificando e definindo as atribuições e responsabilidades que competem a cada um dos agentes de protecção civil intervenientes em situação de acidente grave ou catástrofe, susceptíveis de afectar pessoas, bens ou o ambiente.

  • O Grupo de Voluntariado de Vila de Rei, com o apoio da Câmara Municipal e do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro, organiza, dia 4 de Fevereiro, um conjunto de actividades de relacionadas com a promoção de acções de sensibilização e de prevenção para a comunidade Vilarregense.
    Nesse sentido, tem lugar a realização de um Passeio Pedestre, com início marcado para as 10 horas junto ao edifício da Câmara Municipal. Parte do percurso coincide com o conhecido “Trilho das Cascatas”, passando pelas aldeias de Lavadouro e Escalvadouro, regressando depois a Vila de Rei.
    Os participantes juntam-se de seguida nas imediações do recinto da Feira para um almoço partilhado, onde cada pessoa contribui com alimentos para a realização do mesmo.
    Na parte da tarde, pelas 15 horas, a Biblioteca Municipal José Cardoso Pires recebe uma Acção de Sensibilização, que contará com a presença da Dr.ª Natália Amaral, Secretária-Geral da Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do centro, e da Dr.ª Irina Rocha, assistente social da mesma instituição. As oradoras convidadas farão uma apresentação da organização e, posteriormente, debaterão os temas “Rastreio do Cancro da Mama – A sua Importância” e “O Voluntariado na Liga Portuguesa Contra o Cancro”.

     

  • Aldeia do Mato, em Abrantes, Alamal, no Gavião, Carvoeiro, em Mação e Fernandaires, Praia Fluvial da Zaboeira e Penedo Furado, em Vila de Rei, estão entre as 296 candidatas às "7 Maravilhas - Praias de Portugal".
    As 70 praias pré-finalistas, eleitas por 70 especialistas, serão conhecidas a 27 de Fevereiro, tendo em conta 7 critérios: Beleza da praia; Qualidade da água e Limpeza da praia; Estado de conservação dos sistemas naturais (fauna e flora) e sistemas edificados; Serviços prestados aos utentes da praia; Espaços públicos de qualidade; Preservação da Identidade Local; e as Condições naturais para a prática desportiva.
    Posteriormente um painel de 21 personalidades notáveis vai selecionar as 21 Finalistas para votação pública que decorre de 7 de Maio a 7 de Setembro por SMS, chamada telefónica, internet (www.7maravilhas.pt ) e Facebook. As candidatas a "7 Maravilhas - Praias de Portugal" são organizadas em 7 categorias e as 7 vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que duas maravilhas por região.
    As "7 Maravilhas - Praias de Portugal" serão reveladas em direto na RTP1 a 8 de Setembro de 2012.

     

  • A Câmara Municipal do Entroncamento, deliberou, na reunião de 16 de janeiro, iniciar o processo de Alienação dos Fogos de Habitação Social (Blocos G, H, I e J), situados na Rua General Humberto Delgado, propondo a respetiva venda aos atuais inquilinos.
    Aos blocos G e H, cuja construção data de 1990, foi atribuído como valor de venda 15 mil euros para os apartamentos T1 e 25 mil euros para os apartamentos T2. Para os blocos I e J, construídos em 1999, os valores de alienação serão 17 mil euros para os apartamentos T1 e 27 mil euros para os apartamentos T2.

     

  • O Município do Entroncamento e a Fernave vão assinar, dia 26, um Protocolo de Cooperação.
    A acção insere-se no âmbito da formação rodoviária, direcionada a empresas industriais, operadores de transporte de passageiros e de mercadorias, profissionais liberais habilitados para o transporte de passageiros (táxis) e crianças, outros profissionais com habilitação para o transporte de passageiros e de mercadorias, pessoas singulares que pretendam obter a carteira da habilitação para o transporte de passageiros e mercadorias, dos concelhos do Entroncamento e limítrofes.
    No mesmo âmbito, será celebrado um Protocolo de Cooperação entre a Fernave e a Carristuir perspetivado na ótica do desenvolvimento do Centro de Formação, na vertente rodoviária, através da criação de um Centro de Formação de Excelência, vocacionado para a formação de Motoristas, que irá contribuir para o desenvolvimento local e regional.
    A cerimónia de assinatura dos Protocolos decorre nas instalações do Centro de Formação da Fernave, no Entroncamento, pelas 15h.

     

  • O Gabinete de Inserção Profissional (GIP) da Câmara Municipal da Chamusca, a partir de 1 de Fevereiro, passa a funcionar no Centro de Empresas da Chamusca, na Rua Anselmo de Andrade.
    A funcionar, neste momento, no Centro de Inclusão Social o GIP tem registado um aumento contínuo de atendimentos e com vista à manutenção da qualidade dos mesmos, opta-se pela mudança para um espaço individualizado que garanta uma resposta de maior qualidade.

     

  • A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, identificou e deteve um homem presumível autor material de um crime de roubo e de dois crimes de ofensa à integridade física, cometidos na zona do Entroncamento.
    O suspeito, calceteiro de profissão, atuava com particular violência e possui antecedentes policiais e criminais, tendo já estado preso preventivamente, encontrando-se atualmente em liberdade condicional.
    O detido, com 24 anos de idade, vai ser presente presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

     

  •  

    Filipe Matias, o alentejano vencedor da última edição do concurso da SIC “Peso Pesado”, vai estar no Sardoal para falar sobre “Vida Saudável”, numa palestra informativa promovida pela Associação de Pais e Encarregados de Educação de Sardoal, no Centro Cultural Gil Vicente, dia 11 de fevereiro, pelas 16 horas.
    Este concorrente, que no decorrer do concurso, perdeu 70 quilos de peso e 42% de massa bruta, vai estar acompanhado pela dietista Célia Lopes, que falará sobre bons hábitos alimentares. A iniciativa é aberta ao público em geral, tem entrada livre e é apoiada pelo Agrupamento de Escolas e Câmara Municipal.

  • Entre 24 de Fevereiro e 25 de Março a lampreia será rainha nos restaurantes do concelho de Mação que aderirem ao Festival da Lampreia.
    Aproveitando a época da lampreia (de meados de Janeiro até finais de Abril), a Câmara Municipal de Mação pretende com esta iniciativa promover a gastronomia local, através dos pratos de lampreia mais conhecidos e tradicionais do concelho, nomeadamente o Arroz de Lampreia.
    Integram o Festival da Lampreia os restaurantes Avenida (Mação), Casa Cardoso (Envendos), Casa Velha (Mação), Dona Flor (Penhascoso), Koisas dos Deuses (Mação), Lena da Barragem (Ortiga), O Cantinho (Mação), Godinho (Mação) e Solar do Moinho (Cardigos).
    Juntando o delicioso ao agradável a Marca Mação estará presente no Festival, com o Presunto e os Enchidos a servir de entrada à rainha do Festival.
    Outra novidade é a oferta, junto com cada refeição em cada um dos restaurantes, de uma senha de entrada gratuita no Museu de Arte Pré-Histórica de Mação ou nas Piscinas Cobertas de Mação.
    O Festival da Lampreia de Mação promete receber os amantes da Gastronomia, durante um mês, com toda a qualidade e sabor de um prato de excelência que o Tejo traz a Mação e os nossos restaurantes preparam com toda a qualidade.

     

  •  

    O Centro de Convívio da Terceira Idade, no Entroncamento, inaugurado a 10 de Junho de 1990, sofreu obras de remodelação e ampliação em Junho de 2010, colocando, atualmente, à disposição dos seus utentes, uma Sala de Leitura, uma Sala de Informática e uma Sala Polivalente.
    Tendo como preocupação ir ao encontro dos interesses e das necessidades dos idosos, uma equipa Técnica do Município desloca-se diariamente às instalações do Centro de Convívio, no sentido de prestar um apoio mais atento e personalizado aos seus utentes, mantendo uma dinâmica de grupo, proporcionando e desenvolvendo diversas atividades no âmbito da música, narração de histórias, expressão física e corporal, passeios, ginástica e hidroginástica, visionamento de filmes, ateliês de expressão plástica, jogos tradicionais, jogos de concentração e memorização, informática e alguns debates, recordando e partilhando histórias e experiências de vida.
    Estas atividades têm por objetivo dinamizar o Centro de Convívio de forma mais atrativa, prática e dinâmica para os utentes, todos eles com mais de 60 anos de idade. Nesse sentido, e numa lógica de rentabilização dos recursos humanos existentes, envolveram-se diversos serviços municipais, nomeadamente os Serviços de Apoio Social, a Cultura, a Biblioteca e o Desporto, que conjugadamente, e em espírito de equipa, conduzem a sua atividade em prol do bem-estar dos idosos.
    Os utentes beneficiam ainda das parcerias realizadas com diversas entidades do concelho, entre as quais se destacam as Escolas, o Banco de Voluntariado e algumas Associações, desenvolvendo projetos que contribuem para a quebra das barreiras do isolamento, permitindo a participação ativa dos idosos na vida social e cultural do concelho.

     

  •  

    O Município do Entroncamento e a Fernave efetivaram a assinatura de um Protocolo de Cooperação, no dia 26 de janeiro, no âmbito da formação rodoviária.
    Durante a cerimónia foi igualmente celebrado um Protocolo de Cooperação entre a Fernave e a Carristur, perspetivado na ótica do desenvolvimento do Centro de Formação. Esta iniciativa irá contribuir para o incremento local e regional, através da criação de um Centro de Formação de Excelência, vocacionado para a formação de Motoristas.
    As primeiras formações já estão previstas, estando a Fernave está a efetuar uma Campanha Promocional de Ano Novo, a vigorar de janeiro a março, com preços especiais para as formações de 35h em CAM (Certificado de Aptidão de Motoristas) e TCC (Transporte Coletivo de Crianças), respetivamente com um custo de 170€ e 130€. Os interessados devem contatar a Fernave do Entroncamento, na Rua D. Afonso Henriques, no Entroncamento ou através do telefone 249131202.

  • A ponte sobre o rio Tejo que liga Constância Sul a Praia do Ribatejo vai estar encerrada ao trânsito entre as 21h00 do dia 8 de fevereiro e as 7h00 do dia 9 de fevereiro devido a trabalhos de remoção das escadas de acesso à parte inferior do tabuleiro.
    De modo a facilitar a travessia do rio e a minimizar os incómodos causados com o encerramento da ponte, a Câmara Municipal vai colocar à disposição do público o barco municipal. Assim, no próximo dia 8 de fevereiro, haverá passagens nos seguintes horários: das 13h30 às 20h30 as travessias terão lugar de meia em meia hora e das 20h30 às 23h30 as passagens decorrerão de hora a hora. Já no dia 9 de fevereiro, haverá uma travessia às 00h30, às 5h30 e às 6h30, após as quais o barco retomará o seu horário normal de funcionamento.

     

  • A Freguesia de Alferrarede assinala, dia 25 de Fevereiro, o seu 53.º aniversário. As comemorações deste ano têm como objectivo apoiar os mais desfavorecidos.
    Deste modo, todos os que participarem no almoço, cujas inscrições decorrem na Junta de Freguesia até ao dia 23 de Fevereiro, são convidados a pagar 15 euros, dos quais 2 euros reverterão a favor do Banco Solidário de Alferrarede. Também a favor do Banco Solidário reverterá integralmente a receita do serviço de bar a instalar no Tecnopolo onde, durante a tarde, terá lugar um Festival de Folclore e a actuação de Graciano Ricardo.
    O Banco Solidário, iniciativa da Junta e Comissão Social da Freguesia de Alferrarede, assume-se como um recurso para apoiar as pessoas e famílias carenciadas da freguesia e também todos aqueles que são vítimas da crise. Este apoio é concretizado através da entrega de alimentos, roupa e medicamentos a quem deles mais necessitar.

     

  •  

    Portugal continental encontra-se em situação de seca meteorológica, com 11% em seca severa, 76% em seca moderada e 13% em seca fraca. Segundo o Observatório de Secas do Instituto de Meteorologia, os valores de precipitação registados em janeiro foram muito inferiores aos respetivos valores normais para este mês.
    O total de precipitação foi de 16.3mm, correspondendo a menos de 15% do valor normal o que se traduz numa diminuição de 101mm, sendo comparável com os valores normais dos meses de verão, julho (13.8mm) e agosto (13.7mm).
    O ano hidrológico, iniciado em outubro de 2011, apresenta valores de precipitação abaixo do normal, com exceção do mês de novembro que se classificou como chuvoso. No entanto, são valores superiores aos verificados na pior situação de seca da última década (2004/2005), situação que se deve fundamentalmente à referida precipitação ocorrida durante o mês de novembro.
    Esta situação de seca meteorológica resulta da situação sinótica que tem prevalecido, caracterizada pela localização do anticiclone dos Açores que estendendo-se em crista para o território continental vem impedindo que este seja influenciado pelas superfícies frontais normalmente responsáveis pela precipitação em Portugal nesta época do ano.
    Em termos de evolução para fevereiro e tendo em conta a previsão elaborada pelo Centro Europeu de Previsão do Tempo a Médio Prazo, o cenário mais provável no final do mês aponta para o aumento da severidade da situação de seca meteorológica em Portugal continental.
    Relativamente a previsões para a primavera, a informação disponível aponta para valores abaixo do normal em todo o território continental a norte do sistema montanhosos Montejunto-Estrela, embora esta informação deva ser utilizada com alguma reserva tendo em conta a fiabilidade que este tipo de previsão ainda tem para a latitude de Portugal Continental.

     

  • A Câmara Municipal de Sardoal realiza, dia 19 de fevereiro, uma festa de carnaval, com desfile e concurso informal de máscaras, a partir das 15 horas.
    A concentração de mascarados tem lugar na Praça da República e, por volta das 16 horas, será organizado um desfile que percorrerá várias artérias da vila, entre as quais a Praça Nova e a Rua 5 de Outubro. Segue-se um concurso informal de máscaras, com os participantes a exibirem-se perante um júri carnavalesco nomeado para o efeito. Haverá prémios para as melhores máscaras, designadamente brinquedos e materiais didáticos.
    Esta festa de Carnaval é dirigida em especial às crianças e jovens, embora os graúdos também possam (e devam) participar.
    Em caso de mau tempo, a festa será organizada no Mercado Diário de Sardoal.

     

  • As Piscinas Municipais Cobertas de Mação promovem, dia 20 de Fevereiro, uma actividade exclusivamente destinada a avós e netos. A partir das 10h15 os utentes das Piscinas que frequentam a Hidrosénior, assim como outros interessados em participar, podem trazer companhia para a aula. A iniciativa é aberta à população.

     

  • A Câmara Municipal do Entroncamento promove, dia 25 de Fevereiro, um Workshop de DJ. Trata-se de uma atividade dirigida aos jovens dos 14 aos 18 anos, que tem lugar das 14h30 às 17h30, na Sala de Formação dos Serviços Culturais.
    O evento é produzido pela Escola ProDJ, vocacionada para o ensino profissional das atividades de DJ, VJ e Produção, tendo constituído a primeira Roland Academy da Península Ibérica. Mais do que uma escola de música e novas tecnologias, é um local de vivência de experiências que se pretende que sejam únicas e personalizadas, de acordo com as práticas individuais existentes.
    As inscrições, que decorrem até ao dia 20 de fevereiro nos Serviços Culturais, têm o valor de cinco euros.

     

  •  

    A Câmara Municipal de Abrantes vai apoiar projectos de intervenção social, no âmbito do Programa Finsocial, no valor 69 mil euros.
    Nesta segunda edição há 16 projectos apoiados, desenvolvidos pelas seguintes entidades: Associação Vidas Cruzadas; Associação Cres.Ser; Associação Juventude Ação no Futuro; Centro Recuperação Integração Abrantes; Associação Humanitária Dadores de Sangue da Freguesia de Tramagal; Montepio Abrantino Soares Mendes; Universidade da Terceira Idade de Abrantes; Associação de Reformados do Tramagal; Associação Cultural os Amigos de Martinchel; Associação de Pais e Encarregados de Educação da E.B 1º e jardim de Infância de Mouriscas; Associação Cultural e de Desenvolvimento Nova Aliança; Centro Social Interparoquial de Abrantes; Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Estabelecimentos de Ensino do Oeste do Concelho de Abrantes; Palha de Abrantes - Associação de Desenvolvimento Cultural e Centro Recreativo e Cultural de Barreiras do Tejo.
    Este apoio é dirigido a projectos a desenvolver na área da intervenção social que contribuam para promover a inclusão social e a igualdade de oportunidades, envolvendo pessoas em situação de vulnerabilidade social, nomeadamente crianças desfavorecidas, idosos em isolamento social, pessoas em situação de pobreza, desempregados, deficientes, emigrantes, minorias étnicas, residentes no concelho de Abrantes.
    Os projectos são apoiados até ao limite de 70% do seu custo real, devendo as entidades promotoras justificar o financiamento restante, sendo que, de acordo com os critérios de avaliação definidos, há projectos aprovados entre os 300 e os 10 mil euros, limite máximo de apoio previsto no Regulamento.

     

  •  

    O Município de Vila Nova da Barquinha e a Escola Prática de Engenharia de Tancos celebraram, a dia 31 de Janeiro, um Protocolo de cooperação para beneficiação da rede viária rural do município.
    São cerca de 30 kms de extensão de estradas a intervencionar, com execução de trabalhos de terraplanagem, compactações mecânicas e pequenas obras de drenagem pelos meios humanos e materiais daquela unidade de Engenharia Militar do Exército.
    O documento foi firmado pelo Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, Vitor Miguel Martins Arnaut Pombeiro, e pelo Comandante em Exercício de Funções da EPE, Tenente-Coronel de Engenharia, Leonel José Mendes Martins.

  • O peixe do rio volta a animar a gastronomia em Vila Nova da Barquinha até dia 8 de Abril. Pelo 18.º ano consecutivo, o Município e os restaurantes do concelho unem-se para promover mais uma edição da mostra gastronómica “Mês do Sável e da Lampreia”, iniciativa que tem como principal objectivo promover a cozinha típica e tradicional.
    Iguarias como Açorda de Sável e Arroz de Lampreia, entre outras receitas tradicionais, são servidas à mesa dos oito restaurantes aderentes, num concelho cuja história está intimamente ligada à actividade piscatória. Ao provar os pratos únicos da gastronomia portuguesa e que remontam aos princípios da nacionalidade, os visitantes poderão ganhar bilhetes para passeios de barco ao Castelo de Almourol e conhecer um monumento ímpar e na região e no país, com um património arquitectónico e paisagístico magnífico (1 bilhete por dose, sendo a promoção válida apenas ao fim-de-semana).
    Os restaurantes aderentes são A Carroça (Limeiras), Almourol (Tancos), O Chico (Praia do Ribatejo), Palmeira (Barquinha), Platina (Cardal), Soltejo (Barquinha), Stop (Atalaia) e Tasquinha da Adélia (Barquinha).

     

  • Sardoal dispõe, desde Dezembro, de uma estação meteorológica de tecnologia avançada, instalada no quartel dos Bombeiros Municipais e que pode ser consultada em http://meteosardoal.no-ip.info.
    A estação não tem fios e está dotada de um sensor versátil que combina num único pacote um coletor de chuva (fluviómetro), sensores de temperatura e humidade e ainda um instrumento que permite medir a velocidade do vento (anemómetro). O equipamento tem atualização a cada 2,5 segundos e também possui um painel solar que lhe garante energia própria.
    Este investimento ascendeu a cerca de 1.000 euros, numa parceria entre a Proteção Civil, Câmara Municipal e Centro Social dos Bombeiros.

     

  • A Câmara Municipal de Constância atenta ao fenómeno do envelhecimento e tendo como objetivo delinear estratégias que permitam a promoção da qualidade de vida do idoso, sentiu necessidade de conhecer os seus munícipes com 65 anos ou mais de idade.
    Assim, está a desenvolver uma ação porta a porta assente na aplicação de questionários sendo que a primeira fase do estudo consiste numa entrevista através de algumas perguntas que estão a ser efetuadas por colaboradores da autarquia e de outras entidades do concelho, a fim de se conhecerem as reais necessidades desta franja da população, para assim se proceder à elaboração de um plano estratégico de intervenção.
    Sublinha-se que este questionário respeita a privacidade daqueles que responderem, garantindo o seu total anonimato.
    Este projeto está a ser efetuado em colaboração com o Centro de Estudos e Investigação em Saúde da Universidade de Coimbra e com as Juntas de Freguesia do Concelho de forma a garantir resultados fidedignos.
     

  • A ASAE apreendeu, em Abrantes, nove parquímetros, no valor de 22 500 euros, "por falta de controlo metrológico". Refere o site da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica. A Câmara Municipal de Abrantes justifica que o sucedido a 16 de Fevereiro resulta do facto de a autarquia ter solicitado a verificação anual dos equipamento "mais tarde do que habitualmente".
    Em comunicado, a Câmara Municipal de Abrantes, explica que o pedido tardio para a aferição de 2012 levou "a que o processo demorasse mais tempo do que o normal, vindo a coincidir com a verificação pela ASAE. Nessa conformidade e na falta da aferição teve obrigatoriamente que ser vedada a utilização dos equipamentos". A autarquia adianta ainda que a normal utilização dos parcómetros será restabelecida logo após a realização da aferição em falta, agendada para esta quarta-feira, dia 22. 

  •  

    Ricardo Carriço é o convidado da rubrica Merendas com Personalidade desta sexta-feira, dia 24 de Fevereiro. A Praça dos Sabores, espaço de promoção de produtos locais, desafia o actor português a mostrar os seus dotes culinários no Mercado Criativo, em Abrantes.
    Todos os meses a Praça dos Sabores traz ao Mercado Criativo uma personalidade que se distinga a nível regional e até mesmo a nível nacional para preparar um petisco para os participantes com produtos locais e hortofrutícolas do núcleo do Ribatejo Interior do PROVE, com o apoio da abordagem LEADER, do Programa de Desenvolvimento Rural (ProDeR). Este mês a personalidade é o actor Ricardo Carriço.
    O actor de 47 anos é maioritariamente conhecido pelas suas participações na televisão, onde começou como apresentador do programa informativo da RTP2 Lusitânia Expresso de Paulo Miguel Fortes. Foi intérprete nas séries televisivas Claxon e A Grande Mentira. Participou em várias novelas. Mas já foi manequim na década de 80 e fundou em 1985 os "Ibéria" banda.
    No teatro, estreou-se em Ricardo II, no Teatro Nacional D. Maria II, integrou o elenco de Odeio Hamlet, encenado por Diogo Infante, no Teatro Villaret. Foi dirigido por Fernanda Lapa nas peças Sétimo Céu, de Caryl Churchil; Callas, O Mito Absoluto (Expo98) e Coco Chanel - Uma Mulher Fora do Tempo (Coliseu do Porto), de Fernanda Lapa; Mulheres ao Poder, adaptado de Aristófanes. Interpretou Bertolt Brecht em A Queda do Egoísta Johan Fatzer, trabalhou com Maria Emília Correia em Auto da Cananeia de Gil Vicente e participou na comédia Picasso e Eistein, de Steve Martin, no Teatro da Trindade. Disse poesia em espectáculos de Gastão Cruz para a Fundação Gulbenkian.
    No cinema participou em Trança Feiticeira co-produção internacional realizada por Yuanyuan Cai, entre vários filmes para a televisão.
    Além da Merenda preparada por Ricardo Carriço, a Praça dos Sabores terá já disponíveis três sugestões de oferta para o Dia do Pai, que se comemora 19 de Março.
    A Praça dos Sabores encontra-se no antigo Mercado Municipal de Abrantes e está aberta de quarta a domingo, das 11h às 15h e das 16h às 20h. 

  • A percentagem de pessoas em idade activa inscritas nos Centros de Emprego diminuiu em Vila de Rei no ano de 2011, passando de 5,96% em 2010 para 4,71% em 2011.
    Os dados, recolhidos e transmitidos pelo Instituto Nacional de Estatística, mostram ainda que, entre os municípios do Pinhal Interior Sul, Vila de Rei foi o que melhores resultados apresentou em comparação com o ano de 2010, com uma descida de 1,25 pontos percentuais, sendo agora o segundo município com a taxa de desemprego mais baixa.
    Os números do INE possibilitam ainda ver a média das taxas de desemprego dos últimos oito anos, onde Vila de Rei apresenta uma percentagem de 4,01% de desempregados, conseguindo contrariar o aumento do desemprego que se fez sentir por todo o País nos últimos anos.
    Para Irene Barata, presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, “estes números transmitidos pelo INE demonstram que os esforços feitos para que as pessoas consigam criar e manter os seus postos de trabalho no nosso Concelho têm dado resultados. Apesar da conjectura actual de aumento do desemprego por todo o País, Vila de Rei consegue contrariar a tendência e apresentar uma taxa de desemprego menor do que no último ano e muito inferior à média nacional.”

     

  • A par da abertura do Centro Escolar de Rio de Moinhos, a 29 de Fevereiro, entra também em funcionamento o Complemento de Apoio à Família (CAF).
    Esta valência, assegurada pela APEOCA (Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Estabelecimentos de Ensino do Oeste do Concelho de Abrantes) destina-se a apoiar as crianças do Pré-Escolar durante a hora de almoço e durante a tarde, das 15h30 às 17h30, promovendo diversas actividades.
    Segundo Rui André, presidente da APEOCA, "os Encarregados de Educação e a comunidade devem conhecer este novo espaço, participando na organização, planeamento, dinamização e rentabilização deste espaço educativo".

     

  • O incêndio que deflagrou, esta tarde, em Crucifixo, Tramagal, foi rapidamente controlado, encontrando-se em fase de rescaldo. A rapidez no accionamento dos meios evitou que o fogo, em zona de mato, alastrasse. Estando o terreno seco, era grande a probabilidade de serem colocadas em risco as habitações na zona do Moinho da Roca ou mesmo na povoação. No local estiveram os bombeiros de Abrantes, Constância e Sardoal.

     

  • O CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e Vestuário de Portugal, a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e o CENTI, em colaboração com um grupo de empresas do Setor Têxtil e Vestuário português celebraram uma parceria para a conceção de Equipamento de Proteção Individual (EPI) de combate a incêndios, tanto estruturais como florestais, destinado a bombeiros.
    Durante o processo, concebeu-se e disponibilizou-se um inquérito on-line, aos Corpos de Bombeiros, para avaliação das suas necessidades. Considerando a opinião dos bombeiros pertinente e de fulcral importância, para o desenvolvimento de um equipamento mais cómodo e seguro, o inquérito encontra-se a decorrer até 31 de Março em http://inquerito.citeve.pt/index.php?sid=81386&lang=pt
    A conceção e desenvolvimento deste equipamento baseia-se num conjunto de fases, etapas, atividades e decisões, que se iniciam na perceção de uma necessidade de mercado e termina com a produção e venda de um produto que satisfaça essas necessidades, com enfoque na definição do produto.
    O aspeto inovador desta parceria, reside no facto de existir uma permanente troca de informação, que permite otimizar o produto final, e confirmar a oportunidade de melhoria face à oferta existente no mercado.
    O inquérito teve a adesão de cerca de 31% dos 449 Corpos de Bombeiros, que resultou na identificação de funcionalidades básicas essenciais no vestuário, como: isolamento térmico, funcionalidade, facilidade de movimentos, respirabilidade, conforto geral, leveza, impermeabilidade/repelência à água, facilidade de vestir/despir, alta visibilidade e ser anti estático.
    A incorporação de sensores de monitorização e alerta da temperatura e monóxido de carbono, no vestuário, foi vista como um fator muito positivo.

     

  • O Município de Vila Nova da Barquinha já tem disponíveis novos serviços no Licenciamento de obras de particulares – Autorização Prévia na Hora e Informação do licenciamento por SMS.
    Estas medidas surgem na sequência da adesão do Município ao Simplex Autárquico, um conjunto de medidas de simplificação administrativa. Trata-se de duas medidas municipais no âmbito do urbanismo, com o objectivo de eliminar os constrangimentos burocráticos aos munícipes e tornar céleres todos os processos.
    Antes de entregar o projecto na Câmara Municipal, os munícipes poderão aceder ao sítio da autarquia na Internet, em www.cm-vnbarquinha.pt, e fazer o Download do requerimento (o qual contém a informação sobre os elementos a apresentar). O Munícipe poderá então agendar um dia e hora para entrega do projecto nos serviços municipais e recebe logo o documento de admissão da comunicação prévia, após a verificação dos documentos, do projecto e do pagamento das taxas.
    Ainda no licenciamento de obras particulares, está disponível a Notificação dos munícipes das decisões nos processos, por SMS.

     

  •  

    CHAMUSCA

    “Do Trovador ao Bardo - Um Vulcão de Liberdade” - Associando-se aos festejos do 38º. Aniversário do 25 de Abril, dos 75 anos de nascimento de José Carlos Ary dos Santos e dos 25 anos da morte de Zeca Afonso, a Biblioteca Municipal da Chamusca Ruy Gomes da Silva, leva a efeito no próximo dia 25 de Abril pelas 16h00, na Sala Polivalente, Do Trovador ao Bardo - Um vulcão de Liberdade, espectáculo de música e poesia por Appio Cláudio, Miguel Galhofo, Miguel Ferreira e Filipe Ferreira.

     

    VILA NOVA DA BARQUINHA

    Hastear da Bandeira - 9h00, Paços do Concelho

    Dinamização do Parque de Desportos Radicais - 09h30 às 12h00; 14h00 às 17h00, Escola Ciência Viva

    10h00 às 12h00 - Torneio de Futebol arbitrado pelo árbitro André Gralha (com os alunos da Oficina de Futebol das AEC's: Centro Escolar + EB1 Praia do Ribatejo)

    14h30 às 16h30 - Jogos tradicionais (acesso livre): Ateliê 1 – Jogo das latas; Ateliê 2 – Corrida de Sacos; Ateliê 3 – Jogo da corda

    14h30 às 18h00 - Visita à Escola Ciência Viva (grupos organizados)

    15h00 às 17h00 - Oficina de Futebol

    15h00 - Animação musical com Arregaita e Barquinha Saudosa

     

    VILA DE REI

    “Corrida da Liberdade”

    Vila de Rei torna-se pista para carrinhos de rolamentos. A “Corrida da Liberdade” vai percorrer a descida junto à aldeia de Cercadas. Com início às 15h30, os concorrentes poderão, meia hora antes, ter treinos livres, de forma a conhecer o percurso.
    Inserido nas XIV Jornadas Desportivas, esta corrida já tem as inscrições abertas. São gratuitas e podem ser feitas na receção da câmara municipal, através do e-mail desporto@cm-viladerei.pt ou no dia e local da prova, até às 15h00.
    A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal de Vila de Rei com o apoio do Instituto Vaz Serra.

     

    ABRANTES

    “A Linha Vermelha”

    21h30 – Exibição do filme “A Linha Vermelha”, com a presença do realizador José Filipe Costa, no Cine-Teatro S. Pedro, Abrantes.
    O documentário “Linha Vermelha” de José Filipe Costa sobre a ocupação da herdade ribatejana Torre Bela, sobre a ocupação de uma grande herdade no Ribatejo, propriedade dos duques de Lafões, revisita outro documentário sobre os incidentes de 1975 captados pelo realizador alemão Thomas Harlan.
    “Linha Vermelha” foi premiado na edição de 2011 do festival IndieLisboa

     

    TRAMAGAL

    “Os Valores de Abril no Futuro de Portugal”

    Almoço do 25 de Abril, às 12h30, no restaurante “Tik – Tak”, organizado pela CDU, com a presença de Paulo Raimundo, da comissão política do PCP.

     

    GOLEGÃ

    A alvorada é às 8h00 e as comemorações decorrem na Golegã e na Azinhaga, iniciando-se (9h00) com um concurso de pesca na Alverca do Equuspolis. Às 9h30 é içada a bandeira na sede da Junta de Freguesia da Azinhaga e às 10h15 nos Paços do Concelho, na Golegã, ao som do Hino Nacional interpretado pelas bandas Musical Azinhaguense 1.º de Dezembro e Filarmónica Goleganense 1.º de Janeiro, a Guarda de Honra é feita pelos Bombeiros Voluntários da Golegã. Segue-se uma larga de pombos pelas sociedades columbófilas da Azinhaga e da Golegã. A anteceder a sessão solene, cânticos pelo grupo “Cantar Nosso”.
    As comemorações dos 38 anos de Abril prosseguem durante a tarde na Azinhaga. Às 16h00, no Largo do Miradouro actuam a Sociedade Recreio Musical Azinhaguense 1.º de Dezembro e do Rancho Folclórico “Campinos d’Azinhaga”, o programa de animação termina com desportos radicais. Depois (18h00), sardinhas assadas e febras.

     

    MAÇÃO

    “Passeios da Liberdade”

    8h30 – Diferentes passeios para diferentes faixas etárias - Passeio de bicicleta, passeio pedestre, passeio infantil de bicicleta e BTT. Concentração no Largo dos Combatentes e no Posto de turismo (concentração). Os Passeio da Liberdade desdobram-se em quatro categorias. A pé, de bicicleta ou em todo-o-terreno, o 25 de Abril junta em Mação centenas de apologistas da liberdade.
    Modalidades: 11.º Passeio da Liberdade em Bicicleta - 47 km’s; 5.º Passeio Pedestre da Liberdade - 8 km’s (dificuldade média); 3.º Passeio infantil da Liberdade em Bicicleta (dos 6 aos 14 anos) - 6 km’s; 1.º Passeio BTT da Liberdade - 35 km’s.
    Os participantes inscritos recebem uma t-shirt alusiva ao dia e têm direito a lanche para retemperar energias.

     

    ENTRONCAMENTO

    “Corrida da Liberdade”

    No âmbito das Comemorações do 38º Aniversário do 25 de Abril, a Câmara Municipal do Entroncamento vai promover diversas atividades desportivas.
    O programa integra a tradicional Corrida da Liberdade, Hidroginástica, Hidrocycle e uma Caminhada pela Cidade.
    A Corrida da Liberdade tem a colaboração do CLAC – Clube de Lazer, Aventura e Competição.

    Ateliê Infantil – “O 25 de Abril em 25 Perguntas”

    Tendo como tema o 25 de Abril de 1974, a iniciativa inclui uma abordagem histórica sobre a Revolução dos Cravos, onde se explica às crianças o que estava subjacente: pressupostos e fundamentos, bem como toda a simbologia associada a este acontecimento marcante da nossa história.
    Posteriormente, será realizado um jogo educativo, em que os participantes irão consolidar a sua aprendizagem. Pretende-se com esta atividade, não só comemorar a data histórica, como transmitir às novas gerações os ideais e valores subjacentes à Revolução de Abril.
    Dias 26 e 27 na Biblioteca Municipal do Entroncamento

     

    CONSTÂNCIA

    “Descobrir o 25 de abril a brincar”

    Museu dos Rios e das Artes Marítimas, das 14h00 às 17h30 - Pretende-se com esta atividade comemorar o 25 de abril de 1974 com os mais novos, através de jogos simples e temáticos que contam como se passou e quem fez parte da revolução dos cravos.

     

    GAVIÃO

    As comemorações iniciam-se às 10h30 com o içar da bandeira, junto ao edifício da Biblioteca Municipal de Gavião. Actuação da Banda Juvenil do Município do Gavião e Guarda de Honra pelos Bombeiros Municipais. Seguidamente será inaugurada a Biblioteca Municipal a animação está a cargo dos alunos do Ensino Articulado de Música A.G.V. (música) e dos alunos da Universidade Sénior de Gavião e do Agrupamento de Escolas de Gavião (poesia).
    Depois da visita às instalações é tempo para ouvir fado, antecedendo a cerimónia de entrega de bolsas de estudo aos alunos do Ensino Superior.

     

    COMENDA (GAVIÃO)

    Na freguesia da Comenda, o içar da bandeira na sede da Junta de Freguesia está marcado para 8h00. As actividades desportivas iniciam-se às 8h30 e incluem uma prova de atletismo para jovens (9h00) e um torneio de belho (10h30). Às 15h00 actua a Banda Juvenil do Município de Gavião no gimnodesportivo da ADIC (Associação Desportiva Ifal da Comenda). Uma hora depois começa a 2.ª prova de vinhos dos produtores da freguesia da Comenda, a que se segue um lanche ajantarado e a ementa inclui sopa da pedra. As comemorações terminam, às 19h00, com a entrega dos prémios a todos os participantes nas provas realizadas.

     

    SARDOAL

    Corridas da Liberdade

    O 25 de Abril de 1974 será comemorado em Sardoal a realização das Corridas da Liberdade 2012.
    As provas, destinadas a vários escalões etários, em várias distâncias, decorrem na Praça da República, Avenida Luís de Camões e Rua 5 de Outubro, a partir das 10h30. A prova-rainha, com distância de 5000 metros, terá por cenário algumas ruas da vila. A iniciativa é organizada pelo Município e pela Junta de Freguesia de Sardoal, com o apoio da GNR e dos Bombeiros Municipais.
    Antes das Corridas, às 10 horas, tem lugar a cerimónia simbólica do Hastear das Bandeiras, no edifício dos Paços do Concelho, com a presença dos presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, vereadores, deputados municipais e membros das Juntas de Freguesia.
     

  • A Conferência "Economia e Agricultura" e o Debate "A Cultura em Gavião" integram a inicitiva Novos Horizontes para Gavião que decorre dia 12 de Maio no Auditório da Biblioteca Municipal.
    Fernanda Policarpo, Docente Universitária do Departamento de Ciências Empresariais, Sociais e Humanas da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Portalegre, apresenta o tema “A Importância das PME na Economia Nacional”. Nuno Matias, Deputado da Assembleia da República do PSD e Vice-Coordenador da Comissão de Economia e Obras Públicas, fala das “PME e o Crescimento Económico”. António Baptista, Consultor do Grupo Parlamentar da CDS-PP, dá “Uma Visão da Agricultura no Alentejo”.
    Depois das 17h00, tem lugar o debate "A Cultura em Gavião" que conta com a presença de António Colaço, Artista Plástico, João Seipião, Membro de Banda Rock e da Banda Juvenil do Município de Gavião, Luís Santos, Bibliotecário na Biblioteca António Botto em Abrantes, Mário Pissarra, Co-autor de “Rumos da Filosofia: Introdução à Filosofia” e Pedro Miguel, Dirigente Associativo com Responsabilidades locais e regionais.
    O evento é organizado por Paulo José Matos, vereador do PSD da Câmara Municipal de Gavião. 

  •  Começa hoje a votação pública para eleger as "7 Maravilhas - Praias de Portugal", estando o Penedo Furado, em Vila de Rei, entre as 21 finalistas, figurando na categoria de “Praias de Rios”.
    O Penedo Furado é a estância balnear mais procurada do concelho de Vila de Rei, não só pela sua água límpida e cristalina que lentamente vai correndo pelo leito, através de uma passagem natural na rocha, mas também pelas excelentes infra-estruturas que apresenta. As características do maciço rochoso fazem deste local, bastante arborizado, um autêntico paraíso, oferecendo um conjunto de pequenas quedas de água, visíveis a escassos metros, que podem ser apreciadas ao percorrer um estreito caminho talhado na rocha.
    Para a Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata, “a nomeação da Praia Fluvial do Penedo Furado como finalista do concurso 7 Maravilhas – Praias de Portugal vem, uma vez mais, realçar a beleza natural do concelho de Vila de Rei. O Penedo Furado é um dos locais turísticos mais visitados do concelho e, com a realização deste concurso, vê reconhecida a sua enorme beleza e qualidade sendo já considerada uma das melhores praias do País.”
    A votação pública decorre até 7 de Setembro por SMS, chamada telefónica, internet (www.7maravilhas.pt ) e Facebook. As finalistas estão organizadas em 7 categorias e as 7 vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que duas por região.
    As "7 Maravilhas - Praias de Portugal" serão reveladas em direto na RTP1 a 8 de Setembro de 2012.

  •  A ADACA criou uma linha telefónica de valor acrescentado para fazer face aos encargos que suporta. O valor da chamada é de 60 cêntimos + IVA e para contribuir basta ligar o número 760 50 10 11.
    A ADACA – Associação de Defesa dos Animais do Concelho de Abrantes foi criada há dez anos e é a responsável pela gestão do canil intermunicipal dos concelhos de Abrantes, Constância e Sardoal, que acolhe, trata e promove a adoção de cerca de 70 animais por mês, cujos tratamentos comporta elevados custos com a sua higiene, saúde e alimentação. 

  •  Encontra-se em fase de conclusão a criação de um novo largo, na Rua do Paço, em pleno coração da zona histórica de Sardoal, cujo objetivo foi transformar um logradouro num sítio aprazível, destinado ao conforto das pessoas e tendo em conta a funcionalidade e o equilíbrio estético da malha urbana.
    Este projeto, elaborado pelos serviços técnicos do Município e executado por administração direta prevê uma área central pavimentada em calcário branco, bancos de jardim, árvores e vegetação decorativa, lugares de estacionamento e infraestruturas para escoamento de águas pluviais. Outros espaços serão calçados com seixo rolado, mantendo as características das ruas antigas da Vila. A estimativa orçamental ascende a quase 15 mil euros.
    Refira-se que a zona da Rua do Paço e a contígua Praça da Palha foram na época medieval a primeira entrada no Sardoal, notando-se ainda alguns sinais de ali existir uma praça fortificada.

  • Aldeia do Mato, em Abrantes, Carvoeiro, em Mação, e Alamal, no Gavião, estão entre as 275 praias fluviais que este ano recebem a Bandeira Azul.
    A Bandeira Azul é um símbolo de qualidade ambiental atribuído anualmente às praias e portos de recreio e marinas que se candidatam e que cumpram um conjunto de critérios relacionados com Informação e Educação Ambiental, Qualidade da Água, Gestão Ambiental e Equipamentos e Segurança e Serviços. 

  •  Terminam amanhã, dia 8 de Maio, as inscrições para a visita cultural à Quinta da Broeira que se realiza, dia 15, no âmbito dos Passeios Etnográficos promovidos pelo Município do Entroncamento.
    Para além da visita pedagógica à Quinta da Broeira, fará parte da actividade, o “Circuito do Porco”, no qual os participantes terão a oportunidade de confecionar e saborear os tradicionais e apreciados enchidos. Esta visita será complementada com almoço, Karaoke e Matiné Dançante.
    Destinadas aos residentes do concelho com idade igual ou superior a 60 anos, as inscrições têm o valor de 30 euros e podem ser efectuadas nos Serviços Sociais da Autarquia, durante o horário normal de expediente.

  •  O tradicional almoço dos idosos do Concelho de Ponte de Sor, tem lugar a 19 de Maio, na sede da Sociedade Recreativa de Foros de Domingão. Almoço, animação e convívio num dia diferente, para o qual podem fazer a inscrição junto da Junta de Freguesia da área de residência.

  •  O Entroncamento comemora, dia 20 de Maio, o Dia Municipal do Idoso que conta com várias atividades dirigidas aos séniores, cuja idade seja igual ou superior a 60 anos. O evento é organizado pela Câmara Municipal do Entroncamento com o apoio do Programa REVIVER, da Junta de Freguesia de São João Baptista e da Junta de Freguesia de Nossa Senhora de Fátima.
    As inscrições estão abertas até dia 11 de Maio, nos Serviços Sociais da Autarquia, durante o horário normal de expediente, devendo, os interessados, apresentar o documento de identificação. Relativamente aos utentes que integram o Programa REVIVER, as inscrições realizam-se na respetiva instituição: Classe de Ginástica do CLAC, Centro de Convívio da Terceira Idade, Associação dos Lares Ferroviários e Lares da Santa Casa da Misericórdia.

  • Conulte aqui o Programa

    Um pouco diferente do modelo adoptado para a Semana da Ascensão, este ano a Câmara Municipal da Chamusca promove o evento “Ascensão é na Chamusca”, reunindo diversas participações, tanto do movimento associativo e até de iniciativas privadas. Tendo o seu Prólogo com diversas actividades, de 11 a 15 de Maio, a partir do dia 16 e até dia 20 a festa vai juntar todo o concelho em mais um ano de afirmação dos seus valores.
    De tradição inicialmente religiosa, hoje é o ponto alto das festividades na Vila da Chamusca, atraindo milhares de visitantes de toda a região. Fé e Festa conjugam-se. Profundamente rural, nesta festa da terra e do gado, toda a gente sai à rua para ver a entrada de toiros pelas ruas da Chamusca e à tarde a tradicional Corrida da Ascensão. E a vila enche-se de gente para ver a Festa, assistir aos espectáculos, apreciar o artesanato, participar em diversas actividades, provar a gastronomia ou reencontrar os amigos.

  • Consulte aqui o Programa

    Golegã recebe, de 17 a 20 de Maio, a XIV ExpoÉgua, a XI Romaria a São Martinho, o 6.º Salão do Vinho, do Vinagre e do Azeite do Ribatejo e a XIV Mostra de Gastronomia Ribatejana.

  • CLIQUE E SAIBA O QUE PODERÁ ACONTECER EM 2021
    NA REGIÃO ABARCA

     

    Ainda menos população residente e muito poucos para cumprir a renovação geracional. Idosos e jovens mais dependentes do decrescido número de contribuintes. População activa insuficiente e taxas de desemprego elevadíssimas. Uma população mais envelhecida e uma região ainda mais insustentável. São as previsões para 2021 se a evolução dos últimos dez anos se repetir

    Mas a situação agrava-se e os números revelam-se ainda mais preocupantes se à população activa, dos 15 aos 64 anos, subtrairmos os jovens até aos 25 anos, idade até à qual geralmente estudam, os desempregados, os reformados antecipadamente e as pessoas incapacitadas para exercer qualquer trabalho. A sociedade torna-se praticamente insustentável. Para além das reformas, a população activa empregada financia ainda abonos de família, subsídios, prestações e pensões sociais.
    Soluções? Segundo as instâncias governamentais e europeias, passam pelo aumento de impostos, aumento das taxas contributivas, aumento do período mínimo da carreira contributiva, aumento da idade de reforma, elevada penalização das reformas antecipadas e elevada bonificação do adiamento da passagem à reforma, diminuição dos montantes das reformas, abonos, subsídios, prestações e pensões sociais...
    Resultado: Se o envelhecimento demográfico permanecer, o esforço exigido aos contribuintes pelo agravamento de impostos ou de taxas contributivas e o corte de benefícios aos mais idosos e aos detentores de baixos ou nulos rendimentos serão sempre insuficientes e, de certa forma, até serão situações injustas para ambos os grupos. Se, por um lado, o esforço acaba por ser apenas para quem trabalha, por outro, os mais idosos já deram a sua contribuição à sociedade e é a sociedade que agora deve olhar por eles assim como deve olhar também pelos mais desprotegidos.
    E então? Emprego e natalidade são, provavelmente, as palavras chave para um futuro sustentável. Aliam-se mais e melhores incentivos à natalidade a mais e melhores políticas de criação de postos de trabalho. Mais emprego traduz-se na diminuição de beneficiários de subsídios e prestações e significa maior estabilidade financeira para as famílias, mais poder de compra, mais crescimento económico e mais condições para deixar de adiar o nascimento do primeiro filho. Agora falta apenas descobrir a fórmula para acabar com o desemprego.
    Na área de influência do jornal Abarca, em 2021, Mação será o concelho com menos população jovem e Vila de Rei terá a menor percentagem de população activa e a maior fatia de população idosa. Também Vila de Rei estará no topo da lista dos concelhos com maior dependência de idosos, maior dependência total (jovens e idosos) e menor sustentabilidade. A dependência de jovens mais elevada verificar-se-á em Constância e Gavião será o concelho com maior índice de envelhecimento. Em Ponte de Sor registar-se-á a maior taxa de desemprego.

    Leia a análise completa na Edição 314 | 24 de Maio de 2012

  • A Comissão de Reformados do Sector Portuário do Porto de Lisboa organizou, no dia 27 de Maio, em Vila de Rei, o 8º Encontro de Trabalhadores Portuários.

    O encontro, a nível nacional, juntou cerca de 450 pessoas que, depois de um almoço com o melhor da gastronomia Vilarregense, passaram a tarde na sede do Concelho, visitando os pontos mais emblemáticos de Vila de Rei.

    A iniciativa, que pretendeu promover um saudável convívio e confraternização da família Portuária, foi do agrado de todos os participantes, que demonstraram a sua satisfação pela “beleza de todo o espaço”.

    A iniciativa contou com o apoio da Câmara Municipal de Vila de Rei, que vê este tipo de iniciativas como forma de promover as capacidades turísticas do Concelho visto que grande parte dos participantes deste tipo de Encontros volta, mais tarde, a repetir a visita. 

  • A 4.ª edição da “Corrida Vencer o Cancro” acontece dia 17 de junho, no Parque das Nações, em Lisboa.

    O evento pretende angariar fundos para a União Humanitária dos Doentes com Cancro. Todos os detalhes sobre a iniciativa estão disponíveis em www.vencerocancro.com, onde é também possível fazer a inscrição, até dia 6 de junho, que tem um valor de 11 euros por participante.

  • O Município de Sardoal, em reunião realizada em 23 de maio, aprovou por unanimidade, um “veemente protesto“ junto da Autoridade Nacional das Comunicações (ANACOM), pelas inúmeras situações anómalas, verificadas em todo o concelho, desde que o sinal analógico de televisão foi inativado, com a consequente passagem para a Televisão Digital Terrestre (TDT).

    Alega o Município que “são inúmeras as queixas e reclamações que se têm avolumado, oriundas de munícipes indignados pela situação e pelos prejuízos causados, tanto mais, que muitos deles, em tempo oportuno adquiriram televisores com tecnologia compatível para o efeito ou aparelhos TDT descodificadores”.

    Refere ainda que “existem localidades inteiras pertencentes às freguesias de Sardoal, Alcaravela, Valhascos e Santiago de Montalegre, onde o sinal de televisão praticamente não existe e que noutras localidades, o acesso ao sinal é insuficiente e irregular, funcionando em alguns casos, entre duas a quatro horas diárias, por vezes com interferências e com más condições de som e imagem.”

    O Município exige que “sejam tomadas pelos operadores, com urgência, as medidas adequadas para reposição da normalidade”, considerando que a situação “é injusta e incompatível com a lei.”

    O concelho de Sardoal é composto, em razoável percentagem, por pessoas idosas e de fracos recursos financeiros, não tendo qualquer possibilidade de investimento nesse sentido. Por outro lado, algumas dessas pessoas idosas vivem em locais isolados, com dificuldades de mobilidade e de convívio social, sendo a televisão a sua única “companhia” e contacto com o exterior. 

  • Os moinhos de vento de Entrevinhas, Sardoal, já reabilitados, vão ganhar nova vida e desfraldar suas velas, em cerimónia pública, que será realizada a 9 de junho, a partir das 15 horas. Na cerimónia de apresentação dos trabalhos de requalificação, promovida pela Junta de Freguesia de Sardoal e Câmara Municipal, vão estar presentes diversos convidados e representantes de entidades concelhias e regionais.

    O evento foi integrado na tradicional Festa de Santo António, saindo o padroeiro da aldeia em procissão para o Largo dos Moinhos, seguida de missa campal e leilão de fogaças. Após a referida cerimónia pública, atuarão a Filarmónica União Sardoalense e o Grupo de Concertinas da Casa do Benfica de Vila de Rei. Será ainda levado a efeito um grande convívio popular com porco no espeto e sardinha assada.

    Deste núcleo de quatro moinhos, um está preparado para a moagem de trigo e outro de milho. Outra unidade servirá para apoio (bar e centro de documentação) e a restante funcionará como instalação sanitária.

    O projeto prevê uma articulação e interação direta com a Quinta do Vale do Armo (vinhos), Cooperativa “Artelinho” (pão, doçaria e linhos) e a AMAE - Associação de Moradores e Amigos de Entrevinhas (apoio), numa perspetiva de roteiro integrado, tipo “Rota do Pão”.

    Tem como objetivo a promoção do meio rural, preservação da paisagem e estímulo à criatividade e desenvolvimento. O roteiro terá fins pedagógicos e culturais (demonstração de moagem, visitas de escolas, museu vivo), fins lúdicos e de lazer (piqueniques, festas, etc.) e fins desportivos e de saúde (passeios pedestres, trilhos de BTT, etc.)

    Este projeto foi dinamizado pela Junta de Freguesia de Sardoal, em parceria com o Município, com enquadramento da Associação TAGUS no âmbito do PRODER, um programa da União Europeia para o desenvolvimento do meio rural. Ascende a um custo de 55 mil euros, sendo que 60% desta verba advirá dos fundos comunitários e o restante do orçamento da junta e resulta da continuidade de outro projeto que foi concretizado em 1999 (pelas mesmas entidades). Na ocasião, todo o espaço envolvente (um miradouro natural num cenário de sonho) foi qualificado e valorizado. Todavia, a marcha do tempo não poupou as estruturas em madeira dos moinhos, desgastando-as e envelhecendo-as, pelo que agora foi necessário proceder a nova recuperação, a cargo do mestre Miguel Nobre, a maior sumidade portuguesa na construção e reabilitação destes engenhos.

  • Gerações sem Fonteiras é o tema do seminário que vai decorrer em Ponte de Sor nos dias 12 e 13 de junho.

    Organizado pela Plataforma Supra Concelhia da Rede Social do Distrito de Portalegre, no evento vão ser abordados temas como: Os Cenários do Envelhecimento em Portugal; Saúde, Bem –Estar e Qualidade de Vida e Exclusão Social vs Inclusão, Trabalho e Aprendizagem ao Longo da Vida. Vão também decorrer workshops sobre Educação e Intergeracionalidade; A Psicologia Positiva ao Serviço do Envelhecimento Ativo; Espaços e Acessibilidade para Todos; Segurança e Prevenção de Riscos e serão ainda escutados testemunhos na primeira pessoa.

    Com um notável conjunto de oradores, os trabalhos vão decorrer divididos entre o Auditório do Centro de Artes e o Teatro Cinema Municipal. As inscrições para participar podem ser feitas até ao dia 4 de junho.

  • A Praia Fluvial de Carvoeiro integra a lista das praias portuguesas que apresentam melhor qualidade da água, tendo sido distinguida, pelo segundo ano consecutivo, com "Qualidade de Ouro".

    Ao todo, 290 praias portuguesas receberam a esta distinção da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza. A classificação de "praias com qualidade de ouro" é atribuída anualmente "às zonas baneares do país cuja água apresenta os melhores resultados em termos de qualidade". Para tal, as praias têm de cumprir os seguintes requisitos: qualidade de água "boa" nas três épocas balneares entre os anos de 2007 e 2009 ("boa" era, até 2009, a melhor qualidade possível de acordo com a anterior legislação europeia); qualidade de água excelente nas duas últimas épocas balneares de 2010 e 2011; todas as análises realizadas na última época balnear (2011) foram excelentes.

    Refira-se que a Praia Fluvial de Carvoeiro volta a ter, nesta época balnear, o galardão Bandeira Azul. Uma distinção que recebe da Associação Bandeira Azul da Europa pelo sétimo ano consecutivo. Neste âmbito, em Dezembro do ano passado, foi galardoada, pela segunda vez, com um Certificado Internacional pela atribuição consecutiva da Bandeira Azul, nos últimos cinco anos.

  • Desde o dia 28 de Maio que os Bombeiros Municipais de Abrantes viram reforçada a sua frota de viaturas com a aquisição, pela Câmara Municipal, de uma Viatura Urbana de Combate a Incêndios, constituindo mais um esforço para o seu apetrechamento.

    Destinado prioritariamente à intervenção nos incêndios em edificações, o veículo está também preparado para intervir em operações de desencarceramento. A viatura tem ainda a particularidade de estar dotada de equipamento de corte de estruturas pesadas em betão, sendo única no Distrito.

    A aquisição do veículo vem superar uma lacuna atual nos equipamentos de suporte à ação do Corpo de Bombeiros, reforçando-os com mais um meio para combate a incêndios, adequado às necessidades múltiplas e crescentes da resposta aos riscos de incêndio a que as populações estão sujeitas.

    Tratou-se de um investimento de €235.668,00, financiado em 80%.pelo programa POVT - Programa Operacional Valorização do Território -, no âmbito do “Mais Centro”.

  • A Câmara de Abrantes vai disponibilizar online, através do site do Município, uma nova aplicação de Informação Geográfica, denominada “Plantas de Localização”.

    É um instrumento que permite obter, de forma gratuita, um conjunto de plantas que, identifica a localização de determinada pretensão no âmbito dos Instrumentos de Gestão Territorial em vigor, como o Plano Diretor Municipal ou Plano de Urbanização, utilizando-as para fins diversos, por exemplo na instrução de processo de obras.

    A data da disponibilização será anunciada oportunamente.

  • No âmbito das comemorações do Dia Mundial do Ambiente serão inaugurados os Sistemas de Saneamento de Fontes, Carril e Mouriscas, no concelho de Abrantes. Ainda no dia 5 de Junho, pelas 19h00, será apresentado, no Parque Urbano de São Lourenço, o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF).

  •  

    As Semanas Termais são um projecto promovido pela Câmara Municipal de Mação, em parceria com as Termas da Ladeira, em Envendos, há já 11 anos. Decorrem entre Junho e Outubro e destinam-se a munícipes maçaenses que pretendem efectuar tratamentos nas Termas da Ladeiras, mas que têm dificuldade de transporte. Assim, a Autarquia proporciona a cada Munícipe inscrito uma semana de transporte gratuito entre a sua residência e as Termas da Ladeira. Por seu turno, as Termas efectuam descontos nos tratamentos de Balneoterapia e ORL.

    As inscrições estão abertas até dia 13 de Junho na Câmara Municipal de Mação, Juntas de Freguesia do Concelho e Posto de Turismo de Mação. 

  •  

     

    A Câmara Municipal de Mação (através da Biblioteca/Ludoteca, Museu, Piscinas e Serviço de Acção Social) e a Santa Casa da Misericórdia de Mação (através do Projecto Aproximação, no âmbito do CLDS – Contrato Local de Desenvolvimento Social) promovem um vasto leque de actividades para crianças do concelho nestas Férias de Verão.

    As actividades programadas são de âmbito desportivo, lúdico, cultural e de enriquecimento pessoal e social. Destinam-se a crianças com idades entre os 6 e os 12 anos e realizam-se de 2 de Julho a 31 de Agosto.

    As inscrições estão abertas até 15 de Junho, no gabinete do CLDS, e são limitadas a 25 crianças por semana, sendo que as crianças apenas se podem inscrever três semanas (podendo inscrever-se em mais uma alternativa, para o caso de haver vagas). Não serão aceites inscrições fora de prazo.

    Ao nível da selecção das crianças, esta não será por ordem de inscrição, mas sim por critérios de seleção estabelecidos pelas entidades envolvidas, dando prioridade às crianças acompanhadas pela Acção Social e/ou inscritos nos escalões 1 e 2.

    Refira-se que a Câmara Municipal garante o transporte e o seguro das actividades.

    Não estão assegurados lanches e almoços, sendo que para aqueles que optarem por almoço deverão indicá-lo no acto da inscrição e efectuar o respectivo pagamento na mesma ocasião.

    Para mais informações contactar o CLDS através do número 925412022, do e-mail santacasa.cldsmacao@hotmail.com ou dirigindo-se ao gabinete do mesmo nas instalações da antiga Escola Secundária de Mação. 

  •  

    A PSP deteve ontem no Entroncamento, um homem de 37 anos, quando vendia numa sucateira desta cidade quatro caixas de manobra de 200 mm e uma outra de 100 mm de tudo em ferro fundido e 13 baias já usadas, segundo um comunicado da Polícia de Segurança Pública.

    O material em questão, que tinha sido furtado momentos antes num estaleiro de uma empresa de gás, acabou por ser entre aos legítimos proprietários que fizeram o reconhecimento do mesmo, ainda naquele lugar.

    O detido foi presente no tribunal do Entroncamento, onde lhe foi decretada a medida de coação de prisão preventiva.

    O mesmo documento adianta que o agora detido está referenciado pela PSP por se dedicar ao furto de metais não preciosos. O responsável da sucateira referiu que o sujeito já lhe tinha vendido material no valor de 12 mil euros.

     

  •  

     

    A cerimónia oficial que assinala os 96 anos de elevação de Abrantes a Cidade está marcada para amanhã, dia 14, às 17h00, no Parque Urbano de Abrantes.

    A cerimónia inicia-se com a intervenção de José Manuel Heleno, sobre o tema do “Mérito”. José Manuel Heleno nasceu em Abrantes, em 1957, licenciou-se em Filosofia pela Faculdade de Letras de Lisboa, começando a carreira profissional de docente no ensino secundário. Doutorou-se em Filosofia, com a tese “Hermenêutica e Ontologia em Paul Ricoeur” (defendida em Janeiro de 2000 na Faculdade de Letras de Lisboa). Em 1985, edita a sua primeira novela, "Alguém que não Conheci", publicando posteriormente, entre outras, "A Morte do Filósofo" (1995) e "Atentado ao Pudor" (1998). As suas publicações mais recentes são ensaísticas: "Fascínio e Perturbação" (Editora Fim de Século, Lisboa, 2003) e "Identidade Pessoal" (Instituto Piaget, Lisboa, 2003). Actualmente leciona na Escola Secundária Dr. Solano de Abreu e na Escola Superior de Tecnologia de Abrantes e no ISLA, em Santarém.

    Seguir-se-á a homenagem a cidadãos e instituições do concelhocom a entrega de medalhas:

    Medalhas de Dedicação e Bons Serviços aos colaboradores do município que assinalam 25 anos de serviçoe medalhas aos colaboradores do Município que passaram à situação de aposentação.

    As medalhas de Mérito Municipalsão distribuídas por vários sectores assim as empresas Mitsubishi Fuso Truck Europe S.A.(Tramagal) e FRASAM – Fundições do Rossio de Abrantes, S.A.são distinguidas com as Medalhas de Mérito Industrial.

    O Mérito Agrícola e Comercialvai para a SAOV – Sociedade Agrícola Ouro Vegetale Casal da Coelheira – Centro Agrícola de Tramagal

    A UTIA – Universidade da Terceira Idade de Abrantese a UTIT – Universidade da Terceira Idade do Tramagalsão galardoadas com a Medalha de Mérito Educativo e Social; o Mérito Educativoé atribuído à Associação Jardins Escola João de Deus; e o Mérito Educativo e Tecnológicoà ESTA – Escola Superior de Tecnologia de Abrantes.

    A Liga dos Amigos Hospital de Abrantesrecebe o galardão de Mérito Sociale a Cruz Vermelha Portuguesao Mérito Social e Humanitário.

    O Mérito Desportivodistingue os atletas Tiago André Farinha Aperta, Francisca Dias Laia, Mário Serras Passarinhoe Manuel João Gonçalves.

    O Rancho Folclórico da Casa do Povo do Pegoe o Grupo Etnográfico “Os Esparteiros” de Mouriscassão distinguidos com Mérito Cultural.

    O Mérito Cultural e Artísticoé atribuído à Escola de Música A. Teixeira.

    Humberto Pires Lopes, director do CRIA, recebe a Medalha de Mérito Cívico e Social, enquanto Manuel Pereira Diasé distinguido com o Mérito Cívico e Político.

    Com as Medalhasde Honra da Cidade de Abrantes, grau bronze douradovão distinguir Joaquim Candeias Silva, Nelson Augusto Marques de Carvalho, Fernando Tavares Dias Simão, José Joaquim Brito Ribeiro Vascoe Luís Fernando de Almeida Velho Bairrão(a título póstumo)

    O grau de prata é atribuído aos Bombeiros Municipais de Abrantes

    A sessão encerra com uma alocução pela Presidente da Câmara. 

  •  

     

    As Festas da Cidade de Abrantes, este ano, com novo figurino, vão animar o concelho entre 14 e 17 de Junho. O largo 1º de Maio deixou de ser o "local de encontro" e o centro da cidade, as suas ruas e praças "serão e terão a dinâmica que o centro histórico precisa".
    As festas começam hoje, 14 de Junho, Dia da Cidade, com Mariza, cabeça de cartaz para uma abertura de luxo, também a estrear a grande "tenda", no Aquapolis Sul.
    Dos 70 mil euros atribuídos às festas deste ano, 30 mil são para fadista, algo que criou alguma controvérsia entre a comunidade. Principalmente entre grande parte dos artistas locais, também chamados a participar.

    Nos palcos das Praças Raimundo Soares e Barão da Batalha passarão Dora Maria, Kwanta, Hollow Page, dj Tom,  Funk You, The Joe’s, The Scart,The Kaviar, dj Cherry Blossom Girl e Orquestra Ligeira do Exército; no Jardim da República irão atuar os ranchos folclóricos de

    Tramagal, Bemposta, Vale das Mós, Casais de Revelho e ainda Carlos Catarino, Tuna Amizade da UTIA, Cant'Abrantes, Fernando Fortes e Toc’Abrir. Também aí irão funcionar as tradicionais tasquinhas.
    A feira de artesanato vai estar no mercado criativo e no centro histórico e alguns edifícios comerciais devolutos vão acolher artistas plásticos locais e encontros com autores.

    O regresso ao Hipódromo dos Mourões, no Rossio, das provas nacionais de Hipismo é outra "novidade" para este ano. O desporto continuará com a realização das já tradicionais atividades náuticas, desportos de praia, caça ao pato, natação e canoagem, assim como os carrinhos de rolamentos, o downhill urbano e torneios de xadrez e sueca. O “Espaço Criança”, as associações juvenis, workshop de joalharia e escrita criativa e exposições são outras das animações das festas. 

  •  

    Na quarta feira, dia 13, a Associação Humanitária de Dadores de Sangue da Freguesia de Tramagal comemorou 22 anos de existência.

    A festa foi um pequeno lanche que reuniu os amigos e dadores desta associação que lutado, por vezes contra ventos e marés, em prol dos outros.

    Enquanto se saboreava as febras de porco assado no espeto, via-se o jogo entre Portugal e a Dinamarca e o resultado (3-2) ainda animou mais a festa. 

  •  

    A primeira noite das festas da cidade de Abrantes abriu com casa cheia. A nova tenda do Aquapolis Sul foi o ponto de encontro para assistir ao concerto de Marisa.

    E quem pensou que ia assistir a uma tradicional noite de fado enganou-se. "Mas ainda bem que existem enganos bons", dizia Marcelo um jovem baterista que não é muito dado a estas coisa dos fados.

    Quem gosta de fado ficou deliciado com a voz e a presença da artista, quem gosta menos teve, igualmente, muitos momentos de excelente espetáculo. Além disso a fadista conseguiu ganhar a assistência, envolvendo-a: nas palmas, no cantar em conjunto e descendo até junto público.

    Numa noite de temperatura agradável, o calor humano também se fez sentir com um espetáculo de massas mas, ao mesmo tempo, intimista. 

  • O Balcão da Caixa Geral de Depósitos no Rossio ao Sul do Tejo foi hoje assaltado por volta das 13 horas.

    Os assaltantes, de óculos escuros e chapéu, apontaram uma arma à funcionária obrigando-a a entregar o dinheiro em caixa. 

    "O valor levado está dentro dos parâmetros de segurança em caixa e muito abaixo dos 70 mil euros, entretanto posto a circular nas redes sociais", garantiu fonte da instituição bancária.

  •  

     

    Com o objetivo de ajudar as famílias do concelho da Chamusca no arranque do ano letivo e, simultaneamente, promover práticas que contribuam para a preservação do ambiente, Mudar de Mão é uma campanha de recolha e partilha de manuais escolares que conta com toda a comunidade e assenta em três princípios base: Solidariedade – Facilitar a todos o acesso aos manuais escolares; Consciência ecológica – Reutilizar os manuais escolares, contribuindo para a promoção do ambiente e combate ao desperdício; Rentabilização de recursos – Racionalizar os rendimentos familiares, através do reaproveitamento de manuais escolares.

    É o segundo ano que a Câmara Municipal da Chamusca, através da Biblioteca Municipal, promove esta campanha iniciar-se-á no final do ano letivo e terminará no mês de setembro de 2012. Para participar basta entregar os manuais escolares na Biblioteca Municipal ou nos espaços aderentes. 

  •  

     

    A Câmara Municipal de Vila de Rei assinou, juntamente com a NORFIN – Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliários, S.A., o IHRU – Instituto da Habilitação e Reabilitação Urbana e o IGFSS – Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, um protocolo de colaboração que permitirá às pessoas interessadas um maior apoio na candidatura e celebração de contractos de arrendamento de imóveis que integram a iniciativa “Mercado Social de Arrendamento”.

    Esta iniciativa permite disponibilizar, no mercado de arrendamento, imóveis com valores de renda mensais inferiores em 30%, comparativamente aos valores médios praticados em regime livre.

    De acordo com o Protocolo assinado, o Município de Vila de Rei e as restantes Entidades Gestoras passarão a realizar um acompanhamento mais próximo, prestando todos os esclarecimentos e ajuda técnica necessária na preparação dos processos de arrendamento.

    Para a Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata, “a assinatura deste Protocolo de Colaboração será certamente uma boa notícia para todos os interessados em fixar residência no Concelho de Vila de Rei, a um preço mais acessível, numa altura em que a conjectura económica faz aumentar as dificuldades das famílias no acesso ao mercado da habitação.”

    Para mais informações, os interessados deverão contactar o Gabinete da Acção Social da Câmara Municipal de Vila de Rei. 

  •  

    A Câmara Municipal de Vila de Rei organiza, a 15 de Julho, a “1ª Feira de Usados e Artigos em 2ª Mão”.

    A iniciativa, que decorre entre as 10h00 e as 19h00, na Rua Rainha Santa Isabel, oferece boas possibilidades de negócios quer a vendedores, que colocam à venda artigos que já não lhe têm utilidade, quer para os compradores, que podem obter produtos a preços mais convidativos.

    Os interessados em participar como vendedores na primeira edição da Feira de Usados e Artigos em 2ª Mão devem realizar o seu registo através da entrega da ficha de inscrição (disponível, juntamente com as Normas, em www.cm-viladerei.pt) na recepção da Câmara Municipal de Vila de Rei ou através do e-mail cultura@cm-viladerei.pt até ao dia 29 de Junho.

    As inscrições só serão validadas com a entrega de um cheque caução no valor de 10€ (devolvido no final do certame) e são limitadas ao espaço existente.

    Mais informações através do 274 890 010 ou do e-mail cultura@cm-viladerei.pt

  •  

    O Festival, organizado pela Sociedade Recreativa do Souto, irá decorrer de 13 a 15 de Julho, conta com a presença das cinco freguesias do norte do concelho de Abrantes: Aldeia do Mato, Carvalhal, Fontes, Martinchel e Souto. O principal objectivo do evento é promover a cultura local, o convívio entre as povoações vizinhas e a dinamização dos seus habitantes através de uma mostra gastronómica de doçaria e artesanato local. O certame inclui serviço de refeições e ainda um Concurso de Doçaria e outro de Artesanato. Os produtos estarão expostos em stands individuais na Sociedade Recreativa do Souto.

    A animação estará a cargo do Grupo de Cantares de Martinchel, da Tuna de Abrantes e do Rancho Foclórico de Sta Iria de Azóia, entre outros. O dia 14 está inteiramente reservado para actividades ao Ar Livre, caminhada, canoagem e paint-ball. No dia 15 será celebrada uma missa campal pelas 10 horas no recinto da colectividade. 

  •  

    O Rotary Clube de Abrantes, em parceria com a Escola Prática de Cavalaria, está a organizar o III Curso de Liderança para jovens, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 16 e os 22 anos. Será realizado de 6 a 11 de Setembro e terá a duração de seis dias. Os alunos ficarão alojados na Escola Prática de Cavalaria.

    É objectivo do Curso “complementar e valorizar a formação cívica dos jovens, sensibilizando-os e motivando-os para os temas da liderança e iniciando-os no desenvolvimento das capacidades pessoais de liderança, indispensáveis ao sucesso da sua futura inserção no mundo do trabalho”.

    Para além deste objectivo principal, o curso visa também “desenvolver no seio da comunidade, principalmente entre os jovens, o conhecimento do Movimento Rotário Internacional” e “estimular de forma organizada o companheirismo entre os jovens”.

    O Curso é principalmente prático, comportando, no entanto, algumas palestras sobre liderança e temas relacionados. As actividades a desenvolver serão orientadas por entidades convidadas pelo Rotary Clube de Abrantes e pela Escola Prática de Cavalaria e também pelo Corpo de Oficiais desta Escola com larga experiência neste tipo de acções.

    Aos alunos que concluírem o curso será atribuído um diploma. 

  •  

    As Festas de São João e da Cidade do Entroncamento iniciaram-se ontem, dia 20, sem a anunciada Tenda da Juventude, um espaço dedicado aos jovens, que entraria em funcionamento após a atuação dos artistas, com a prestação de Dj´ s, de acordo com horário anteriormente divulgado.

    Segundo uma nota da autarquia, o facto deve-se ao “incumprimento do acordado com a empresa à qual tinha sido feita a concessão da Tenda da Juventude” pelo que a Câmara dedidiu “suspender a instalação do referido espaço”. 

  •  

    A Câmara Municipal de Vila de Rei, em conjunto com as instituições sociais do concelho, organizou, no dia 20 de Junho, uma comemoração dos Santos Populares.

    O Parque de Feiras de Vila de Rei recebeu, desta forma, 170 pessoas de cinco instituições: Santa Casa da Misericórdia, Casa dos Avós, Centro de Acolhimento de São João do Peso, Centro de Dia Família Dias Cardoso e Casa da Infância, da Juventude e da Terceira Idade de Vila de Rei.

    A iniciativa conjunta da Câmara Municipal e das instituições sociais do Concelho garantiu momentos de divertimento e lazer a todos os participantes, proporcionando um dia muito animado a todos os utentes destas instituições.

     

  • A criança de 11 anos que foi retirada ainda com vida do Rio Zêzere em frente ao Centro Náutico de Constância, acabou por falecer no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, para onde foi helitransportada depois de ter sido socorrida no hospital de Abrantes.

    A criança, quando foi resgatada pelos bombeiros, a uma profundidade de cerca de quatro metros, ainda apresentava sinais vitais. Segundo Adelino Gomes, comandante dos Bombeiros Voluntários de Constância, disse ao jornal Abarca, a criança deverá ter desmaiado e não morreu por afogamento: “Segundo testemunhas oculares e dos próprios familiares – o irmão gémeo e a mãe – a criança entrou em pânico quando sentiu que não tinha pé e desmaiou, conservando as funções vitais devido à baixa temperatura das águas. No entanto, o cérebro esteve cerca de 35 minutos sem oxigenação e as lesões foram muito maiores do que as que inicialmente prevíamos”.

    Adelino Gomes adiantou que este não é o único caso mortal – “houve um militar que morreu há alguns meses” - e várias vezes os bombeiros têm sido chamados para socorrer pessoas que entram no rio. “Não só no Zêzere, mas também no Tejo, recentemente resgatámos uma pessoa já muito próximo da confluência dos rios”.

    A menina de 11 anos que faleceu na terça feira, dia 26, estava com a mãe, o irmão e o padrasto que tinha ido comprar sandes para o lanche, segundo a mesma fonte. A família reside em Abrantes e a criança era aluna da Escola Dr. Manuel Fernandes.

    (ver reportagem na edição impressa deste jornal na próxima semana)

  •  

    Após a reparação do açude, o "mar de Abrantes" levou algum tempo a atingir o seu nível normal, tal era reduzido o caudal do Tejo, mas as inconstâncias continuaram. Às vezes é um rio a “sério” outras uma ribeira.

    E para agravar a situação a poluição continua, sem que as entidades competentes tenham dado uma justificação plausível e agido em conformidade.

    Ontem, dia 25, o cheiro nauseabundo e a espuma amarela voltaram ao rio, como a imagem mostra.

     

  •  

    Decorre, de 9 a 12 de Julho, uma Summer School composta por diferentes visitas e workshops, no contexto do projeto Urbanbiogas, apoiado pelo Programa Intelligent Energy for Europe. O objetivo é promover soluções de valorização de resíduos urbanos para a produção de biogás para injeção na rede de gás natural e utilização como combustível para transportes.

    Esta Summer School está aberta a estudantes e profissionais com interesse na temática, sendo que a sua realização está limitada a um número de mínimo de inscrições e está limitada a 20 participantes. Os interessados devem inscrever-se através do 210 937 907 ou do email monica.rogerio@irradiare.com. A inscrição é gratuita e há condições especiais para alojamento e refeições. O transporte é da responsabilidade dos participantes

    O projeto UrbanBiogas tem por objetivo preparar 5 cidades, entre elas Abrantes, ou regiões piloto europeias para a gestão sustentável de resíduos e para a produção de biometano a partir de resíduos sólidos urbanos. O gás resultante pode ser utilizado para alimentar a rede de gás natural e opcionalmente para transportes.

    A Summer School inclui formação em sala sobre as temáticas: estratégias europeias e nacionais para a sustentabilidade energética; planos de ação para sustentabilidade energética e monitorização de medidas; valorização energética dos resíduos; biometanização, processo e tecnologia; gestão de resíduos e a produção de biogás; gestão de resíduos em Abrantes; e gestão de resíduos no Médio Tejo e Pinhal Interior Sul.

    Estando ainda programadas visitas à Central Termoelétrica do Pego; à Central de Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos Valnor; Central de Aproveitamento energético do biogás produzido Valorlis; ao Aterro Sanitário em exploração com captação de biogás Valorlis; Escola Prática de Cavalaria de Abrantes - Boas práticas de gestão sustentável; Central de Biomassa Sertã; Central de geração hídrica Sertã e Parque eólico do Pinhal Interior Sul Sertã. 

  •  

    À semelhança de anos anteriores, a Câmara Municipal de Sardoal, vai levar a efeito a Campanha da Cal 2012, entre os meses de julho e setembro, com o objetivo de incentivar a caiação de muros e as habitações confinantes com a via pública, em todo o concelho. Neste sentido, o Município apela à colaboração e bairrismo das populações para contribuírem para o embelezamento das respetivas terras.

    A Câmara fornecerá a cal necessária para o efeito, no máximo de 7 kg por edifício e/ou muros. Em casos devidamente justificados, poderá ser fornecida quantidade superior. Os interessados deverão dirigir-se à Secção de Apoio Administrativo da Divisão de Operações Urbanísticas e Planeamento, desta Câmara Municipal, para efetuar pedido.

    Estes trabalhos estão isentos de licença camarária, quando, não haja alteração de cores exteriores nos imóveis supra referidos, estando apenas sujeita a licenciamento a ocupação da via pública, quando necessária.

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei assinou, no dia 15 de Junho, um Protocolo de Colaboração com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila de Rei e com a AMB3E – Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos, denominado Protocolo de Ponto de Recepção de REEE.

    No âmbito do protocolo, a sede da Associação dos Bombeiros Voluntários de Vila de Rei constitui-se como um Ponto de Recepção de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos, que serão posteriormente levantados pela AMB3E e reencaminhados para a reciclagem.

    O Município de Vila de Rei compromete-se também a depositar no Ponto de Recepção, nos Bombeiros Voluntários, todos os equipamentos eléctricos e electrónicos recolhidos durante a recolha de resíduos efectuada diariamente pelos serviços da Autarquia.

    Para a Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata, “com este protocolo, a Autarquia de Vila de Rei dá continuidade à sua política ambiental, incitando e divulgando a importância da reciclagem e do aproveitamento dos recursos.”

    Deste modo, os cidadãos devem encaminhar os seus antigos equipamentos eléctricos e electrónicos para a sede dos Bombeiros Voluntários de Vila de Rei. A Associação dos Bombeiros Voluntários receberá uma verba de acordo com o número de toneladas que conseguir recolher.

  • A urbanização do Vale Galego, em Vila de Rei, está a ser alvo de um projecto de reabilitação e enquadramento paisagístico denominado “Bosque da Vila”.

    O projecto vai permitir a criação de novos acessos pedonais à urbanização bem como a criação de condições para intervenção e manutenção da flora existente. Serão construídas cortinas de abrigo e será reabilitada uma linha de água que existia anteriormente no local. Numa 2ª fase, a zona de hortas da urbanização será transformada numa zona de lazer.

    O projecto inclui a plantação de diferentes espécies de árvores, nomeadamente choupo, jacarandá, freixo, salgueiro e amieiro. Em colaboração com a Associação de Caça e Pesca do Centro de Portugal, serão ainda construídas duas tocas artificiais para a criação selvagem de coelhos.

    As obras de reabilitação do projecto “Bosque da Vila” vão oferecer melhores condições para a manutenção da fauna e flora locais, oferecendo, ao mesmo tempo, uma significativa melhoria paisagística. A zona criada será um espaço de lazer por excelência, com percursos pedestres e com um estreito contacto com a Natureza.

  • O Executivo Municipal de Sardoal, na sessão de 22 de junho, aprovou, por unanimidade, um Voto de Louvor ao respetivo Corpo de Bombeiros Municipais, “que de forma briosa e desinteressada” presta serviço à comunidade onde se insere.

    Este Voto de Louvor surge na sequência de uma sugestão apresentada por uma família sardoalense de quatro irmãos, cuja mãe sofreu uma paragem cardiorrespiratória, em fevereiro último, sendo prontamente atendida pela equipa em serviço na Cooperação local, que conseguiu reverter o gravíssimo estado da paciente, nunca desistindo até à sua efetiva reanimação, naquilo que se poderá considerar como um ato de heroísmo e de profunda doação às causas humanitárias.Segundo informação do Comandante dos Bombeiros, José Curado, esta ação de socorro atingiu um elevado grau de eficiência porquanto se verificou um adequado funcionamento de toda a cadeia operacional, desde a receção da chamada telefónica a prevenir a ocorrência, até ao rápido despacho de meios e à qualificação técnica da equipa de Bombeiros que, na ocasião, se encontrava de prevenção.

    Deste modo, o Executivo Municipal, não desvalorizando o esforço individual e a competência de cada elemento envolvido nesta ação, refere que a generalização do feito se deverá estender a toda a Corporação de Bombeiros, como evidência de um espírito de união e responsabilidade abrangente.

    O Comandante considera, ainda, que os bons resultados, nesta e noutras ocasiões, são reflexo direto da “formação, instrução e treino contínuo” que vêm sendo desenvolvidas em prol da comunidade sardoalense e da região.

  • Uma das grandes novidades das Festas do Concelho de Sardoal 2012, que decorrem entre 21 e 23 de setembro, será a inclusão da VI edição da Feira Nacional do Fumeiro, Queijo e Pão, que funcionará no espaço da Praça Nova, numa parceria com a Associação TAGUS. Nesse local será instalado ainda um polo de divulgação de artesanato sardoalense e dos agentes económicos concelhios ligados à produção de vinho e doçaria.

    Pretende-se que a Feira Nacional do Fumeiro, Queijo e Pão seja uma mais-valia potenciadora de promoção e animação económica de produtos típicos de várias regiões do país, inovando o figurino dos festejos e tornando-o mais atrativo na sua oferta sócio-cultural e lúdica.

    Outra das novidades será a realização de Jornadas do Património, cujo tema incidirá sobre “Os Quadros do Mestre do Sardoal”. A iniciativa reunirá, no dia 21, reputados académicos e especialistas da História de Arte. De igual modo o Encontro de Tocadores de Instrumentos Tradicionais, iniciado em 2011, terá agora a devida continuidade graças ao envolvimento da Federação do Folclore Português (dia 22).

    Uma vez mais, as Festas do Sardoal vão contar com a efetiva participação das associações locais que promoverão diversas atividades, das quais se destaca o X Festival Hípico, a cargo da Associação Recreativa da Presa (dia 23).
    Quanto à música, merece relevo a atuação, no dia 21, do grupo “UXUKALHUS” (que recentemente lançou o álbum “Extravagante” e que trouxe novas sonoridades à música de raiz portuguesa) e o regresso ao palco principal das Festas, dia 22, da banda “One Vision”, com o seu magnífico concerto de tributo aos míticos “Queen”. O encerramento das festas, dia 23, será entregue ao GETAS com um espetáculo produzido especialmente para esta ocasião.

    Como sempre, serão instaladas tasquinhas com gastronomia da região e organizados recitais de música clássica e ligeira, uma exposição de artes plásticas, uma homenagem ao cinema português com a exibição do filme “CISNE”, de Teresa Vilaverde, desporto e muitos outros “temperos” que fazem das Festas do Concelho de Sardoal “um evento com muitos eventos”, contribuindo para o seu carisma e projeção cultural e artística.

    As Festas do Concelho são promovidas pelo Município e destinam-se a celebrar a elevação do Sardoal à categoria de Vila, por Carta de Mercê, passada por D. João III, em 22 de setembro de 1531. Comemoram-se, portanto os 481 anos desta efeméride. 22 de setembro é Dia do Concelho (feriado municipal).

  • Cumprindo o prazo previsto, os Serviços Municipalizados de Abrantes executaram por administração direta os mais de 4 km de conduta que ligam o sistema de Concavada ao de Alvega. Um investimento que ultrapassou os cem mil euros.

    Concluída a ligação, no dia 13 de junho, procedeu-se à lavagem e desinfeção das condutas, lavagem de todos os reservatórios do sistema de Alvega afetado com o problema do alumínio e fizeram-se descargas na rede para retirar água que eventualmente ainda tivesse alumínio.

    Feitas as análise microbiológicas e ao alumínio em diversos pontos da rede, primeiro no dia 18 de junho e uma segunda vez no dia 20, verificou-se que todos os parâmetros tinham voltado à normalidade. 

    Em sequência, por ofício do Delegado de Saúde, de 22 de junho, foram suspensas todas as restrições ao consumo de água da rede de Alvega. O serviço de distribuição de água através dos Bombeiros Municipais foi suspenso de imediato, estando a situação completamente restabelecida em termos de qualidade da água na rede.

  • A Estrada Nacional 3 (EN 3), junto à Zona Industrial de Montalvo, em Constância, está a ser intervencionada em consequência da degradação do pavimento, uma situação que se agravou com o aumento de tráfego após a introdução de portagens na A23.

    A Câmara Municipal de Constância refere os inúmeros contactos junto das Estradas de Portugal, manifestando a preocupação pela falta de condições rodoviárias, bem como no sentido desta entidade intervencionar o local, o que agora se concretizou.

    Os trabalhos em execução, que também abarcam mais duas zonas da EN 3, incluem uma recarga do pavimento tendo como objetivo corrigir as fortes irregularidades do piso que desde há muito tempo se vinham a manifestar e a marcação da sinalização horizontal que se encontrava praticamente inexistente.

  • A Câmara Municipal do Sardoal está a desenvolver um projecto para proteger a floresta contra incêndios, com o objectivo de atenuar a eclosão de fogos em densos espaços florestais. Um investimento orçado em 232 mil euros, financiado a 100% pela União Europeia e pelo Ministério da Agricultura.

    Coordenado pelo gabinete de proteção civil da autarquia e com o apoio dos bombeiros municipais, o projecto compreende uma intervenção em 235 hectares, traduzindo-se em cortes controlados de árvores, cortes e desbastes de matas, gradagem de terrenos e outras ações em zonas de floresta, estradas, vias de comunicação e aglomerados populacionais e industriais.

  • O Centro Social Interparoquial de Abrantes vai construir um lar de idosos na Encosta da Barata. Um investimento de 2,2 milhões de euros, comparticipados em 60% por fundos comunitários, que vai permitir criar 24 postos de trabalho efetivos. Com entrada em funcionamento prevista para dezembro de 2013, o Lar de Idosos terá capacidade para 60 utentes e serviço de apoio domiciliário para 30 pessoas.

  • A Fase Charlie do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF), inicia este domingo, dia 1 de Julho.

    Esta fase contará, até ao dia 30 de Setembro, com 9.324 operacionais e 1.982 veículos pertencentes aos Corpos de Bombeiros, à Guarda Nacional Republicana (GNR), à Polícia de Segurança Pública (PSP), à Força Especial de Bombeiros “Canarinhos” da ANPC, ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e à AFOCELCA, apoiados por 44 meios aéreos.

    A GNR assegurará, ainda, o funcionamento de 237 postos de vigia. Refira-se que as equipas helitransportadas de ataque inicial e terrestres do Grupo de Intervenção e Socorro (GIPS), no ano de 2011, efetuaram 4.609 descolagens e combateram 3076 incêndios dos quais 2.985 foram extintos, o que representa uma taxa de eficácia superior a 97%. O grande objetivo dos militares do GIPS para 2012 é a manutenção e a melhoria da taxa de sucesso conseguido em anos anteriores.

  •  

    Dois despistes ocorridos na quinta feira à tarde, um no concelho de Gavião e outro em Ponte de Sor provocaram um morto e três feridos ligeiros.

    No Gavião o sinistro envolveu o despiste de um ligeiro de passageiros, no cruzamento de Gavião para Ponte de Sor, provocando uma vítima mortal e dois feridos leves.

    As vítimas foram transportadas pelos bombeiros para o Hospital de Abrantes.

    O segundo aconteceu na zona de Foros do Arrão, concelho de Ponte de Sor, na Estrada Nacional 243, envolvendo também o despiste de uma viatura ligeira de passageiros, mas só com um ferido leve.

     

  •  

    Durante os meses de Julho, Agosto e 1ª quinzena de Setembro, a ESER - Escola de Segurança e Educação Rodoviária do Entroncamento - funciona de segunda-feira a sábado, até às 22h00.

    De segunda a sexta-feira: 9h00 às12h30; das 13h30 à 17h30 e das 19h00 às 22h00; sábados das 19h00 às 22h00

    A ESER destina-se a todas as faixas etárias, tem como objetivo fundamental a interação, no mesmo espaço, entre pais e filhos, avós e netos, criando um ambiente de salutar convivência, facilitadora do fortalecimento de laços familiares e do encontro de gerações.

    Para usufruir do espaço deverá proceder-se a marcação prévia no local, ou através do telefone: 249 094 722. 

  • O Jantar organizado pela Associação Vidas Cruzadas na última sexta-feira, contou com a presença de 80 pessoas, lançou o repto aos empresários e organizações, distribuiu troféus a 17 troféus Investidores Sociais e comemorou o 5º aniversário.

    Numa noite de balanço, de apresentação e divulgação de trabalho, Maria João Santos do ISEG (Instituto Superior de Economia e Gestão) foi a convidada para falar acerca da responsabilidade social das empresas.

    Vânia Grácio, presidenta da Associação Vidas Cruzadas convidou a técnica e excelente comunicadora, “no sentido de cativar alguns empresários para estas coisas da responsabilidade social e da nossa necessidade de apoios. E da importância que essa componente empresarial, através desse apoio, terá no sucesso do trabalho da associação. É que a Segurança Social só nos subsidia em 80%. Os outros 20% temos que os arranjar, pois a nossa resposta social é totalmente gratuita e já temos seis pessoas a tempo inteiro”.

    Maria João Santos apelou à reflexão: “Que responsabilidade, enquanto empresário, é que eu tenho perante a comunidade à minha volta; de que forma eu contribuo para ter uma comunidade mais solidária; de que forma é eu interajo para ter um ambiente mais sustentável”?

    “É uma questão ética mas, cada vez mais, também um imperativo ético. E é um imperativo de reforço de competitividade. Tem importância social, mas também económica. Também permite trazer mais valias, disse Maria João, lembrando ainda que, “isto não é uma questão de grandes empresas e que, cada vez mais, há que atuar no contexto do território”.

    Para Vânia Grácio, “estes cinco anos foram muito compensadores, apesar de muito trabalho, de muita luta e de muito desgaste. É muito bom sabermos que temos uma taxa de sucesso de 64%, uma loja social com muita gente a usufruir, um centro de apoio familiar e aconselhamento parental. Temos apostado cada vez mais numa intervenção especializada e estamos a implementar um novo modelo de intervenção totalmente inovadora nesta área. Por isso venham mais cinco, ou mais 20”. 

  •  

    Constância

    A partir de segunda-feira, dia 16 de julho e até ao dia 16 de agosto, no âmbito das obras de reabilitação e reforço estrutural da ponte sobre o rio Tejo (ligação Constância Sul / Praia do Ribatejo) vão decorrer os trabalhos de levantamento da estrutura para se proceder à reabilitação dos aparelhos de apoio.

    As obras vão obrigar a que a ponte esteja encerrada ao trânsito, uma ou duas vezes em cada dia útil, por períodos de 15 minutos, os quais são imprevisíveis em termos de horários que vão depender da evolução da intervenção, pelo que os automobilistas poderão deparar-se com interrupções inesperadas do trânsito.

    No entanto, na segunda quinzena de agosto terá de ocorrer um encerramento total da circulação, durante o período de remoção do pavimento e revestimento com betão.

     

    Belver

    No concelho de Gavião, a execução dos trabalhos de reabilitação e reforço estrutural da Ponte Metálica de Belver sobre o Rio Tejo ao km 85+540 da EN244 vão obrigar ao corte total da circulação rodoviária a partir de terça-feira, dia 17 de julho e com uma duração prevista de 300 dias.

    Os desvios decorrentes desta intervenção estarão devidamente sinalizados, indicando-se em seguida os percursos preferenciais:

    • Quem pretender ir de Gavião para Belver ou Mação deverá seguir pela EN118 até Alvega, seguir pela EN358 de Alvega até Mouriscas e pela EN3 de Mouriscas até Mação e prosseguir até Belver;

    • Quem pretender ir de Belver ou Mação para o Gavião deverá seguir pela EN3 de Mação até Mouriscas, EN358 de Mouriscas até Alvega e posteriormente pela EN118 de Alvega até Gavião;

    • O trânsito que circula na A23 de Norte – Será informado que a alternativa para o Gavião será sair no nó do Gardete e seguir pelo IP2 até ao nó com a EN118 e seguir até Gavião;

    • O trânsito que circula na A23 de Sul – Será informado que a alternativa para o Gavião será sair no nó de Mouriscas e seguir pela EN358 e depois EN118 até Gavião.

  • Toy é a grande atração da edição de 2012 das Festas de Montargil. O conhecido cantor de Setúbal, que ainda há pouco tempo participou no programa televisivo “A Tua Cara Não Me É Estranha”, vai atuar no dia de abertura, sexta-feira 13.

    No sábado 14, há festival de folclore e o Duo Musical Star. No último dia, domingo, sobem ao palco o grupo de violas Lagartos & Companhia de Montargil e os Moods Band de Ponte de Sor.

    Festival de Folclore

    O Rancho Folclórico de Montargil, do Grupo de Promoção Socio Cultural organiza, no Polidesportivo da Zona Desportiva de Montagil, o seu XXXIII Festival de Folclore, no dia 14 de julho, pelas 21h30.

    Para além do grupo anfitrião, participam o Grupo de Danças e Cantares de Fermêdo e Mato (Douro Litoral), o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Almeirim (Ribatejo) e o Rancho Tá-Mar da Nazaré (Estremadura).

  • A aldeia da Cabeça das Mós vai estar em festa nos dias 28 e 29 de julho e 3, 4 e 5 de agosto. 

    As habituais festas de verão desta localidade contam, este ano, a nível musical com a presença de “Opa”, dia 28, Graciano Ricardo, dia 29, “Geração XXI”, dia 3, “For Teen”, no dia 4, e “FM”, no dia 5.

    Além da animação musical, no domingo, dia 29 de julho, haverá missa por intenção de todos os conterrâneos, às 16 horas, seguida do tradicional leilão das fogaças, pelas 17 horas. A tarde desportiva/cultural com jogos tradicionais terá início às 18 horas. No sábado, 4 de agosto, as atividades desportivas começam às 16 horas.

    Haverá ainda serviço de jantares com cozinha tradicional, bar e quermesse.  

  •  

    TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior – que integra os concelhos de Abrantes, Constância e Sardoal, levou a efeito uma conferência para agitar as consciências neste momento de transição.

    Para Pedro Saraiva, coordenador da associação, a conferência teve por objetivo, “fazer um momento de paragem e pensar sobre o futuro da Tagus, constituída em 1993. Depois de três anos de implantação da política do Proder e da abordagem LEADER há que pensar no futuro”. Para tal convidou Camilo Mortágua, um animador mas também um dinamizador que, entre muitas coisas, esteve envolvido na implantação de programa e projetos de desenvolvimento local.

    E para pensar o futuro o melhor é não estar amarrado a nada. Daí a razão do convite: “Camilo Mortágua traz-nos uma forma livre de ver as coisas e de nos alertar. Alguém que lutou pela liberdade e transmitiu-nos essa liberdade. A forma de estar, a vida tem que ser alterada. Convidámos também Regina Lopes, que sendo presidente da direção da federação das associações de desenvolvimento local está por dentro do processo e sabe o que está a acontecer. Temos que fazer hoje e pensar hoje o futuro”, afirmou Pedro Saraiva.

    Mais de uma centena de pessoas deslocaram-se aos claustros do Convento de S. Domingos, ontem, dia 12, para ouvir falar de assuntos sérios de uma forma mais ou menos divertida. “Fui convidado para falar do que eu quisesse”, afirmou o convidado, com aquela gargalhada que só as pessoas livres conseguem ter.

    Camilo Mortágua entende que a “agricultura é o coração do desenvolvimento rural e que o Local é a raiz do Global”. Para este amante incondicional da liberdade, “O exercício da governança local pode ser a grande Universidade Universal, onde toda a gente pode participar, onde toda a gente discute a sua terra. Ali aprende e ali participa. Não adianta perder tempo, se as pessoas não compreenderem a necessidade do ato de pensar. O grande défice é da compreensão do básico. Andam para aí uns senhores a falar de empowerment e empreendedorismo e coisas assim. Depois pergunto-lhes o que é o capital financeiro e ficam calados, porque não sabem”.

    “Os fatores da desgraça atual começaram há 30 anos e penso que estamos para aí, a meio do processo. Se a governação fosse pensada de baixo para cima, os incompetentes e os corruptos, talvez não desparecessem de todo, mas seria bem diferente. São sete cães a um osso. Uma das causas é os partidos políticos: em vez de serem escolas de cidadanias e de princípios, são escolas de carreirismo e oportunismos. Depois, como quem nomeiam são os partidos, colocam as pessoas que eles próprios deformaram com a sua prática”, prosseguiu o convidado

    Este cidadão militante das causas do desenvolvimento local acha que “o Orçamento Participativo devia ser lei”. Apresentou a mudança de atitude como um convite e um alerta: “Associativismo, estimular, agir associativamente. Hoje todos temos o direito a consumir, mas perdemos o direito de vender. As centrais das cadeias de distribuição estão lá longe”. 

  •  

    Sob o tema “Escuteirar – Educar para a vida”, o CNE – Corpo Nacional de Escutas, Escutismo Católico Português, reunirá cerca de 17.000 escuteiros, de 4 a 10 de Agosto, em Idanha-a-Nova (Castelo Branco) . Será o maior acampamento da história do CNE.

    Neste ACANAC (ACA de acampamento e NAC de nacional), “que ocorre num tempo em que o grande desígnio do CNE é implementar o novo Programa Educativo, o que se pretende é que os participantes vivam uma semana de verdadeiro Escutismo, com propostas de atividades, uma metodologia de organização e participação e uma vivência de campo conformes com a metodologia proposta por Baden-Powell, fundador do movimento”.

    Em campo, os jovens terão de desempenhar uma série de tarefas, preparadas e planeadas por eles próprios. Irão construir o seu alojamento para esses dias, irão cozinhar, limpar e manter as instalações, participar em inúmeras atividades propostas pela equipa de organização, que passam por caminhadas, jogos, ateliês, que visam potenciar o crescimento da criança e do jovem em todos os aspetos do seu desenvolvimento individual: físico, afetivo, de carácter, espiritual, intelectual e social.

    “Educar para a Vida” é o lema recentemente adotado pela OMME (Organização Mundial do Movimento Escutista – www.scout.org) e que bem responde à questão «que pretende/faz o Escutismo?», tendo sido adotado pelo CNE, que adicionou uma nova palavra – ESCUTEIRAR – que pretende transmitir a alegria e o empenho que são características comuns a todos os escuteiros.

    Mais informações sobre o ACANAC em www.acanac2012.org

  •  

    O Município de Vila Nova da Barquinha, a Associação Viver entre Amigos e o Agrupamento 583 do Corpo Nacional de Escutas - Vila Nova da Barquinha, angariaram fundos para a aquisição de um autocarro para transporte de crianças no Município de Santa Catarina do Fogo, Cabo Verde.

    A verba angariada para a aquisição da viatura, com um custo de cerca de 10.000 euros, foi fruto da parceria das três entidades. A “Associação Viver entre Amigos”, criada em 2005, desenvolveu, juntamente com as geminações de Dissay e Madone, várias actividades culturais, desportivas e sociais que permitiram a recolha colectiva de fundos cujo fim se destinavam, exclusivamente, a Santa Catarina do Fogo, no valor de 5.220€.

    O Agrupamento 583 do Corpo Nacional de Escutas organizou várias actividades, nomeadamente a concentração anual de Pais Natal, festa da Primavera, e vendas de Natal, que tinham igualmente em vista a angariação de receitas para Santa Catarina do Fogo. Nestes eventos recolheram a soma de 1.000€.

    O Município de Vila Nova da Barquinha, além do apoio concedido a estas actividades, deliberou atribuir um subsídio de 3.780€ à Associação Viver entre Amigos, valor destinado à acção de geminação, de comparticipação na aquisição a efectuar de um autocarro para o transporte escolar dos alunos do município de Santa Catarina do Fogo, Cabo Verde.

    O presidente do Município de Santa Catarina do Fogo, face ao relevo da ilha, entende que o autocarro é uma necessidade básica e premente uma vez que os alunos daquele território têm que percorrer vários quilómetros a pé, por caminhos impróprios, para chegar à escola.

    A acção surgiu na sequência da geminação do Município de Vila Nova da Barquinha com este concelho cabo-verdiano em 2007. Desde então têm vindo a ser desenvolvidos programas e projectos de cooperação em domínios como o cultural, educação e formação profissional com o objectivo de melhorar as condições de vida da população daquele município.

  • A influência de um anticiclone que se estende em crista até ao Golfo da Biscaia originou uma circulação fraca de leste, o que se traduziu numa temperatura do ar muito elevada no território continental, sendo, até ao momento, o dia 17 de julho o mais quente deste ano. 

    Assim, das temperaturas máximas observadas no dia de ontem, podemos destacar Lisboa com 39.6°C, Porto com 37.5°C, Faro com 32.5°C, Coimbra com 39.4°C, Leiria com 40.3°C, Santarém com 41.9°C, Beja com 41.1°C e Évora com 40.5°C.

    Realça-se ainda que foram ultrapassados os maiores valores da temperatura máxima para o mês de julho, desde que há registos, nas estações do Caramulo com 36,7°C, Lousã com 43,6°C, Ansião com 40,9°C, Leiria com 40,3°C, Tomar com 43,5°C e Rio Maior com 42,3°C. 

    Relativamente à noite de 17 para 18 de julho, ocorreram valores de temperatura mínima do ar superiores a 20°C (noites tropicais) em grande parte do território do continente, nomeadamente em Portalegre com 27.9°C, Lisboa com 25.4°C, Castelo Branco com 25.1°C, Faro com 24.0°C, Viseu com 23.9°C, Porto com 22.6°C, Coimbra com 22.7°C e Beja com 22.8°C. 

  • A Praia do Alamal, em Gavião, foi considerada, pela revista Visão, uma das 36 melhores praias fluviais de 2012.

    O guia destacou os melhores locais para atividades lúdicas ou levar a família, viver momentos exclusivos ou emergir na tradição, petiscar ou desfrutar da paisagem, fugir das multidões, praticar desportos náuticos ou tomar banhos fluviais.

    O Alamal é, segundo o guia, uma das quatro melhores praias de Portugal para banhos fluviais.

  • Dia 26 de julho celebra-se, no Entroncamento, o Dia Mundial dos Avós, na Escola de Segurança & Educação Rodoviária (ESER). A efeméride pretende reconhecer o papel fundamental dos avós a nível familiar e social.

    A data foi escolhida por ser também o dia de Santa Ana e de S. Joaquim, pais de Maria, avós de Jesus Cristo e padroeiros de todos os avós. Para assinalar este dia, o Município do Entroncamento irá realizar diversas atividades.

     

    PROGRAMA:

    MANHÃ: AVÓS POR UM DIA
    Público-alvo: idosos do Programa Reviver e crianças do Lar das Raparigas.
    09h30 – Receção dos Participantes
    12h30 – Final das atividades

    TARDE E NOITE: 
    TRAZ OS TEUS AVÓS E VEM À ESER
    Público-alvo: Avós e netos do Concelho

    Avós e netos irão formar uma equipa coesa, com a finalidade de interagirem no mesmo espaço, criando um ambiente de salutar convivência, que contribuirá para o fortalecimento de laços familiares.

    Horário de Funcionamento: 
    - Tarde: das 14h00 às 17h30
    - Noite: das 19h00 às 22h00

  •  

    actualização (20  julho)

    O incêndio que deflagrou, na tarde do dia 18 de Julho, em Tramaga, foi dominado, pouco depois da meia-noite, tendo consumido cerca de mil hectares de montado de sobro, pinhal, eucaliptal e mato.

     

    actualização às 23h50 (19 julho)

    O incêndio em Tramaga continua com duas frentes activas, registando-se mais um aumento do número de operacionais e de veículos, 256 elementos são agora apoiados por 69 veículos.

     

    actualização às 22h20 (19 julho)

    O número de operacionais e de veículos volta a subir. No terreno estão agora 221 elementos apoiados por 61 veículos. Os meios aéreos já não se encontram no local.

     

    actualização às 20h25 (19 julho)

    O número de operacionais subiu para 211, assim como o número de veículos que é agora de 57. Continuam ainda no terreno 3 meios aéreos.

    O incêndio continua com duas frentes, tendo sido accionado, para o Teatro de Operações, um Técnico do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF).

     

    actualização às 19h00 (19 julho)

     

    O incêndio em Tramaga, Ponte de Sor, está, neste momento, activo com duas frentes. Segundo a Protecção Civil, estão no terreno 190 operacionais, 51 veículos e 3 meios aéreos.

    Depois da reactivação que ocorreu esta tarde, pelas 16h14, foi accionado um Helicóptero Bombardeiro Pesado, pelas 17h15. Os Grupos de Reforço para Combate a Incêndios Florestais (GRIF) de Castelo Branco e Lisboa foram também accionados, minutos depois das 18h30.

    O incêndio deflagrou ontem, pelas 18h00, mantendo-se com uma frente activa até às 7h00 de hoje, altura em que foi considerado como dominado.

  • Os Bombeiros Municipais de Abrantes sofreram um acidente com um Veículo Tanque Táctico Urbano (VTTU) onde seguiam a caminho do incêndio que deflagrou esta tarde, cerca das 15h00, em Vale das Mós, Abrantes. Do despiste resultou a morte da bombeira Paulina Pereira, 47 anos.

  • A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, deteve um homem pela presumível autoria material do crime de homicídio qualificado na forma tentada e de violência doméstica, cometido na noite de quinta-feira, dia 19, sobre a sua ex-companheira, em Bemposta, Abrantes.

    O detido tem 36 anos de idade e é corticeiro de profissão. No âmbito de diligências probatórias entretanto realizadas, foi apreendida a arma utilizada, uma carabina de caça grossa, calibre 300, bem como dois invólucros.

  • Deflagraram, esta tarde, quatro incêndios no concelho de Abrantes. Um incêndio urbano no Rossio ao Sul do Tejo e três incêndios rurais, um em Vale das Mós e dois no Pego.

    O incêndio em Vale das Mós, que deflagrou cerca das 15h00 foi considerado dominado pelas 18h00. No terreno estão 154 operacionais apoiados por 42 veículos e 2 meios aéreos.

    No Pego, o alerta foi dado pelas 17h10, tendo o incêndio sido dominado pelas 18h21. Estão no local 47 operacionais, apoiados por 13 veículos e 2 meios aéreos.

  • O funeral de Paulina Pereira realiza-se amanhã, dia 24 de julho, às 10h30, no Pego. Esta tarde, o corpo será velado, entre as 17 e as 19 horas, no quartel dos bombeiros municipais de Abrantes, de onde seguirá para a Igreja do Pego.

    A bombeira, de 47 anos, faleceu, no sábado, na sequência do despiste do auto-tanque em que seguia a caminho do incêndio em Vale das Mós.

  •  

    Apesar do início da construção da obra já ter uns anos, apesar da conclusão da mesma e da sua inauguração já ter algum tempo, apesar das pessoas pagarem a sua taxa de tratamento de efluentes, os esgotos de S. Facundo correm, em grande parte, para as linhas de água.

    Os esgotos que não chegam a correr a céu aberto para os ribeiros são diariamente recolhidos e transportados pela Abrantaqua, empresa privada que tem a conceção dos Serviços de Águas Residuais Urbanas do Município de Abrantes.

    Até quando, perguntam as gentes e os agentes locais.

    Ver reportagem na próxima edição impressa 

  •  

    Realizou-se ontem de manhã, no Pego, o funeral de Paulina Pereira, a bombeira falecida no sábado, após despiste do auto tanque onde seguia, com o condutor.

    O acidente acorreu em Vale de Cortiças, quando os bombeiros de Abrantes se dirigiam para combater o incêndio que devastava uma área de floresta nas freguesias de S. Facundo e Vale das Mós.

    A cerimónia fúnebre contou com várias entidades oficiais, entre as quais o Ministro da Administração Interna, Miguel Macedo.

    Presentes em sinal de solidariedade estiveram viaturas e bombeiros da maior parte das corporações vizinhas. 

  • O incêndio que deflagrou, esta tarde, em Malhada da Velha, Montargil, foi considerado dominado poucos minutos depois das 17 horas. O alerta foi dado pelas 15h00, tendo o incêndio registado três frentes activas.

  •  

    Tendo como principal objetivo garantir a diminuição do perigo de incêndios florestais, a Câmara Municipal de Constância está a realizar os trabalhos de execução de faixas de gestão de combustível (limpezas e corte de mato) para proteção aos aglomerados populacionais e à zona industrial de Montalvo.

    Os trabalhos estão a decorrer em locais previamente identificados como prioritários no concelho, sendo que as operações são realizadas com recurso a maquinaria específica, o que implica um investimento na ordem dos 30 mil euros.

    No que respeita à execução de faixas de gestão de combustível para proteção aos aglomerados populacionais e à limpeza de terrenos, a autarquia apraz-lhe registar o facto de alguns particulares estarem a realizar estes trabalhos nas suas propriedades.

    Ainda no âmbito da prevenção de incêndios, é de salientar o trabalho que a equipa de Sapadores Florestais de Constância tem vindo a realizar ao longo de todo o ano.

     

  • O programa da RTP “7 Maravilhas – Praias de Portugal” vai ser emitido, em directo, da Praia Fluvial do Penedo Furado, sábado, dia 4 de Agosto.

    A transmissão do programa, que irá decorrer das 11h00 às 13h00 e das 15h15 às 17h00, enquadra-se no concurso 7 Maravilhas – Praias de Portugal, do qual a Praia Fluvial do Penedo Furado é finalista na categoria de Praias de Rios.

  • A Feira Nacional do Cavalo, a ter lugar de 2 a 11 de Novembro, na Golegã, já tem programa provisório.

    Consulte aqui

  • O FINAbrantes, cujo regulamento, aguarda aprovação pela Câmara Municipal, foi apresentado no dia 19 de julho. O novo modelo do programa de financiamento às atividades realizadas pelo movimento associativo do concelho vai revogar as normas dos programas que vigoraram nos últimos anos.

    Abrangendo cinco medidas, Cultura, Desporto, Juventude, Social e Eventos, o novo programa pretende introduzir mais qualidade e inovação na articulação entre o movimento associativo e a Câmara, atingir um maior acompanhamento técnico, maior rigor na realização das atividades, mais otimização dos recursos do município e uma melhor coordenação dos eventos, evitando-se a sobreposição de atividades.

    Todas as entidades que apresentem candidaturas deverão estar inscritas no registo municipal das coletividades e a formalização das candidaturas será realizada através de formulário específico. Após a aprovação da candidatura, haverá um prazo de 10 dias para a assinatura do contrato-programa. Quanto à transferência do apoio financeiro decorrerá em três fases.

    Os prazos das candidaturas passam a ser, para o desporto, até 30 de setembro e para as restantes atividades até 30 de novembro.

  • A partir de quarta feira, dia 1 de Agosto, entram em vigor os novos horários da rede de transportes que a Rodoviária do Tejo disponibiliza no circuito urbano de Abrantes.

    A carreira “Urbana dos Plátanos” deixa de existir, mas a maioria das suas paragens passam a integrar uma nova linha verde, a “Urbana de Alferrarede”. Esta alteração permite uma cobertura a novas áreas, tal como a passagem pelas instalações do CRIA – Centro de Recuperação e Integração de Abrantes e o Parque Industrial Sul.

    Também a denominada “Urbana de Abrançalha” passará a chamar-se “Urbana da Chainça” (Linha Amarela), sendo que as paragens de Abrançalha de Baixo, Abrançalha de Cima, Srª da Luz e Paúl passam a ser abrangidas pelas carreiras interurbanas da Rodoviária do Tejo, que passarão também a servir a zona de Alferrarede Velha.

    Consulte aqui os horários, percursos e tarifários

  • O Município de Sardoal, através dos Serviços de Ação Social, já tem em pleno funcionamento, um contacto de e-mail e um numero de telefone, destinados especificamente a situações de emergência social, a operar 24 horas por dia. O telefone tem o número 926513181 e o e-mail é emergencia.social@cm-sardoal.pt 

    Este serviço tem por objetivo permitir alertar ou prevenir sobre casos de emergência social, onde se incluem a violência doméstica, em especial sobre pessoas idosas, maus tratos, carências sociais, casos de fome, doença repentina ou outras necessidades de vida quotidianas que se manifestem de forma inesperada em pessoas ou agregados familiares sem capacidade de resposta às problemáticas surgidas.

    O telefone e o e-mail poderão ser usados pelos próprios intervenientes das situações ou por familiares, vizinhos ou amigos, que detetem qualquer anomalia social que requeira uma intervenção adequada. Estes contatos de alerta poderão ser efetuados de forma anónima.

    O Município decidiu criar mais esta estrutura de apoio social, tendo em conta o número crescente de situações com que é confrontado diariamente e tendo também a consciência das dificuldades dos tempos que o país vive e de exemplos da existência de casos de pobreza envergonhada, que urge minorar ou resolver. 

  •  

    3 de Agosto

    Esta manhã, as chamas voltaram junto ao Jardim do Castelo de Abrantes.

     

    2 de Agosto | 18h00

    O incêndio foi dominado há dez minutos, tendo a circulação ferroviária sido interrompida na zona de Alferrarede.

     

    2 de Agosto | 17h40

    Deflagrou, esta tarde, pelas 16h41, um incêndio em Abrantes na zona conhecida por Encosta do Castelo, entre as freguesias de Alferrarede e Rossio ao Sul do Tejo.

    Com uma frente activa, as chamas estão, neste momento, a ser combatidas por 89 operacionais, apoiados por 19 veículos e dois helicópteros.

  • A Polícia Judiciária deteve dois irmãos suspeitos de serem os responsáveis pelos incêndios que ocorreram em Julho, em Ponte de Sor.

    Uma mulher, de 24 anos, desempregada, é a presumível autora do incêndio que deflagrou a 5 de Julho, tendo ateado o fogo por vingança, no local onde era traída pelo homem com quem vivia. O irmão, de 17 anos, desempregado e de vida nómada, é suspeito de ser o autor dos incêndios que deflagraram nos dias 15, 18 e 26 de Julho, tendo por móbil razões fúteis de incivilidades.

    Os incêndios foram praticados com recurso a fósforos no interior do povoamento. Em consequência destes atos foram destruídos mais de mil hectares de montado de sobro, eucaliptais, pinhais e olivais, tendo envolvido mais de sete centenas de bombeiros e diversos meios terrestres e aéreos.

    A investigação processou-se, a partir de várias comunicações da GNR local, de forma globalizada face ao número de ocorrência verificadas durante o mês de julho no concelho.

  • O Ministério Público (MP) de Abrantes acusou sete arguidos, entre os 19 e os 52 anos, considerados muito violentos e perigosos, imputando-lhes os crimes de associação criminosa, extorsão na forma continuada, coacção, dano, ofensas corporais e ameaça agravada. Quase todos residem no problemático bairro social de Vale das Rãs, em Abrantes.

    Durante 10 anos, o grupo extorquiu dinheiro e bens a comerciantes, instaurando um verdadeiro clima de terror. Um empresário de Abrantes foi violentamente espancado em duas ocasiões, ameaçado de morte com arma de fogo e viu o seu café ser destruído várias vezes por recusar sempre pagar a "protecção" exigida pelos agressores. A situação foi, na altura, noticiada pelo jornal Abarca (edição 267, de 23 de Setembro).

    Segundo a acusação, muitos comerciantes, perante ameaças de morte ou de vandalização, viram-se forçados a pagar mensalmente "quantias não inferiores a 50 euros, bem como géneros alimentícios e outras mercadorias", como tabaco e bebidas. "A obtenção dos valores monetários desta forma ficou conhecida por ‘camorra’", refere o despacho de acusação.

    Apesar de levar sete arguidos a julgamento, o próprio MP reconhece que não conseguiu identificar e deduzir acusação contra todos os elementos do grupo que espalhou o terror na cidade desde 2000.

    Recorde-se que em Outubro de 2010 o Comando Distrital da PSP de Santarém afirmou, em comunicado, que “a criminalidade denunciada e detectada pela Esquadra da Polícia de Segurança Pública de Abrantes está dentro dos parâmetros de registo criminal normais”.

     

    Edições relacionadas:

    • Edição 267, de 23 de Setembro de 2010
    • Edição 269, de 7 de Outubro de 2010
    • Edição 272, de 28 de Outubro de 2010
  • A Câmara Municipal de Vila de Rei promove, de 17 a 21 de Setembro, a “Semana do Envelhecimento Activo”, contemplando várias acções e actividades na área do social, saúde, cultura, desporto e lazer.

    A iniciativa destina-se a profissionais da área, durante o dia 17, e a todas as pessoas com idade superior a 50 anos durante os restantes dias da semana.

    O programa inclui o Fórum do Envelhecimento Activo, que pretende ser um espaço de reflexão e discussão sobre o tema, rastreios de saúde, programas culturais e desportivos, oficinas criativas e uma Viagem Cultural por alguns pontos de Vila de Rei.

    Esta iniciativa surge no âmbito das comemorações do Ano Europeu do Envelhecimento Activo e Solidariedade entre Gerações, com o objectivo de proporcionar à pessoa idosa o envelhecimento com dignidade, promovendo a sua autonomia e independência através da sua participação activa ao nível social, cultural, espiritual e cívico, que se traduz no bem-estar pleno ao nível físico, psíquico e social.

  • A ponte de Constância que liga Constância Sul a Praia do Ribatejo vai estar encerrada de 20 de Agosto a 7 de Setembro para trabalhos de remoção do pavimento e revestimento com betão, o que inviabiliza por completo a circulação.

    Tendo em vista minimizar os incómodos causados à população com o encerramento da ponte, a Câmara Municipal disponibiliza o barco municipal para atravessar o rio, cujas viagens decorrerão entre as 5h30 e as 00h30, em horários específicos. 

     

  • A Junta de Freguesia do Souto, em parceria com a AJAF, promove, amanhã, dia 11, o Mega Churrasco da Freguesia do Souto.

    O evento decorre a partir das 14 horas, Junto ao Coreto, com muita muisa e animação, e pela noite dentro seguem-se as Festas de Fontes e Carvalhal.

  • A Federação das Associações Juvenis do Distrito de Santarém (FAJUDIS) foi terceira classificada, a nível nacional, dos prémios “Jovens pela Igualdade”. A Associação Juvenil de Deão foi a vencedora e o segundo lugar foi entregue à LIFESHAKER. A cerimónia de entrega de prémios decorreu, no dia 3 de Agosto, nas instalações do Instituto Português do Desporto e Juventude.

    Jorge Claro, presidente da FAJUDIS, agradeceu à Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género e ao Instituto Português do Desporto e da Juventude, pois considera que é uma honra para a Federação receber este prémio, que significa por um lado o reconhecimento e mérito ao trabalho desenvolvido e por outro lado o incentivo e apoio à continuidade do mesmo, destacando o papel que o associativismo juvenil tem na sensibilização e mobilização dos jovens para todas as questões relacionadas com a igualdade de género.

    O prémio Jovens pela Igualdade é uma iniciativa bianual promovida pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG) em colaboração com o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), criado em 2011 pelo que é a primeira vez que está a ser atribuído.

    Este prémio destina-se a associações de jovens e grupos informais de jovens inscritos no Registo Nacional de Associativismo Jovem (RNAJ), com boas práticas na integração da dimensão da Igualdade de Género, Cidadania e Não Discriminação, quer na sua organização ou funcionamento, quer nas atividades por si desenvolvidas.

  • A Fundação Vodafone Portugal acaba de lançar a nova versão da aplicação ´Praia em Directo’ para smartphones e tablets, estando também disponível em http://praiaemdirecto.com. A app gratuita ´Praia em Directo’ disponibiliza, em tempo real, informação sobre 174 zonas balneares marítimas e fluviais, entre as quais as Praias do Carvoeiro, em Mação, Alamal, em Gavião e Penedo Furado, em Vila de Rei.

    Criada em parceria com a Marinha Portuguesa – Instituto de Socorros a Náufragos, a aplicação dá a conhecer, por exemplo, o risco de exposição solar ao longo do dia, sendo possível visualizar o período horário em que os índices ultravioletas atingem níveis máximos. A medição deste e de outros parâmetros como a qualidade e temperatura da água balnear, a temperatura do ar, a velocidade e direcção do vento e o estado das marés e ondulação, é realizada em tempo real através de bóias e estações de monitorização autónomas que são alimentadas por painéis solares.

    A informação é também disponibilizada em Inglês, Espanhol, Francês, Alemão e Italiano no sentido de informar os turistas estrangeiros que se encontram a passar férias no nosso país sobre as condições das nossas praias. O download da aplicação é gratuito.

  • O incêndio que deflagrou esta tarde, cerca das 15h30, em Fontes, concelho de Abrantes, foi considerado dominado pelas 17h45.

    No local estão 136 operacionais apoiados por 37 veículos e um helicóptero bombardeiro.

  •  

  •  Realiza-se no próximo dia 23 de setembro (Domingo), a 6.ª edição da Feirinha de Setembro que irá decorrer no Pavilhão Desportivo Municipal do Entroncamento, entre as 15h e as 18h. 

    Nesta atividade, as crianças podem vender de tudo um pouco: bonecos, brinquedos, livros, bolos, refrescos, entre outros artigos, a um preço simbólico. Toda a família e amigos podem apoiar os pequenos comerciantes nesta Feirinha para todos.

    As inscrições, para meninos vendedores são limitadas e encontram-se abertas até dia 20 de setembro, devendo ser realizadas nos Serviços Culturais da Autarquia ou através do telefone 249 720 400.

  • O Município de Sardoal iniciou uma campanha de sensibilização junto da população concelhia e dos agentes económicos locais, no sentido de os sensibilizar para o correto acondicionamento e deposição dos resíduos urbanos.

    Em documento distribuído publicamente, o Município alerta para a obrigatoriedade desse acondicionamento e deposição terem de que ocorrer em boas condições de higiene e estanquidade, em sacos devidamente fechados e não a granel, por forma a não causar espalhamento ou derrames.

    Esta campanha resulta do fato do Regulamento Municipal relativo aos Serviços de Gestão de Resíduos Urbanos já estar em vigor, depois da aprovação pela Assembleia Municipal e da publicação oficial em “Diário da República” (2.ª Série), a 23 de julho.

    Outros materiais e ações de sensibilização serão efetuados neste âmbito e tendo em vista a defesa do Ambiente e a qualidade de vida nos aglomerados urbanos.

    O Regulamento prevê, em caso de não cumprimento das suas regras, a constituição de contra ordenações puníveis com coimas de 250 a 1500 euros para pessoas singulares ou de 1250 a 22.000 euros para pessoas coletivas.

    O Regulamento completo poderá ser consultado no sítio da autarquia (www.cm-sardoal.pt) ou nos Serviços do Município.

  • A AJAF- Associação Juventude Acção no Futuro promove, dia 31 de Agosto, o ateliê criativo "Técnicas de Bordados".

    A decorrer, das 15 às 17 horas, na sede da Junta de Freguesia de Aldeia do Mato, esta atividade insere-se no Projeto "Juventude Ação na Solidariedade" e conta com o apoio do programa FINSOCIAL 2012.

    Os interessados devem efectuar a sua inscrição na junta de freguesia da sua área de residência ou através do número 960318387. O custo de dois euros inclui os materiais utilizados e as peças feitas na aula.

  • Para garantir a estabilidade do sinal TDT em Gavião já entrou em funcionamento o emissor instalado na estação base da TMN, no centro da vila, pelo que os telespetadores devem reorientar as antenas de receção para aquele local. A informação foi prestada à Câmara Municipal de Gavião pela Portugal Telecom.

  • A Câmara Municipal do Entroncamento vai promover no dia 22 de setembro um Workshop de Iniciação à Costura, que irá decorrer das 15h às 18h30m, na Sala de Formação da Cultura.

    As inscrições decorrem até dia 17 de setembro, têm o valor de 20€ (incluindo todo o material necessário para a atividade) e devem ser efetuadas nos Serviços Culturais da Autarquia.

    Este Workshop tem como finalidade a aprendizagem de técnicas básicas de costura.

  • A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, já se encontra a organizar a próxima edição do Festival do Arroz Doce e Doçaria Tradicional, que se realiza este ano entre os dias 30 de novembro e 02 de dezembro.

    A realização deste certame é já uma aposta ganha da NERSANT no que diz respeito à organização de feiras e certames, pelo número de visitantes que esta feira tem atraído nas suas últimas edições. De referir que na edição 2011 do Festival do Arroz Doce e Doçaria Tradicional, o recinto da NERSANT acolheu mais de 10 mil visitantes em apenas quatro dias.

    Um dos motivos de sucesso é, para além da mostra diversificada de arroz doce e outro tipo de doçaria tradicional, a realização paralela da Feira do Livro e da Feira dos Stocks, onde editoras e empresas ligadas ao comércio de vestuário, calçado, tapeçaria e bijutaria, colocam à venda os seus produtos a preços reduzidos. A animação diária do certame, onde se enumeram atuações diversas são também alguns fatores de sucesso do certame e que têm atraído cada vez mais pessoas ao recinto do festival.

    Este ano, a IX edição do Festival do Arroz Doce e Doçaria Tradicional, vai contar, entre outros, com atuação de sevilhanas e ranchos folclóricos. Realiza-se também o já conhecido concurso de arroz doce, aberto a expositores do evento e ao público em geral, e que este ano contará mais uma vez com Filipa Vacondeus e Odete Castelão, em representação do Chefe Silva, enquanto elementos do júri.

    Devido ao sucesso da passada edição, a NERSANT vai voltar a inserir no programa do IX Festival do Arroz Doce e Doçaria Tradicional, um workshop de cake design, onde os participantes poderão aprender diversas técnicas ligadas à decoração de bolos.

    Os interessados expor os seus produtos ou serviços no certame, podem fazer a sua inscrição online, no site da NERSANT em www.nersant.pt. Para mais informações, o Departamento de Associativismo, Marketing e Eventos encontra-se à disposição (dame@nersant.pt ou 249 839 500).

  • A Quinta Vale do Armo, em Sardoal, integra a lista das adegas da região vitivinícola do Tejo que vão abrir as suas portas às famílias portuguesas para aprenderem a cultura do vinho, convidando-as a participar no processo da vindima, no âmbito do ‘Portas Abertas do Tejo 2012’, que decorre no fim de semana de 8 e 9 de Setembro.

    O objectivo é mesmo estender o convite a turistas que visitem Portugal nesse período bem como aos enófilos de todo o país, participando assim ativamente na campanha das vindimas, que vão permitir desvendar as técnicas e segredos por detrás dos processos de produção do vinho.

    Segundo a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo), entidade organizadora da iniciativa, os 20 produtores que este ano se vão associar ao evento já deram início aos preparativos para receber os mais de 2 mil visitantes que se esperam na região ao longo do fim de semana.

    “De ano para ano, verificámos que os produtores aderentes encaram esta ação com entusiasmo renovado e preparam programas de atividades cada vez mais completos e criativos, pensados para cativar e aproximar as diferentes gerações de visitantes das tradições e da cultura do vinho”, refere José Pinto Gaspar, presidente da CVR Tejo.

    Além das vindimas, o programa de atividades de diversos produtores do Tejo vai contemplar visitas às vinhas e às adegas, onde serão explicados os processos de vinificação, bem como provas de vinhos, de mostos e de doces regionais, almoços nas adegas, espetáculos de variedades equestres, passeios de trator e de charrete.

    José Pinto Gaspar reforça ainda que a visita às adegas do Tejo é também um excelente pretexto para conhecer melhor a diversidade de culturas e tradições do Ribatejo. “A cultura da região é marcada pelas tradições do vinho, mas também pelos cavalos, pelos castelos, mosteiros e igrejas e pelas cidades e vilas típicas, pelo que o ‘Portas Abertas do Tejo’ se assumem também como um convite a uma viagem por toda a diversidade paisagística e gastronómica do Ribatejo”, acrescenta José Pinto Gaspar. 

    De referir que, à semelhança da última edição do ‘Portas Abertas do Tejo’, os visitantes terão também acesso a ofertas especiais e descontos até 50% na aquisição de vinhos nas lojas dos produtores participantes.

    Recorde-se que a região de vinhos do Tejo foi, entre as demais regiões vitivinícolas nacionais, a que mais cresceu em vendas no último ano, tendo registado um aumento de 28%. Em 2012, os vinhos do Tejo estimam novo crescimento, a rondar os 10%, em contra-ciclo com a tendência decrescente que o desempenho do setor vem observando. Ao nível da certificação, a CVR Tejo espera emitir mais de 17 milhões de selos, correspondentes a uma receita na ordem dos €40M.

  •  

    Na madrugada de hoje, dia 26 de Agosto, a PSP de Santarém levou a cabo, em simultâneo, nas cidades de Santarém, Torres Novas e Entroncamento, várias operações policiais de prevenção geral da criminalidade e de fiscalização rodoviária, com o intuito de aumentar a segurança de pessoas e bens e reduzir os índices de criminalidade e sinistralidade rodoviária.

    Foram fiscalizadas cerca de 200 viaturas e efetuadas cinco detenções, das quais uma por posse de arma ilegal, três por condução sob o efeito do álcool e uma por falta de habilitação legal para conduzir.

    Foram também apreendidas 2 viaturas e elaborados 23 autos de contra-ordenação, dos quais 11 por condução sob o efeito do álcool, duas por falta de inspeção periódica, uma por falta de seguro e nove por outras infrações ao Código da Estrada;

    Por último, a PSP elaborou dois autos de ocorrência por posse de produto estupefaciente (haxixe).

  • A Praça de Touros da Chamusca recebe, dia 31 de Agosto pelas 22 horas, a Fabulosa Corrida de Toiros da "Tasquinha do Carcavelo".

    Os cavaleiros Rui Salvador, Pedro Salvador e Marcos Bastinhas, juntamente com os Amadores de Tomar, o Aposento do Barrete Verde de Alcochete e os Amadores da Chamusca, enfrentarão um curro da ganadaria Paulino da Cunha e Silva.
     

  • A Associação Recreativa da Presa (ARP), Alcaravela, vai promover a 122.ª festa daquela localidade de 31 de agosto a 2 de setembro.

    Do programa de animação musical consta a atuação de Graciano Ricardo, na sexta-feira, 31 de agosto. No sábado, 1 de setembro, o grupo À-Part animará a noite e, no domingo, será Graciete Andreia a atuar a partir das 18h30m.

    No domingo, pelas 9 horas, decorrerá o peditório da aldeia. A Missa Solene será às 15h30m, seguida de Procissão. “Os Resineiros” farão a sua atuação às 17h30m.

    A 122.ª Festa da Presa, em honra de Nossa Senhora das Necessidades e da Luz, terá, como habitualmente, serviços de jantares à base de pratos da gastronomia tradicional, como chanfana, queixadas no forno e cozinha fervida.

  • Às portas da cidade de Ponte de Sor, a Associação Desportiva e Recreativa de Arneiro, realiza os seus festejos populares a 31 de agosto e 1 e 2 de setembro. Nuno Florindo, Marco Morgado e Vitor Vilela, tomam conta da animação durante as três noites da festa. Tiro ao alvo, prova de resistência para motociclos até 50 cm3, ou jogo da malha fazem também parte do programa.

  •  

  •  

  • O incêndio que deflagrou, ontem, pelas 19h58, em Amêndoa, concelho de Mação, foi dominado.

    Para o combate às chamas, em área florestal, foram mobilizados mais de uma centena e meia de operacionais, apoiados por três dezenas de viaturas, assim como foram accionadas duas máquinas de rastos da Câmara Municipal.

    O vento e os fracos acessos dificultaram o trabalho dos meios empregues no combate ao fogo que contou com duas frentes, tendo um bombeiro ficado ferido num pé.

  • O Município de Vila de Rei e a Associação 4.Clube.Portugal, promovem, dia 23 de Setembro, a II Feira de Clássicos de Vila de Rei – Peças e Usados.

    Os interessados em expor e/ou comercializar os seus produtos devem consultar as normas e realizar a sua inscrição através do site www.cm-viladerei.pt até ao dia 14 de Setembro.

    Inserido nas comemorações do Feriado Municipal de 19 de Setembro, este evento pretende tornar-se um espaço onde se possam comercializar automóveis e motos antigas, peças de coleccionismo e outros na área da automobilia.

  • A Associação Cultural e Desportiva de Valhascos vai promover os tradicionais festejos em honra de Nossa Senhora da Graça, entre 6 e 9 de setembro.

    A animação musical da festa começa na quinta-feira, dia 6, com o conhecido Graciano Ricardo. Na sexta-feira, dia 7, será o grupo “Sentido Obrigatório” a subir ao palco e, no sábado, a animação estará a cargo da banda “4ever”. A encerrar a festa, no domingo, estarão os “Toc’abrir”.

    Na quinta-feira, às 16 horas, terá lugar a Missa Solene, seguida de Procissão em honra da padroeira da freguesia. No final, decorrerá o habitual e animado leilão das fogaças.

    Além disso, o programa das festas conta ainda com uma prova de tiro aos pratos, às 9 horas de sábado, e com um divertido jogo de futebol solteiros-casados, às 17 horas de domingo.

    Todos os dias haverá serviço de jantares.

  •  

    17h00

    O incêndio que deflagrou esta manhã, em Cadafaz, concelho de Gavião, foi considerado dominado pelas 16h40.

     

    15h50

    Embora o incêndio se mantenha com uma frente activa, o número de operacionais voltou a subir. Estão agora no terreno 214 operacionais, apoiados por 56 veículos e três meios aéreos.

     

    14h20

    O número de operacionais no combate às chamas sobe para 176, agora apoiados por 45 veículos e três meios aéreos.

     

    12h20

    O incêndio que deflagrou hoje, pelas 9h30, em Cadafaz, concelho de Gavião, continua com uma frente activa.

    No local estão 122 operacionais, apoiados por 27 veículos e dois meios aéreos. No terreno encontra-se um Helicóptero Bombardeiro do Agrupamento Complementar de Empresas do Grupo Portucel Soporcel e do grupo ALTRI (AFOCELCA).

  • Paulina Pereira foi condecorada pelo Governo, a título póstumo, com a medalha de mérito de proteção e socorro no grau ouro e distintivo azul.

    A bombeira da corporação de Abrantes faleceu na sequência do despiste do auto-tanque em que seguia a caminho do incêndio em Vale das Mós, no dia 21 de Julho e não no dia 11 como refere o documento publicado em Diário da República.

     

    No Despacho n.º 11826/2012, assinado por Miguel Macedo, Ministro da Administração Interna, pode ler-se:

    A bombeira de 3.ª Paulina Maria Gonçalves Pereira, dos Bombeiros Municipais de Abrantes, norteou a sua conduta, em prol do ideal de serviço à comunidade, com espírito voluntarioso, competente e afável, tendo granjeado, desde sempre, a simpatia, amizade e respeito dos seus camaradas e também do público que, pela sua função na central de comunicações, a conhecia e respeitava.

    O seu inesperado falecimento, ocorrido no dia 11 de julho de 2012, decorrente do despiste do veículo em que seguia, para combater um incêndio florestal, no lugar de Vale das Mós, freguesia da Bemposta, concelho de Abrantes, privou a sociedade portuguesa de uma cidadã dotada de elevadas qualidades pessoais, que soube sempre conduzir a sua ação na proteção das pessoas, do património e do ambiente de forma notavelmente solidária, devotando muito do seu tempo e, por fim, a própria vida para os proteger e socorrer.

    Ao longo dos seus 18 anos de serviço soube cumprir as missões que lhe foram confiadas, com grande abnegação, invulgar apego e dedicação, nunca descurando os seus deveres, tendo -se distinguindo pela competência e profissionalismo, prestando dessa forma serviços muito meritórios ao País.

    Assim:

    Nos termos do disposto na alínea a) do n.º 1 do artigo 2.º, nos n.os 1 e 2 do artigo 3.º e no n.º 1 do artigo 4.º, todos do regulamento de concessão da medalha de mérito de proteção e socorro, anexo à portaria n.º 980 -A/2006 (2.ª série), de 14 de junho, concedo, a título póstumo, à bombeira Paulina Maria Gonçalves Pereira, dos Bombeiros Municipais de Abrantes, a medalha de mérito de proteção e socorro, no grau ouro e distintivo azul.

  • Reabriu hoje a ponte de Constância que liga Constância Sul a Praia do Ribatejo, uma infraestrutura que estava encerrada desde o passado dia 20 de agosto.

    Recorde-se que o encerramento total da circulação na ponte, aconteceu no âmbito das obras de reabilitação e reforço estrutural da ponte sobre o rio Tejo, conforme está previsto no caderno de encargos da empreitada, uma ocasião em que foram efetuados os trabalhos de remoção do pavimento e revestimento com betão.

  • O VI Festival Gastronómico do Achigã chega a Vila de Rei já no final deste mês. Entre os dias 29 de Setembro e 7 de Outubro o concelho enche-se de aromas e sabores que fazem as delícias dos visitantes.

    Os amantes deste prato tradicional poderão, assim, experimentar os melhores pratos de achigã nos quatro restaurantes aderentes: Albergaria D. Dinis (Vila de Rei), Churrasqueira Central (Vila de Rei), O Cobra (Vila de Rei), e Paraíso do Zêzere (Zaboeira).

    “O VI Festival Gastronómico do Achigã, que surge na sequência do sucesso alcançado nas anteriores edições cada vez com mais apreciadores, vem, pela sexta vez consecutiva, destacar a importância da rica e saborosa gastronomia tradicional de Vila de Rei. Temos expectativas de fidelizar ainda mais apreciadores, levando ainda mais visitantes aos nossos restaurantes e por conseguinte a visitar outras maravilhas de Vila de Rei”, refere Irene Barata, Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei.

    A iniciativa pretende dar seguimento à aposta da Autarquia de Vila de Rei na promoção e divulgação da rica gastronomia Vilarregense.

  • Sob o lema “o Paço tem novo espaço”, a Rua do Paço, situada no coração da zona histórica da Vila de Sardoal, vai ser apresentada ao público, depois do processo de reabilitação urbana a que foi submetida. A festa-convívio de apresentação tem lugar , dia 12 de setembro, a partir das 21h30m e conta com a participação do grupo musical “Piano Vox”.

    A zona do Paço funcionou como primeira entrada do Sardoal, no período medieval e tudo indica que ali tivesse existido uma praça fortificada, dado que algumas construções que foram resistindo ao tempo ainda mostram alguns muros com armeiras.

    Nesse sítio, havia um grande quintal/logradouro que foi adquirido pelo Município para ali ser construído um largo. O novo espaço tem pavimento em calcário branco, mobiliário urbano, alegretes e lugares de estacionamento calçados com seixo rolado.

    O empreendimento ascendeu a cerca de 15 mil euros e foi executado por administração direta (projeto e obra).

  • No âmbito do Programa de Apoio à Conservação de Habitações Degradadas de Pessoas Carenciadas do Município de Constância, procedeu-se à assinatura dos contratos, no dia 3 de setembro, com as 13 famílias que verão as suas habitações dotadas de melhores condições de habitabilidade. As obras previstas iniciar-se-ão brevemente sendo que o investimento da Câmara municipal ascende os 63 mil euros.

    O Programa de Apoio à Conservação de Habitações Degradadas de Pessoas Carenciadas do Municipio de Constância tem por objetivo incentivar a realização de obras de conservação e/ou beneficiação em habitações degradadas onde residam cidadãos, social e economicamente desfavorecidos residentes e recenseados no concelho de Constância.

    O Município de Constância tem desenvolvido todos os esforços no sentido de dotar o parque habitacional mais degradado de condições de habitabilidade, de forma a permitir que todos os munícipes possam dispor de uma habitação com as características de conforto, salubridade e segurança fundamentais para o bem-estar e desenvolvimento social.

  • Pedro Passos Coelho vai estar presente nas comemorações dos 727 anos da elevação de Vila de Rei a Concelho que se iniciam a 19 de Setembro.

     

    19 de Setembro

    11h00
    - Içar das bandeiras no Edifício dos Paços do Concelho com Hino Nacional e Municipal para recepção às Entidades Oficiais pelos Grupos:
    Grupo de Cantares de Vila de Rei e Villa D’El Rei Tuna
    Guarda de Honra – Corpo de Bombeiros Voluntários de Vila de Rei

    11h15
    - Sessão Solene no Salão Nobre do Edifício dos Paços do Concelho com recepção ao Excelentíssimo Senhor Primeiro-Ministro Dr. Pedro Passos Coelho
    - Atribuição de Distinções Honoríficas a diversas personalidades

    12h00
    - Inauguração da Fundação João e Fernanda Garcia
    (Residência de Cidadãos Portadores de Deficiência)

    13h00
    - Almoço Comunitário e Comemoração do “Dia do Idoso”
    (Parque de Feiras de Vila de Rei)

    15h00
    - Atribuição de Apoios à Fixação da População Jovem no Concelho de Vila de Rei
    (Salão Nobre do Edifício dos Paços do Concelho de Vila de Rei)

     

    23 de Setembro
    II Feira de Clássicos – Peças e Usados
    Inscrições abertas até 14 de Setembro – www.cm-viladerei.pt
    Parque de Feiras de Vila de Rei entre as 10h e as 19h

     

    22 de Setembro
    Descida de Carrinhos de Rolamentos
    Organização A.C.D.R de Milreu
    Treinos Livres 15 horas – Início da Prova 16 horas
    Inscrições e informações no local

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei, na sequência do projecto “Um Amanhã + Humano”, vai proporcionar aos seus munícipes que residam sozinhos, com mais de 65 anos de idade ou em situação de vulnerabilidade e dependência, um serviço de Teleassistência.

    Com este sistema, torna-se possível, com um simples apertar de um botão de controle remoto, estabelecer contacto com uma Central de Assistência, disponível 24 horas por dia e 365 dias por ano. Este serviço é ideal para ajuda imediata em todo o tipo de emergências como acidentes domésticos ou agravamento súbito do estado de saúde.

    A iniciativa vai, para já, ser alvo de um projecto-piloto, entre os meses de Setembro e Dezembro, sendo utilizada por 15 pessoas do concelho de Vila de Rei, seleccionadas através de uma análise à população-alvo, efectuado, em parceria, pela equipa do Projecto “Um Amanhã + Humano”, pelas IPSS's locais e pelos Presidentes das Juntas de Freguesia.

  • A Praia Fluvial do Penedo Furado foi uma das finalistas no concurso 7 Maravilhas – Praias de Portugal, que teve o seu final na noite de 8 de Setembro, na Península de Tróia, com transmissão em directo na RTP. Apesar de não ter alcançado o primeiro lugar do pódio, o Penedo Furado foi premiado com um lugar entre as três melhores praias nacionais na categoria de Praias de Rio.

    O Penedo Furado é a estância balnear mais procurada do concelho de Vila de Rei, não só pela sua água límpida e cristalina que lentamente vai correndo pelo leito, através de uma passagem natural na rocha, mas também pelas excelentes infra-estruturas que apresenta. As características do maciço rochoso fazem deste local, bastante arborizado, um autêntico paraíso, oferecendo um conjunto de pequenas quedas de água, visíveis a escassos metros, que podem ser apreciadas ao percorrer um estreito caminho talhado na rocha.

    Para a Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata, “a presença da Praia Fluvial do Penedo Furado como finalista no concurso que pretende eleger as melhores praias nacionais, vem, uma vez mais, realçar a beleza do nosso Concelho, que oferece condições de turismo fantásticas. Apesar de não ter vencido na sua categoria, notou-se já um aumento substancial de visitantes que procuravam as nossas praias fluviais, com destaque para o Penedo Furado.”

     

    Vencedoras 7 Maravilhas – Praias de Portugal

    Categoria: Praias de Rios
    Praia de Vila Nova de Milfontes – Furnas

    Categoria: Praias de Albufeiras e Lagoas
    Ribeira – Albufeira do Azibo

    Categoria: Praias de Dunas
    Praia do Porto Santo

    Categoria: Praias de Arribas
    Praia de Odeceixe

    Categoria:Praias Urbanas
    Praia da Zambujeira do Mar

    Categoria: Praias Selvagens
    Lagoa do Fogo

    Categoria: Praias de Uso Desportivo
    Praia do Guincho

  • O Município de Vila de Rei, pioneiro na atribuição de apoios financeiros à natalidade no concelho, aumentou, este ano, o apoio ao Nascimento.

    Esta situação deriva da aprovação, em Junho de 2011, de uma nova regulamentação dos apoios concedidos, que pretendem dar uma maior importância ao nascimento de crianças, diferenciando, por escalões, o primeiro, segundo, terceiro ou mais filhos.

    Desta forma, a Câmara Municipal de Vila de Rei procede a um aumento do apoio consoante o número de crianças, que é de 750€ para o primeiro filho, 1000€ para o segundo e 1250€ para o terceiro ou seguintes filhos.

    Com esta alteração, o Município de Vila de Rei atribuiu este ano o valor mais alto dos últimos sete anos, dando seguimento a uma política de apoio às famílias Vilarregenses, que levou já Vila de Rei a ser premiada, por três anos consecutivos, com o título de Município + Familiarmente Responsável.

    Desde o início dos apoios à Fixação da População (casamento e nascimento), no ano de 2000, a Autarquia de Vila de Rei concedeu já um total de 314.927€.

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei tem ao seu dispor, desde a tarde de 11 de Setembro, um novo veículo de transporte de passageiros. A nova carrinha, com capacidade para 19 passageiros, servirá para o transporte escolar e para reforçar os circuitos de transporte à comunidade vilarregense. Ambos os serviços são gratuitos.

    Ricardo Aires, vice-presidente da autarquia e responsável pelo pelouro da Educação refere que “o grande objectivo desta aquisição é reduzir o tempo gasto pelos alunos nos seus percursos casa-escola e vice-versa.” Com esta medida, a autarquia estima encurtar consideravalmente os períodos mencionados, procurando, acima de tudo, promover a qualidade dos meios ao dispor da comunidade escolar.

  • O Secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, vai presidir à sessão de encerramento das Jornadas Mestre de Sardoal, que vão decorrer no Centro Cultural Gil Vicente, dia 21 de setembro, às 17h30m, no âmbito das Festas do Concelho 2012.

    Estas Jornadas configuram um ponto alto dos festejos, porquanto reúnem alguns dos mais prestigiados académicos e historiadores de arte, que vão debater ideias sobre os Quadros do Mestre de Sardoal, que se encontram na Igreja Matriz e que representam a transição estética da pintura portuguesa do século XV para o XVI.

    O Secretário de Estado vai ainda participar na cerimónia de inauguração da Exposição de Fotografia, “Era uma vez…”, da autoria de Paulo Sousa, às 18 horas desse dia, também no Centro Cultural.

  • A Comissão de Desenvolvimento Cultural e Recreativo da Venda Nova promove, este fim de semana, a Festa das Vindimas.

    No sábado, dia 15, a Banda “Big Jovem” animará a noite a partir das 22h30 e o DJ Salavisa atuará a partir das 4 horas da madrugada. No domingo, dia 16, às 10 horas decorrerá o tradicional peditório pelas ruas da aldeia. À tarde, pelas 14 horas, terá lugar um torneio de chinquilho e, às 16 horas, será celebrada uma Missa por alma dos falecidos da terra. A matiné estará a cargo do conhecido Graciano Ricardo, que sobe ao palco às 18 horas.

    Durante os dias da festa funcionará serviço de refeições com os afamados petiscos da região.

  • O Município de Gavião decidiu criar o Programa de Ocupação Municipal Temporária de Jovens, tendo em conta o contexto social e económico que vivemos e no qual os jovens constituem uma fração da população mais afetada.

    Esta iniciativa pretende afastar os mais novos dos perigos que podem conduzir a situações de marginalidade, ao mesmo tempo que lhes faculta uma ocupação saudável dos tempos livres em atividades de interesse municipal, permitindo-lhes o contacto experimental com a vida profissional por forma a potenciar as suas capacidades cívicas e de participação social. O objectivo é contribuir para a entrada no mercado de trabalho.

    Destinado a todos os jovens dos 18 aos 30 anos, residentes na área do Município de Gavião e que estejam à procura do primeiro emprego, o Programa OMTJ vai avançar com a inserção dos candidatos já em Outubro. Estão assim abertas as inscrições para o máximo de 10 vagas, distribuídas pelas diferentes áreas de interesse e de maior carência funcional. Os selecionados e inseridos receberão uma bolsa mensal no valor de 200€.

    Durante um período de um a seis meses, os jovens ocupam em média seis horas diárias no desenvolvimento de actividades em áreas como a Educação, Património e cultura, Desporto, Saúde, Ação social, Ambiente e proteção civil, Apoio a idosos e crianças, Manutenção de equipamentos e espaços públicos ou outras de reconhecido interesse municipal.

    Os interessados devem inscrever-se nas instalações da Câmara Municipal de Gavião, através do preenchimento de formulário fornecido pela Autarquia, em qualquer altura do ano. Mais informações em www.cm-gaviao.pt ou através dos contactos 241631146/241639070 e redesocial@cm-gaviao.pt.

  • No âmbito da reestruturação dos Transportes Urbanos do Entroncamento, efetuada no início deste ano, a Câmara Municipal procedeu à criação de três novos horários, com o objetivo de assegurar transportes urbanos durante o período escolar e de prestar um serviço de transporte público cada vez mais adequado às necessidades quotidianas dos seus utilizadores.

    A Linha Vermelha terá mais dois horários com destino às Piscinas Municipais e a Linha Verde terá mais um horário com destino à Zona Industrial. Em relação à Linha Azul irão manter-se os horários existentes. Os novos horários entram em vigor a partir de segunda-feira, dia 17 de setembro. Mais informações em www.cm-entroncamento.pt

  • O Jardim Parque Dr. José Pereira Caldas, também conhecido por “Jardim da Aranha”, no Entroncamento, encontra-se encerrado ao público desde o dia 10 de setembro de 2012, devido ao início das obras de Requalificação.

    Incluída no Programa Operacional Regional do Centro – Mais Centro, a requalificação do Jardim Parque consiste na reestruturação do espaço, mantendo os elementos construídos mais carismáticos, como o Coreto e a Torre. O Parque Infantil existente será redimensionado, de forma a enquadrar-se no que é exigível pela legislação em vigor, através da recolocação dos equipamentos existentes e demarcação das áreas de segurança.

    A Empreitada foi adjudicada à firma Miraterra - Obras Públicas, Lda., pelo valor de 373.532,04€ e tem um prazo de execução de 8 meses.

  • O funeral de Guilherme Santos realiza-se este domingo, pelas 15 horas, em Sentieiras, Abrantes. O jogador do CPCD Sentieiras, clube da sua terra, faleceu, ontem, dia 13 de setembro, na sequência de um violento acidente de viação.

    O jovem, de 21 anos, é a vítima mortal do despiste que ocorreu na freguesia de S. Pedro de Tomar, tendo o veículo em que seguia, embatido num poste de electricidade. Ferido com gravidade, ainda foi transportado para o hospital de Santa Maria em Lisboa, onde acabou por falecer cerca da meia-noite.

    Guilherme Santos representou, nas camadas jovens, o Clube Desportivo e Recreativo de Alferrarede "Os Dragões", o Grupo Desportivo de Alcaravela e o Sport Abrantes e Benfica. Como sénior envergou as camisolas da Associação Desportiva de Mação e da Casa do Povo do Pego.

  • A Câmara Municipal de Constância vai comemorar as Jornadas Europeias do Património e do Dia Mundial do Coração, com um percurso pedestre que reforça a importância da realização de atividades físicas e desportivas, permitindo, ao mesmo tempo, conhecer o património natural e cultural do concelho.

    As Jornadas Europeias do Património, iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia, têm como tema: O futuro da memória com o qual se pretende promover a aproximação do público ao património cultural, realçando a sua importância enquanto memória e documento da história.

    Um Mundo, Uma Casa, Um Coração é o lema deste ano do Dia Mundial do Coração, uma comemoração com a qual a Federação Mundial do Coração, em parceria com a Organização Mundial da Saúde pretende alertar para o facto de ser um mito a ideia de que as doenças do coração e o AVC afetem apenas pessoas idosas, ricas e do sexo masculino.

    Para assinalar estas duas datas, irá realizar-se, em Constância, um percurso pedestre no dia 29 de Setembro, pelas 9h00, com partida no posto de turismo de Constância. A iniciativa decorre num território muito marcado pela presença dos rios Tejo e Zêzere, adequado para conhecer alguns dos aspetos geomorfológicos, descobrir as diferentes espécies de flora e fauna características da região e compreender as formas de exploração dos recursos naturais que o Homem foi realizando neste território, como as conheiras, quintas agrícolas, pontes, poços, etc. Além do aspeto patrimonial, esta atividade promove um estilo de vida ativo para um melhor coração e uma vida mais saudável.

    Para mais informações, esclarecimentos e inscrições devem os interessados, contactar o Parque Desportivo, através dos telefones 249 739 627 / 249 730 059 ou do endereço eletrónico sector.desporto@cm-constancia.pt ou o Parque Ambiental de Santa Margarida, através do telefone 249 736 929 ou do endereço eletrónico parqueambiental@cm-constancia.pt.

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei, através do Gabinete de Acção Social, abriu um concurso para a atribuição de 8 fogos para habitação, em Vale Galego. O prazo de candidaturas termina a 24 de Outubro de 2012.

    Esta iniciativa insere-se na promoção da melhoria da qualidade vida dos Vilarregenses, objectivo que o concelho de Vila de Rei tem vindo a alcançar ao longo dos anos e a que se propõe continuar, mantendo uma política principalmente social, promovendo, com este projecto, o acesso à habitação condigna.

    Os fogos sociais são atribuídos mediante a classificação obtida através do Questionário para Instrução do Processo de Atribuição de Habitação para Arrendamento, elaborado de acordo com as disposições do Decreto – Regulamentar n. 50/77, de 11 de Agosto.

    Poderão concorrer os cidadãos nacionais maiores ou emancipados, que tenham domicílio na área da jurisdição do concelho de Vila de Rei ou, que trabalhando na área de jurisdição do concelho, tenham intenção de aí ter o seu domicílio.

    Os interessados deverão dirigir-se ao Gabinete de Acção Social da Câmara Municipal para obter mais informações sobre o processo de candidatura.

  •  

    Nos dias 29 e 30 de setembro, no Largo José Duarte Coelho, estará ao dispor das crianças, um minicomboio a vapor, denominado “Vapor Vivo”.

    Esta atividade desenrolar-se-á no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Turismo 2012, inseridas nas Jornadas Europeias do Património.

    O horário: dia 29 das 15h30min às 17h30min e no dia 30 das 10h30min às 12h30min.

  •  

    A 27.ª edição da Feira Nacional dos Frutos Secos decorre de 3 a 7 de outubro, no Palácio dos Desportos, em Torres Novas, num evento que procura afirmar o concelho como «capital dos frutos secos» e dinamizar um setor com fortes raízes na tradição e na cultura torrejanas.

    Ao certame junta-se a 21.ª Feira Internacional dos Frutos Secos e a 10.ª Feira do Figo Preto de Torres Novas.

    Entre os principais objetivos da feira contam-se a dinamização e a dignificação do setor dos frutos secos e passados, a preservação dos saberes e sabores associados aos frutos secos, com principal destaque para a tradição, cultura e património torrejanos.

    No interior do Palácio dos Desportos haverá espaços dedicados aos frutos secos, ao artesanato, a bens alimentares, à restauração e a entidades oficiais, instituições sem fins lucrativos, entre outros. No exterior estarão os equipamentos destinados à venda de farturas, pipocas ou castanhas assadas, bem como maquinaria e equipamentos agrícolas.

    As atuações musicais, que irão complementar o programa da feira, terão lugar junto à zona de restauração.

    Dia 3: 19h00 | Inauguração com a Banda Operária Torrejana; 21h30 | Alma Crua; dia 4: 21h30 | Vice-Versa; dia 5: 17h30 e 21h30 | Xaral´s Dixie; dia 6: 16h30 | Os Amigos da Farra, 21h30 | Bandalheira; dia 7: 16h30 | Concerto Banda Operária Torrejana, 19h30 | Romeiros da AMBO

    Horário de funcionamento da feira: dia 3 – 19h00 à 00h00; dia 4 – 12h00 às 24h00; dias 5 e 6 – 12h00 às 01h00, e dia 7 – 12h00 à 00h00

     O ingresso tem um custo de 1,00€ a partir dos doze anos. No dia 4 (quinta-feira) as entradas entre as 12h00 e as 18h00 são gratuitas. 

  •  

    Na sequência da realização do 6.º Festival Gastronómico do Achigã, que se realiza em Vila de Rei entre os dias 29 de Setembro e 7 de Outubro, inclui duas actividades desportivas de forma a enriquecer o certame.

    Assim no dia 29, está agendado um Passeio Pedestre entre as localidades de Fernandaires e Zaboeira. O ponto de encontro será às 09h00, junto ao edifício da Câmara Municipal de Vila de Rei, ou pelas 09h30 na aldeia de Fernandaires.

    A Câmara garante o transporte dos interessados nas viagens entre Vila de Rei e Fernandaires e Zaboeira e Vila de Rei. Os interessados devem inscrever-se na Câmara Municipal ou através do número 274 890 014.

    No dia 6 de Outubro, a descida junto ao antigo Quartel da GNR será o palco de mais uma Corrida de Carrinhos de Rolamentos, denominada “Corrida do Achigã”. Os treinos livres serão realizados entre as 11h00 e as 12h00, estando o início da prova marcado para as 14h00.

    Inscrições juntos dos responsáveis da Autarquia no dia e local da prova ou através do e-mail desporto@cm-viladerei.pt

  •  

    A Operação Nacional Verão Seguro 2012 chegou ao seu fim. Durante 93 dias consecutivos, a Polícia de Segurança Pública levou a efeito mais 1469 operações relativamente do que em 2011, num total de 3734 fiscalizações rodoviárias, 772 fiscalizações a estabelecimentos e 1442 a locais conotados com o tráfico e consumo de droga. Para além de vigiar 6444 residências, (Programa Chave Directa) havendo apenas a lamentar 4 casos de assalto.

    O resultado foi 3137 detenções realizadas pelos crimes de condução sob o efeito do álcool, sem habilitação legal para o efeito, posse de arma ilegal, tráfico de droga e crimes de furto/roubo;

    Foram fiscalizados cerca de 200.000 veículos e detetadas mais de 28.000 infracções, destacando-se, 192 crianças a viajar sem cadeirinha adequada (sistema de retenção), 573 condutores e passageiros a viajar sem seguro, 1.885 veículos sem inspecção periódica obrigatória e 2.033 por uso de telemóvel. Para além destes dados, a referência ainda para as cerca de 7.000 infracções por excesso de velocidade;

    A PSP apreendeu também 92.953 doses de haxixe, 9.444 doses de heroína e 23.265 doses de cocaína, num valor comercial total de mais de 6.283 mil euros, para além de 290 armas. Na fiscalização a estabelecimentos comerciais, os agentes detetaram 840 infracções ao funcionamento de estabelecimentos, destacando 77 contra-ordenações por incumprimento de horários, 57 por falta de livro de reclamações, 25 por falta de licença de utilização e 14 por venda ilícita de álcool e tabaco a menores.

    Por último, o comunicado da PSP distrital de Santarém destaca a diminuição verificada em todos os parâmetros da sinistralidade rodoviária, sendo que no período entre 15 de Julho e 15 de Setembro registamos 7.639 acidentes de viação (menos 1.120 do que em período homólogo de 2011), os quais tiveram como consequências 13 mortos (menos 12), 143 feridos graves (menos 9) e 2489 feridos leves (menos 478). 

  • O Concelho de Vila de Rei celebrou, no dia 19 de Setembro, os 727 anos da atribuição do foral por D. Dinis, numa cerimónia que contou com a presença do Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Dr. Pedro Santana Lopes, do Presidente da Assembleia Gera de Vila de Rei, General Narciso Mendes Dias, e da Presidente da Autarquia Vilarregense, Irene Barata.

    Durante a Sessão, realizada no Salão Nobre do Edifício dos Passos do Concelho, a Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei realçou e agradeceu “a todos que colaboraram, ao longo dos anos, para o crescimento sustentável do Concelho de Vila de Rei, contribuindo para que se fizesse história nesta terra no Centro de Portugal.”

    Nesse sentido, “pelo trabalho desenvolvido em prol dos Vilarregenses e por tudo o que deu ao nosso Concelho durante o tempo em que foi membro do Governo”, de onde se destaca o novo Quartel da GNR, a Biblioteca Municipal José Cardoso Pires e o projecto de Requalificação Urbana, foi entregue ao Dr. Pedro Santana Lopes a Medalha de Ouro do Município e o título de Cidadão Honorário.

    Continuando com o objectivo de galardoar algumas das pessoas responsáveis por elevar o nome de Vila de Rei, foi também entregue a Medalha de Mérito Municipal à Dra. Inês Guerreiro, coordenadora da Rede Nacional de Cuidados Continuados, pela infra-estrutura que emprega mais de 50 pessoas em Vila de Rei, ao Eng.º João Flores, Vice-Presidente da APPACDM de Castelo Branco, pelo trabalho desenvolvido em prol das pessoas portadoras de deficiência do Concelho, ao Dr. Rui Pereira, pela ajuda em trazer para Vila de Rei o projecto da Biblioteca Municipal, e à Rádio Condestável, pela sua colaboração na divulgação do Concelho de Vila de Rei e de todos os seus eventos.

    As comemorações do Feriado Municipal prosseguiram a realização do Almoço Comunitário e Comemoração do Dia do Idoso, que juntou centenas de pessoas no Parque de Feiras, animadas pela actuação do Grupo de Concertinistas da Casa do Benfica de Vila de Rei.

    A celebração do Dia do Município continuou pela tarde, com a atribuição dos Apoios à Fixação da População Jovem no Concelho de Vila de Rei. Á semelhança de anos anteriores, a Autarquia voltou a apoiar as pessoas que iniciaram a sua vida conjugal e/ou constituíram família recentemente no concelho de Vila de Rei, atribuindo, este ano, 5 subsídios de apoio ao casamento e 18 de apoio ao nascimento.

    O valor entregue foi superior ao do ano anterior devido às novas regras de atribuição de subsídios, que pretendem dar uma maior importância ao nascimento de crianças, diferenciando, por escalões, o primeiro, segundo, terceiro ou mais filhos.

    A presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata, realçou “a importância das medidas sociais realizadas pela Autarquia, que, ao longo dos anos, têm tido um papel essencial no apoio aos jovens casais Vilarregenses, numa forte aposta contra a desertificação do Interior do País.”

  • A antiga Rua F (transversal que liga a Rua 5 de Outubro à Rua Lúcio Serras Pereira), em Sardoal, passou a designar-se Rua Álvaro Andrade e Silva Passarinho. As respetivas placas toponímicas foram descerradas a 22 de setembro, no âmbito das Festas do Concelho 2012.

    A atribuição do nome Álvaro Passarinho a uma rua da vila foi o resultado de uma proposta de homenagem a título póstumo, apresentada pelo Presidente da Câmara, Fernando Moleirinho, e aprovada por unanimidade, em sessão do Executivo Municipal de 3 de novembro de 2011.

    Todavia, o Município optou pela colocação das placas toponímicas num contexto de elevado relevo simbólico e festivo, no sentido de lhe conferir maior dimensão e visibilidade.

    Álvaro Passarinho nasceu em Sardoal, em 9 de fevereiro de 1920, e faleceu em 24 de outubro de 2011. Foi Presidente da Câmara, membro da Assembleia Municipal, primeiro Adjunto de Comando dos Bombeiros, Provedor da Santa Casa da Misericórdia, Presidente do Grupo Desportivo “Os Lagartos”, dirigente da Associação Nacional de Farmácias e jornalista/correspondente da imprensa nacional e regional. Licenciado em Farmácia, assegurou a direção técnica da “Farmácia Passarinho” durante 70 anos. Era conhecida a sua integridade de caráter e o seu apego aos ideais republicanos, tendo sido membro do MUD (Movimento de Unidade Democrática) que se opunha à ditadura salazarista. Em setembro de 2002 foi agraciado com a Medalha do Concelho de Sardoal.

  • O Centro Histórico de Abrantes recebe no próximo dia 29 de Setembro a Feira Franca. Dinamizada por um conjunto de entidades com o objectivo de movimentar a Cidade, esta segunda edição aposta na animação das praças, além das bancas de venda.

    Antiguidades, moedas, livros, brinquedos, flores, plantas, hortofrutícolas, artesanato e produtos locais são alguns dos artigos que estarão espalhados, entre as 9h e as 19h, pela Praça Barão da Batalha, Largo Ramiro Guedes e Jardim da República.

    Para animar o certame haverá teatro de fantoches e música. Tripanor percorrerá as ruas entre as 10h e as 18h30 com gaitas de foles e tambores. Algazarra – Teatro e Marionetes trarão a peça “Contos em Sombras” que será representada às 10h30 e às 18h na Praça Barão da Batalha e às 14h30 no Jardim da República.

    A Associação Cultural Palha de Abrantes e a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior desafiam, também, os estabelecimentos comerciais do centro de Abrantes a estarem abertos durante o evento (das 9h às 19h) e a associarem-se à feira, para que também estes possam, não só fazer vendas durante a tarde, como também contribuir para o objectivo da organização, dinamizar não só o Centro Histórico como também o concelho.

    Com estas feiras francas realizadas nos meses com cinco sábados espera-se, ainda, criar uma nova dinâmica que impulsione a Feira da Ladra, que se realiza há 17 anos no primeiro sábado de cada mês e se restringe, actualmente, apenas a bancas de velharias e antiguidades.

    A organização perspectiva repetir e até aumentar o sucesso que obteve na primeira Feira Franca, que aconteceu no dia 30 de Junho. Para tal conta já com mais de 40 artesãos e produtores locais que já manifestaram a intenção de participar nesta segunda edição. No entanto, a feira está aberta a qualquer interessado. Se pretende ser um dos expositores no certame deve contactar a Palha de Abrantes ou a TAGUS através dos telefones 241 372 515 e/ou 241 372 180.

    Até ao final do ano esta iniciativa, apoiada pela abordagem LEADER, do Programa de Desenvolvimento Rural (ProDeR), regressará às praças da Cidade Florida em Dezembro no último sábado dos mês.

  • O distrito de Santarém é representado pela Feira Nacional do Cavalo, da Golegã, nas candidaturas ao Prémio Welcome to Portugal, galardão que pretende distinguir as iniciativas nacionais que promovam o Destino Portugal, e se constituam como um cartão-de-visita do país. O vencedor do Prémio, promovido pelo LIDE Turismo e Gastronomia, será anunciado dia 29 de Setembro, em Vilamoura.

    Distinguir as iniciativas que envolvem as populações locais e que melhor promovem o Destino Portugal, cá dentro e lá fora, é o principal objectivo do Prémio Welcome to Portugal, promovido pelo subcomité LIDE Turismo e Gastronomia do LIDE Portugal. Trata-se de um galardão inédito em Portugal, que conta com a colaboração da Organização Mundial do Turismo, e que pretende premiar a iniciativa pública ou privada com relevância turística, que melhor envolva as populações locais e que tenha um elevado impacto na relação com os turistas, constituindo-se como um cartão-de-visita e uma referência que promova o Destino Portugal.

    A Feira Nacional do Cavalo é uma iniciativa anual que já valeu à vila da Golegã o título de Capital do Cavalo, e que é um dos maiores pólos de desenvolvimento deste sector. À Feira Nacional do Cavalo associou-se, em 1999, a Feira Internacional do Cavalo Lusitano. É visitada anualmente por milhares de turistas e negociantes de cavalos, tendo, por edição, cerca de 2.000 equídeos, e um afluxo de mais de meio milhão de visitantes.

    Ao todo candidataram-se 35 iniciativas ao Prémio Welcome to Portugal, de vários géneros e de todo o país. «O conjunto de candidaturas recebidas é revelador da riqueza da oferta do Turismo Nacional e das mais diversas formas de concretizar o envolvimento dos promotores e das iniciativas com a população local, visando proporcionar a quem nos visita experiências únicas que potenciarão não só novas visitas, como recomendações a familiares e amigos, que se constitui hoje o factor de decisão mais importante na escolha de um destino turístico», explica Manuel Fernando Espírito Santo, presidente do LIDE Turismo e Gastronomia. «A sua distinção no âmbito do Prémio Welcome to Portugal é o reconhecimento do trabalho efectuado e também um incentivo à concretização de novas iniciativas e à consolidação e progresso das já existentes», conclui o mesmo responsável.

    Ao Prémio Welcome to Portugal candidataram-se: o Welcome Center Viseu; o Welcome Center Castelo Branco; a Viagem Medieval em Terra de Santa Maria; o projecto Vamos Receber à Moda do Porto; diversos eventos turísticos da Madeira (Festas de Carnaval, Festa da Flor, Festival do Atlântico, Festa do Vinho da Madeira, Festival de Colombo, Madeira Nature Festival, Festas de Fim de Ano da Madeira) e o Distintivo Ambiental - Estabelecimento Amigo do Ambiente também da Madeira; o projecto Travel Health Experience; iniciativas do Tivoli Hotels & Resorts; o projecto de reconversão do Terreiro do Paço; iniciativas de turismo rural da Quinta do Sobral; iniciativas dos hotéis Porto Bay; Peixe em Lisboa; Ollem Turismo Fluvial; a Festa da Nossa Sra. do Fetal; a Bioria – Rede de percursos pedestres e cicláveis do concelho de Estarreja; o Mercado Medieval de Óbidos; o Festival do Chocolate de Óbidos; o Lugar dos Afectos; a Feira Nacional do Cavalo; o Enterro do Bacalhau do Soutocico; a iniciativa Different Portugal; iniciativas do Convento do Espinheiro; o Festival Gastronómico e Cultural O Chícharo da Serra; o Casas Brancas – turismo rural na costa alentejana e vicentina; o Carnaval de Torres Vedras; as 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada; Adega do Fidalgo; Parques de Sintra; e actividades de enoturismo na Herdade do Esporão.

    O júri, que irá analisar as candidaturas, é constituído pelo presidente da Bolsa de Turismo de Lisboa, e representantes do Turismo de Portugal, da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), da Associação Portuguesa de Agências de Viagem e Turismo (APAVT), da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), da TAP, do subcomité LIDE Turismo e Gastronomia, da Midlandcom, da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), e dos media partners, RTP e Publituris.

    Mais informações sobre o Prémio Welcome to Portugal podem ser consultadas no website http://www.lideportugal.com/welcometoportugal/

  • O Montepio Abrantino "Soares Mendes" assinala este sábado, dia 29, o seu 156.º aniversário.

    As comemorações desta Associação de Socorros Mútuos têm início pelas 15h00 com a evocação do aniversário, seguindo-se um momento musical com o Coro da Sociedade Artística Tramagelense. Às 19h00 tem lugar a Missa na Igreja de S. Vicente.

  •  

  •  

  •  

     

    Os jovens do Concelho de Mação interessados em candidatar-se ao Programa Porta 65 podem contar, à semelhança das fases e anos anteriores, com o apoio do Serviço de Acção Social (SAS) da Câmara Municipal de Mação no processo de preenchimento da respectiva candidatura, cujo período decorre entre 25 de Setembro e 11 de Outubro.

    O Programa Porta 65 – Jovem é um sistema de apoio financeiro ao arrendamento por jovens, isolado, constituídos em agregados ou em coabitação, regulado por um conjunto de diplomas legais.

    Podem candidatar-se a este Programa jovens com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 30 anos (no caso de casais de jovens, um dos elementos pode ter até 32 anos) que reúnam as seguintes condições: sejam titulares de um contrato de arrendamento celebrado no âmbito do NRAU (Lei nº 6/2006, de 27 de Fevereiro), ou do regime transitório previsto no seu título II do capítulo I; não usufruam, cumulativamente, de quaisquer subsídios ou de outra forma de apoio público à habitação; nenhum dos jovens membros do agregado seja proprietário ou arrendatário para fins habitacionais de outro prédio ou fracção habitacional; nenhum dos jovens membros do agregado seja parente ou afim do senhorio. 

  •  

    A Câmara Municipal do Entroncamento foi distinguida com o 2.º lugar pela  Humana People to People é uma organização internacional não-governamental que tem como objetivo a recolha, seleção e venda de roupa e calçado usados, com o propósito de prestar ajuda humanitária junto das sociedades envolvidas nos projetos de desenvolvimento em África, nomeadamente a Guiné Bissau e Moçambique. Pretende, ainda, promover a defesa do meio ambiente, através do reaproveitamento dos desperdícios., presente em 38 países do mundo. Encontra-se implementada em Portugal desde 1998, através da Associação Humana Portugal que detém mais de 1.000 contentores por todo o país, onde cidadãos anónimos e solidários depositam roupa e calçado, posteriormente recolhido pela Associação Humanitária.

    O Município do Entroncamento considera que o galardão pertence a todos os munícipes, pelo que enaltece o elevado nível de solidariedade e espírito de entreajuda demonstrados. Por essa razão dedica este prémio a todos os cidadãos que, de forma altruísta e absolutamente anónima, contribuíram para auxiliar muitas pessoas, naqueles países africanos.

     

  •  

    Num dia soalheiro, convidativo a desfrutar a rua e a cidade, as três praças do centro histórico, onde decorreu a Feira Franca encheram-se de vendedores e potenciais compradores.

    Ultrapassando as mais de 60 inscrições prévias de tudo um pouco e com gente oriunda dos mais variados lugares, a cidade de Abrantes teve muito mais vida neste que foi o 5º sábado do Outono de 2012.

    E, a julgar pelas reações, genericamente positivas, já há muitos à espera do 5º sábado de Dezembro para a próxima edição. 

  •  

    O Coro da Sociedade Artística Tramagalense (SAT) animou o 156.º aniversário do Montepio Abrantino "Soares Mendes", assinalado ontem, dia 29.

    As comemorações desta Associação de Socorros Mútuos iniciaram-se pelas 15h00 com a evocação do aniversário, seguindo-se a actuação do Coro da SAT. Às 19h00 foi celebrada uma Missa na Igreja de S. Vicente.

     

     

  •  

    Para celebrar mais um aniversário a Junta de Freguesia da Carregueira (Chamusca) organiza no dia 5 de Outubro, um percurso pedestre designado "Pelas Escadinhas da História" que, este ano se realiza na aldeia do Arripiado.

    A recepção está marcada para as 9h30 no Parque das Merendas. No final haverá uma pequena animação cultural e um lanche.

    Os interessados devem inscrever-se até às 17h00 de 3 de Outubro por e-mail (j.f.carregueira@sapo.pt) ou por telefone (249740244 ou 910780430). Aconselha-se calçado confortável, água, binóculos, máquina fotográfica e impermeável.

     

  •  

    A TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior promove, no espaço “Turismo Azul e Verde”, em Campo de Ourique(Lisboa), durante o mês de Outubro, as actividades de turismo activo que se podem desenvolver em Abrantes, Constância e Sardoal.

    Para o efeito, a TAGUS está a dinamizar um sorteio de um fim-de-semana na região. Para tal desafiou, os restaurantes de Campo de Ourique a aliarem-se à iniciativa, distribuindo um cupão aos seus clientes, que os habilita ao sorteio de um voucher para duas pessoas com estadia de uma noite no Hotel de quatro estrelas “Segredos de Vale Manso” e a possibilidade de usufruir de duas experiências de aventura (canoagem, passeio a cavalo ou karting) nas empresas de animação dos três concelhos.

    Os cupões devem ser entregues devidamente preenchidos até às 17 horas, de 31 de Outubro, no espaço “Turismo a Verde e Azul”(Rua Coelho da Rocha, n.º41).

    Com a dinamização desta actividade, a TAGUS pretende promover os produtos turísticos existentes na sua área de intervenção, no espaço criado para valorizar as potencialidades e recursos endógenos dos territórios das oito entidades que compõem o projecto de cooperação interterritorial “Verdes são os Campos”, apoiado pela abordagem LEADER, do Programa Nacional de Desenvolvimento Rural (ProDeR).

     

  •  

    O Instituto do Emprego e Formação Profissional I.P. (IEFP) é há largos anos responsável pelo financiamento de ajudas técnicas/produtos de apoio, destinados a facilitar o acesso ao emprego e ou à formação profissional, das pessoas com deficiências e incapacidades.

    Em 2012 foram implementadas algumas alterações no sistema, com a inclusão dos Centros de Recursos na condição de entidades prescritoras, passo considerado indispensável para uma intervenção mais coerente.

    É possível a apresentação de candidaturas desde o passado dia 1 de Junho, mediante formulário apresentado no Centro de Emprego.

    O orçamento do IEFP para o ano de 2012 foi inicialmente fixado em 500.000 euros, tendo sido recentemente reforçado para 762.000 euros, no sentido de possibilitar o apoio a um maior número de candidaturas.

    As pessoas com deficiências e incapacidades que necessitem destas ajudas deverão dirigir-se aos Centros de Emprego, aí apresentando a sua candidatura, que dará origem ao processo de avaliação e prescrição dos produtos que forem considerados adequados, efetuada pelo Centro de Recursos.

     

  •  

    A 2 de Outubro, a Escola Prática de Cavalaria (EPC) realiza a habitual cerimónia de receção aos Aspirantes a Oficial da Arma de Cavalaria, que frequentarão o Tirocínio durante o ano lectivo de 2012/2013.

    Esta cerimónia, tradicionalmente conhecida como “Espera a Cavalo”, tem início com o deslocamento a cavalo efetuado pelos Tirocinantes enquadrados por Oficiais da EPC, desde Montalvo até Abrantes.

    A Espera é uma tradição que remonta ao fim do séc. XIX quando jovens alunos de Cavalaria terminavam a sua frequência na Escola do Exército e se apresentavam na Escola Prática de Cavalaria, em Vila Viçosa, a fim de dar início ao Tirocínio. Faz parte de um ritual que tem acompanhado inúmeros cavaleiros numa fase crucial da sua vida, molda o espírito cavaleiro, apresenta os Tirocinantes aos demais camaradas da Arma, mais antigos, e inicia-os no percurso da Cavalaria Portuguesa.

    A Delegação a Cavalo entrará em Abrantes junto à Escola Secundária Dr. Solano de Abreu, passando pelo centro histórico da cidade. Prevê-se a chegada à EPC, cerca das 18h30.

     

  •  

    A Piscina Coberta de Aprendizagem de Vila de Rei reabre dia 8, com horário das 10h00 às 12h00 e das 15h00 às 20h30.

    Com a reabertura da Piscina Coberta de Aprendizagem encontram-se também abertas inscrições para a frequência de aulas de iniciação à natação, natação pura, natação para gestantes, natação para bebés, hidrosénior, hidroginástica, natação de recuperação e natação para competição.

    O Ginásio Municipal de Vila de Rei encontra-se já aberto entre as 17h30 e as 20h30.

  •  

    Na sequência de uma operação de fiscalização realizada durante a noite de ontem, dia 4, foram detidos três homens, de 26, 32 e 46 anos de idade, por conduzirem veículos automóveis com excesso de álcool no sangue, com taxas de 1; 1,84 e 2,02 gramas por litro no sangue, respetivamente.

    Foram ainda elaborados alguns autos de notícia por contraordenação referentes a diversas infrações rodoviárias.

    Os detidos vão ser presentes a julgamento no tribunal de Abrantes, na segunda-feira.

     

  •  

    A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, dedicou o passado mês de setembro à realização de diversas atividades outdoor. No total, a associação dinamizou trêsiniciativas, que contaram com a presença de cerca de 500 pessoas.

    A jornada de atividades outdoor da NERSANT começou no dia 15 de setembro, com a realização de uma caminhada entre Abrantes e Tancos. Ao todo, o percurso tinha 27 km, embora os participantes pudessem começar e terminar a prova nos diversos pontos de paragem e abastecimento alimentar estabelecidos pela organização. O passeio pedestre iniciou no parque de S. Lourenço em Abrantes, realizando-se a primeira paragem em Rio de Moinhos, a segunda em Constância e a terceira junto ao Castelo de Almourol. O final do passeio pedestre aconteceu junto ao Restaurante Almourol, onde os caminheiros tiveram direito a um lanche convívio.

    No dia 22 de setembro, foi a vez do Grande Prémio Empresarial de Karting – 6 horas a acelerar, no Kartódromo de Abrantes. O espírito de equipa entre os diversos colaboradores de empresas da região presentes saiu reforçado, numa prova onde a CARPEGO se sagrou a grande vencedora.

    Por último, no sábado, 29 de setembro, a NERSANT levou a efeito a atividade de canoagem, entre Constância e Tancos. Devido à enorme adesão de particulares e empresários da região, a associação empresarial viu-se forçada a realizar a descida de canoa em dois horários distintos, um turno de manhã e outro de tarde, para que se garantisse a participação de todos os interessados. Pelo caminho, os canoístas pararam no Castelo de Almourol para uma visita e reforço alimentar. À chegada, o Restaurante Almourol, em Tancos, encontrava-se à disposição dos participantes para um almoço, no caso da descida de manhã, e para um jantar, no caso da descida realizada da parte da tarde.

    No total das três iniciativas, a NERSANT reuniu a participação de cerca de 500 pessoas, entre particulares e empresas da região.

    De referir que tanto o passeio pedestre como a canoagem foram iniciativas da NERSANT que tiveram como objetivo dar vida à marca VIVER O TEJO, criada recentemente pela associação empresarial com vista à promoção turística desta região, da qual o rio Tejo é o principal elemento identitário. A criação da marca VIVER O TEJO encontra-se inserida no plano de ações do projeto Mercados do Tejo, que a associação empresarial se encontra a dinamizar. 

  •  

    O Movimento ESI – Empresários P’la Subsistência do Interior “discorda em absoluto da decisão do Governo”, da extinção das isenções de portagens para residentes e empresas.

    Pelos “prejuízos irreparáveis” ao Interior, o Movimento ESIapela à subscrição de 5000 assinaturas de empresas, instituições, empresários em nome individual e profissões liberais para que as propostas apresentadas na petição onlinesejam discutidas no Plenário da AR. Os interessados podem subscrever a referida petição em http://www.peticaopublica.com/PeticaoAssinar.aspx?pi=ESI2012ou www.facebook.com/esinterior

    Em comunicado o Movimento afirma que o não reconhecimento pelo governo português do estatuto de regiões desfavorecidas ao Interior Centro e Norte “ contraria de forma grosseira as políticas de convergência e coesão aconselhadas pela União Europeia”.

    Por tudo isto o Movimento ESI preparar uma queixa contra o estado português, junto da Comissão Europeia e, nomeadamente, no Comité das Regiões.

    Em carta dirigida à Presidente da Assembleia da República, ao Primeiro Ministro e aos ministros das Finanças e da Economia, o ESI afirma: “O Interior de Portugal encontra-se numa situação de rutura social e económica associado ao despovoamento e envelhecimento crescentes tornando impossível a gestão da geografia política, colocando mesmo em causa e legitimidade do estado democrático e dos seus representantes locais.

    O enorme custo de contexto associado à introdução de portagens personaliza o último episódio do processo de inversão económica a que não podemos nem devemos ficar alheios.

    Acresce um cenário actual de encerramento e deslocalização de empresas; centralização de serviços públicos de saúde, ensino e justiça, exigindo maior mobilidade dos residentes; ferrovia degradada e sem serviço competitivo às empresas; falta de alternativas viárias adequadas em 50% dos troços das SCUT A23, A24 e A25; maior número de acidentes viários, pela utilização crescente de estradas nacionais e municipais; maior índice de poluição de proximidade”.

    Perante estes factos, o ESI, requer “a apresentação, discussão e votação em Plenário de medidas de convergência, equidade e justiça: 1.ISENÇÃO total e sem limites de viagens para pessoas e empresas, residentes e sediadas em Regiões Nuts II consideradas desfavorecidas no âmbito da UE a 27; REDUÇÃO do preço/km, no mínimo em 40% do preço actual para pessoas e empresas, não residentes e não sediados nas Regiões consideradas desfavorecidas no âmbito da UE, à semelhança do já aprovado para os transportadores de mercadorias; SUSPENSÃO da leitura entre pórticos para os troços em que não exista alternativa viária adequada”.

    “Inverter a situação de rutura social e económica deve ser assim considerada como um desígnio nacional, enquadrado nas políticas de convergência e equidade inter-regional da UE.”

     

  •  

    A STI – Sistemas e Técnicas Industriais, empresa localizada em Abrantes, apresentou publicamente o seu novo projeto que marca a terceira fase desta empresa: um  Gerador Eólico para espaços urbanos.

    A sessão de apresentação decorreu do Gerador Eólico BOREAS no Hotel Abrantes que, projeto de inovação levado a cabo pela STI – Sistemas e Técnicas Industriais, e que marca o lançamento da terceira área de negócio da empresa, no setor das energias renováveis. “A apresentação do gerador eólico não é um ponto de chegada, mas sim um ponto de partida”, afirmou Alexandra Lopes de Sousa, CEO da STI durante a apresentação do gerador eólico.

    Designado BOREAS, o gerador apresenta pás verticais ao invés das habituais pás horizontais, com o objetivo de poder ser colocado em meio urbano. Segundo a empresa, o gerador pode ser aplicado em zonas de lazer, áreas comerciais, parques industriais, jardins ou edifícios, dado o seu tamanho e o pouco impacto sonoro, funcionando num eixo vertical. O menor custo de produção, o menor impacto visual e a ausência de ruído ofensivo foram as vantagens apresentadas por Carlos Lopes de Sousa, da empresa, que permitem a sua colocação em meio urbano.

    Antes da apresentação pública do BOREAS, os empresários e entidades presentes foram recebidos nas instalações de Abrantes da STI. A visita à empresa, promovida pela NERSANT no âmbito das suas atividades de apoio às empresas associadas, permitiu aos presentes conhecer a história da empresa, as suas áreas de atuação e principais produtos. A visita às instalações fez também parte desta atividade, onde os presentes puderam visualizar o túnel de vento usado para validação de turbinas, desenvolvido no âmbito do projeto de investigação que deu origem ao Gerador Eólico BOREAS. No final da visita, a Presidente da Direção da NERSANT, Maria Salomé Rafael, descerrou a placa alusiva à visita, concluindo que é de empresas como a STI que a região e o país precisam, enaltecendo a estratégia de inovação que esta empresa tem vindo a adotar.

    De referir que o BOREAS resultou de um projeto de investigação que contou com a assessoria do Laboratório de Investigação do Instituto Politécnico de Tomar, e ainda com recurso aos fundos comunitários.

    Tudo indica que o Gerador Eólico BOREAS, que começou a ser desenvolvido em 2009, começará a ser produzido em 2013, após ampliação das instalações industriais da STI, em Abrantes. Numa primeira fase serão produzidas turbinas para potências nominais de 5 kW e 2 kW

  •  

    O auditório do pavilhão de exposições da NERSANT, em Torres Novas, vai receber, no próximo dia 11 de outubro, mais uma edição do Fórum Empresários, desta vez sobre requalificação urbana. A sessão começa às 15h00 e conta com a presença do Secretário Geral do Comité de Investimento do Fundo Jessica, Nuno Vitorino.

    A “requalificação urbana”vai estar em debate, na quinta feira, 11 de outubro, no Fórum Empresários, iniciativa que a NERSANT tem vindo a organizar desde 2011 e que pretende informar e elucidar a população - empresas da região, entidades públicas, e público em geral - sobre temáticas da atualidade. A sessão realiza-se no pavilhão da associação, em Torres Novas, a partir das 15h00.

    Desta vez, sob o mote “Requalificação Urbana – Como Financiar?”, a sessão foca especialmente o Fundo Jessica (Joint European Support for Sustainable Investment in City Areas), iniciativa conjunta da Comissão Europeia, Banco Europeu de Desenvolvimento (BEI) e Council of Europe Development Bank (CEB) para aumentar o uso de instrumentos de engenharia financeira na regeneração e desenvolvimento urbanos sustentáveis.

    Caberá à Presidente da Direção da NERSANT, Maria Salomé Rafael, ao Presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, António Manuel Rodrigues, e ao Presidente da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, Joaquim Sousa Gomes, realizar a sessão de abertura do evento, o que acontecerá às 15h00. Pelas 15h15, o urbanista e professor universitário, António Fonseca Ferreira, falará sobre a requalificação urbana enquanto abordagem estratégica.

    O Fundo Jessica Portugal será explicado pelo Secretário Geral do Comité de Investimento do Fundo Jessica, Nuno Vitorino.

    Após uma pausa para café, as temáticas serão os financiamentos. Ricardo Correia Duarte falará sobre “Jessica no BPI” e Rui Soeiro sobre o “Fundo de Desenvolvimento Urbano CGD/IHRU - Oportunidades de financiamento Jessica”.

    O fórum termina com um debate, estando o encerramento previsto para as 17h00. A presença neste seminário não acarreta qualquer custo para os participantes, embora a inscrição obrigatória. Para tal, os interessados devem inscrever-se no site da associação, em www.nersant.pt.

     

  •  

    A Tetra Pak vai levar a sua campanha de sensibilização ambiental “Sim, é no Amarelo” ao distrito de Santarém, em parceria com a Resitejo. O lançamento da campanha será feito no dia 8 de outubro, na Casa do Ambiente ( Rua Pedro Canavarro,antigo ginásio do Seminário), em Santarém, pelas 15h00, na presença do presidente da Câmara Municipal de Santarém, do administrador-delegado da Resitejo, e da diretora de comunicação da Tetra Pak.

    A campanha inicia-se com a inauguração da exposição “A Reciclagem das Embalagens da Tetra Pak”, destinada ao público infantil e às famílias, que poderá ser visitada na Casa do Ambiente.

    Com acesso gratuito, esta exposição alerta e esclarece, de forma lúdica, para a importância da separação seletiva das embalagens de cartão para alimentos líquidos (muito usadas pelas crianças e pelas famílias para o consumo de leite e sumos) e para a sua reciclagem, demonstrando de forma interativa, como se processa a reciclagem de uma embalagem da Tetra Pak após a sua colocação no Ecoponto Amarelo.

    A exposição “A Reciclagem das Embalagens da Tetra Pak” estará também presente, de 16 a 29 de outubro, na Escola de Segurança e Prevenção Rodoviária, no Entroncamento; de 2 a 11 novembro, na Feira Nacional do Cavalo, na Golegã; e, de 16 a 30 de novembro, na Casa dos Cubos, em Tomar. As escolas das localidades serão convidadas a visitar a exposição.

    A campanha “Sim, é no Amarelo” foi lançada pela Tetra Pak em setembro de 2009, sendo desenvolvida em conjunto com as autarquias e os sistemas municipais de recolha e tratamento de resíduos através de ações de esclarecimento, distribuição de informação e campanhas de publicidade exterior.

    Entre outubro e dezembro, é chegada a hora dos 10 municípios que integram a Resitejo receberem esta campanha. São eles: Alcanena, Chamusca, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Golegã, Santarém, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

    As embalagens de cartão da Tetra Pak são totalmente recicláveis. A reciclagem de uma tonelada de embalagens de cartão para alimentos líquidos evita o abate de cerca de 15 árvores adultas e a emissão de perto de 900 kg de gases com efeito de estufa. 

    Até 2020, a Tetra Pak ambiciona duplicar em todo o mundo a taxa de reciclagem das suas embalagens usadas para os 100 mil milhões de embalagens. Em 2010, 30 mil milhões de embalagens usadas da Tetra Pak foram recicladas a nível mundial. 

  •  

    A PSP de Abrantes, no decurso da investigação de vários furtos em residência apreendeu, uma viatura ligeira e material frequentemente utilizado neste tipo de crimes, destacando-se várias ferramentas de corte, berbequins, luvas, pé-de-cabra, 253 moedas antigas entre outros.

    Foram ainda realizadas buscas domiciliárias que culminaram com a apreensão de diversos artigos, dos quais se destacam ferramentas elétricas utilizadas na construção civil, artigos de arte, entre os quais um dente de marfim trabalhado e diversas estatuetas em pau-preto, uma arma de fogo de cano longo, de classe D, uma arma de fogo de cano curto (revolver), de classe B, um bastão extensível, de classe A, uma moca feita artesanalmente (classe A) e diversas munições de vários calibres, civis e militares, artigo de fardamento do Exército Português e diverso material de ginásio, entre outros.

    Foram identificados dois suspeitos dos crimes em questão tendo sido constituídos arguidos, prestando termo de identidade e residência.

     

  •  

    O Município de Vila de Rei começou já a distribuição dos aparelhos de Teleassistência aos munícipes que residem sozinhos, com mais de 65 anos, ou em situação de vulnerabilidade e dependência.

    Integrado no projecto “Um Amanhã + Humano”, este sistema permite, com um simples apertar de um botão de controle remoto, estabelecer contacto com uma Central de Assistência, disponível 24 horas por dia e 365 dias por ano.

    Até ao final de 2012 a iniciativa será alvo de um projecto-piloto, sendo utilizada por 15 pessoas do Concelho de Vila de Rei, seleccionadas através de uma análise à população-alvo, efectuado, em parceria, pela equipa do Projecto “Um Amanhã + Humano”, pelas IPSSs locais e pelos Presidentes das Juntas de Freguesia.

     

  •  

    O Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, indicou, no dia 2 de Outubro, a lista de municípios que irão ser distinguidos como “Municípios + Familiarmente Responsáveis” do ano de 2012, onde, pelo quarto ano consecutivo, Vila de Rei surge como um dos galardoados.

    A distinção, que pretende premiar as Autarquias que desenvolvem uma eficaz política de apoio e ajuda às famílias mais numerosas, havia já atribuído, no ano anterior, uma distinção especial a Vila de Rei por receber a Bandeira de Município + Familiarmente Responsável pelo terceiro ano consecutivo.

    A selecção dos Municípios é feita com base em diversos critérios, entre os quais o apoio à maternidade e paternidade, apoio às famílias com necessidades especiais, serviços básicos, educação e formação, habitação e urbanismo, transportes, cultura, desporto, lazer e tempo livre, cooperação, relações institucionais e participação social.

    Irene Barata, Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, afirma que “esta distinção, alcançada pelo quarto ano consecutivo, vem premiar o trabalho realizado pelo Município de Vila de Rei na área do apoio à família, tendo sido pioneiro em diversas medidas orientadas para esta área.”

    A Bandeira de Família + Familiarmente Responsável será entrega numa cerimónia a realizar no dia 24 de Outubro, no Auditório da sede da Associação Nacional de Municípios, em Coimbra. 

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei volta a ser pioneira em mais uma medida de apoio à população, neste caso à mais idosa, através da criação da Comissão de Protecção do Idoso em Risco (CPIR).

    Desta forma, a Autarquia, em parceria com as Instituições do Concelho desta área, pretendem identificar, avaliar e resolver situações-problema com idosos que coloquem, entre outras, a sua situação de segurança, saúde, higiene e dignidade em risco.

    A CPIR irá assim assegurar o acesso das populações mais idosas a serviços que lhes permitam continuar integradas no seu meio de vida habitual, mas dispondo da segurança de poderem ser acompanhados por um serviço humanizado e que responderá às mais diversas necessidades.

    A Comissão funcionará nas instalações da Câmara Municipal de Vila de Rei, sendo composta por um elemento da Autarquia, um representante da Segurança Social de Castelo Branco, dos Bombeiros Voluntários de Vila de Rei, da Guarda Nacional Republicana, do Centro de Saúde de Vila de Rei, da Assembleia Municipal, Juntas de Freguesia e de empresas, associações e ipss que tenham no seu âmbito o apoio a idosos.

    A CPIR irá, entre muitas outras funções, desenvolver acções de promoção dos direitos e prevenção dos perigos para os idosos e respectivas famílias, efectuar acções complementares de acompanhamento de casos, informar a comunidade sobre os direitos do idoso e sensibilizá-la para os apoiar sempre que estes conheçam especiais dificuldades e colaborar com as entidades competentes na elaboração de projectos inovadores no domínio da prevenção e na constituição e funcionamento de uma rede de acolhimento de idosos em perigo.

    Irene Barata, Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, afirma que “a criação da Comissão de Protecção de Idosos em Risco é mais uma boa notícia para toda a população do nosso Concelho. Esperamos, desta forma, alargar a nossa rede de solidariedade familiar e aumentar as respostas sociais perante a problemática do envelhecimento da população e do isolamento de que muitos idosos acabam por ser alvos.”

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei vai organizar, no dia 24 de Novembro, na Baixa de Lisboa, uma acção de promoção e divulgação do Concelho, onde irá mostrar o melhor que Vila de Rei tem para oferecer a todos os que passarem por esse local.

    Presente no local, a Villa d’el Rei Tuna será o responsável por, no meio da sua actuação musical, distribuir diverso material turístico do Concelho e realizar uma degustação dos produtos gastronómicos tradicionais Vilarregenses, como os enchidos, o queijo e o mel.

    Os principais pontos turísticos do Concelho, como o Centro Geodésico, as praias fluviais, a Aldeia de Xisto de Água Formosa, os Museus Vilarregenses, ou os diversos Percursos Pedestres disponíveis, estarão assim em destaque numa das mais visitadas zonas da cidade de Lisboa.

    Para Irene Barata, Presidente da Câmara Municipal, “pretende-se que a iniciativa seja um importante meio de divulgação dos nossos muitos pontos turísticos, levando o nome de Vila de Rei a um maior número de pessoas que ficarão, certamente, interessadas em nos visitar.”

  • A Feira dos Santos cumpre mais uma vez a tradição trazendo a Mação dezenas de vendedores e centenas de visitantes.

    As ruas enchem-se de pessoas, de cheiros, de cores, de todo o tipo de produtos distribuídos pelas ruas, como sempre mandou a tradição. A Feira dos Santos é um dia único tornando Mação num local privilegiado de encontro e de reencontro entre familiares e amigos, sendo uma data marcada na vida de muita gente.

    Esta Feira caracteriza-se pela variedade na oferta contando com espaços distintos e específicos de venda ao longo das ruas. No fundo da Vila vendem-se os cereais e os frutos secos, no centro histórico as árvores de frutos, as flores, os queijos, os oleados, os panos e outros utensílios para fins agrícolas. Na parte mais nova da Vila, no denominado Largo da Feira tem lugar a feira como a conhecemos hoje em dia, a jeito de mercado.

    Desde o ano 2000 a Câmara Municipal de Mação tem vindo a dar uma outra dimensão ao dia da Feira dos Santos recriando um mercado à moda antiga junto ao Largo dos Combatentes. Este espaço, com bancas de madeira onde se vendem produtos artesanais e agrícolas, faz a ponte entre os vários pontos da vila por onde se estende a Feira sendo dinamizado por artesãos, associações, instituições de solidariedade social e pelas escolas. Ao longo do dia é palco de actividades de animação. Cumprindo a tradição, a Banda da Sociedade Filarmónica União Maçaense fez uma arruada ao fim da tarde.

    Milhares de pessoas do Concelho de Mação e dos Concelhos limítrofes aproveitaram o bom dia que se fez sentir e a muita oferta que a Feira tinha. Criada em 1800, esta é a Feira mais antiga do Concelho e uma das mais conhecidas da região, sobretudo pela variedade de produtos que oferece. Foi criada por provada falta que fazia a Mação e aos concelhos vizinhos. Afirmou-se de tal forma que, mais de dois séculos depois, continua a ser uma das maiores da região.

  • Entre os dias 26 e 28 de Outubro Mação vai receber o Energybus, um projecto desenvolvido pela EDP para levar a todos os cidadãos o conhecimento da Eficiência Energética, utilizando diferentes linguagens para responder aos diferentes públicos: crianças, jovens e adultos.

    Através de suportes de comunicação interactivos e experienciais todos podem tomar contacto com os temas: produção e transformação de energia, eficiência energética, e energias renováveis, para adoptarem comportamentos mais eficientes e amigos do ambiente. Toda a população está convidada a visitar esta exposição, de forma gratuita.

    O Energybus poderá ser visitado no Largo dos Bombeiros Voluntários (junto ao posto de turismo) entre as 9h00 e as 18h00 no dia 26, e entre as 10h00 e as 19h00 nos dias 27 e 28 de Outubro.

    Na estrada desde outubro de 2007, este veículo já foi visitado por mais de 70.000 portugueses. O Energybus que teve Lisboa como ponto de partida, está a percorrer o país inteiro, proporcionando a todos os visitantes uma viagem diferente e interativa, com equipamentos de demonstração de novas tecnologias, experiências, ecrãs informativos e conselhos úteis, que certamente incentivarão os portugueses a adotarem comportamentos mais eficientes e amigos do ambiente.

    Esta iniciativa foi desenvolvida pela EDP, em parceria com a TerraSystemics, no âmbito do Plano de Promoção de Eficiência no Consumo de Energia Eléctrica, aprovada pela ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos

    Para mais informações sobre o Energybus, poderá ser consultado o website http://www.eco.edp.pt/energybus.

  • “Mação Saudável Depende de Si” é a iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Mação que teve início a 8 de Outubro e se desenvolve em todas as freguesias. O objectivo é proporcionar aulas de ginástica gratuitas a toda a população do concelho promovendo o seu bem-estar sem terem, para isso, de se deslocar à Sede de Concelho.

    Para Vasco Estrela, vice-presidente da Câmara Municipal de Mação, “esta iniciativa tem efeitos positivos em várias áreas. Começamos pelo facto de a prática de exercício físico se reflectir na saúde e no bem-estar e depois falamos ainda da oportunidade de reunir, de animar o dia-a-dia dos Munícipes introduzindo uma actividade nova nas suas rotinas.”

    À semelhança do que já acontece nos Jardins-de-Infância e Escolas Básicas do 1.º Ciclo, a Câmara Municipal de Mação, atenta aos benefícios do exercício físico, mas também às dificuldades de deslocação de muitos Munícipes, oferece à população uma forma de cuidar do seu bem-estar e forma física, com recurso a profissionais qualificados e sem terem de sair da sua área de residência. Esta iniciativa conta com o apoio das Juntas de Freguesia do Concelho que colaboraram estreitamente com a Autarquia no sentido de tornar possível a realização das aulas de ginástica, sobretudo na procura de espaços adequados para a sua realização e divulgação das mesmas nas suas Freguesias.

    Para mais informações contactar a Prof.ª Tânia Pires, nas Piscinas Municipais Cobertas de Mação, através do 241 573235 ou as Juntas de Freguesia.

     

    Locais e horários:
    Aboboreira - Quartas-feiras, às 14h00, no Centro de Dia
    Amêndoa - Quartas-feiras, às 11h15, na Antiga Escola Primária
    Penhascoso - Quartas-feiras, às 14h45, no Antigo Jardim-de-infância
    Envendos - Segundas-feiras, às 14h00, no Salão Paroquial
    Cardigos - Terças -feiras, às 11h15, na Antiga Santa Casa da Misericórdia
    Ortiga - Quintas-feiras, às 14h00, na Antiga Escola Primária
    Carvoeiro - Quintas-feiras, às 11h15, no Salão Paroquial
    Mação - Terças -feiras, às 14h00, no Pavilhão Municipal

  • Há cerca de 60 ou 70 anos atrás, a Feira de S. Simão, que se realizava no Sardoal, a 28 de outubro, tinha sempre uma clientela especial. Era esse o dia escolhido para a chegada dos “Capuchos”, como eram designados os grupos de homens e mulheres oriundos da Beira Baixa (zonas de Proença-a-Nova, Sertã e Oleiros) que para lá se deslocavam para a época da apanha da azeitona (que, muitas vezes, só terminava em meados janeiro seguinte, embora a grande permanência fosse apenas até vésperas de Natal).

    Mas esta Feira é rica, também, pelas suas tradições e antiguidade. A sua origem perde-se no tempo, havendo registos documentais de que já se realizava antes de 1750. Em meados dos anos 70, do século passado, era uma das feiras mais importantes e concorridas de toda a região norte do Ribatejo.

    De regresso ao presente, a Feira de S. Simão, também conhecida pela voz popular como “Feira da Fossa”, volta a ser a atração, trazendo às ruas principais da Vila de Sardoal, o bom sabor das castanhas, das nozes, das amêndoas e dos figos secos, entre outras delícias, no domingo, 28 de outubro.

    Caracterizada pelas transações de cereais e de frutos secos, próprios deste período sazonal, a Feira de S. Simão é sempre uma festa, aliando a vertente de mercado a um âmbito mais vasto de convívio e animação. Referenciada por prestigiados historiadores locais, a Feira de S. Simão, ou da “Fossa” (embora a origem desta designação não seja consensual entre os especialistas), era a grande oportunidade da população concelhia, e não só, para adquirir roupa e calçado para o inverno que se aproximava, para o que se contava com algumas poupanças da ceifa e com o produto da venda de algumas aves, que as aldeãs, manhã cedo, vinham fazer, transportando-as em cestos à cabeça.

  • A ponte de Belver, encerrada desde 17 de Julho, já reabriu ao tráfego, mas sem a execução dos trabalhos de reabilitação e reforço estrutural. Os estaleiros foram montados, mas a obra não se iniciou.

    A pedido da empresa adjudicatária da obra, a Estradas de Portugal (EP) vai “proceder à resolução do contrato com a empresa Britalar”, que alegou dificuldades de subcontratação e não deu início à obra.

    A EP afirma que foi efectuada uma inspecção à ponte “tendo-se concluído que não existem evoluções nas patologias já identificadas, estando reunidas as condições para a reabertura ao tráfego”. E a ponte foi reaberta “nas condições existentes antes do encerramento da mesma”.

    A Estradas de Portugal adianta ainda que será lançado um novo concurso público para a contratação de uma nova empreitada.

  • No âmbito das comemorações do ano Europeu do Envelhecimento Ativo e da Solidariedade entre Gerações, o Centro Distrital de Santarém, em conjunto com as entidades que compõem as plataformas supraconcelhias da Lezíria e do Médio Tejo, vai promover o Fórum Solidário - Encontro entre Gerações, que decorrerá nos dias 25, 26 e 27 de outubro, no CNEMA em Santarém.

    Este evento está a ser organizado mediante um lógica descentralizada e de participação ativa de todas as entidades que compõem as plataformas e que, se farão representar não só com stands expositivos, mas também com mostras de atividades de animação diversas, que diariamente vão ilustrar a cultura e dinâmica social de cada concelho.

    De referir que em cada dia será abordada uma temática diferenciada. Assim, o primeiro dia será dedicado à temática do Envelhecimento Ativo, o dia 26 à Infância e Juventude e o dia 27 terá como tema Encontro entre Gerações. Assim e para além da parte de exposição e das atividades de animação, que decorrerão ao longo dos três dias do evento, teremos diversos painéis organizados de acordo com a temática de cada dia.

    Os objectivos desta iniciativa são fomentar a reflexão sobre o envelhecimento ativo e da solidariedade entre gerações; promover a participação ativa dos parceiros sociais; criar um espaço de partilha dando visibilidade às boas práticas; potenciar o voluntariado, dinamizando a participação ativa da sociedade civil.

     

    Dia 25 de Outubro - Envelhecimento Ativo

    10,30 h - Painel 1 - “ À conversa com os mais Velhos”
    10,30 h - Painel 2 - ““Voluntariado…Experiências”

     

    Dia 26 de Outubro – Infância e Juventude

    10,30 h - Painel 1 - “ À conversa com os mais Novos”
    14,30 h - Painel 2 - “Experiências do Crescer”

     

    Dia 27 de Outubro – Encontro entre Gerações

    10,30 h - Painel 1 - “ À conversa com todos – Novos tipos de Família”

  • A Rua D. Miguel de Almeida, em Abrantes, vai estar cortada ao trânsito, por tempo indeterminado, na sequência da derrocada que ocorreu durante a madrugada do dia 18 de Outubro numa obra sem licenciamento.

    Após a verificação das condições do local efetuada por técnicos da Câmara e da Proteção Civil Municipal, concluiu-se que, por questões de segurança, seria aconselhável a interditação do trânsito no local e a criação de um corredor para a passagem de peões.

    Esta situação obriga ao corte do trânsito na Rua D. Miguel de Almeida, entre a Rua José Estevão e o entroncamento com a Rua do Pisco e com a Travessa do Pacheco. Será cortado igualmente o trânsito na Rua José Estevão entre a Rua da Videira e a Rua D. Miguel de Almeida, bem como o acesso da Rua Condes de Abrantes à Rua José Estevão.

  • O Município do Entroncamento e a Pastoral da Cultura da Paróquia da Sagrada Família promovem, pelo segundo ano consecutivo, o Concurso “Presépios na Cidade”.

    Com este projeto pretende-se uma retoma dos valores tradicionais relacionados com a quadra natalícia, assim como a dinamização do comércio na Cidade, através da realização de presépios.

    Para além do testemunho de fé que encerra, o ato de estruturar e montar um presépio espelha a cultura que nos enforma e, simultaneamente, estimula a imaginação que nos transporta, através da técnica e arte dos executantes, para um mundo encantador de calor e encontro.

    Este concurso destina-se a Comerciantes que possuam estabelecimentos em atividade no Concelho do Entroncamento, Escolas do Concelho do Entroncamento e Instituições do Concelho do Entroncamento. As inscrições estão abertas até 30 de novembro.

    Mais informações em www.cm-entroncamento.pt

  •  

    António Marinho Pinto, bastonário da Ordem dos advogados, em sessão pública realizada em Abrantes na sexta, dia 19, assumiu uma posição radicalmente contra a Reforma da Organização Judiciária proposta pelo governo.
    Igual posição foi assumida pela presidente de Câmara de Abrantes e Américo Simples, presidente do agrupamento das delegações de Abrantes da Ordem dos Advogados, entidades responsáveis pela organização.
    Marinho Pinto disse, que "ao contrário do que diz o governo vamos gastar mais com esta reforma. Estamos perante um governo que está a violar as regras elementares do sistema democrático, pois esta medida não foi apresentada em campanha eleitoral. O povo não escolheu estas medidas, ninguém falou em encerrar tribunais durante a campanha eleitoral".

    Para Américo Simples, com o encerramento ou saída de valências dos tribunais de Abrantes, Entroncamento, Ponte de Sor, Mação e Alcanena, haverá diferenças substanciais que são graves para os cidadãos de todos estes municípios.

    Marinho Pinto acredita se o país e as comunidades se organizarem esta lei não passará. Afirma ainda: "os tribunais são o símbolo da unidade, da coesão social e paz social. São o símbolo da justiça". E continua: "Em democracia a arma mais temível de todas é a palavra. A palavra usada com coragem e com verdade, usada sem medo e com respeito. E é isso que lhes dói. A Verdade, porque a verdade eles não a podem negar e é usando essa palavra, sem medo, que os vamos derrotar".

    Assunto a desenvolver na edição impressa.

  •  

    O trânsito foi restabelecido na Rua D. Miguel de Almeida e nas vias adjacentes, no Centro Histórico de Abrantes, reabriu hoje, dia 30 de Outubro. A via foi cortada por questões de segurança devido a uma derrocada, relacionada com a uma obra particular.

  •  

     

    Faleceu hoje, dia 30 de Outubro, 2012, José da Silva Gomes, um dos grandes impulsionadores da arqueologia na região do Médio Tejo.

    Nascido na freguesia do Paço (Torres Novas), em 25 de Janeiro de 1942, José da Silva Gomes esteve ligado à Arqueologia desde a adolescência, tendo sido o fundador do núcleo de Arqueologia do Grupo Recreativo Soudoense..

    De 1975 a 2001 exerceu a profissão de Técnico dos Caminhos-de-ferro, ao mesmo que orientava diversas actividades de arqueologia.

    Detentor de diversos Cursos Intensivos na área da Arqueologia, participou em inúmeros trabalhos arqueológicos (prospeções, escavações, etc.), realizou diversas exposições e colaborou em várias publicações.

    Foi professor de Arqueologia e Geologia no Instituto Politécnico de Tomar, tendo visto alguns trabalhos publicados em revistas científicas ligadas à sua área de investigação.

    Em 1989 fundou o Núcleo de Arqueologia da Barquinha do qual foi presidente até ao ano de 1995. Foi também vice-presidente da Arqueojovem entre 1995 e 2000 e presidente de 2000 a 2008.

    Em 2002 foi eleito Presidente da ACIAAR – Associação Centro de Interpretação de Arqueologia do Alto Ribatejo, cargo que desempenhou até ao último dia. Em 2003 foi eleito Director Delegado do Centro de Interpretação de Arqueologia do Alto Ribatejo.

    José da Silva Gomes foi distinguido com a atribuição da categoria de sócio emérito e sócio nº 1 do Instituto Terra e Memória (ITM), no 1º Congresso de Arqueologia do Alto Ribatejo, que se realizou no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, nos dias 11 e 12 de Novembro de 2011. O ITM reconheceu desta forma o papel pioneiro de José Gomes, bem como a sua dedicação à investigação sobre o passado e sobre o território, no Alto Ribatejo, e fora dele, consolidando também a rede regional de infra-estruturas criadas em Vila Nova da Barquinha, Mação e Tomar, numa estreita relação com as populações e em prol da construção do conhecimento.

    Em 2012, a Assembleia Municipal de Vila Nova da Barquinha, em reunião de 6 de Junho, deliberou atribuir a José da Silva Gomes a Medalha Municipal de Mérito – Grau Prata, por se ter distinguido no campo social, associativo e cultural. Condecoração que recebeu no dia 13 de Junho, feriado municipal, no edifício dos Paços do Concelho.

    Fica a memória de um homem que dedicou a sua vida à arqueologia, ao associativismo e à preservação do património do nosso território.

     

  •  

    A Associação Cultural e Recreativa de Aboboreira, concelho de Mação, promove mais um Festival das Migas, no próximo dia 3 de Novembro, a partir das 19.00h.

    Ementa: Migas com bacalhau ou entrecosto grelhado; arroz doce ou melão

  • Na sequência da decisão do Tribunal da Sertã em levar a julgamento Irene Barata, presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Paulo César, vice-presidente, e outros três arguidos, por suspeita de ilegalidades em processos de obras que remontam a 2003, a autarca dirigiu-se ao vilarregenses:

     

    "Venho por este meio ousar dirigir-me a todos os Vilarregenses com o propósito de prestar os devidos esclarecimentos a quem confiou, ao de todo este tempo, na minha capacidade e das minhas equipas, para dirigirmos os destinos do Município de Vila de Rei.

    Com efeito têm vindo a ser noticiado por diversos órgãos de comunicação social um processo que actualmente decorre no Tribunal da Sertã no qual somos acusados de diversos crimes com o propósito de favorecer duas Instituições Particulares de Solidariedade Social, a Santa Casa da Misericórdia de Vila de Rei e o Centro de Dia Família Dias Cardoso da Fundada.

    Este processo decorre de uma denúncia de uma pessoa perfeitamente identificada que tem ao longo dos tempos procurado denegrir a minha imagem, tendo apresentado mais de 20 denúncias aos mais diversos organismos públicos, todas elas falsas e já arquivadas, à excepção de duas já mencionadas.

    Sou a sublinhar a minha estranheza por só agora se avançar com este processo quando falta um ano para as eleições, sobre factos que decorreram, segundo o Ministério Público, entre 2003 e 2005 e relacionados com apoios concedidos a IPSSs, associações sem fins lucrativos, que contribuíram decisivamente para a melhoria das condições de vida dos nossos idosos e para a criação de muitos postos de trabalho.

    Contrariamente aos que alguns tentam fazer passar, não estamos perante qualquer aproveitamento monetário de qualquer das pessoas envolvidas, uma vez que ninguém, repito, ninguém lucrou, seja o que for, com aquilo de que somos acusados.

    Pelo exposto sou obrigada a associar esta tentativa de denegrir a minha imagem, com interesses políticos e até pessoais, por pessoas que não olham a meios, nem os efeitos secundários das suas acções, uma vez que para me atingirem pessoalmente, pouco se importam se com isso muitas outras pessoas tenham que sofrer.

    Digo a todos que, se a procura de melhorar a vida de todos os Vilarregenses, o bem comum, a valorização do nosso Concelho, a criação de emprego, o aumento da população, é crime, então considero-me culpada… Culpada de o tentar fazer todos os dias.

    Conheço cada um de vós, e estou certa que também me conheceis ao longo de todos estes anos de trabalho conjunto. Bem sei que não vos deixeis cair na tentação fácil de ligar a oportunistas que buscam o mal dos outros.

    Mais cedo ou mais tarde a verdade virá à tona."

     


    Refira-se que estão em causa três processos. O licenciamento de anexos habitacionais da Casa do Idoso da Santa Casa da Misericórdia de Vila de Rei, processo no qual os arguidos são acusados de forjar documentos de obras que afinal já estavam feitas, mas sem licença.

    No caso do Centro de Dia Família Dias Cardoso, Irene Barata e Paulo César são acusados de favorecer a instituição através da mobilização de recursos do município para obras e de encarregar o engenheiro municipal Luís Lopes da realização de projectos.

    Irene Barata é ainda acusada de peculato e falsificação ao autorizar o município a suportar 27 mil euros com obras feitas pela Escola Prática de Engenharia de Tancos em terrenos da mesma instituição.

  • A Loja Social de Vila de Rei, situada no edifício dos Paços do Concelho, continua o seu trabalho de tentar suprimir as necessidades e carências imediatas das famílias Vilarregenses, através de um banco de bens, novos ou usados, doados por particulares e empresas.

    Desde a sua criação, foram já apoiados 49 agregados familiares em situação mais vulnerável, proporcionando o acesso a determinados bens, a título gratuito, conforme as suas necessidades imediatas.

    Durante o mês de Setembro, e em colaboração com o Continente que realizou uma importante doação de cabazes alimentares, foram entregues 25 destes cabazes a famílias Vilarregenses. A iniciativa foi de enorme importância para suprimir algumas necessidades básicas a curto prazo.

    Para Irene Barata, presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, “a Loja Social, juntamente com todas as instituições que a apoiam, é um complemento à intervenção social da autarquia, procurando dar respostas para as situações de precariedade social.”

    Quem quiser efectuar doações, requerer bens materiais ou solicitar informações, deve dirigir-se ao Gabinete de Acção Social do Município ou contactar através do telefone 274 890 010, fax 274 890 018 ou correio electrónico social@cm-viladerei.pt.

  •  

  • A Associação dos Amigos de Santiago de Montalegre promove um Magusto, dia 17 de novembro, a partir das 15 horas, nas instalações desta coletividade.

    As boas castanhas assadas e a água-pé serão oferta da associação, que propõe, ainda, uma animada tarde com jogos tradicionais.

  • A Sociedade Cultural e Recreativa de Carreira do Mato, freguesia de Aldeia do Mato, acolheu, no dia 28 de Outubro, as atividades de comemoração do Dia Mundial da Terceira Idade, promovidas pela AJAF - Associação Juventude Ação no Futuro, no âmbito do projeto “Juventude Ação na Solidariedade”.

    Esta iniciativa teve início pelas 15h00 com a dinamização de uma aula de ginástica, e posterior dinamização de jogos tradicionais. Dando continuidade às atividades, e seguido de um lanche, os/as participantes assistiram à atuação da Oficina de Teatro da Canto Firme com a peça “Encontros Imaginários”. A atividade contou com cerca de 30 participantes.

  • A Biblioteca Municipal de Vila de Rei organiza a sexta edição do “Concurso de Presépios”, que este ano conta com duas categorias distintas: Presépios Tradicionais e Presépios de Montra.

    O objectivo é o de construir presépios com recurso a materiais recicláveis e a matérias-primas tipicamente regionais. Com esta iniciativa pretende-se recuperar as antigas tradições natalícias ao mesmo tempo que se revitaliza o simbolismo dos presépios.

    A categoria de Presépios de Montra destina-se a todos os estabelecimentos comerciais do Concelho de Vila de Rei, que terão aí o seu presépio exposto, enquanto que, para a categoria de Presépios Tradicionais podem concorrer particulares, associações, instituições e estabelecimentos de ensino, a título individual ou em grupo.

    Todos os interessados em participar deverão efectuar a sua inscrição entre os dias 19 e 23 de Novembro, mediante preenchimento da respectiva Ficha de Inscrição (que pode ser retirada da página da Internet – www.cm-viladerei.pt) e entregue na Recepção Geral da Câmara Municipal de Vila de Rei ou na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, ou ainda via postal, com Aviso de Recepção e carimbo dos CTT até à data limite do período de inscrições.

    Os presépios inscritos no VI CONCURSO DE PRESÉPIOS, na categoria de Presépios Tradicionais, ficarão depois expostos na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, entre 3 de Dezembro de 2012 e 11 de Janeiro de 2013.

    Os três presépios mais votados pelo público e por um júri nomeado para o efeito, em cada uma das categorias, serão premiados com 100€ para o primeiro classificado, 75€ para o segundo e 50€ para a terceira posição.

    Assumindo as tradições como a maior riqueza de cada terra, o Município volta a apostar neste evento que espera ter, pelo menos, tão boa adesão quanto a das edições anteriores.

  • A Loja Social do Sardoal, situada na Rua das Olarias (na entrada sul da vila) está aberta ao público em geral, funcionando de segunda a sexta-feira, com horário regular (10 às 12 horas e 15 às 17 horas).

    A Loja tem uma particularidade: todos podem ali adquirir produtos (em especial roupas) de que necessitem, sendo o respetivo “pagamento” efetuado através de bens alimentares, ou outros, os quais serão canalizados para famílias carenciadas.

    Assim, meias, roupa interior, bonés, chapéus, luvas, óculos e bijuteria terão como “preço” dois bens alimentares. As calças, casacos, saias, sapatos e camisolas “custarão” três bens alimentares. Estes bens poderão ser conservas e enlatados, embalagens de massa, arroz, açúcar, farinha, ou outros, produtos de higiene, detergentes, etc.

    Para além deste uso pela generalidade da população, a Loja Social dispõe de mecanismos de apoio às famílias carenciadas que terão estes produtos à disposição sem qualquer contrapartida. Para isso, será necessário possuir processo formal na Ação Social do Município, que fará a análise social da sua situação.

    A Loja Social é gerida pela Ação Social do Município e esta iniciativa visa dar respostas adequadas para a diminuição da pobreza e para o aumento de condições dignas de vida de pessoas com situações sociais gravosas.

  • Chamusca recebe, dia 18 de Novembro, a Caminhada Pelos Direitos da Criança. A concentração está marcada para as 9 horas, no Gabinete Desporto localizado na Piscina Municipal.

    Esta iniciativa pretende ser um grande convívio, onde o objetivo é, a par da promoção da vida saudável, a sensibilização da comunidade para a promoção dos direitos e proteção das crianças. Pretende-se relembrar que se os dez princípios da declaração dos direitos das crianças forem cumpridos, no futuro as crianças poderão viver em sociedade como bons adultos e contribuir para que outras crianças também vivam felizes.

    Na Caminhada existirão vários pontos de interesse como são exemplos os espaços desportivos, os miradouros, o Rio Tejo e os antigos portos fluviais, a Charneca e o casario branco característico da Vila. A Caminhada será de dificuldade média/baixa e terá uma extensão de 5 Km.

    Os interessados em participar devem fazer a sua inscrição pelo telefone 249769100, pelo fax 249760211 ou pelo email cmc.desporto@mail.telepac.pt. O custo é de 2 euros.


     

  • Conhecer Aromas e Sabores da Natureza vai decorrer, no Parque Ambiental de Santa Margarida, dias 17 e 18 de Novembro, das 4h30 às 18h00.

    Este é um evento de caráter ambiental e cultural que tem como grandes objetivos contribuir para a salvaguarda do património natural e cultural, promover alguns produtos de produção biológica, artesanal e doméstica e sensibilizar para uma relação positiva entre o Homem e a Natureza.

    Os temas a abordar nesta atividade estarão relacionados com as plantas aromáticas e medicinais, os frutos silvestres, o mel e a agricultura biológica.

    Durante o evento decorrerá uma exposição, uma venda de produtos e uma provas de chás, licores, mel e compotas.

  • À semelhança do que se tem efetuado em anos transatos, a Câmara Municipal do Entroncamento irá atribuir Cabazes de Natal, às famílias carenciadas do Concelho.

    Para beneficiar do Cabaz, os interessados devem efetuar a sua inscrição de 15 a 30 de novembro, nos Serviços de Apoio Social do Município, sitos na Rua da Junta de Freguesia, nº1, 2º andar.

    No ato da inscrição, devem apresentar os seguintes elementos: fotocópia do documento de identificação de todos os elementos do agregado familiar e fotocópia da última declaração de rendimentos, pensões e/ou comprovativo de atribuição de subsídios.

  • A Câmara de Abrantes assinou, no dia 30 de outubro, 24 protocolos, com várias entidades concelhias – Juntas de Freguesia e associações – com vista à cedência de edifícios de antigas escolas primária e jardins-de-infância, para uso social, cultural ou recreativo, colocando esses espaços ao serviço das comunidades e promovendo a preservação do património edificado.

    A ocupação de escolas primárias devolutas no concelho de Abrantes não é novidade. Na sequência da reforma da reorganização da rede escolar, muitos dos edifícios são colocados ao serviço das comunidades locais e ganham novas funcionalidades. A cedência de instalações é regulada por protocolo.

     

    Protocolos

    Rancho Folclórico Etnográfico Casais de Revelhos – Edifício do Jardim de Infância (JI) de Casais de Revelhos – Criação de Núcleo Museológico

    Agrupamento 1053 do CNE – Edifício da Escola Básica (EB)/JI de Alferrarede Velha – Sede do agrupamento

    Junta de Freguesia de Alferrarede – EB nº 3 de Abrantes – Instalação da sede da Junta e desenvolvimento de atividades para e com a população

    Grupo Folclórico e Etnográfico de Bemposta – EB/JI de Bemposta – Instalação da sede, desenvolvimento de um Museu Etnográfico e de atividades abertas à comunidade

    Junta de Freguesia de Bemposta – EB/JI de Brunheirinho – Descentralização dos serviços e desenvolvimento de atividades para e com a população

    Junta de Freguesia de Bemposta - EB/JI de Água Travessa - Desenvolvimento de atividades para e com a população

    Junta de Freguesia do Carvalhal – JI de Carvalhal – Desenvolvimento de atividades de lazer /culturais para a população

    Junta de Freguesia de Fontes – JI de Fontes - Desenvolvimento de atividades para e com a população

    Junta de Freguesia de Martinchel – EB de Martinchel - Desenvolvimento de atividades para e com a população

    Junta de Freguesia de Rio de Moinhos – EB de Rio de Moinhos – Desenvolvimento de atividades sociais e culturais a desenvolver pela Comissão Social de Freguesia e parceiros sociais

    Associação de Moradores de Amoreira – EB/JI de Amoreira – Apoio à população idosa de Amoreira com a possibilidade de extensão do Centro de Dia de Rio de Moinhos

    Junta de Freguesia de S. Facundo – EB da Barrada (sala 1) – Instalação da casa mortuária

    Associação Ecocinegética da Barrada e Esteveira – EB da Barrada (sala 2) – Instalação da sua sede

    Associação Cultural e Recreativa da Esteveira – EB da Esteveira – Instalação da sede

    Junta de Freguesia de São Miguel do Rio Torto – JI de Arrifana - Descentralização dos serviços e desenvolvimento de atividades para e com a população

    Junta de Freguesia de São Miguel do Rio Torto – JI de Arreciadas - Descentralização dos serviços e desenvolvimento de atividades para e com a população

    Associação Juvenil de Bicas – Escola Primária de Bicas – Instalação da sua sede e desenvolvimento de atividades para e com a população

    Associação Cultural, Recreativa e Desportiva de Bicas – JI de Bicas - Desenvolvimento de atividades de dinamização sociocultural da aldeia de Bicas

    Grupo de Amigos Motards de Abrantes – EB de Abrançalha de Cima – Instalação da sede

    Junta de Freguesia do Souto – EB do Souto – Criação de Núcleo Museológico da Freguesia de Souto

    Junta de Freguesia de Tramagal – EB nº 2 de Tramagal - Desenvolvimento de atividades para e com a população e associações locais

    Junta de Freguesia de Tramagal – JI de Tramagal - Desenvolvimento de atividades para e com a população

    Junta de Freguesia de Tramagal – JI de Crucifixo - Descentralização dos serviços e desenvolvimento de atividades para e com a população

    Junta de Freguesia de Vale das Mós – EB de Vale das Mós - Desenvolvimento de atividades para e com a população

  • A Associação de Pais e Encarregados de Educação do Jardim-de-infância de Atalaia (APEEJIA) vai promover, este sábado, dia 17, a "Festa da Castanha 2012".

    Esta iniciativa visa a angariação de fundos para a APEEJIA, de forma a contribuir para a melhoria e enriquecimento da vida escolar das crianças do Jardim-de-infância, ao longo do presente ano lectivo.

    A "Festa da Castanha 2012" decorre, pelas 14 horas, no Jardim Dr. Eustáquio Picciochi, em Atalaia. Castanha assada, água-pé, doçaria e animação musical farão parte deste evento que irá animar a freguesia de Atalaia, concelho de Vila Nova da Barquinha.

  • O Instituto Terra e Memória e a Seccional do Rio de Janeiro da Ordem dos Advogados do Brasil decidiram promover, em conjunto com a Câmara Municipal de Mação, o Instituto Politécnico de Tomar e o IBIO (Brasil), um congresso, que será igualmente um primeiro balanço da Rio+20 seis meses após a sua realização. A iniciativa tem lugar nos dias 17 e 18 de Dezembro, no Auditório do Centro Cultural Elvino Pereira, em Mação.

    Este encontro, que reunirá especialistas destes três setores, integrar-se-á no programa do Ano de Portugal no Brasil e tem a colaboração da Associação Industrial Portuguesa-CCI e da Confederação Nacional da Indústria, do Brasil.

    No âmbito da Conferência Rio+20, foi aberta uma discussão sobre novos paradigmas e novos compromissos para o desenvolvimento sustentável, que assumem a dimensão humana e cultural como foco. Neste debate, o setor empresarial assumiu diversos compromissos. O detalhamento desta discussão e das convergências que pode gerar impõe responsabilidades não apenas aos Estados, mas em particular às empresas (que devem desenhar estratégias globais sustentáveis), ao setor jurídico (que deve repensar a matriz legal dos processos) e ao sector do ensino superior (que deve incorporar os novos paradigmas e promover o seu aprofundamento e aplicabilidade).

     

    Programa

    17 de Dezembro (Mação)

    9h00 – Acolhimento
    9h30 – Sessão de Abertura
    10h00 – Palestra: Tutela jurídica do território do Direito Constitucional Brasileiro – Prof. Doutor Celso Fiorillo
    10h45 – Pausa
    11h00 – Palestra: Gestão Integrada do Território: caminhos após a Rio+20 – Prof. Doutor. Filipe Duarte Santos
    11h45 – Palestra: Globalização e dinâmicas económicas regionais – Prof. Doutor Augusto Mateus
    12h30 – Pausa

    Sessão 1: ÁREAS DE ATUAÇÃO E CONFLITO

    14h00 – O projeto educativo do Agrupamento de Escolas de Mação – Dr. José António Almeida
    14h30 – Conflitos sócio-económicos e ambientais e políticas para a Gestão Integrada de Território – Prof. Doutora. Inguelore Scheunemann
    14h50 – Regiões metropolitanas e sua articulação jurídica, política e administrativa: desafios – Dr. António Figueiredo G. Beltrão
    15h15 – Colisão de direitos fundamentais em face da gestão territorial – Dr. Marcelo Buzaglo Dantas
    15h35 – Um património cultural esquecido - Arqueologia da culturalidade do Direito Constitucional – Prof. Doutor Paulo F. da Cunha
    16h00 – Espaços públicos e privados – Prof. Doutor José Adelino Maltez
    16h20 – Pausa
    17h00 – O meio ambiente do trabalho e sua inserção na gestão territorial urbana – Dr. Samir Jorge Murad
    17h20 – A mortalidade do património cultural – Prof. Doutor Jorge Rodrigues
    17h45 – Instrumentos jurídicos de planeamento e estruturação da gestão territorial urbana – Dr. André Cardoso
    18h05 – Gestão de conflitos territoriais em áreas rurais – Dr.Antonio Fernandes Júnior
    18h25 – Direito Constitucional Integrado – Prof. Doutor Jorge Miranda
    18h45 – Debate
    19h15 – Recepção no Museu de Arte Pré-Histórica e do Sagrado do Vale do Tejo, onde será descerrada placa de certificação de qualidade HERITY.

     

    18 de Dezembro (Mação)

    Sessão 2: MEIO AMBIENTE NATURAL E CULTURAL

    9h00 – Tutela jurídica das colecções artísticas e arqueológicas e relevância do património cultural na gestão do território – Dr. Henrique Mourão
    9h20 – Direito e Urbanismo – Prof. Doutor Cláudio Monteiro
    9h45 – Tutela jurídica do meio ambiente digital e sociedade da informação: para uma gestão das práticas simbólicas e sua interface no âmbito da gestão do espaço urbano – Prof. Doutor Celso Fiorillo
    10h05 – Responsabilidade civil e meio ambiente – Prof. Doutor Romano Martínez
    10h30 – Pausa
    10h45 – Biodiversidade e gestão do território – Dr. Márcio Santos
    11h05 – Paisagem e gestão do território – Dr. Mário Werneck
    11h20 – Desafios ambientais e culturais em contexto de crise: uma perspectiva de Gestão Integrada do Território – Prof. Doutor Luiz Oosterbeek
    11h40 – Ordenamento do Território – Prof. Doutor João Miranda
    12h00 – Debate
    13h00 – Pausa

    Sessão 3: AMBIENTE E SOCIEDADE COMO INSTRUMENTOS DE CRESCIMENTO ECONÓMICO

    15h00 – As empresas como agentes de sustentabilidade – Dr. José Eduardo Carvalho
    15h20 – Risco ambiental e sua valoração em face da atividade económica – Prof. Doutor Rui Pena dos Reis
    15h45 – Direito Ambiental – Prof. Doutor Vasco Pereira da Silva
    16h05 – Riscos jurídicos ambientais em projetos de infra-estrutura – Dr. Rômulo Sampaio
    16h30 – Pausa
    16h45 – Cultura e crescimento económico – Prof. Doutor Jorge Barreto Xavier
    17h05 – Tutela jurídica da cultura em face do crescimento económico – Dr. Flávio Ahmed
    17h30 – Activos culturais e desenvolvimento do território – Prof. Doutor Luís Campos e Cunha
    17h50 – Património Cultural e Economia – Dr. Elísio Summavielle
    18h15 – Conclusões e recomendações
    18h30 – Palestra: Duas décadas e meia de planos de ordenamento em Portugal. Um balanço – Prof. Doutor Vera Cruz Pinto
    19h00 – Encerramento

  • Quando Portugal e a Europa vivem sob o espectro da crise económica, a Feira Nacional do Cavalo, Feira Internacional do Cavalo Lusitano e secular Feira de São Martinho, afirma-se cada vez mais no panorama equestre mundial.

    Além dos visitantes oriundos de vários pontos do globo que afluem à Golegã em busca dos melhores exemplares da raça lusitana, também os órgãos de comunicação social internacionais começam a descobrir a Golegã. A título de exemplo, refira-se que a Rádio Gaúcha (Brasil) emitiu um directo de três horas na manhã de domingo para uma audiência de 3 milhões de pessoas.

    A organização registou a inscrição de 1523 cavalos, a que se somam os equinos que foram a concurso, e 185 charretes, totalizando cerca de 1800 animais, números ligeiramente superiores a 2011. O número de coudelarias presentes (35) também foi idêntico ao do ano passado.

    O presidente da Câmara Municipal da Golegã e da Feira Nacional do Cavalo, José Veiga Maltez não podia estar mais satisfeito, tendo em conta o panorama actual: “A Feira da Golegã tem um público muito fiel. Podem existir algumas oscilações no consumo, mas não na afluência”, reconhece, para continuar: “Em tempos de crise, as pessoas revêem-se nesta feira que defende os valores que são a referência de um país que está a perder a soberania em todos os aspectos. Na Golegã preserva-se e exalta-se a nossa identidade e a nossa cultura. A Feira da Golegã não é tocada pela crise, porque temos tudo o que os outros têm e aquilo que eles não têm. Isso faz a diferença”, explica o presidente, que cumpre o seu último mandato como edil e como responsável máximo pela feira.

    Quanto ao futuro, Veiga Maltez não tem dúvidas: “O Centro de Alto Rendimento, cuja conclusão está prevista para Março, vai ser uma complementaridade à feira. Será mais uma estrutura para manter a Capital do Cavalo no topo do mundo equestre”.

  • A GNR de Chamusca deteve, no dia 22, um caçador de 52 anos numa zona de caça associativa, por ter a licença de uso e porte de arma caducada e falta de seguro automóvel. O indivíduo ficou notificado para comparecer no Tribunal da Golegã.

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei e a Biblioteca Municipal José Cardoso Pires voltam a assinalar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (03 de Dezembro), em colaboração com o Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) da Santa Casa da Misericórdia de Vila de Vila de Rei, através da realização de uma “Venda de Natal”.

    A iniciativa decorrerá no hall da Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, entre os dias 3 de Dezembro e 11 de Janeiro, contendo trabalhos elaborados pelos utentes do CAO de Vila de Rei e outros artigos alusivos à quadra natalícia. Os lucros obtidos irão reverter a favor do Centro de Actividades Ocupacionais de Vila de Rei.

    O CAO tem como finalidade proporcionar aos jovens e adultos portadores de deficiência grave e profunda um conjunto de actividades socialmente úteis, de forma a permitir-lhes uma valorização pessoal e o aproveitamento das suas capacidades.

  • O Conselho Económico Paroquial (CEP) da Paróquia de São Tiago e São Mateus, de Sardoal, está a desenvolver uma campanha de angariação de fundos no sentido de custear algumas obras de conservação no interior e exterior da Igreja Matriz.

    Deste modo, o CEP disponibiliza a conta da Caixa Geral de Depósitos, com o número 0750 001 765 730 11, onde os donativos poderão ser depositados. Refira-se que o CEP passará recibo comprovativo das dádivas para efeitos de deduções fiscais.

    Em documento distribuído aos paroquianos, a Paróquia afirma ter consciência das dificuldades sociais provocadas pela crise económica, mas está confiante de que “com um pouco de sacrifício e boa vontade” será possível “resolver este problema que é de todos nós”.

    O Município sardoalense apoia esta iniciativa, permitindo que, com caráter excecional, seja incluída uma circular, em separado, na edição de dezembro de 2012, do Boletim Municipal “O Sardoal”, o qual é distribuído por todas as casas do concelho e enviado a algumas centenas de sardoalenses espalhados pelo país e estrangeiro.

    A Igreja Matriz do Sardoal é Monumento Nacional (Decreto 251/70) e é um dos elementos patrimoniais mais importantes do concelho e da região, tendo sido construída em finais do século XIV ou inícios do século XV. Possui referências de várias épocas, do Gótico ao Renascimento, do Barroco ao Neo-Clássico, mercê de algumas alterações arquitetónicas efetuadas ao longo do tempo. O Altar-Mor, em talha dourada do período Barroco Joanino, e os azulejos de Gabriel del Barco são dois dos seus muitos “tesouros”. Todavia, o património maior é o retábulo com as sete tábuas sobre madeira de carvalho, atribuídas ao Mestre de Sardoal, exemplares únicos a nível nacional, que marcam a transição estética da pintura portuguesa do século XV para o XVI.

  • A Junta de Freguesia de Alferrarede e a Comissão Social de Freguesia de Alferrarede, à semelhança de anos anteriores, pretendem realizar "Uma Ceia de Natal mais Feliz e Quentinha".

    A iniciativa pretende levar um pouco mais de conforto e aconchego à Ceia de Natal das famílias mais carenciadas da freguesia através da oferta de um Cabaz de Natal que, tanto quanto possível, será composto por azeite, óleo, bacalhau, bolo-rei e uma caixa de chocolates ou outro "mimo". Pode ainda incluir outros limentos ou roupa de Inverno.

    Para tal, a Junta de Freguesia e a Comissão Social apelam à colaboração de todos. Os interessados em apoiar esta iniciativa podem deixar o seu contributo na Junta de Freguesia até dia 19 de Dezembro, entre as 9 e as 19 horas.

    "Aproximam-se tempos ainda mais difíceis, sobretudo para aqueles que menos têm e para os que são vítimas da grave crise que estamos a sofrer e só com o contributo de todos podemos minorar as suas carências, particularmente durante a quadra natalícia", lê-se no comunicado enviado por Pedro Moreira, Presidente da Junta de Freguesia e da Comissão Social de Freguesia de Alferrarede.

  • A GNR de Ponte de Sor identificou três homens por atitude suspeita. Foram encontrados, pelas 2h00, do dia 26,  no interior de uma viatura, estacionada junto a um estabelecimento comercial, na posse de uma arma de fogo. Por questões de segurança, os indivíduos, com idades entre os 29 e os 42 anos, foram identificados.

    Poucas horas depois foi detido um jovem de 19 anos por suspeita de furto. A detenção foi efetuada junto ao estádio municipal, tendo o individuo sido descoberto na posse de dois quilos de cobre e um resguardo de fio de cobre. Foi constituído arguido e será presente a tribunal.

  • A Câmara Municipal do Entroncamento irá instalar uma Pista de Gelo, na Praça Salgueiro Maia, entre os dias 1 e 31 de dezembro, no âmbito do Projeto “Viver o Comércio”.

    Com uma área de 150 m2 e uma cobertura translúcida, a Pista de Gelo constitui um local de lazer e diversão completamente inovador no Concelho e na Região, permitindo ao público de todas as idades usufruir de momentos de grande animação, na quadra natalícia que se avizinha.

    A Pista de Gelo estará aberta ao público de segunda a sexta das 13h às 20h, aos sábados das 11h às 21h e aos domingos das 11h às 20h. Cada utilizador pagará um bilhete no valor de 2€, que lhe permitirá ter acesso à pista durante 30 minutos.

    Com a implementação deste equipamento, o Município pretende proporcionar uma experiência diferente e única aos seus Munícipes, ao mesmo tempo que incentiva um aumento de visitantes ao centro da cidade, para que possam usufruir das delícias proporcionadas pela Pista de Gelo, como ainda das lojas, cafés, bares e restaurantes que proliferam na nossa cidade.

    O evento é organizado pala Câmara Municipal do Entroncamento, em parceria com a ACIS (Associação de Comerciantes). Conta ainda com os apoios do E.Leclerc, Stockcah, Minipreço e do Comércio Local.

  • O Banco Alimentar Contra a Fome de Abrantes vai realizar a 29ª campanha de recolha de Géneros Alimentares, este fim-de-semana, dias 1 e 2 de Dezembro.

    Para além desta campanha pode também ajudar através da Campanha Online, da Campanha Ajuda Vale ou da Campanha “Papel por Alimentos”.

    A Campanha Online decorre até 9 de Dezembro em www.alimentestaideia.net. Até ao momento, foram doados 2884 litros de azeite, 2223 litros de óleo, 7681 litros de leite, 557 quilos de atum, 2239 quilos de salsichas e 2445 quilos de açucar.

    A Campanha Ajuda Vale começa sábado e termina também a 9 de Dezembro. Cada loja terá disponível Vales de cinco produtos seleccionados com o preço mais baixo da loja. Cada Vale representa uma unidade de produto sendo o valor somado à conta a pagar pelo dador e discriminado no talão de caixa. Serão as responsáveis pela entrega dos produtos no Banco Alimentar da sua região.

    Relativamente à Campanha “Papel por Alimentos” basta entregar no Banco Alimentar mais próximo todo o papel de que já não precisa (jornais, revistas, folhetos, etc.). é convertido em produtos alimentares. Posteriormente, a Quima, empresa de recolha e recuperação de desperdícios, por cada tonelada de papel recolhido vai entregar o equivalente a 100 euros em alimentos.

    Refira-se que o Banco Alimentar de Abrantes apoia regularmente 56 instituições de Abrantes (24), Alcanena (2), Castelo Branco (8), Constância (2), Entroncamento (5), Mação (2), Sardoal (1), Sertã (1), Tomar (3), Torres Novas (5), Vila de Rei (1), Vila Nova da Barquinha (2).

    Os seus responsáveis apelam ao contributo de todos “nesta causa nobre, a favor dos que mais precisam, num tempo tão difícil como o que atravessamos”.

  •  

    Os alunos que frequentaram a escola da Aldeia de Santa Margarida, Constância, nas décadas de 50/60, reuniram-se para uma singela homenagem a uma sua antiga professora. o convívio foi o pretexto para se recordarem histórias de uma vida e de carácteres ajudados a moldar pela professora Maria Antónia. Bonito. 

  •  

  • Devido à conjuntura atual, este ano volta a não haver iluminação natalícia, mantendo-se apenas o efeito luminoso na torre de telecomunicações.

    Em alternativa, e em parceria com a Associação Centro Comercial Ar Livre, foi preparado um programa de atividades recorrendo a soluções mais criativas e menos dispendiosas, mas com vista à animação do Centro Histórico, como forma de apoiar a dinamização do comércio tradicional, criando ambientes que apelem à criatividade das crianças e ao espírito solidário do Natal.

     

    PROGRAMA

    1 DE DEZEMBRO DE 2012
    10H00 POSTAIS E SOBREMESAS
    Mercado Criativo
    Avós e netos vão preparar coisas em segredo. No final, o encontro permite a troca de ideias, num cruzamento entre a memória e a criação, a experiência e a novidade.
    Público-alvo: avós e netos (idades entre os 5 e 8 anos/máx. 10 cada)
    Inscrições: servicoseducativos@cm-abrantes.pt ou tel. 241 330 132
    11H00 - CORO DA UTIA
    Praça Barão da Batalha
    15H00 DESFILE DE MODA INFANTIL
    Animação Salomé Silveira e Daniela Baeta
    Antiga Rodoviária

    8 DE DEZEMBRO DE 2012
    11H00 - ARREFINFA NA BILHA – Grupo de percussão da escola básica de Rossio ao Sul do Tejo
    Praça Raimundo Soares
    15h00 - Oficina de Natal com a Prof. Maria Carlos
    Decoração de natal com materiais recicláveis
    Mercado Criativo
    Inscrições: servicoseducativos@cm-abrantes.Pt ou tel. 241 330 132

    15 DE DEZEMBRO DE 2012
    11H00 – Animação com a ESTATUNA
    Largo Ramiro Guedes
    15H00 - NATAL RADICAL SHOVE IT
    Praça Barão Da Batalha

    22 DE DEZEMBRO DE 2012
    11H00 – Animação com o Coro da Sociedade Artística Tramagalense
    Largo Ramiro Guedes
    11H00 – 13H00 - Venda de fritos de Natal pelas IPSS’S do Concelho
    Ruas e praças do centro histórico

    30 DE DEZEMBRO DE 2012
    18H00 - Concerto de fim de ano
    VOCÁLISE – GRUPO CORAL
    Edifício Pirâmide, Alto de Santo António
    Em colaboração com o Hotel Turismo de Abrantes

    5 JANEIRO DE 2013
    11H00 - SORTEIO DE NATAL
    Praça Barão da Batalha
    11H15 - VAMOS CANTAR AS JANEIRAS
    Agrupamento de escuteiros: 172 - Abrantes; 193 – Mouriscas; 1053 – Rossio ao Sul do Tejo; 1093 – Chainça
    Início na Praça Barão da Batalha
    21H30 - CONCERTO DE ANO NOVO
    Soprano - Filipa Passos; piano - Francisco Sassetti
    Igreja de S. Vicente

     

    EVENTOS PERMANENTES

    1 DE DEZEMBRO A 6 DE JANEIRO
    Exposição de árvores de Natal elaboradas pelas escolas, associações, empresas e comerciantes do centro histórico.
    Recados de Natal - Instalação de Natal a colocar na Praça Barão da Batalha

    1,8,15, 22 DE DEZEMBRO
    10H00-13H00 E 15H00-18H00 - ESPAÇO INFANTIL
    Em colaboração com a EPDRA – Escola Profissional de Desenvolvimento Rural
    Edifício do antigo centro de emprego
    Entrada livre

    1 a 31 DE DEZEMBRO
    Exposição de Natal
    Exposição, mostra de artesanato e trabalho ao vivo de artesão
    Mercado Criativo

    5 DE DEZEMBRO A 4 DE JANEIRO
    EXPOSIÇÃO DE PRESÉPIOS
    Coleção particular de presépios de José Barata
    Biblioteca Municipal António Botto
    A COR DO NATAL
    Exposição de pintura e desenho
    60 Desenhos e pinturas em formato de postal, da autoria de pessoas com deficiência
    Biblioteca Municipal António Botto

  • A Associação de Defesa dos Animais do Concelho de Abrantes (ADACA) promove, amanhã, dia 8 de Dezembro, uma ação de vacinação.

    Com início pelas 15h00, nas instalações do Canil Intermunicipal de Abrantes, Sardoal e Constância, esta iniciativa é possível na sequência da campanha lançada pela ANIMALIFE que recolheu, junto da sociedade civil, os recursos necessários à sua realização.

    A prática da vacinação anual irá permitir uma melhor gestão e recolher mais animais, assim como garantir que mais facilmente possam ser adoptados, visto que existe uma redução nas despesas iniciais com o animal.

    Mais informações em adaca01.blogspot.pt e www.animalife.pt

  • As infra-estruturas desportivas de Vila de Rei têm tido uma enorme afluência nos últimos anos, conseguindo inclusive aumentar significativamente os números de utilizadores da Piscina Coberta de Aprendizagem, Piscina Descoberta e Ginásio Municipal.

    Nesse sentido, tendo sempre em conta a qualidade de vida e o bem-estar dos Vilarregenses, foram aprovadas, durante o mês de Novembro, as novas taxas de utilização do Complexo Desportivo Municipal.

    Até à data, os possuidores do Cartão do Idoso não pagavam qualquer taxa para as aulas de recuperação e para a utilização da piscina. A partir de agora, também os portadores do Cartão Jovem Municipal e do Cartão Idade Activa poderão usufruir desta mesma regalia, bastando que, para tal, apresentem um atestado médico para os efeitos terapêuticos, com a duração do mesmo.

    Desta forma, o Município alarga a praticamente todos os Vilarregenses a oportunidade de, caso assim o necessitem para fins terapêuticos, fazerem a sua recuperação física sem custos acrescidos.

  • A Biblioteca Municipal José Cardoso Pires recebeu, no dia 1 de Dezembro, o 2º Encontro Nacional de Peritos Avaliadores do Ministério da Justiça, com a presença de avaliadores oficiais dos quatro distritos judiciais.

    Durante o encontro, que serviu para aprovar os órgãos sociais da Associação para o próximo mandato, foi decidido que esta Associação Nacional a criar, poderá vir a ficar sediada em Vila de Rei, num espaço cedido pela Autarquia.

    O Município de Vila de Rei poderá vir assim a contar com mais uma importante Associação Nacional sediada no Concelho, numa importante forma de divulgação do nome de Vila de Rei perante um novo público.

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei adjudicou uma nova obra para a remodelação e prolongação da rede de esgotos e rede de abastecimento de água para as aldeias de Penedo e Vale do Grou.

    A obra, que ficará a cargo da empresa Joaquim Rodrigues da Silva, Lda., terá um custo de 348.900,35€ e dará acesso a uma remodelada rede de água e esgotos a um maior número de Vilarregenses devido à prolongação destas mesmas redes.

    A obra, com um prazo de execução previsto de 7 meses, inclui também a repavimentação das ruas afectadas pela colocação das novas redes.

  • O Centro de Actividades Ocupacionais de Vila de Rei (C.A.O.) organizou, durante o fim-de-semana, no Mercado Municipal de Vila de Rei e no Mercado de Fundada, uma Venda de Natal com produtos elaborados pelos utentes e funcionários da instituição.

    A iniciativa, que irá decorrer ainda no fim-de-semana de 14 e 15 de Dezembro, pretende angariar fundos para o C.A.O. de Vila de Rei, que acolhe pessoas portadoras de deficiência.

    Para além da presença nos Mercados, a Venda de Natal do C.A.O. decorre também na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, em Vila de Rei, até ao dia 11 de Janeiro de 2013.

  • A zona envolvente dos Moinhos de Entrevinhas está agora mais bonita, tendo sido plantadas mais de 1000 árvores. A iniciativa, que decorreu no dia 27 de novembro, foi promovida pelo Gabinete Florestal Municipal, em conjunto com a Junta de Freguesia de Sardoal.

    Ao todo foram colocados 1100 pés, assim distribuídos: 260 carvalhos, 300 cerejeiras, 500 medronheiros e 40 de espécies variadas. As plantas foram adquiridas pela Junta de Freguesia, o terreno foi preparado por máquinas da Câmara Municipal e a plantação esteve a cargo dos sapadores florestais e dos funcionários da junta.

  • A Câmara Municipal de Sardoal, através da sua Loja Social, vai promover uma Campanha Solidária de Natal que consiste na recolha de bens alimentares e que conta com o apoio ativo do Grupo de Jovens Católicos de Sardoal.

    Esta Campanha, que decorrerá nos dias 15 e 22 de dezembro, prevê que estes jovens católicos voluntários permaneçam no interior dos estabelecimentos comerciais do Sardoal, munidos de um recipiente próprio, o qual se destina a depositar os bens alimentares que os clientes destas lojas achem por bem ofertar para este fim.

    Os alimentos recolhidos serão posteriormente encaminhados para famílias carenciadas do concelho, devidamente sinalizadas e registadas na Loja Social.

    Com esta ação pretende-se que a presente quadra natalícia possa ser usufruída de forma mais condigna e feliz, por algumas pessoas que necessitam de apoio solidário dos sardoalenses.

    Os elementos do grupo de Jovens Católicos irão estar nas instalações das casas comerciais aderentes, entre as 10 e as 13 horas dos referidos dias, a fim de proceder à angariação.

  • A Câmara Municipal de Mação volta a promover a Expo-Venda de Natal, uma iniciativa onde se encontra uma enorme variedade de artesanato local e onde poderá adquirir o presente ideal para oferecer neste Natal.

    Os trabalhos expostos são de artesãos locais e de instituições de solidariedade social concelhias. Vão desde a olaria aos bordados, trabalhos em malha, pintura em tecido, bijuterias, licores, entre outros que vai querer apreciar.

    O objectivo desta iniciativa passa por promover o artesanato local, bem como a quadra natalícia no Concelho.

    Entretanto, o Pai Natal também vai passar pela Expo-Venda no dia 22 de Dezembro. Os interessados, sobretudo os mais pequenos, podem visitá-lo, pedir pessoalmente as prendinhas de Natal e até tirar uma fotografia para mais tarde recordar.

    A Expo-Venda funciona nas antigas instalações da Singer, na Praça Gago Coutinho, em Mação, de 1 a 30 de Dezembro nos dias úteis (9h30 às 13h e das 16h30 às 19h) e ao fim-de-semana (10h30 às 13h e das 14h às 19h).

  • A Águas do Ribatejo vai investir um milhão de euros no novo abastecimento de água no Chouto, concelho da Chamusca.

    A empreitada agora a concurso inclui os seguintes trabalhos: Construção do novo Reservatório de Gaviãozinho e de uma nova conduta que o ligará à Estação de Tratamento de Água (ETA) já construída, bem como a demolição do atual reservatório; Execução de um novo reservatório de duas células, apoiado, no local do existente, com uma capacidade de cerca de 200 m3, que recebe, através de uma única conduta, a água dos furos tratada na ETA. Este reservatório permitirá a reserva de incêndio e de distribuição para as povoações de Gaviãozinho, Chouto e Marvila; Reformulação de um troço da atual rede de distribuição em Fibrocimento, na EN 243; Realização do novo sistema de conduta de alimentação à estação elevatória EE do Chouto, com origem no novo Reservatório de Gaviãozinho; Introdução de um Marco de Incêndio na nova conduta, que permita o abastecimento de veículos de intervenção da Protecção Civil (junto ao largo principal do Chouto); Reformulação arquitetónica do atual edifício da estação elevatória e ETA do Chouto; Instalação de um sistema de pressurização, em linha, de velocidade variável, que permitirá o abastecimento, através da conduta com origem no novo Reservatório de Gaviãozinho, aos diversos consumidores da povoação de Chouto, apoiado por um grupo gerador de emergência; Desativação do atual sistema captação, bombagem e tratamento no Chouto; Desativação do atual reservatório de extremidade do Chouto.

  •  

    O Campo de Jogos Comendador Eduardo Duarte Ferreira foi arrombado, vandalizado e assaltado! Os meliantes levaram os quatro esquentadores de serviço... roubaram centenas de metros de cabo de alimentação da energia eléctrica de todo o espaço de jogo, balneários e zonas envolventes, tubagens em cobre com vários metros, várias torneiras em latão, bolas e equipamentos de jogo e treino. Campo de jogos às escuras, desolação no rosto dos dirigentes...

    Na foto: Carlos Pio, membro da Comissão Administrativa do TSU

     

  •  

    Decorreu ontem, dia 13, no Salão da Junta de Freguesia de S. Vicente, em Abrantes, mais uma sessão promovida pelo Clube de Filosofia de Abrantes.
    O tema proposto foi a Reforma Administrativa Local e teve como convidado António Rebordão Montalvo. O moderado foi Nelson de Carvalho.
    Rebordão Montalvo explicou a origem das freguesias e as sucessivas reformas que aconteceram, passando pela reforma de Martens Ferrão de 1867 e pela reação popular que culminou na Revolta da Janeirinha.
    Criticou a actual reforma administrativa, porque não tem efeito útil na redução da despesa e extingue centros de democracia. Considera mesmo que é inconstitucional porque não prevê que as assembleias de freguesia se pronunciem sobre a alteração territorial das suas autarquias.
    Defende também que as freguesias rurais devem ter valências distintas das urbanas.

     

  •  

    Amanhã, 17 de dezembro, entre as 8 e as 18h00, a Rua Maestro Henrique Santos e Silva (entre o Largo de São João e a Rua da Barca) estará cortada ao trânsito, para realização de trabalhos pela empresa “Abrantaqua, S,A.”

    A circulação de viaturas deverá ser feita com recurso a desvio, pela Rua D. Nuno Álvares Pereira – Rua da Barca – Ladeira dos Quinchosos, sendo que a sinalização será da responsabilidade do executante dos trabalhos.

  •  

    A Câmara Municipal de Constância, embora contrariando o que tem vindo a ser sugerido por organismos oficiais, voltará a não aumentar os preços da água, nem haverá qualquer acréscimo nas rendas cobradas quer sejam de habitações ou de espaços comerciais pertencentes ao Município.
    No concelho de Constância, à semelhança do ano que agora finda, em 2013, cntinuar-se-á a reduzir despesas, seja nos consumos de bens e serviços, na amplitude das Festas do Concelho e de Nossa Senhora da Boa Viagem ou na realização de atividades culturais de baixos custos como Gostar de Constância, Jogos Concelhios ou Animação de Verão.
    O Programa Viver Constância, a Concessão de Apoios a Estratos Sociais Desfavorecidos (apoio financeiro a estudantes a frequentar estabelecimentos de ensino superior), a Ação Social Escolar, bem como o acompanhamento, através do Gabinete de Ação Social, Educação e Saúde, de diversos casos sociais, são também exemplos das ações que Câmara Municipal coloca à disposição da sua população.
    Relativamente aos impostos, e no que ao IMI diz respeito, a taxa aplicável aos prédios urbanos será reduzida para 0,6% e nos prédios urbanos avaliados nos termos do CIMI reduzir-se-á para 0,3%, ou seja, para o mínimo previsto na Lei.
    No que concerne aos outros impostos, nomeadamente, percentagem de participação variável de IRS, lançamento de Derrama sobre o lucro tributável sujeito e não isento de IRC e TMDP – Taxa Municipal de Direitos de Passagem, a preocupação em manter o equilíbrio financeiro da Câmara Municipal, obriga a que os valores para 2013 sejam os que estão em vigor.

  •  

    A Cantina Social do Concelho de Constância é assegurada pela Santa Casa da Misericórdia de Constância, entidade definida para o efeito em sede de Conselho Local de Ação Social de Constância, cujo Protocolo de Cooperação estabelecido entre a Santa Casa da Misericórdia e o Centro Distrital da Segurança Social de Santarém, foi assinado no final do passado mês de outubro.

    O serviço prestado baseia-se na confeção e fornecimento de refeições diárias, preferencialmente em regime de takeaway, para consumo no domicílio.

    Poderão beneficiar das refeições indivíduos ou famílias, desde que comprovada a situação de carência económica, de acordo com rigorosos critérios definidos no regulamento interno da Cantina Social do Concelho de Constância.

    A inscrição para a Cantina Social do Concelho de Constância poderá ser efetuada na Santa Casa da Misericórdia de Constância, no Gabinete de Ação Social da Câmara Municipal de Constância e no serviço de atendimento local da Segurança Social em Constância, devendo o requerente preencher uma ficha de candidatura, a que deve anexar os seguintes documentos: fotocópia do Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade; fotocópia de Cartão de Beneficiário da Segurança Social; recibos comprovativos dos rendimentos referentes aos três meses anteriores à entrega da ficha de candidatura, de todos os elementos do agregado familiar; comprovativos das despesas mensais do agregado familiar, referentes aos três meses anteriores à entrega da ficha de candidatura; declaração de inscrição no Centro de Emprego dos elementos do agregado familiar, no caso de desempregados.

    A sinalização pode ser feita diretamente nos serviços das instituições mencionadas anteriormente, pelos parceiros do Conselho Local de Ação Social de Constância ou por qualquer cidadão detentor de conhecimento de situações merecedoras de análise.

    A Rede Solidária de Cantinas Sociais, criada no âmbito do Programa de Emergência Alimentar (PEA), é uma iniciativa da responsabilidade do Ministério da Solidariedade e da Segurança Social, tendo como objetivo garantir às famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade económica, o acesso a refeições diárias gratuitas ou a baixo custo.

  • Decorreu, no dia 19 de dezembro, no Pavilhão Desportivo Municipal, a entrega de Cabazes de Natal a famílias carenciadas do concelho.

    Este ano a Autarquiaofereceu 328 Cabazes de Natal, número superior ao do ano passado. O cabaz, composto por bacalhau, azeite, bolo-rei, entre outros produtos alimentares, pretende proporcionar às famílias carenciadas uma ceia de Natal condigna, ao mesmo tempo que promove a tradição portuguesa da presença do bacalhau à mesa da consoada.

    Os Cabazes foram entregues pela vice-presidente da Câmara Municipal, Paula Costa, que formulou votos de um Feliz Natal a todos os presentes e desejou muita Saúde e Esperança para o Novo Ano.

     

  • A Autarquia de Vila de Rei, através do serviço de Acção Social, voltou, nesta época festiva, a entregar Cabazes de Natal às famílias mais carenciadas do Concelho, produzidos através das doações de alimentos por parte dos Vilarregenses em iniciativas como a Quinzena de Teatro Solidário.

    No total foram entregues 13 cabazes, com mais de 200 produtos alimentares, que englobaram cerca de 40 pessoas, e que permitiu que estas famílias pudessem receber alguns bens de primeira necessidade.

    Os critérios para a selecção das famílias, realizada em parceria com outras instituições, tiveram em conta as condições de vulnerabilidade económica, o maior número de elementos do agregado familiar e a situação de empregabilidade dos seus membros.

    Irene Barata, Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei salienta a “importância deste gesto perante a difícil conjectura económica, que contribui para que as pessoas que mais necessitam usufruam de um Natal mais digno, com as melhores condições possíveis.”

  • A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila de Rei tem à sua disposição, desde o dia 17 de Dezembro, uma nova viatura florestal de combate a incêndios, numa acção que contou com o apoio da Câmara Municipal.

    O novo veículo, de marca MAN, modelo TGM 13.290 4x4, foi adquirida pelo preço de 133.348€ através de uma candidatura ao Mais Centro – Programa Operacional Regional do Centro, que comparticipará a aquisição do veículo.

    Para o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei e responsável pelo pelouro da Protecção Civil, Ricardo Aires, “a aquisição deste novo veículo de combate a incêndios por parte da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila de Rei, e a que a Câmara Municipal se prontificou a apoiar, é de extrema importância para a população Vilarregense, contribuindo para a sua segurança e para que se tente evitar ao máximo o flagelo dos incêndios florestais.”

    Emídio Mora, presidente da Direcção da Associação dos Bombeiros Humanitários de Vila de Rei, destaca “a importância desta nova viatura adquirida, visto que é a primeira vez que Vila de Rei dispõe de um carro com todas estas características e equipamentos.”

    A nova viatura possui mecanismos de segurança passiva da cabine, cablagens eléctricas e de ar comprimido, estrutura tubular de protecção e segurança, cortina de protecção contra campos térmicos, para além de uma bomba de alta e baixa pressão com comando de paragem de emergência e dispositivo complementar de emergência.

  • Em plena véspera de Natal, ocorreu mais um furto em Tramagal, cujos prejuízos rondam as duas centenas de euros.

    Na manhã do dia 24 de Dezembro, quando Henrique Lemos chegou à sua propriedade, na Terra Nova, encontrou o cadeado do portão arrombado. Entrou e verificou que também a água tinha sido fechada. Apercebeu-se então que o esquentador tinha desaparecido assim como um motosserra, um berbequim, uma rebarbadora e uma máquina de corte. "Só levaram material que tem boa venda". O anexo estava cheio de ferramentas e outros objectos.

    Henrique Lemos contactou a GNR que apenas lhe disse que tinha seis meses para apresentar queixa contra desconhecidos. "Vou fazê-lo, mas sei que não vai dar em nada", lamenta.

    Recorde-se que já durante este mês de Dezembro, também o Campo de Jogos e a Escola da Penha foram alvo de furtos. O Campo de Jogos Comendador Eduardo Duarte Ferreira foi arrombado, vandalizado e furtado, tendo sido levados os quatro esquentadores de serviço, centenas de metros de cabo de alimentação da energia eléctrica, tubagens em cobre com vários metros, várias torneiras em latão, bolas e equipamentos. Dias depois, a Escola da Penha foi alvo de um furto em tudo idêntico ao do Campo de Jogos.

  • Os 33 presépios participantes no Projeto "Presépios na Cidade" estarão expostos até quinta-feira, dia 3 de Janeiro, em diversos locais da cidade do Entroncamento.

    Dia 5 serão conhecidos os vencedores. A Cerimónia de entrega dos Prémios, na qual serão atribuídos prémios aos dois primeiros classificados de cada categoria, irá decorrer às 21 horas, na sala da Cultura do Pavilhão Desportivo Municipal.

    O Concurso teve como objetivo o retomar dos valores tradicionais, relacionados com esta quadra natalícia, assim como dinamizar o comércio, dando mais alegria à Cidade. Englobando três categorias - Comércio Local; Escolas e Instituições do Concelho - é de realçar a grande adesão da comunidade, cujos trabalhos ultrapassaram as três centenas.

    O evento é promovido pela Câmara Municipal do Entroncamento e pela Pastoral da Cultura da Paróquia da Sagrada Família.

  •  

    A Universidade Aberta e o Centro Local de Aprendizagem de Abrantes organizam, em parceria com o Núcleo de Estudantes de Video e Cinema Documental da ESTA, o Encontro sobre Cinema e Educação, a 26 de Janeiro, a partir das 14h30, na Biblioteca António Botto, em Abrantes.

    O Encontro conta com a participação de Maria Marques, investigadora do CEMRI-UAb e do Núcleo de Núcleo de Estudantes de Video e Cinema Documental da ESTA.

    Serão abordadas as seguintes temáticas: O Cinema na Escola (o filme na sala de aula) e a Pedagogia do Cinema no Ensino Superior (a experiência da criação de filmes documentais no contexto académico).

    A UAb e o CLA de Abrantes contam com o apoio da Câmara Municipal de Abrantes no acolhimento deste Encontro.

    As inscrições (gratuitas e obrigatórias) deverão ser feitas para: cla_abra@uab.pt. Mais informações em www.facebook.com/cladeabrantesou 241 364 468 |915 676 355

     

  •  

    Segundo a Estradas de Portugal (EP) que está prevista uma intervenção de reabilitação da ponte rodoviária sobre o Tejo, em Abrantes. Prevê-se que a empreitada seja lançada a concurso durante o ano de 2013.

    Entretanto, a EP informou também a Câmara Municipal, foi realizada uma inspeção subaquática à ponte, não tendo sido detetado alterações nas patologias antes identificadase que determinavam a necessidade de reabilitar a estrutura.

    O prazo previsto para execução da obra é de 550 dias, com as naturais condicionantes à circulação de tráfego.

  •  

    Canas, silvas, pedras, ervas, árvores, etc, propagam-se pelo leito da ribeira do Rio Torto. As margens estão em muitos pontos inacessíveis devido à vegetação que além de vedar o acesso, espraia-se para o leito, "encolhendo-o" e tornando-o num bosque labiríntico.

    Se houver um aumento repentino do caudal provocado por chuvas mais intensas a montante, os arcos da ponte poderão ser entulhados com o lixo que se acumular e a ponte poderá ser transformada numa barreira intransponível.

    A ponte em referência situa-se junto ao cemitério de São Miguel do Rio Torto, tem quatro arcos, estando os dois centrais completamente entulhados.

     

  •  

    Papelaria Cigarrinha, Centro Social Paroquial e Centro de Convívio da Terceira Idade foram os vencedores da 2.ª edição do concurso “Presépios na Cidade”, nas categorias respectivas: Comércio, Escolas e Instituições. Em segundo lugar, pela mesma ordem, classificaram-se Loja Parabolos, Escola Secundária e Lar Fernando Eiró Gomes.

    A entrega dos prémios decorreu no sábado, 5 de janeiro, na Sala da Cultura do Pavilhão Desportivo Municipal. O evento contou ainda com a atuação da Associação Filarmónica do Entroncamento, do Coro Infantil da Escola “Rumo ao Futuro” e do cantor Ricardo Oliveira, por último, o Grupo das Janeiras da Paróquia da Sagrada Família cantou as Janeiras a todos os presentes.

    A concurso estiveram 33 presépios que foram avaliados com base na originalidade e criatividade, harmonia e estética, cores, materiais utilizados e iluminação.

     

  •  

    O Município de Vila de Rei e a Autoridade para os Serviços de Sangue e da Transplantação organizam, entre as 15h00 e as 19h00 do dia 25 de Janeiro, uma colheita para dadores voluntários de medula.

    A acção destina-se a pessoas entre os 18 e os 45 anos, que pesem mais de 50 quilos, e inclui o preenchimento de um questionário clínico e, caso não haja contra-indicações, a recolha de uma amostra de sangue.

    Recorde-se que, no mesmo dia e horário, irá decorrer também a 20ª Colheita de Sangue do Concelho de Vila de Rei, sendo que é possível participar as ambas as colheitas.

    Os interessados deverão realizar uma pré-inscrição na Recepção da Câmara Municipal de Vila de Rei ou através do 274 890 014.

     

  •  

    Câmara Municipal do Entroncamento aprovou por unanimidade uma proposta apresentada pelo Bloco de Esquerda contra o fim do “transporte gratuito na ferrovia de trabalhadores das próprias empresas ferroviárias desde que não estejam em serviço, de familiares e dos reformados que haviam mantido essas concessões”. Regime que existia há mais de 100 anos.

    “Dado o enorme número de ferroviários, de suas famílias e de reformados da ferrovia no nosso concelho, a retirada das chamadas concessões significa um agravamento significativo das condições de vida de muitos dos nossos concidadãos”, lê-se na moção.

    O transporte gratuito é, segundo a moção “uma contrapartida económica fruto do trabalho, tal como o salário, e assim deve ser entendida”. “Além disto, sendo remunerações indirectas, as chamadas concessões são matéria de negociação colectiva, como qualquer outra remuneração”.

    “É portanto inadmissível que uma lei, neste caso a lei do orçamento, se declare prevalecente ‘sobre quaisquer outras normas, especiais ou excepcionais, em contrário e sobre instrumentos de regulamentação colectiva de trabalho e contratos de trabalho, não podendo ser afastado ou modificado pelos mesmos’, citando o artigo 144º do OE.

     

  •  

    A Loja Social de Vila Nova da Barquinha, instalada no edifício da antiga EB1 da Moita do Norte, abriu hoje dia 8. Direcionada para as populações mais carenciadas, bem como introduzir, no concelho, respostas sociais inovadoras e sustentáveis, o novo equipamento inclui Loja Social, Balneário Social, Lavandaria Social e Horta Social e estará aberta às terças-feiras, das 11h00 às 17h00, às quintas-feiras, das 14h00 às 19h00 e às sextas-feiras, das 10h00 às 13h00.

    Encontram-se abertas candidaturas à Horta Social, para a qual se podem candidatar quaisquer munícipes residentes e recenseados no concelho de Vila Nova da Barquinha em situações de carência económica que pretendam usufruir de um talhão para produção agrícola biológica de bens alimentares destinados predominantemente a consumo próprio. Os interessados devem para o efeito preencher na íntegra e corretamente a ficha de candidatura disponível na Loja Social. O prazo de candidatura termina no dia 2 de Fevereiro.

    Para mais informações os interessados devem contactar o Serviço de Ação Social do Município, através do telefone 249720358.

     

  •  

    Decorrente das alterações legislativas referentes às comunidades intermunicipais, que introduzem a obrigatoriedade de 90 mil habitantes, originam que os municípios que hoje compõem a Comunidade Intermunicipal do Pinhal Interior Sul (Vila de Rei, Sertã, Proença a Nova e Oleiros) venham a integrar uma outra comunidade que preencha estes requisitos.

    Perante tal facto, o executivo camarário de Vil de Rei (PSD/PS) aprovou por unanimidade vir a integrar a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), comunidade onde já esteve integrada no passado, mas também, de acordo com o decidido em reunião do Conselho Executivo da Comunidade Intermunicipal do Pinhal Interior Sul, em que os municípios que a compõem decidiram por unanimidade uma integração conjunta na comunidade do Médio Tejo.

    Salienta-se ainda que a integração do Município de Vila de Rei na CIMT já fora alvo de uma aprovação por parte daquela comunidade, em reunião conjunta realizada entre as Comunidades Intermunicipais do Pinhal Interior Sul e Médio Tejo.

    Para Ricardo Aires, vice-presidente da autarquia Vilarregense esta escolha, que considero natural, tem muito que ver com a proximidade cultural, histórica e social. Mas também e, sobretudo “por ela constituir a melhor forma de defender e promover o progresso e o desenvolvimento do concelho de Vila de Rei.”

  •  

    A Câmara Municipal de Vila de Rei, através do Gabinete de Acção Social e Saúde, tem em curso o Serviço de Teleassistência que permite que as pessoas com mais de 65 anos que residam sozinhas ou em situação de vulnerabilidade ou dependência, possam contactar de imediato, através de um botão de emergência, uma Central de Assistência, disponível 24 horas por dia e 365 dias por ano.

    Para qualquer esclarecimento adicional deverão contactar a Recepção-Geral ou o Gabinete de Acção Social e Saúde da Câmara Municipal de Vila de Rei.

  •  

    “Volta da Moita” é a designação do alargamento da rede de transportes gratuito a mais aldeias do concelho de Vila de Rei. O alargamento fará com que os munícipes de Pisão Cimeiro, Pisão Fundeiro, Cabecinha, Brejo Fundeiro, Cercadas, Aveleira, Macieira, Vilar, São Martinho, Trutas, Malhada, Valadas, Valadinhas, Paredes, Vale Velido, Estevais e Azenhas possam também usufruir de transporte gratuito até à sede do Concelho.

     “Volta da Moita” terá início amanhã, dia 18, e será realizado todas as sextas-feiras.

     

  •  

    O executivo do Sardoal aprovou, por maioria (votos a favor do PSD e abstenção do PS), o Projeto de Regulamento Municipal para Atribuição de Bolsas de Estudo, o qual foi posto à discussão pública por um prazo de 30 dias.

    As finalidades desta atribuição prendem-se com o apoio à continuação dos estudos no ensino superior a jovens cujas possibilidades económicas não lhes permita fazê-lo pelos seus próprios meios.

    As condições de candidatura estão expressas no referido Projeto de Regulamento, cabendo ao Município a fixação do número de Bolsas a atribuir, num valor de 100 euros mensais, com aumentos indexados ao salário mínimo nacional.

    O Projeto de Regulamento poderá ser consultado no gabinete de Desenvolvimento Social e Humano (Ação Social) ou na página de Internet do Município (www.cm-sardoal.pt). Os contributos dos munícipes deverão ser dirigidos, por escrito, ao Presidente da Câmara, até ao próximo dia 6 de fevereiro.

     

  • O Centro de Recuperação e Integração de Abrantes inaugura, dia 23, um novo projeto de apoio social denominado AjuCRIA. Este novo serviço, direcionado para a comunidade local, procura dar resposta às necessidades prestando apoio a famílias carenciadas ao nível dos bens essenciais e prioritários.

    Considerado um Banco de Recursos, o AjuCRIA recolhe bens materiais, usados ou novos, doados por particulares ou empresas, nomeadamente roupas, brinquedos, mobiliário e electrodomésticos. A sua missão é atribuir, de forma gratuita ou por empréstimo, os bens e equipamentos que tenha disponíveis e que sejam solicitados pelas famílias em situação de carência.

    Para beneficiar deste recurso os interessados deverão preencher um formulário de candidatura (disponível na recepção do CRIA) com as respectivas informações do agregado familiar. Após análise e deferimento do pedido, o cliente será contactado e, posteriormente, convocado para beneficiar dos bens ou equipamentos solicitados.

     

  •  

    Na reunião de Câmara de 21 de janeiro, a presidente de Câmara, Maria do Céu Albuquerque, informou o executivo que o promotor da RPP Solar voltou a pedir um adiamento para cumprimento do estabelecido na adenda ao protocolo assinado em outubro de 2009, entre as duas partes, cujo teor foi aprovado na Assembleia Municipal de 14 de dezembro de 2012.

    Céu Albuquerque disse ainda que “os representantes legais de ambas as partes deverão definir durante a presente semana a data em que deverá ser cumprido o protocolo, finda a qual será declarada a caducidade do procedimento administrativo relativo à obra”, lê-se na nota de imprensa enviada às redações.

    “A adenda pretende salvaguardar os interesses fundamentais do município neste processo, assegurando as condições necessárias para a realização do investimento pelo interesse de que o mesmo se reveste e recuperando o montante total dos investimentos financeiros realizados pela autarquia para captar este empreendimento, nomeadamente relativo à venda do terreno para instalação da empresa de painéis fotovoltaicos”.

    “Pese embora os consecutivos sinais contraditórios associados a este projeto privado, a Câmara de Abrantes reitera que só é possível criar oportunidades e fixar pessoas, se apoiar o investimento privado e as empresas, daí que tenha vindo a tolerar expetativas também por verificar que, nesta fase, estão a ser executadas obras nas instalações, ainda que com um ritmo que não era o previsto”.

    Para o PSD, este poderá ser o último (ou não) prolongamento de prazo, uma saga interminável, em que o ponto primordial para toda esta saga continua a ser: “Gostaríamos de saber se a senhora presidente já está em condições de responder à pergunta que lhe vimos colocando há mais de um ano: Quem redigiu o protocolo?”

     

  •  

    Uma granada de mão deflagrou hoje, dia 24, durante uma ação de instrução na Escola de Tropas Paraquedistas no Polígono de Tancos (Vila Nova da Barquinha), o que causou ferimentos em dois militares, um deles com maior gravidade.

    O porta-voz do Exército, tenente-coronel Jorge Pedro, referiu que a explosão ocorreu às 14h30, durante uma ação de instrução, tendo o ferido mais grave ficado com ferimentos num dos dedos de uma mão.

    “O comandante de pelotão, um alferes de 24 anos, foi o militar que ficou com maiores sequelas após a deflagração de uma granada de mão de instrução que estava a manusear. Os ferimentos são numa das mãos, nomeadamente num dos dedos, e está em observações no Hospital de Abrantes, não inspirando cuidados de maior", informou, adiantando que um soldado instruendo foi transportado para aquela unidade hospitalar, com uma "pequena escoriação na face", tendo tido alta médica imediata.

     

  • Durante uma operação, na noite de ontem, dia 25, a PSP de Abrantes procedeu à fiscalização de 69 viaturas automóveis, tendo submetido ao teste de álcool no sangue, 55 condutores, dois quais dois homens foram detidos.

    Os indivíduos, de 20 e 49 anos de idade, conduziam com taxas de álcool 1,74 e 3,26gramas por litro no sangue, respetivamente. Os detidos foram notificados para comparecer em tribunal para julgamento em processo sumário, na segunda-feira, no tribunal de Abrantes.

    Foram ainda apreendidos três veículos automóveis e respetivos documentos por irregularidades detetadas.

    Por fim a PSP elaborou diversos autos de contraordenação por infrações relacionadas com a falta de seguro, de inspeção periódica e excesso de álcool no sangue (valores até 0,80 gramas por litro no sangue), entre outros.

     

  • A Câmara de Abrantes vai renovar a prestação de serviço com a Rodoviária do Tejo, para a manutenção do circuito do mini autocarro “Abusa”, que circula no Centro Histórico, cuja gestão está a cargo do Município.

    No 1º ano de atividade (entre janeiro e dezembro de 2012), o “Abusa”, registou um total de 14.425 viagens, com uma média mensal de 1.211 utentes.

    Adaptado para utilização por pessoas com mobilidade reduzida, tem capacidade para 26 passageiros, circula em cerca de duas dezenas de pontos nevrálgicos da cidade, a paragem é feita em qualquer lugar bastando que o passageiro faça sinal e demora cerca de 30 minutos a percorrer o circuito. A circulação é diária, sendo que ao fim-de-semana o percurso é alargado ao cemitério de Santa Catarina e ao Parque Urbano de S. Lourenço.

    A introdução deste transporte urbano coletivo enquadra-se nas medidas da regeneração urbana do Centro Histórico, contribuindo para facilitar a mobilidade, criar uma maior interligação com a rede urbana existente, melhorar a interligação com os parques de estacionamento e conferir aos cidadãos um modo de transporte rápido, económico, seguro e cómodo, tendo também associado um papel social.

    Os interessados poderão adquirir o título de transporte, efetuar carregamentos e recarregamentos do cartão eletrónico ou solicitar descontos/ isenções, em casos particulares, como sejam os residentes do centro histórico, cidadãos portadores de deficiência, estudantes, idosos, cidadãos com dificuldades económicas, no Espaço + Rua, na Rua D. Miguel de Almeida.

  •  

    Com ou sem crise, o município sardoalense vai levar a efeito, no domingo, 10 de fevereiro, a sua Festa de Carnaval, com Desfile e Concurso Informal de Máscaras, a partir das 15 horas.

    A concentração de mascarados é na Praça da República e, por volta das 16h00, começa o desfile que percorrerá várias artérias da vila, entre as quais a Praça Nova e a Rua 5 de Outubro.

    Segue-se o Concurso Informal de Máscaras, com os participantes a exibirem-se perante um júri carnavalesco nomeado para o efeito. Haverá prémios para as melhores máscaras, designadamente brinquedos e materiais didáticos.

    Esta festa de Carnaval é dirigida em especial às crianças e jovens, embora os graúdos também possam (e devam) participar.

    Em caso de mau tempo, a festa será organizada no Mercado Diário de Sardoal ou no Centro Cultural Gil Vicente.

     

  •  

    No âmbito da celebração do Dia dos Namorados, o Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal, vai apresentar o Grande Concerto “Noite dos Namorados com Piano Vox e Reptíliah”, no sábado, 16 de fevereiro, às 21h30.

    A entrada é livre, sujeita ao levantamento de bilhetes, 45 minutos antes do espetáculo.

    O grupo “Piano Vox”, composto por Mário Rui e Patrícia Cravo, caracteriza-se pela seleção musical de qualidade, a que aliam uma superior interpretação em piano e voz.

    Os “Reptíliah” contam com os irmãos Philipe Osíris, Gabriel Gonçalves e Susana Gonçalves. O primeiro já compôs um trabalho a solo com os “Santa Maria”. Consideram-se banda de “covers” e de originais e têm tido grande êxito no youtube. Gravaram um DVD promocional no Centro Cultural Gil Vicente.

  • A Fundação Garcia, residência para cidadãos portadores de deficiência, entrou hoje em funcionamento, numa cerimónia que contou com a presença do Director regional da Segurança Social de Castelo Branco, Dr.º Melo Bernardo, da Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata, e da edificadora da Fundação, Fernanda Garcia.

    Este novo edifício era uma pretensão já antiga da Autarquia, que vem, desta forma, completar o trabalho desenvolvido pelo Centro de Actividades Ocupacionais de Vila de Rei, que continuará a funcionar e a prestar os melhores cuidados às pessoas portadoras de deficiência durante o dia.

    O director da Segurança Social do distrito, Melo Bernardo, realçou “a importância das obras viradas para a solidariedade social, quer a nível da ajuda prestada à comunidade para onde está vocacionada, quer na criação de novos empregos, sendo que as instituições de solidariedade social são já um dos maiores empregadores em todo o distrito.”

    Irene Barata, Presidente da Autarquia Vilarregense, agradeceu “todo o esforço e toda a dedicação de Fernanda Garcia para que este projecto se pudesse concretizar, oferecendo um lar digno para pessoas portadores de deficiência. Vila de Rei consegue agora, com esta nova infra-estrutura, dar um apoio total a estes nossos cidadãos.”

    O edifício da Fundação Garcia tem capacidade para dezoito utentes, albergando já oito no momento da abertura. Foram criados, no imediato, dez novos postos de trabalho, sendo que este número poderá aumentar, consoante as necessidades.

  • A Estrada Nacional 118 está cortada ao trânsito entre São Miguel e Tramagal. Os fluídos derramados por um autocarro provocaram ainda o despiste de um ligeiro, mas sem gravidade. Os bombeiros estão a proceder aos trabalhos de limpeza da via, sendo que daqui a pouco já será possível circular nas curvas de Tramagal.

  • Ontem, cerca das 22 horas, o sinal da TV por cabo em S. Facundo, Abrantes desapareceu.

    Hoje descobriu-se que a razão de tal “apagão”. Foram roubadas centenas de metros de cabo telefónico entre as povoações de S. Facundo e Bemposta, no concelho de Abrantes. Para levarem a efeito tal proeza, os amigos do alheio cortaram cerca de uma dezena e meia de postes de madeira.

  • Trinta e dois bebés nascidos no ano de 2012 e registados no Centro de Saúde de Mação receberem um pacote literário oferecido pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Mação e pela Câmara Municipal de Mação, numa iniciativa que conta com o apoio do Centro de Saúde e da Biblioteca Municipal.

    A entrega dos kits literários decorreu no sábado, dia 16, na Biblioteca de Mação e contou a presença dos pequenos protagonistas, acompanhados pelos progenitores, assim como de Saldanha Rocha, Presidente da Câmara Municipal de Mação, de Vasco Estrela, Presidente da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, vários elementos da CPCJ e da Biblioteca.

    Foi uma tarde muito bem passada e preenchida com uma interessante actividade musical para bebés interpretada por Firmação – Conservatório de Música de Mação que iniciou neste dia um novo projecto de música destinado a bebés.

    Refira-se que a entrega de pacotes literários decorre anualmente, desde 2006, tendo como objectivo a promoção da leitura desde o berço no Concelho de Mação, assim como incentivar os pais a incutirem e incluirem hábitos de leitura no quotidiano das crianças. Uma acção que integra o projecto "Crescer a Ler" (da Associação de Profissionais de Educação de Infância, em parceria com o Plano Nacional de Leitura, o grupo Leya e o programa Bookstart, do Reino Unido) e que teve a sua génese no projecto “O Meu Brinquedo é um Livro” (criado em 2005). 

  •  

    No fim de semana, a PSP de Abrantes deteve um homem, de 60 anos, por ter sido interveniente num acidente de viação, com danos materiais, e se ter recusado a efetuar o teste de álcool no sangue.

    O detido foi notificado para comparecer em tribunal para julgamento em processo sumário, na passada segunda-feira, no tribunal de Abrantes.

    A também detida uma mulher, de 40 anos, em cumprimento do Mandado de detenção e condução, emanado pelo Tribunal de Abrantes. 

  •  

    O Município de Vila de Rei vai estar representado na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, que se realizar na FIL, de 27 de Fevereiro a 3 de Março.

    A participação de Vila de Rei vai ser inserida nos stands da Pinhal Maior, com uma sessão de degustação do tradicional mel Vilarregense no dia 1 de Março, e do Turismo do Centro de Portugal, com uma prova gastronómica de enchidos e com a participação do Grupo de Concertinas da Casa do Benfica de Vila de Rei, na tarde do dia 3 de Março.

    Paulo César, vereador do pelouro do Turismo, adianta que “o Município de Vila de Rei continua a sua missão de promover e divulgar as suas excelentes capacidades turísticas. Depois do sucesso da participação nas últimas edições da BTL, Nauticampo, e, mais recentemente, na FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid, a Autarquia espera conseguir continuar a atrair milhares de visitantes ao nosso Concelho.”

  •  

    Inicia-se em abril, na Chamusca, o curso de ‘Gestão Ambiental’, ação inserida no âmbito das formações modulares certificadas da NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém.

    A NERSANT encontra-se a implantar em toda a região do Ribatejo, o seu plano de formações modulares certificadas, ações de caráter gratuito dirigidas para os colaboradores das empresas da região e para ativos empregados ou desempregados.

    Tendo em conta a localização de algumas empresas deste setor na zona da Chamusca, a NERSANT decidiu realizar nesta localidade, a ação ‘Gestão Ambiental’, formação de nível 4 e que terá a duração de 50 horas.

    Com esta ação de formação pretende-se que identificar e sistematizar os conceitos de gestão ambiental, bem como a legislação relevante para esta área. Os formandos deverão igualmente ser capazes de identificar os requisitos da norma NP EN ISO 14001, bem como os aspetos e impactes ambientais mais significativos. A classificação dos resíduos, sua diferenciação e metodologias para a sua gestão, são também um dos objetivos a atingir.

    O curso de ‘Gestão Ambiental’ será ministrado de acordo com diversos conteúdos, organizados por capítulos. São eles: “Aspetos gerais da gestão ambiental”, “Legislação ambiental relevante”, “Normas de gestão ambiental” e “Gestão de resíduos”.

    Podem frequentar esta ação ativos com idade superior a 18 anos, detentores de baixas qualificações escolares e/ou profissionais, ou que possuam qualificações desajustadas às necessidades do mercado de trabalho. Para além disso, os ativos terão de ter concluído o 9º ano de escolaridade, à data da inscrição na formação.

    A conclusão, com aproveitamento, dá lugar à emissão de certificado de qualificações.

    Para mais esclarecimentos, os interessados devem contactar o Departamento de Formação e Qualificação da associação (249 839 500 ou e-mail dfq@nersant.pt.

    As inscrições para qualquer formação da NERSANT são realizadas através do site da associação, em www.nersant.pt.

  • Começa no sábado nos concelhos de Mação e Vila Nova da Barquinha mais uma edição do festival da lampreia. Em Mação o festival prolonga-se até 14 de abril em 10 restaurantes, situados em cinco das oito freguesias do concelho. Na Barquinha ao apreciado ciclóstomo alia-se o sável e até 31 de março, o período em que decorre a 19.ª edição do Mês do Sável e da Lampreia. 

    Em Mação a iniciativa é promovida pela Câmara Municipal e a Pinhal Maior – Associação de Desenvolvimento do Pinhal Interior Sul, com o apoio do PRODER. Uma iniciativa que contará com a participação de dez restaurantes concelho, mais um do que no ano passado, que vão ter na sua ementa o famoso Arroz de Lampreia. Durante quase dois meses, e aproveitando a época da Lampreia (que vai de meados de Janeiro até finais de Abril), Mação espera receber visitantes de todo o país para degustar um dos pratos mais conhecidos e tradicionais do concelho.

    Os restaurantes aderentes são: Lena da Barrageme O Picareto(Ortiga); Avenida, Godinho, Casa Velha, O Cantinhoe O Pescador(Mação), Casa Cardoso(Envendos), Dona Flor(Penhascoso) e O Solar do Moinho(Cardigos).

    Em Ortiga, Lena da Barragem serve lampreia diariamente ao almoço (241 573 457, aconselha-se reserva) e O Picareto (antigo Kabras’s , 969 008 445 ou 925 304 110), diariamente, excepto à terça, ao almoço e ao jantar. Em Mação, no Avenida os apreciadores podem degustar lampreia ao sábado e domingo, por encomenda (966 225 784 ou 241 572 585); na Casa Velha (918 536 199 ou 241 572 632), diariamente ao almoço, excepto ao sábado, por encomenda; Godinho (962 536 310 ou 241 572 874), diariamente ao almoço, excepto ao domingo, por encomenda; O Cantinho (964 677 705 ou 241 573 367), diariamente ao almoço e ao jantar; O Pescador (ex-Koisas dos Deuses, 934 244 472 ou 241 573 180), diariamente ao almoço e ao jantar, excepto à segunda (aconselha-se reserva); na Casa Cardoso (965 047 832, 961 527 716 ou 241 555 134), em Envendos, a lampreia é rainha, às sextas, sábados e domingos ao almoço, por encomenda; no Penhascoso, na Dona Flor (964 841 691), terças e sábados ao almoço, por encomenda; e no Solar do Moinho (910 308 055 ou 274 866 505), em Cardigos, há lampreia aos sábados e domingos por encomenda.

    Sável e lampreia na Barquinha até 31 de março

    Pelo 19.º ano consecutivo, Município e restaurantes unem-se para promover mais uma edição da mostra gastronómica “Mês do Sável e da Lampreia”, iniciativa que tem como principal objectivo promover a cozinha tradicional.

    Iguarias como Açorda de Sável e Arroz de Lampreia, entre outras receitas tradicionais, são servidas à mesa dos sete restaurantes aderentes, num concelho cuja história está intimamente ligada à actividade piscatória.

    Banhado por três rios - Tejo, Zêzere e Nabão - o concelho de Vila Nova da Barquinha tem no peixe do rio a sua principal fonte de sabores.

    Ao provar os pratos únicos da gastronomia portuguesa e que remontam aos princípios da nacionalidade, os visitantes poderão ganhar bilhetes para passeios de barco ao Castelo de Almourol e conhecer um monumento ímpar e na região e no país, com um património arquitectónico e paisagístico magnífico (1 bilhete por dose, sendo a promoção válida apenas ao fim-de-semana).

    Além da gastronomia, Vila Nova da Barquinha dispõe agora de dois equipamentos únicos em Portugal – o Parque de Escultura Contemporânea Almourol e o Centro Integrado de Educação em Ciências – permitindo aos visitantes desfrutar do melhor dos sabores da cozinha típica em conjunto com o melhor da arte e da ciência.

    Restaurantes aderentes: A Carroça (Limeiras) 249739718; Almourol (Tancos) 249720100; O Chico (Praia do Ribatejo) 249733224; Palmeira (Barquinha) 249711513; Soltejo (Barquinha) 249720150; Stop (Atalaia) 249710691, e Tasquinha da Adélia (Barquinha) 249711792

  •  

    Uma peça jornalística intitulada “O destino já não passa pelo casamento e não se rompe com o divórcio”, presente na Revista 2, da edição de 17 de Fevereiro do Jornal Público, destaca Vila de Rei como o concelho português com menos divórcios por 100 casamentos.

    Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), durante o ano de 2011 foram registados, em Vila de Rei, 15 casamentos e um divórcio.

    A reportagem sublinha ainda os apoios dados pela Autarquia em prol da fixação das pessoas em Vila de Rei, que actualmente estão fixados em 750€ de apoio ao casamento e em 750€ pelo primeiro filho, 1.000 pelo segundo e 1.250 pelo terceiro e seguintes filhos.

  •  

    O Projeto de Regulamento Municipal para Atribuição de Bolsas de Estudo, aprovado pela Câmara Municipal de Sardoal, foi publicado no “Diário da República”, em 12 de fevereiro, estando em discussão pública durante 30 dias, a contar daquela data.

    O Regulamento em causa poderá ser consultado na Secção de Expediente, no edifício dos Paços do Concelho ou na página de Internet do Município (www.cm-sardoal.pt).

    Os interessados poderão entregar as suas sugestões por mão, via ctt ou por correio eletrónico para geral@cm-sardoal.pt, dirigidas ao Presidente da Câmara, de acordo com o disposto no Edital n.º 6/2013.

  • Os melhores pratos confeccionados com bacalhau e azeite vão voltar a preencher as ementas Vilarregenses na época Pascal, através da realização do 6º Festival Gastronómico do Bacalhau e do Azeite de Vila de Rei, entre os dias 16 e 24 de Março.

    Organizado pela Câmara Municipal de Vila de Rei, o certame contará com a participação de cinco restaurantes do Concelho – Albergaria D. Dinis, Churrasqueira Central, O Cantinho do Petisco, O Cobra e O Paraíso do Zêzere – que, à semelhança dos anos anteriores, esperam receber milhares de visitantes à procura destas iguarias.

    Para além dos pratos de bacalhau e azeite, a edição deste ano do Festival vai possibilitar que os visitantes saboreiem, como entrada, uma outra tradicional receita Vilarregenses: o Queijo de Cabeça de Porco.

    Durante os dois fins-de-semana do 6º Festival Gastronómico do Bacalhau e do Azeite, os restaurantes aderentes vão ainda oferecer animação musical aos seus clientes, que estará a cargo do Grupo de Cantares “A Bela Serrana”, Grupo de Concertinas da Casa do Benfica de Vila de Rei e Villa d’el Rei Tuna.

    Para Paulo César, vereador do pelouro do Turismo, “depois do sucesso alcançado nas anteriores edições do Festival Gastronómico do Bacalhau e do Azeite, esperamos, uma vez mais, valorizar o património gastronómico do nosso Concelho, ao mesmo tempo que conseguimos promover a qualidade dos restaurantes Vilarregenses.”

  • A Biblioteca Municipal José Cardoso Pires recebeu, no dia 19 de Fevereiro, a primeira sessão de um ciclo de Workshops organizados pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis e pela Fundação “A Junção do Bem”, numa iniciativa que contou com a presença da Secretária-Geral da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas, Dra. Ana Cid Gonçalves, do Vice-Presidente da Fundação “A Junção do Bem”, Dr. José Veiga de Macedo, e da Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata.

    O workshop, organizado com o apoio do Município de Vila de Rei, reuniu vereadores e técnicos dos Gabinetes de Acção Social dos distritos de Coimbra, Castelo Branco, Aveiro, Guarda e Leiria, que se pronunciaram sobre a importância da família como núcleo base da sociedade e a aposta nesta para a construção de uma sociedade mais justa, humana, equilibrada e coesa.

    Na abertura da sessão, a Presidente da Autarquia Vilarregenses, Irene Barata, adiantou que “Vila de Rei está sempre de braços abertos para receber estas iniciativas que visam valorizar a família e a necessidade de as apoiar. Este tipo de acções é de extrema importância pois, para além de sensibilizar as pessoas para esta temática, permite a troca de experiências entre técnicos, que será, certamente, bastante útil no desenvolvimento do seu trabalho de apoio às famílias.”

    A iniciativa decorreu seguidamente com a participação das oradoras Dra. Margarida Netto e Dra. Fátima Carioca, representantes do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, que expuseram variadas ideias relacionadas com a Política de Família e os seus princípios fundamentais, bem como sobre a sua evolução juntamente com a da Sociedade Portuguesa, numa forma de sensibilizar as Autarquias para a importância das políticas sociais em prol da Família.

    O Município de Vila de Rei tem sido premiado pelas suas eficazes políticas de apoio e ajuda às famílias mais numerosas, tendo recebido a bandeira de Município + Familiarmente Responsável por quatro anos consecutivos.

  • "No próximo dia 24 vamos inaugurar a casa comum. Passados 19 anos e depois da maioria das infraestruturas básicas estarem concluídas, da rede viária praticamente concluída, dos parques desportivos construídos, da rede de centros comunitários estar finalizada, da rede de lares estar iniciada, de termos conseguido criar uma dinâmica económica de relevância regional e dirigir os investimentos a dois níveis, que serão âncoras essenciais para o desenvolvimento harmonioso do concelho: a indústria transformadora da cortiça e a aeronáutica e não obstante o investimento turístico não corresponder atualmente às expectativas, chegou o tempo de também os funcionários da autarquia terem um lugar com dignidade onde desenvolverão a sua atividade profissional e os munícipes o conforto de serem atendidos num local construído de raíz com tal objetivo".

    A nota assinada por Taveira Pinto, Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor, refere que foram os funcionários aqueles que mais sofreram com a falta de condições do edifício destinado a habitação social e que durante quase trinta anos serviu para receber, com enormes insuficiências, os diversos serviços que constituem o Município de Ponte de Sor. São estes mesmos funcionários que merecem, na generalidade, o respeito e admiração e a quem o autarca endereça um cumprimento especial de profundo reconhecimento por tudo o que de bom têm feito, não obstante as divisões de dimensões inadequadas, o frio que entrava por todo o lado ou o calor por vezes insuportável.

    "As novas instalações não serão as ideais, serão encontradas várias insuficiências, mas vamos passar a viver num espaço completamente diferente e muito melhor. Todos o merecem: os funcionários, os munícipes e os responsáveis pela governação do nosso concelho", conclui.

    Para a ocasião está agendado o espectáculo pirotécnico “Dinomaquia 2” da companhia de teatro de rua catalã L’Avalot que “incendiará” o novo prédio.

  • Começa hoje, dia 22 de Fevereiro, o Festival Sabores do Tejo com Azeite que coincide com a realização da Feira de S. Matias e com os três dias do Encontro Ibérico do Azeite. O evento decorre, até 10 de março, nos 11 restaurantes do concelho que aderiram à iniciativa da Câmara de Abrantes.

    A iniciativa assenta na apresentação de pratos de comida regional, tendo o azeite como ingrediente primordial, com produtos da época e doçaria conventual local. Os restaurantes vão disponibilizar uma ementa que poderá incluir o tradicional prato de couve com feijão, arroz de lampreia (mediante reserva), açorda de sável, fritada de peixe ou achigã grelhado ou Fritada de peixe do rio. Para quem prefira carne, a ementa regional disponibiliza pratos baseados em receitas de cabrito, entrecosto com migas carvoeiras ou maranhos.

    Os doces conventuais do concelho de Abrantes – Tigeladas, Limas ou Palha de Abrantes – completam o cardápio.

    A iniciativa pretende preservar e divulgar a gastronomia regional, visando sobretudo os pratos de peixe, tendo em conta a forte ligação ao rio Tejo e fomentar a atividade gastronómica do concelho.

    Os restaurantes aderentes são: “A Cascata”; “Hotel Segredos de Vale Manso”; “A Tulipa”; “O Cabaço”; “Vera Cruz”; “Cervejaria Aquapolis”; “Pelicano”; “Sabores da Cascata”; “Santa Isabel”; “Hotel de Turismo” e “S. Lourenço By Trincanela”.

  • As Festas da Cidade - edição de 2013, um dos acontecimentos marcantes de Ponte de Sor vão decorrer, uma vez mais, num dos lugares mais aprazíveis da cidade: o Anfiteatro da Zona Ribeirinha e a sua zona envolvente.

    Entre 4 e 8 de Julho, mostra de artesanato, gastronomia representativa das sete freguesias do concelho e a animação noturna, fazem parte do programa dos cinco dias do evento.

    Enquanto se aguarda o programa definitivo da edição deste ano, estão já abertas as inscrições para os artesãos que pretendam estar presentes na mostra de artesanato. Informações em www.cm-pontedesor.pt

  • O Destacamento Territorial de Ponte de Sor deteve, esta terça-feira, dia 26, duas suspeitas de tráfico de droga, na Estrada Nacional 2.

    As mulheres foram intercetadas no decorrer de uma operação de trânsito e estavam em posse de 1 050 doses individuais de haxixe, que foram apreendidas juntamente com a viatura em que seguiam.

  • O Pavilhão Desportivo Municipal do Entroncamento recebe, dia 8 de março, pelas 14h30, uma Palestra subordinada ao tema “Nova Pobreza”.

    O evento, promovido pela Câmara Municipal, decorrerá na Sala da Cultura do Pavilhão Desportivo Municipal e terá como orador o Dr. António Alexandre Nobre Evaristo.

    O Palestrante possui um vasto currículo na área social, assim como no acompanhamento a famílias que apresentam vulnerabilidades de vária ordem.

    António Evaristo presidiu, durante vários anos, a Cáritas Paroquial do Entroncamento. Atualmente assume funções na comissão restrita da CPCJ - Comissão de Proteção de Crianças e Jovens do Entroncamento.

    Dirigida à população em geral, a referida Palestra aborda uma temática preocupante e atual, que tem a ver com a pobreza emergente na Sociedade Portuguesa.

  • Constância registou um dos 279 sismos que ocorreram nos dois primeiros meses ano em Portugal.

    Segundo o IPMA (Instituto Português do Mar e da Atmosfera), o sismo de magnitude 1,3 aconteceu pelas 21h54 do dia 14 de Fevereiro.

  • No âmbito da estratégia de intervenção que tem vindo a ser desenvolvida pelo município de Abrantes para a regeneração do Centro Histórico (CH), foram aprovadas em reunião de câmara de 18 de fevereiro duas propostas para alterações em matéria de estacionamento e a sua regulação.

    As referidas alterações incidem especificamente nas vertentes de estacionamento para veículos com dístico; estacionamento tarifado e regulado por parcómetros; estacionamento de duração limitada (para cargas e descargas); estacionamento reservado para determinados fins/entidades; zonas pedonais; proibição de estacionamento e/ou paragem; parques de estacionamento sujeitos ao regime normal de estacionamento, situados no interior e na periferia da área de intervenção e alterações à Postura de Trânsito de Veículos na Cidade de Abrantes.

    O regulamento aprovado para o estacionamento de veículos no Centro Histórico da Cidade de Abrantes entra em vigor a partir de 15 de março e tem como principais objetivos a estruturação da oferta de estacionamento, a mobilidade e rotatividade na circulação automóvel e simultaneamente a criação de melhores condições para residentes, comerciantes e prestadores de serviços do centro histórico da cidade.

    No referido regulamento são acrescentados os títulos de estacionamento de residente e o de Comerciante / Prestador de Serviço.

    O título de estacionamento de residente é um dístico intransmissível que titula a possibilidade de determinado veículo estacionar nos lugares de estacionamento condicionado, emitido pelo município e identifica o prazo de validade e matrícula do veículo. São emitidos um máximo de dois títulos de residente por fogo, em função das viaturas de que os residentes disponham, e poderão requerer a sua atribuição, as pessoas singulares com residência habitual na área.

    Quanto ao título de comerciante ou prestador de serviços é um dístico emitido pelo município, intransmissível e que titula a possibilidade de determinado veículo estacionar nos lugares de estacionamento condicionado. A validade máxima do título é de um ano findo o qual o titular poderá proceder à sua revalidação. Só pode ser emitido o máximo de um título de comerciante ou prestador de serviços por estabelecimento.

    Os interessados em requerer o seu dístico deverão contatar o Gabinete para o Centro Histórico maisRua com sede no nº10 da Rua D. Miguel de Almeida e email maisrua@cm-abrantes.pt ou obter mais informações no site da Autarquia www.cm-abrantes.pt.

  • O abastecimento de água será condicionado em Tramagal, esta quarta-feira, dia 6 de Março. Segundo os Serviços Municipalizados de Abrantes (SMA), realizar-se-á, entre as 9h00 e as 16h00, uma intervenção na conduta distribuidora principal do Moinho de Vento.

    "Apesar de irem ser tomadas medidas no sentido de minimizar o serviço de abastecimento poderão ocorrer alterações nas condições habituais de serviço, nomeadamente caudal e pressão disponíveis e também períodos de interrupção no abastecimento, nomeadamente nas zonas mais altas de Tramagal".

  • A Autarquia de Vila de Rei alargou a sua rede de Teleassistência, aumentando em sete o número de munícipes que dispõem agora deste serviço. A Teleassistência permite que as pessoas com mais de 65 anos que residam sozinhas ou em situação de vulnerabilidade ou dependência, possam contactar, de imediato, através de um botão de emergência, uma Central de Assistência, disponível 24 horas por dia e 365 dias por ano.

    Depois da implementação do projecto-piloto, que teve início em Setembro de 2012 e onde foram instalados 11 aparelhos de Teleassistência, a Câmara Municipal de Vila de Rei vem agora confirmar o sucesso desta iniciativa, subindo para 18 o número de idosos abrangidos por este serviço.

    O Município de Vila de Rei assume assim, como um dos seus principais objectivos, assegurar o acesso das populações mais idosas, e/ou em situação de dependência, aos serviços que lhes permitam continuar integradas no seu meio de vida habitual, dispondo da segurança de poderem ser acompanhadas por um serviço humanizado e que responderá às mais diversas necessidades, deixando os seus familiares tranquilos quanto aos seus ascendentes.

    Para qualquer esclarecimento adicional, é favor contactar a Recepção-Geral ou o Gabinete de Acção Social e Saúde da Câmara Municipal de Vila de Rei.

  •  

    Festas do Concelho

    Todos os anos por ocasião da Páscoa, Constância recebe uma grandiosa manifestação Religioso-Cultural, a Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem / Festas do Concelho.

    Mantendo as seculares tradições ligadas aos rios e às fainas marítimas e assumindo-se como ponto de encontro de milhares de pessoas de todo o Vale do Tejo e de outras regiões do país, as Festas do Concelho de Constância, são hoje um importante cartaz de promoção do Concelho e de divulgação das suas potencialidades económicas, turísticas e culturais.

    A iniciativa inclui a Mostra de Artesanato, a Mostra "Saberes e Sabores", o Grande Prémio de Páscoa em Atletismo, diversas atividades desportivas, exposições e vários espetáculos com artistas conhecidos a nível nacional e internacional.

    Além da grande cerimónia religiosa que é a Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem (a Missa Solene, a Procissão e a Bênção dos Barcos e das Viaturas) as Festas do Concelho de Constância caracterizam-se também pela vertente cultural e popular. Nesta perspetiva destacam-se os arranjos florais nas ruas da vila, a instalação das tasquinhas de gastronomia típica e muitos outros arranjos atrativos que trazem a Constância milhares e milhares de pessoas.

     

    Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem

    A devoção a Nossa Senhora da Boa Viagem em Constância está associada ao intenso tráfego fluvial de mercadorias que se fez durante séculos entre o porto desta vila e a capital.

    Dos perigos da navegação nasceu o apego dos marítimos à Mãe de Deus e a confiança na sua protetora intervenção. A Festa e a Bênção dos Barcos, em Segunda-feira de Páscoa, são os momentos culminantes de uma devoção pelo menos bicentenária.

    Até aos meados do século XX, apesar de algumas vicissitudes da vida e do mundo, a Festa manteve a sua grandiosidade de sempre, refletindo a prosperidade económica da vila que vinha da relação com os rios, de onde tirava o seu sustento e o sentido da sua existência.

    Passado o tempo dos marítimos e do transporte fluvial, a Festa entrou em declínio, como as atividades que a geraram e mantiveram, e só não desapareceu porque a Paróquia decidiu assumir a sua organização, substituindo os festeiros que já não havia, e porque eram muito fundas as raízes que a devoção tinha criado na cultura local.

    Sendo cada vez mais necessárias as graças do Céu para os caminhos da terra do que para as viagens nos rios, a Festa rendeu-se ao rei automóvel, institucionalizando, a partir dos anos sessenta, a Bênção das Viaturas que todos os anos se faz na Praça Alexandre Herculano.

    Nos últimos 20 anos, a Festa vive uma nova fase da sua história, iniciada quando a Câmara Municipal decidiu intervir nela com o objetivo de a revitalizar e revalorizar, associando-lhe um vasto conjunto de atividades culturais, recreativas e de lazer que constituem as Festas do Concelho de Constância.

    O essencial da Festa, o seu espírito, o seu sentido profundo são os mesmos de sempre. Mas foram introduzidos diversos e variados elementos novos, suscetíveis de gerarem novos interesses e de motivarem outros públicos. É o contributo do nosso tempo para o renovar de uma antiga tradição que persistirá para além de nós.

     

  • A Autarquia de Vila de Rei está já a ultimar as obras a incluir nos percursos Vilarregenses da Grande Rota do Zêzere, com abertura prevista para o início do Verão.

    O projecto partiu de uma iniciativa conjunta de 14 Municípios e irá permitir percorrer todo o caudal do Rio Zêzere, desde a nascente, próximo de Manteigas, até à sua foz, em Constância, através de trilhos para percorrer a pé ou de bicicleta, ou ainda descer o rio em canoa.

    Vila de Rei foi um dos Municípios que deram início a este projecto, sendo que a Grande Rota do Zêzere terá uma extensão de 47 km ao longo do Concelho, percorrendo quase toda a margem da barragem bem como as localidades mais próximas (Vilar do Ruivo, Fernandaires, Alcamim, Zaboeira e Cabecinha), terminando na Praia Fluvial do Penedo Furado.

    A participação de Vila de Rei na Grande Rota do Zêzere assume um importante papel no delinear de todo o projecto, sendo um dos concelhos com maior extensão de percursos ao longo de toda a Rota, e ao possuir estações intermodais que permitem aos utilizadores alterar o seu modo de deslocação.

    Nesse sentido, a Autarquia providenciou a colocação de nova sinalética e placards informativos, a abertura e limpeza de caminhos e a colocação de duas pontes em madeira ao longo do percurso.

    Para Paulo César, Vereador do Turismo da Câmara Municipal de Vila de Rei, "a participação na Grande Rota do Zêzere apresenta-se como mais uma importante forma de dinamizar o Turismo da região, numa medida que esperamos que traga novos visitantes ao Concelho e aos nossos serviços de alojamento e restauração".

     

  • A Assembleia Municipal de Vila de Rei deliberou, a 25 de Fevereiro, proceder, através de Hasta Pública, a venda do lote n.º 1 da Zona Industrial do Carrascal, antiga Frutinatura.

    Este equipamento é composto por um pavilhão de estrutura metálica porticada, constituída por R/C e 1º piso, destinado a actividade industrial/armazém/comércio/serviços/equipamento com habitações de função (T1 e T3), com área coberta de 2110,66 m2 e com capacidade para ampliação de mais 6090,66 m2.

    Os possíveis interessados deverão apresentar as suas propostas em invólucro fechado e lacrado com indicação no exterior da hasta pública, do nome do lote, a denominação “Proposta” bem como a identificação do concorrente, devendo as mesmas dar entrada na Secretaria da Câmara Municipal de Vila de Rei até às 16 horas do dia 25 de Março.

    A abertura das propostas será feita em sessão pública, na Sala das Sessões do edifício dos Paços do Concelho, pelas 10 horas do dia 26 de Março, sendo posteriormente analisadas por um júri.

    O preço de licitação para a venda imediata do lote de terreno é de 438.623,18€, sendo que o critério de adjudicação para a venda do edifício é o preço mais elevado.

  • A iniciativa ambiental “Um Toyota, uma Árvore” plantou, este ano, mais 5.500 árvores, dando continuidade ao compromisso da Marca em plantar uma árvore por cada Toyota vendido. Desde o início do projecto, em 2005, já foram plantadas quase 100.000 árvores, das quais 6.000 em Vila de Rei, 2.500 em Sardoal e, este ano, 500 em Abrantes.

    Relativamente à edição deste ano, a Toyota selecionou as áreas verdes de Valongo, Portalegre e Abrantes. Com o intuito de promover um maior envolvimento dos portugueses com esta ação de responsabilidade social na área ambiental, a Toyota desafiou o público a escolher a distribuição das respetivas 5.500 árvores pelas três localidades através de uma votação online.

    Com mais de 2000 votos, a floresta de Valongo foi eleita pelo público para receber 3.000 árvores, logo seguida por Portalegre que, com 1896 votos, recebeu 2000 árvores da Toyota. Por fim, a floresta de Abrantes recebeu uma contribuição de 500 árvores, resultante da terceira classificação nesta votação.

     

    Ação de plantação com escolas e comunidade local

    Privilegiando o maior impacto e contributo para a mudança de comportamento e sensibilização ambiental dos mais jovens, a Toyota convidou as escolas e comunidades locais a participarem nas respetivas plantações, contudo ainda com a presença e participação ativa das individualidades autárquicas, parceiros importantes nesta iniciativa.

    Com efeito, foram mais de 30 os alunos do 1º ciclo, professores e convidados oficiais que participaram no passado dia 20 na plantação das 3000 árvores na Serra de Santa Justa, em Valongo. Dia 22 de Fevereiro, seguiram-se as plantações de Abrantes e Portalegre onde participaram respetivamente os alunos da Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes e crianças do infantário e escola primária de Portalegre, entre outros convidados oficiais.

    Desde que arrancou, em 2005, esta iniciativa acompanha a evolução do mercado automóvel, dado a Toyota plantar uma árvore por cada carro novo vendido. Assim, em 2012, devido à atual contração do mercado automóvel, o projeto “Um Toyota uma árvore” plantou o menor número de árvores, contrastando com edições anteriores, como a oferta de 2007, ano em que a floresta portuguesa recebeu 18.500 árvores da Toyota.

  •  

    Um indivíduo encapuçado assaltou hoje a dependência bancária da Caixa de Crédito Agrícola em Tramagal, Abrantes, fugindo de seguida com uma quantia de dinheiro de montante não apurado.
    O comandante do posto da GNR de Abrantes esclareceu que o assalto decorreu cerca das 15:00 e que os funcionários, “sob coação”, entregaram ao assaltante uma quantia “incerta” de dinheiro, tendo o assaltante encetado de imediato a fuga.

    “Um indivíduo encapuçado e empunhando uma arma de fogo pediu dinheiro aos funcionários da dependência bancária, tendo aqueles entregue de imediato ao assaltante uma verba cujo montante ainda não temos noção”, disse João Paulo Santos.

    “Foi um ato isolado, ninguém ficou ferido, e o indivíduo fugiu de seguida num automóvel que já está referenciado”, acrescentou.

    Segundo aquele responsável, por se tratar de um assalto com  recurso a arma de fogo, o caso foi entregue à Polícia Judiciária que está “a desenvolver diligências no sentido de localizar o indivíduo”.

  •  

    José Ferreira, presidente da Junta de Freguesia da Concavada (Abrantes) sofre de doença oncológica e encontrou numa clínica alemã, uma nova esperança de vida. O tratamento é bastante oneroso, 50 mil euros, e a população da aldeia uniu-se para angariar a verba necessária para o tratamento do “seu” presidente. As iniciativas são várias e uma delas é já amanhã.

    Os interessados podem fazer os seus donativos através do NIB 000700000010906874123

  •  

    Começa amanhã, dia 28 e prolonga-se até sábado, dia 30, a Semana Académica e da Juventude de Mação. Três dias de muita festa e actividades diversas numa iniciativa organizada pelos “Magalhães”, um grupo de jovens do concelho, em parceria com a Associação Juvenil HappyCentro. O objectivo passa por reunir, em Mação, pessoas de todas as faixas etárias, embora o público alvo seja os jovens.

    A iniciativa realiza-se pelo terceiro ano consecutivo, mas até à data o programa incluía apenas actividades de lazer nocturnas em espaço públicos da vila. Este ano, a organização diversificou as actividades pelo que, para além da parte lúdica, o programa reveste-se de um carácter mais sério, educativo e cultural, com acções que vão desde palestras, a desporto, música e animação.

    PROGRAMA
    Quinta-feira, 28 de Março – Noite Académica
    23h00 – Actuação de três tunas académicas no Cine-Teatro
    00:00h – Festa do Trajado nos cafés e bares aderentes da vila

    Sexta-feira, 29 de Março – Desporto e Juventude
    10h00 – Torneio Fair-Play de Futsal no Pavilhão Municipal Professor José Maia Marques
    23h00 – Festas temáticas nos cafés e bares aderentes da vila 

    Sábado, 30 de Março – Dia do Jovem Maçaense
    17h00 – Palestra “Emprego Jovem, Empreendedorismo e Motivação” no Auditório do Centro Cultural Elvino Pereira
    00:00h – Festa da Juventude no Pavilhão de Festas de Penhascoso
    Alguns horários sofreram pequenas alterações relativamente ao cartaz inicial. 

  •  

    Dia 1 de abril, segunda-feira da Boa Viagem – feriado municipal em Constância – a Câmara vai distinguir os trabalhadores da Autarquia que completem 10, 20 e 30 anos de serviço. A sessão inicia-se às 09h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

    O propósito da iniciativa, que se realiza pelo segundo ano consecutivo, é “realçar o papel dos trabalhadores como elementos indispensáveis na concretização das tarefas que contribuem para alcançar os objetivos definidos para a instituição, sejam eles no âmbito da gestão administrativa, das obras e conservação ou da ação social e educativa”, lê-se em nota de imprensa pela autarquia.

    E justifica: “Não tendo as autarquias competências para estabelecer recompensas monetárias aos funcionários e reconhecendo a constante desvalorização dos salários – imposta por congelamentos de vencimentos e progressão nas carreiras, e ainda pelo constante agravamento do custo de vida – entendeu a Câmara Municipal, num gesto de reconhecimento pelo contributo que cada um dá para a valorização do serviço público, distinguir, em cerimónia pública, os trabalhadores da Autarquia que completem 10, 20 e 30 anos de serviço”.

  •  

    A estrada municipal entre a EN118 (Tramagal) e São Miguel do Rio Torto, por Chão de Lucas, entrou hoje, dia 27, em obras, pelo que o trânsito foi cortado naquela via. Os trabalhos deverão estar concluídos no dia 3.

    No período das obras, o desvio é feita “estrada do Celão”, como é conhecida, via cemitério de São Miguel do Rio Torto.

    A obra está a cargo da empresa JJR & Filhos, SA.

  •  

    Sexta feira, dia 29, a partir das 15h00, realiza-se na Sociedade Artística Tramagalense (SAT), em Tramagal, um Encontro de Jogos de Tabuleiro.

  •  

    No próximo dia 1 de abril – Segunda-feira da Boa Viagem / Feriado Municipal –, por volta das 13h00 vão chegar a Constância cerca de 50 embarcações, para participar nas cerimónias do Dia do Concelho.

    Recebidas com salva de foguetes e saudação musical pela Banda da Associação Filarmónica Montalvense 24 de Janeiro, as embarcações são representativas da quase totalidade dos municípios ribeirinhos do Tejo, desde Abrantes até ao mar.

    Os barcos vão participar no cortejo fluvial nos rios Tejo e Zêzere para receberem as Bênçãos de Nossa Senhora da Boa Viagem que, em terra, percorre as ruas da vila, em Procissão.

    Alguns tripulantes das embarcações estarão trajados ao modo das épocas de então, lembrando os tempos em que os rios eram estradas e deles vinha o ganha pão de grande parte da população.

    As cerimónias religiosas em louvor de Nossa Senhora da Boa Viagem terão início às 15h30, com a Missa Solene, seguindo-se a Procissão com as já referidas Bênçãos dos Barcos nos rios, e das viaturas, na Praça Alexandre Herculano.

  •  

    As Estradas de Portugal (EP) apresentou em março à Câmara Municipal de Abrantes o projeto de execução para a reabilitação da ponte metálica de Abrantes sobre o rio Tejo. O projeto foi aprovado em reunião de câmara de 18

    O prazo de execução da obra é de 18 meses e implica a interdição de circulação de pesados em cerca de 450 dias. Aos ligeiros será interdita uma faixa de rodagem com circulação alternada, regulada por semáforos. No período noturno entres 22h00 e as 06h00, a interdição será total  durante dois a três, havendo a garantia de desvios.

    As ambulâncias terão a passagem assegurada 24horas por dia em situação de emergência e os transportes públicos de passageiros tem o tráfego assegurado, até 20 toneladas, com exceção do período de corte total do trânsito.

    A circulação dos peões será sempre assegurada por um dos passeios.

    No decorrer das obras será necessário a desinsuflação do açude, num período estimado entre seis a oito meses e que irá abranger os meses de verão. Quanto ao projeto de iluminação, toda a instalação existente será substituída e serão disponibilizadas soluções que visem a sua eficiência energética. A pintura da ponte será também garantida com a realização da obra.

  •  

    A Câmara Municipal do Entroncamento vai promover, a 6 de abril, uma oficina denominada “Filosofia para Crianças”, a qual irá decorrer das 10h30 às 12h00 na Sala de Formação da Cultura.

    Dirigida aos jovens dos 9 aos 12 anos de idade, pretende-se, com esta oficina, proporcionar um “encontro”com a filosofia de uma forma simples e natural, adequada à faixa etária dos participantes.

    A partir de conceitos universais, comuns a todos os seres humanos, as crianças questionam-se de forma espontânea, filosófica e natural acerca de aspetos simples da vida. Com base nas teorias e interrogações dos mais novos, será efetuada uma abordagem simples, de modo a realçar os mecanismos de mediação do pensamento filosófico da infância.

    As inscrições têm o valor de 3€ e decorrem até dia 4 de abril, devendo ser efetuadas nos Serviços Culturais da Autarquia.

  • O Eléctrico FC comemora o seu 84º aniversário no dia 6 de abril a partir das 12h30, na Escola de Ponte de Sor.

    Do programa comemorativo faz parte um almoço convívio seguido de um beberete de aniversário e entrega de troféus aos atletas do clube.

  •  

    O Rotary Clube de Abrantes, no desenvolvimento do seu programa de acção para o ano rotário 2012/2013, realizou, entre os dias 11 e 14 de março, o rastreio visual e auditivo a todos os alunos do 1º ano do ensino básico em todas as Escolas dos Concelhos de Abrantes, Mação e Sardoal.

    Mais uma vez, e como vem sendo habitual, até porque se trata de um dos projectos estruturantes do Rotary Clube de Abrantes com carácter de continuidade iniciado já no ano rotário de 2002/2003 com o rastreio à visão, “foi uma acção marcante do nosso Clube junto da comunidade em geral e da comunidade escolar em particular”.

    “Para o nosso Clube é muito gratificante a forma calorosa como somos recebidos nas escolas e as mensagens de apoio que nos são transmitidas pelo trabalho que desenvolvemos. Muitas vezes, é nesta acção que são despistadas e resolvidas situações anómalas no campo da visão e da audição, que podem condicionar a capacidade de aprendizagem dos nossos jovens”, lê-se em nota de imprensa.

    “Em Rotary, todo o trabalho é voluntário e tudo o que fazemos é em prol da comunidade. Para isso, muito contribui a dedicação e o empenho de todos os Companheiros do Rotary Clube de Abrantes”.

  •  

    Os barcos não puderam subir o Tejo, de Tancos até à foz do Zêzere, em Constância. A festa de Nossa Senhora da Boa Viagem sofreu este com a cheia dos rios que alaga a parte mais baixa da vila, à semelhança do que sucede em outras povoações ribeiras.

    Da minha centena de barcos que era esperada, apenas uma dezena compareceu. Vários municípios, como foi o caso de Alpiarça, não puderam estar presentes uma vez que os barcos são necessários para socorro das populações. Mesmos assim, as cerimónias religiosas cumpriram-se e os barcos e veículos foram abençoados.

    As cheias em Constância são frequentes, mas há 43 anos que as águas não invadiam a vila por altura da Páscoa. Nos últimos anos, tem mesmo havido descargas das barragens para que os rios conseguissem subir o Tejo e atracar no cais de Constância.

  • Fotos da cheia na região na seção multimédia 

  • A Escola Prática de Engenharia de Tancos e a Escola Prática de Cavalaria de Abrantes vão ser transferidas para Mafra. As instalações deixadas em Vila Nova da Barquinha vão receber o Regimento de Engenharia nº 1, agora na Pontinha, e Abrantes vai receber uma unidade polivalente do exército.

    As mudanças anunciadas pelo general Artur Pina Monteiro, Chefe do Estado-Maior do Exército (CEME), decorrem do projeto de reestruturação em curso no exército português e que vai "polarizar" todas as escolas práticas existentes na futura Escola das Armas, em Mafra, escola que resultará da junção da Escola Prática de Infantaria e do Centro Militar de Educação Física e Desporto, hoje instaladas naquela localidade.

    Questionado sobre as restrições imediatas com o chumbo do Tribunal Constitucional (TC) a algumas das medidas apresentadas no Orçamento de Estado, o CEME admitiu que "podem vir a ter reflexos" no orçamento do exército mas, assegurou, "nada que ponha em causa a operacionalidade" militar.

    "Temos a noção que não podemos aspirar a querer adquirir novo material e um compromisso para que não se crie nova despesa nas forças militares portuguesas. Como tal, vamos tirar o máximo partido de tudo o que temos sem perder de vista o horizonte de médio prazo, um horizonte de desenvolvimento", afirmou Pina Monteiro.

    À margem das celebrações do 35º aniversário da Brigada Mecanizada, instalada no Campo Militar de Santa Margarida, em Constância, o CEME disse que o objetivo é "polarizar e agregar" as escolas práticas em Mafra para, na nova Escola das Armas, se desenvolver um trabalho "em rede", com treino ao nível formativo e operacional.

    Mas "nenhum campo militar vai ser encerrado, antes o dispositivo vai ser alvo de uma reestruturação. O Regimento de Engenharia nº 1, por exemplo, vai ser transferido para a Escola Prática de Tancos, uma guarnição que vai ser robustecida com uma grande capacidade operacional de engenharia, e para a Escola Prática de Abrantes vai uma unidade polivalente do exército", precisou.

    Artur Pina Monteiro disse ainda que o Regimento de Artilharia nº 5, situado na Serra do Pilar, no Porto, vai ser transferido para Vendas Novas, onde está neste momento a Escola Prática de Artilharia, e que a nova Escola das Armas deverá começar a funcionar no "início do próximo ciclo de instrução" militar, no mês de outubro.

    "A implantação global em Mafra deverá demorar dois anos a realizar", disse ainda o CEME, tendo feito o elogio às condições de trabalho verificadas no Campo Militar de Santa Margarida.

    "Este campo militar tem sido, é, e vai continuar a ser determinante para o treino do exército, com capacidades que não podemos nem queremos abdicar", frisou.

  • A Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP) e o Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais (SNBP) afirmam que a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Abrantes está ilegalmente constituída não tendo sido autorizada pela Autoridade Nacional de Protecção Civil. A ANBP e o SNBP acusam ainda Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Abrantes, de ter “ameaçado” os bombeiros profissionais, ou seja, “se não quiserem integrar o novo corpo de bombeiros voluntários, passam para o regime de mobilidade interna e integram qualquer outro serviço da câmara. E que estes profissionais vão perder direito à carreira e à progressão na carreira”.

     


    PUBLICADO NO JORNAL ABARCA A 11 DE ABRIL DE 2013

    Associação gere Bombeiros Municipais de Abrantes
    Por MÁRIO RUI FONSECA
    .
    Acusada pelos sindicatos de contornar a lei para fazer pagamentos a bombeiros que prestam serviço voluntário, a Câmara de Abrantes decidiu incentivar a formação de uma Associação Humanitária para fazer a gestão do processo, aprovando, em sede de executivo, a proposta de constituição da AHBVA, e assegurando apoio administrativo e jurídico.

    "A nova associação está constituída, tem todos os pareceres em mãos, e vai começar a fazer a gestão do corpo de bombeiros assim que a Autoridade Nacional de Proteção Civil dê luz verde, o que se perspetiva para breve", disse a presidente da câmara.

    Maria do Céu Albuquerque esclareceu ainda que, com a criação da nova associação, a autarquia "não pretende demitir-se das suas responsabilidades, antes criar condições para uma eficiente proteção de pessoas e bens", tendo "refutado" as acusações de ilegalidade no pagamento aos voluntários.

    "Já não existe protocolo com a Associação Humanitária de Constância, e nós não pagamos aos voluntários porque um serviço que foi gratificado durante tempo deixou de o poder ser", afirmou, tendo considerado existir uma situação de "desigualdade" entre as autarquias.

    "Abrantes é um dos 21 concelhos portugueses com bombeiros municipais e, como tal, sem apoios do Governo, ao contrário dos que se socorrem das associações humanitárias", notou.

    Com um orçamento na ordem dos 600 mil euros anuais para a corporação de bombeiros, Céu Albuquerque "aplaudiu" os cidadãos que responderam à sua solicitação no sentido de criarem uma associação e assegurarem a gestão dos bombeiros.

    "Como estava, não podia ser. Não podemos gratificar o serviço voluntário e a legislação não permite aumentar o número de contratados nem aumentar a despesa. Com a criação da associação vamos poder ter outras respostas e aumentar a eficácia da proteção civil no concelho", defendeu.

    O presidente da direção da AHBVA, por sua vez, adiantou que o mês de maio deverá ser a data para o início da gestão efetiva da corporação.

    "É o início da época dos incêndios e é importante estarmos preparados para essa altura", continuou João Furtado.
    Engenheiro na Central Termoelétrica do Pego, o dirigente associativo justificou que aceitou o desafio da autarquia "a bem do interesse público", tendo anunciado como objetivos prioritários "assegurar a estabilidade financeira" e "reforçar o número de bombeiros", profissionais e voluntários.

    "Temos equipamento suficiente para trabalhar com eficácia e um quartel com condições invejáveis. Os problemas são mais humanos do que materiais e é essa componente que vamos querer reforçar e qualificar", precisou.
    A AHBVA tem como desígnios a proteção de pessoas e bens, nomeadamente o socorro a feridos, doentes e a extinção de incêndios, detendo e mantendo em atividade um corpo de bombeiros voluntários ou misto.

    Órgãos sociais

    Além de João Furtado, fazem parte da direcção da AHBVA: Luís Damas (vice-presidente), Jorge Beirão (secretário), Joana Chambel (secretária adjunto), José Bilé Belém da Silva (tesoureiro), Domingos Vaz (tesoureiro adjunto), Aníbal Ramos (vogal), Maria João Senas Ferreira e Mário Matos Martins (suplentes).
    A mesa da assembleia é presidida por Humberto Lopes, tendo como vice-presidente Jorge Marcão, secretário Manuel dos Santos, e suplentes José Terras Marques e Maria de Fátima Chambel.
    Do conselho fiscal fazem parte: António Mor (presidente), Jorge de Jesus Grácio (vice-presidente), António Alberto Margarido (secretário relator), António Roseiro e João Dono (vogais), Francisco Bentes e Pedro Natividade Campos (suplentes).

     


    COMUNICADO ASSINADO PELA ANBP E PELO SNBP
    A 12 DE ABRIL DE 2013

    Autoridade Nacional de Protecção Civil desmente constituição de Bombeiros Voluntários de Abrantes

    Na sequência das reuniões realizadas entre a Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, o Sindicato Nacional de Bombeiros Profissionais e a presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, sobre a constituição de um corpo de bombeiros voluntários neste concelho, a Associação Nacional de Bombeiros Profissionais solicitou um parecer à Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

    Em resposta a este pedido de parecer, um ofício da ANPC revela que não existe qualquer pedido formal de autorização, para a constituição do corpo de bombeiros voluntários por parte da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Abrantes.

    Não se entende como pretende a presidente da câmara de Abrantes avançar com esta pretensão, se a ANPC ainda não recebeu nenhum pedido formal para a criação de um corpo de bombeiros voluntários em Abrantes, “nem poderia fazê-lo, tendo em conta que a questão não foi, até agora, formalmente suscitada”, revela o presidente da ANPC em ofício enviado à Associação Nacional de Bombeiros Profissionais.

    Segundo este ofício, existiu uma reunião entre a ANPC e a presidente da câmara de Abrantes, onde esta apresentou os princípios gerais do projecto para a constituição do corpo de bombeiros, “mas não se verificou, até agora, qualquer outro desenvolvimento desta questão” revela este documento oficial.

    Aliás, já em janeiro a presidente da Câmara de Abrantes tinha anunciado a “extinção num futuro próximo” dos Bombeiros Municipais, tendo optado por “incentivar e apoiar” a criação de uma Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários que ficará a gerir o actual corpo de bombeiros.

    Ao contrário do que foi afirmado publicamente pela presidente do município em declaração aos jornalistas, que “a nova associação está constituída, tem todos os pareceres na mão, e vai fazer a gestão do corpo de bombeiros assim que a ANPC dê luz verde, o que se perspectiva para breve”, tal não é possível sem autorização da ANPC.

    A ANBP e o SNBP vêm assim reiterar a sua posição sobre esta alegada ilegalidade na constituição do corpo de bombeiros e desmentir todas as afirmações produzidas pela presidente da câmara e pelo presidente desta Associação Humanitária, que indicam ser um dado adquirido a formação deste corpo de bombeiros.

    Como pode a senhora presidente de Câmara colocar aos bombeiros dois cenários: ou eram cedidos por interesse público à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários ou, em caso de recusa, entrariam na mobilidade interna para qualquer outro serviço do município, ou seja, extingue um serviço público.

    Este ofício da ANPC vem confirmar a posição assumida anteriormente pela Associação Nacional de Bombeiros Profissionais e o Sindicato Nacional de Bombeiros Profissionais sobre a inexistência do pedido de reconhecimento deste corpo de bombeiros.

    Os bombeiros também são pessoas, têm direito à sua dignidade e não se pode jogar com a vida das pessoas, pelo que a ANBP e o SNBP congratula-se com esta posição da Autoridade Nacional de Protecção Civil, que vem repor a verdade neste processo.

     


    ESCLARECIMENTOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE ABRANTES
    A 12 DE ABRIL DE 2013

    Na expectativa de que um corpo de bombeiros integrado na Associação Humanitária está em melhores condições para prosseguir a missão de prevenção e segurança contra riscos de incêndio, acidentes e outros, socorro e participação em atividades de proteção civil a levar a efeito de forma coordenada no Município e no concelho de Abrantes, entendeu a Câmara emitir parecer favorável à criação de um corpo de bombeiros no seio da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários.

    Esta decisão da Câmara gerou nos últimos dias várias reações na opinião pública e publicada, passando em alguns dos casos a imagem de que a Câmara se está a desobrigar das suas responsabilidades em matéria de proteção civil e, mais grave, que o processo poderá pôr em causa o socorro às populações ao concelho.

    Porque muito do que tem sido dito não corresponde à verdade, a Câmara esclarece o seguinte:

    · Confrontada com as limitações impostas pelas leis orçamentais recentes, sem capacidade para aumentar significativamente os recursos humanos profissionais, tendo a obrigatoriedade de redução anual de 2% de colaboradores - por via das aposentações –, não podendo contratar mais profissionais sem respeitar essa redução, e reconhecendo a dificuldade em integrar tão grande volume de atividade em regime de voluntariado, como é o dos Bombeiros, a Câmara Municipal tem procurado incentivar parcerias nesta área da proteção civil;

    · Face à incapacidade de meios para suportar um corpo de Bombeiros totalmente profissional e à redução da disponibilidade de pessoal para a prestação de atividades de bombeiro voluntário, foi prática da Câmara Municipal de Abrantes, durante largos anos, gratificar, de acordo com a interpretação presumivelmente legal até agora conhecida, o trabalho voluntário. Mas, como é do conhecimento público, recentemente a IGAL considerou esse pagamento da Câmara aos seus bombeiros voluntários um ato ilegal (ainda que o tribunal de Abrantes tenha considerado legal), pelo que a Câmara se viu forçada a suspender essa gratificação;

    · O atual corpo misto de bombeiros municipais de Abrantes não tem capacidade para prestar a sua atividade continuamente num território tão vasto, com uma grande mancha florestal e populações dispersa, sem o recurso ao voluntariado;

    · Urge encontrar uma solução que possa ultrapassar essa dificuldade sem pôr em causa o socorro e a proteção de pessoas e bens;

    · Foi criada uma Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários, por iniciativa da sociedade civil, que tem como desígnios a proteção de pessoas e bens, nomeadamente o socorro a feridos, doentes e a extinção de incêndios, propondo-se criar e manter em atividade um corpo misto de bombeiros;

    · Não sendo parte desta Associação, o município propõe-se assinar protocolo com a mesma de modo a investir e disponibilizar os meios necessários para que o corpo de bombeiros funcione com as melhores condições possíveis, em prol dos munícipes de Abrantes e da região, dentro das suas competências nesta matéria;

    · O corpo de bombeiros não será extinto, nem diminuído na sua capacidade. Pelo contrário cremos que pela flexibilidade de que dispõe a Associação poderá prestar o melhor serviço à população;

    · Clarifica-se que neste momento a Câmara Municipal de Abrantes apenas possui 9 bombeiros profissionais. Tem adstritos, no entanto, mais 13 colaboradores de outras carreiras ao serviço de Bombeiros. De modo nenhum a alteração na prestação da atividade vai bulir com os direitos destes trabalhadores. De acordo com a sua vontade podem optar entre a cedência por interesse público para a Associação Humanitária, conservando os direitos da carreira de origem, designadamente a contagem, na categoria de origem, do tempo de serviço prestado em regime de cedência, ou permanecer na autarquia em funções equivalentes em termos remuneratórios. A qualquer momento poderão por termo à cedência e ser reintegrados na Câmara Municipal. Independentemente da opção, ninguém perde regalias, nomeadamente ao nível remuneratório. Os bombeiros voluntários poderão solicitar a passagem para o corpo misto de bombeiros voluntários;

    · Reconhecendo nesta associação, de gente motivada e empenhada, criada na sociedade civil, a capacidade de criar melhores condições para a manutenção de um corpo de mais alargado, a gestão de instalações (por empréstimo), equipamentos e os recursos humanos que se mostrarem disponíveis será transferida para a Associação Humanitária, bem como subsídio mensal para fazer frente às regulares despesas de funcionamento do corpo de bombeiros;

    · As relações entre o Município e esta Associação estão consagradas num protocolo, que será presente à reunião de executivo de 15 de abril de 2013;

    · Colocamos Abrantes em situação de igualdade com a maior parte dos Municípios, onde só em 26 há bombeiros municipais, incluindo os sapadores;

    · Por último, a Câmara reconhece que os 150 anos da história dos Bombeiros de Abrantes são um património do Concelho de Abrantes, dos homens e das mulheres que têm dado o melhor das suas vidas ao serviço da corporação, na primeira linha do apoio ao socorro da população. Todos nos orgulhamos disso, independentemente de a atividade ser levada a efeito por uma corporação municipal ou em regime associativo no município. Em vários momentos da história valorosa, passada e recente, dos Bombeiros de Abrantes, várias foram as vezes em que a Câmara e as organizações da sociedade civil juntaram esforços encontrando soluções para garantir as melhores condições de trabalho numa área que é considerada por todos vital. É isso que estamos a fazer, para servir melhor a comunidade.

     


    COMUNICADO ASSINADO PELA ANBP E PELO SNBP
    A 15 DE ABRIL DE 2013

    Presidente da Câmara de Abrantes oculta motivos para criação Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários

    A presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, declarou aos jornalistas que a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Abrantes foi criada como “emanação da sociedade civil” e que não vai haver extinção do corpo de bombeiros do concelho.

    Se é mesmo esse o caso e se é mesmo por vontade da sociedade civil, a Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP) e o Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais (SNBP) questiona a senhora presidente da câmara de Abrantes porque é que o município vai gastar o mesmo orçamento com esta Associação Humanitária que tem com os Bombeiros Municipais, bem como todo o seu património passar para esta nova Associação Humanitária?

    A autarca afirma ainda que os bombeiros profissionais ao serviço dos Bombeiros Municipais podem passar para a associação, sem perderem o vínculo à autarquia e as regalias que têm e os que não quiserem integrar este novo corpo de bombeiros podem ser integrados no município. Mas o que a presidente de câmara não diz agora é que “ameaçou” os bombeiros profissionais que não quiserem integrar o novo corpo de bombeiros voluntários, passam para o regime de mobilidade interna e integram qualquer outro serviço da câmara. E que estes profissionais vão perder direito à carreira e à progressão na carreira.

    O que a presidente de câmara não diz é que foi a autora da ideia de criar este novo corpo de bombeiros, que ainda não foi autorizado pela Autoridade Nacional de Protecção Civil, e que a direcção desta Associação Humanitária é composta por membros do Partido Socialista local, ou seja, o mesmo partido da autarca e dois dos sócios fundadores são o actual presidente da Assembleia Municipal e o comandante dos Bombeiros Voluntários de Constância, com quem a câmara de Abrantes tinha um protocolo.

    Quais são as vantagens para a população que, assim, fica sem um corpo de bombeiros municipais, sob a tutela do município, e passa a ter uma Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários subordinada a uma direcção sem controlo da câmara?

    Se a presidente da Câmara quer aumentar as forças de segurança, diga-se bombeiros, e criar um Corpo de Bombeiros Voluntários com profissionais com 15 a 30 anos de carreira e uma corporação que tem 160 anos?

     

     

    notícias relacionadas

  • O CRIA, Centro de Recuparação e Integração de Abrantes, é agora uma Instituição certificada com o nível EXCELLENCE pela norma EQUASS na Gestão da Qualidade em todas as respostas sociais.

    Fundado a 23 de Março de 1977, com o objectivo de educar, formar, ocupar e integrar pessoas portadoras de deficiência, tem procurado, desde essa data até agora, não só aumentar o número de respostas sociais, mas também melhorar a qualidade dos serviços que presta.

    Assim, nos últimos anos e depois de uma muito cuidada preparação, solicitou ao European Quality in Social Services, EQUASS, em Bruxelas, a certificação da sua Gestão da Qualidade nos vários serviços que presta. Em Janeiro de 2011 foi-lhe concedida a certificação Assurance pela norma EQUASS, primeiro nível desta certificação.
    Depois de mais dois anos de análise do trabalho prestado, foi solicitado ao mesmo organismo comunitário a certificação para o segundo nível, ou seja, o nível Excellence in Social Services. Este nível é concedido pelo EQUASS Awarding Communittee, depois de uma auditoria à Instituição feita por dois auditores nomeados por Bruxelas.

    A auditoria teve lugar nos dias 20 e 21 de Março passado, tendo sido analisado o relatório interno de avaliação da Instituição, em todas as suas respostas sociais, de acordo com 10 princípios que se desdobram em 50 critérios e estes, por sua vez, e no caso do CRIA, foram avaliados por 78 indicadores. Foi analisada também, durante a auditoria, toda a documentação em que se baseou o relatório interno de avaliação, bem como toda a documentação relativa ao processo de certificação.

    E no dia 11 de Abril foi comunicado ao CRIA que o nível Excellence in Social Services lhe tinha sido concedido por unanimidade pelo EQUASS Awarding Committee.

  • A Câmara Municipal de Abrantes aprovou esta segunda feira, dia 15, um protocolo que permite a criação de um corpo de bombeiros na Associação Humanitária de Voluntários já existente. A proposta foi aprovada com os votos a favor dos vereadores eleitos pelo PS e com a abstenção dos vereadores eleitos pelo PSD. O vereador do ICA não participou nesta reunião.

    A autarquia presidida por Maria do Céu Albuquerque (PS) vê assim ratificada a sua pretensão de ceder a gestão do corpo de bombeiros municipais a uma associação criada para o efeito, processo que tem sido contestada pelo Sindicato e pela Associação Nacional de Bombeiros Profissionais.

    "Um corpo de bombeiros integrado na Associação Humanitária (AHBVA) está em melhores condições para prosseguir a missão de prevenção e segurança contra riscos de incêndio, acidentes, socorro e participação em atividades de proteção civil a levar a efeito de forma coordenada no concelho de Abrantes", justifica a autarca, em comunicado.

    Esta decisão, acrescenta, "gerou nos últimos dias várias reações na opinião pública e publicada, passando em alguns dos casos a imagem de que a Câmara se está a desobrigar das suas responsabilidades em matéria de proteção civil e, mais grave, que o processo poderá pôr em causa o socorro às populações ao concelho".

    O documento adianta que "muito do que tem sido dito não corresponde à verdade", apontando para "limitações impostas pelas leis orçamentais recentes, incapacidade de meios para suportar um corpo de bombeiros totalmente profissional" e a "redução da disponibilidade de pessoal para a prestação de atividades de bombeiro voluntário", trabalhos que a Câmara de Abrantes deixou de poder gratificar.

    O protocolo vai permitir à autarquia "investir e disponibilizar os meios necessários para que o corpo de bombeiros funcione com as melhores condições possíveis".

    A Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP) e o Sindicato de Bombeiros Profissionais (SNBP) anunciaram na sexta-feira a realização de um protesto em Abrantes com corporações de todo o país em defesa da manutenção dos bombeiros municipais naquele município.

    Em comunicado conjunto, os representantes daquelas duas entidades afirmam acompanhar com "preocupação e perplexidade" as decisões tomadas pela Câmara de Abrantes no que toca ao destino que pretende dar à corporação de bombeiros municipais, constituída por um corpo misto de profissionais e voluntários.

     

    PSD absteve-se

    Os vereadores eleitos pelo PSD referem as dúvidas suscitadas pelo comunicado da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais e do Sindicato Nacional de Bombeiros Profissionais e justificam a sua abstenção com "a pouca e contraditória informação" disponibilizada e com a "má experiência com a aprovação do anterior protocolo com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Constância, que, afinal, não era tão transparente, nem inocente, como aparentava".

    Os comunicados podem ser lidos  aqui

     

     

    notícias relacionadas

  • O Salão Nobre do Edifício dos Paços do Concelho de Vila de Rei recebeu, na tarde de 11 de Abril, um briefing descontinuado do Centro de Coordenação Operacional Distrital de Castelo Branco.

    A iniciativa contou com a presença do Comandante Distrital de Operações de Socorro, Rui Esteves, dos Comandos Distritais da Polícia de Segurança Pública, Polícia Judiciária e Guarda Nacional Republicana, dos representantes do Instituto Nacional de Emergência Médica, Instituto de Conservação da Natureza e Floresta, Estradas de Portugal, Força Especial de Bombeiros e do Presidente da Federação Distrital de Bombeiros, bem como do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, e responsável pelo pelouro da Protecção Civil, Ricardo Aires.

    Durante a reunião, foram apresentadas as actividades de cada uma das instituições para o ano de 2013, tendo sido feita uma reflexão, análise e procura de soluções para que estas entidades continuem a melhorar os seus serviços a prestar à população.

    Os planos elaborados e apresentados pelos serviços da Autarquia de Vila de Rei foram alvo de bastantes elogios por parte das entidades presentes, tendo sido realçada a forte aposta nas medidas preventivas a adoptar e na optimização dos meios e recursos disponíveis.

    Simultaneamente, decorreu ainda a Comissão Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios, onde foi aprovado o Plano Operacional Municipal para o ano de 2013, que definiu as medidas de defesa contra incêndios, e os trabalhos de silvicultura preventiva, mais concretamente a rede primária de gestão de combustível.

    Ricardo Aires, Vice-presidente da Autarquia Vilarregense, adiantou que “o Município de Vila de Rei encontra-se sempre disponível para receber, nas suas instalações, este tipo de acções que visam discutir e encontrar soluções que permitam uma maior segurança e bem-estar das populações.”

  • O Centro Distrital de Santarém da Segurança Social e o Município de Sardoal promovem, esta sexta-feira, dia 19 de abril, a Conferência/Debate “Estou desempregado, o que posso fazer?” que se realiza, pelas 14h30, na sala multiusos do Centro Cultural Gil Vicente.

    Esta iniciativa, que se enquadra no âmbito Plataformas Supraconcelhias, do Plano de Ação de 2013, do Conselho Local de Ação Social de Sardoal, tem como oradores Frederico Lucas (empreendedor do conceito “Novos Povoadores”), Patrícia Rocha (Fundação Manuel Violante), João Cotter Salvado (Centro de Formação e Investigação em Empreendedorismo Social), Tiago Leite (Diretor do Centro Distrital de Santarém da Segurança Social) e Miguel Borges (Vice-Presidente do Município de Sardoal).

    Nesta Conferência/Debate vai ser discutida e analisada a temática das alternativas existentes à situação de desemprego.

    A participação é gratuita e aberta a todas as pessoas desempregadas ou jovens à procura do primeiro emprego, técnicos de apoio social e/ou solidariedade e público em geral.

  •  

     

     

     

     

    Comemorações

    do 25 de Abril

     

      

     

     

    Entroncamento Gavião Mação
         
       
         
      COMENDA  
       
         
         
         
    Ponte de Sor Sardoal Vila Nova da Barquinha
         
         
         
         
         
    Constância Abrantes Chamusca
         
         
         
    STA MARGARIDA RIO DE MOINHOS  
     
         
         
  • Entre 17 e 20 de Abril a AJAF – Associação Juventude Ação no Futuro organiza as Jornadas da Juventude de Abrantes de 2013. Uma iniciativa que conta com o apoio da Câmara Municipal de Abrantes e que tem como tema central o “Emprego e Empreendedorismo”.

    Com um programa bastante diversificado, quer nas iniciativas, quer ainda nas temáticas a abordar, serão quatro dias em que os jovens podem participar em diferentes Workshops, iniciativas musicais, mas também no IX Encontro Municipal de Associações de Juventude que irá preencher o último dia com atividades na freguesia do Souto.

     

    Programa

    17 Abril

    10h30 // Parque Urbano de Abrantes – São Lourenço
    “Empreender” Maria do Céu Albuquerque; Presidente da Câmara Municipal de Abrantes

    14h00 // Praça Barão da Batalha
    Antigas Garagens da Rodoviária [em condições atmosféricas adversas]
    Bandas de garagem e novos projetos musicais de jovens do concelho de Abrantes: Alce; Aula de Zumba [dinamização do LADIES FIRST]; Dog Days; Slow dj set

    14h00 // Parque Radical de Abrantes
    Workshop de Skate “GoSk8 Wednesday”
    Promoção do Cartão Jovem Municipal de Abrantes
    Org: Município de Abrantes / Shoveit Streetwear & Skateshop

    18 Abril

    12h00 // Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes

    14h30 // Escola Secundária Dr. Solano de Abreu
    Apresentação da oferta formativa
    Instituto Politécnico de Tomar

    18h30 // Auditório da Cidade Desportiva de Abrantes
    Workshop: o que fazer para procurar emprego? José Alves Jana
    Org: FAJUDIS – Federação das Associações Juvenis do Distrito de Santarém
    Inscrições: juventude@cm-abrantes.pt ou fajudis@gmail.com

    19 Abril

    10h15 // Escola Secundária Dr. Solano de Abreu

    15h00 // Escola Octávio Duarte Ferreira
    Workshop – Empreendedorismo, Associativismo e Voluntariado
    Org: Instituto Português do Desporto e Juventude

    21h00 // Edifício Pirâmide
    Desafios e oportunidades para os jovens
    Miguel Muñoz Duarte I Match; Pedro Saraiva Diretor executivo da TagusValley; Carlos Manuel Pereira
    Diretor Regional IPDJ Lisboa e Vale do Tejo; Luís Filipe Dias Moderador

    20 de Abril

    Sociedade Rereativa do Souto
    IX Encontro Municipal de Associações de Juventude

    09h00 Peddy papper “Nos trilhos da Cidadania do Souto”

    13h00 Almoço partilhado

    14h00 Feira do Empreendedorismo; Formação e Emprego; Promoção do Cartão Jovem Municipal de Abrantes

    16h00 Fórum “Empreendedorismo, Formação, Oportunidades”

    17h30 Casos de Sucesso

    18h00 Grupo de cantares da Sociedade Recreativa do Souto

    19h00 Assinaturas dos contratos-programa FINABRANTES

    20h00 Churrasco

    21h00 ESTATUNA Tuna da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes

    22h30 Animação com o duo musical “Bruno e Matias”

    01h00 DJ Mossy

  • O Chefe de Estado-Maior do Exército (CEME) anunciou hoje a criação e instalação de uma nova unidade em Abrantes, uma estrutura vocacionada para apoio militar de emergência à proteção civil e a situações de catástrofe.

    A unidade militar hoje anunciada - "robusta, multifacetada e polivalente" -, vem na sequência da publicação do novo Conceito Estratégico de Defesa Nacional (CEDN), e aponta para que a nova unidade se revista de uma capacidade mais estruturada em termos militares de emergência no apoio à proteção civil e em situações de calamidade.

    Em declarações aos jornalistas no Quartel de S. Lourenço, em Abrantes, à margem das cerimónias comemorativas do Dia da Arma de Cavalaria e do 123º Aniversário da Escola Prática de Cavalaria (EPC), o General Artur Pina Monteiro disse que a unidade que ali vai ser criada será uma "unidade pivô, mais especializada em termos de capacidade instalada, e capaz de poder dar resposta oportuna ao exército e às populações", em situação de emergência.

    "É uma nova unidade e vai ficar em Abrantes, numa localização central, que sempre foi de expectativa estratégica e vai continuar a ser", notou, tendo referido ainda "a proximidade de outros campos militares", nomeadamente em Tancos e Santa Margarida.

    Questionado sobre a diminuição do número de militares e civis a trabalhar no Exército, no âmbito do documento enquadrador da reforma intitulado "Defesa 2020" e que prevê uma redução de efetivos, o CEME disse que o processo de ajustamento "será gradual", não quantificando a percentagem ou o número de militares envolvidos.

    "Estamos a trabalhar nisso, em termos de dispositivo e reorganização das forças", respondeu.

    O Comandante do Exército confirmou na cerimónia a passagem da EPC de Abrantes para a nova Escola das Armas, em Mafra, uma unidade que "vai polarizar o saber das cinco escolas" existentes no país, tendo perspetivado que o processo de implementação se inicie no último trimestre deste ano.

    Pina Monteiro disse ainda que a Cavalaria "vai continuar a ter um papel determinante" no Exército como "uma das suas principais armas", tendo referido ser "intenção" que "continue" a ter as suas unidades em Braga, Estremoz e em Lisboa, no Regimento de Lanceiros, para além das unidades operacionais em Santa Margarida.

  • Encontra-se já aberto ao público o primeiro Bikotel do Concelho de Vila de Rei, situado na aldeia de Xisto de Água Formosa.

    A nova infra-estrutura é uma unidade de alojamento de ciclistas, com um conjunto de serviços criados a pensar em colmatar todas as necessidades básicas destes atletas.

    O Bikotel de Água Formosa possui garagem e parque de estacionamento exterior de bicicletas, serviço de lavagem e secagem de roupa, local para lavagem de bicicletas, refeitório, mini-oficina e dois percursos criados para os atletas, com mapas, dados técnicos e tracks GPS.

    Um dos trajectos foi criado para BTT, numa extensão de 24,7 km, enquanto que o segundo percurso é realizado em estrada, numa extensão de 89 km, passando por alguns dos principais pontos turísticos do Concelho, como o Penedo Furado, Zaboeira, Fernandaires e o Centro Geodésico de Portugal.

    Para reservas ou mais informações pode visitar os websites http://a2z-adventures.com/bikotels_new/bikotel.php?ca=86 ou www.aguaformosa.com.

  • Mação recebeu, nos dias 13 e 14 de Abril, uma acção de formação destinada a Comandantes dos corpos de Bombeiros, sobre a utilização de bulldozers no combate aos incêndios florestais. Estiveram presentes, em formação, 22 Comandantes de Bombeiros das regiões centro e sul do país.

    Esta acção de formação organizada pela Autoridade Nacional de Protecção Civil, contou com o apoio do Município de Mação e teve como objectivo sensibilizar os Comandantes da importância e eficácia desta técnica de combate aos incêndios, bem como das regras e cuidados para a sua correcta aplicação. Pretende-se dinamizar esta forma de combate a nível nacional.

    Tendo a Câmara Municipal de Mação uma grande experiência na utilização desta técnica de combate aos incêndios florestais, foi realizada pelo Vereador António Louro uma apresentação sobre a sua utilização bem como do dispositivo Municipal de Vigilância e Primeira Intervenção e organização do Serviço de Protecção Civil.

    A Autarquia cedeu duas máquinas bulldozer para a realização dos exercícios de campo. Participaram nesta iniciativa enquanto formadores, o Comandante Distrital de Castelo Branco Rui Esteves e o Segundo Comandante Distrital de Santarém Rui Natário, bem como dois manobradores do Município.

  • As Feiras de Artesanato tiveram início em 2011, com a reabertura do Posto de Turismo. Este ano, voltam a Mação, ao Largo dos Bombeiros, no dia 27 de Abril. Além do crescente número de artesãos inscritos, o que proporciona maior oferta, tem sido criada uma ligação das pessoas àquele espaço que torna Mação mais vivo ao sábado.

    Por iniciativa dos próprios artesãos, em 2013 as Feiras serão também descentralizadas da Vila decorrendo um pouco por todo o Concelho. Destaque ainda para o Quiosque de Artesanato aberto em Agosto no Largo dos Combatentes.

    De sublinhar também as actividades de pinturas faciais durante o dia, para os mais novos, e o stand de café, bolinhos e pão caseiro dos Bombeiros Voluntários, uma forma de ajudar a instituição.

     

    Programa das Feiras de Artesanato

    27 de Abril – Mação

    5 de Maio – Amêndoa (no âmbito da Festa da Santa Cruz)

    25 de Maio – Mação (coincide com a passagem da Mini Volta a Portugal em Cicloturismo)

    29 de Junho – Mação

    21 de Julho – Mação (coincide com a Feira de Santo Aleixo)

    9 a 31 de Agosto (Quiosque de Artesanato em Mação)

    18 de Agosto – Carvoeiro (coincide com a Feira Anual)

    31 de Agosto – Mação

    5 de Outubro – Mação

    2 de Novembro – Aboboreira (no âmbito do Festival das Migas)

    3 de Novembro – Mação (Feira dos Santos)

  • Santarém é um dos oito distritos que em Portugal Continental estão sob aviso amarelo, prevendo-se a ocorrência de vento forte com rajadas na ordem dos 70 km/h.

    O alerta do Instituto Português do Mar e da Atmosfera teve início hoje, pelas 09h00, terminará às 3h00 da madrugada desta sexta-feira, dia 19 de Abril.

  • À semelhança do que se tem verificado em anos anteriores, a Câmara Municipal do Entroncamento comemora, a 20 de maio, o Dia Municipal do Idoso. Para assinalar esta data, o Município vai promover diversas atividades, cujo programa será divulgado oportunamente.

    O evento é dirigido aos idosos residentes no Concelho, com idade superior a 60 anos, carecendo de inscrição prévia. As inscrições para participar decorrem até dia 3 de maio, nos Serviços de Apoio Social da Câmara Municipal, sendo necessário, no ato da inscrição, a apresentação do Cartão de Identificação ou do Cartão Municipal do Idoso (para idosos com idade superior 65 anos).

  • Iniciaram no dia 28 de março, as obras de construção da nova ETAR (Estação de Tratamento de Águas Residuais) do concelho do Entroncamento. A empreitada, que foi consignada pela Águas do Centro, S.A. ao Consórcio “Espina & Delfin/Factor Ambiente/MJC”, tem um valor de 5.500.000,00€ e um prazo de execução de 510 dias.

    Situada na área limite do concelho, na zona sul, tratará um efluente de 25.000 habitantes e possuirá linha processual de tratamento que integrará tratamento preliminar, tratamento biológico, filtragem e desinfeção, cumprindo todos os requisitos legais de modo a promover o equilíbrio biológico e ambiental.

  • De acordo com a REFER – Rede Ferroviária Nacional, EPE, o contrato para a Empreitada de Construção da Passagem Superior Pedonal (PSP) na Estação Ferroviária do Entroncamento, terá início previsto para o mês de julho, com prazo de execução do projeto de 30 dias. A empreitada tem o valor de 210.000,00€ e um prazo de execução de 90 dias de calendário. A conclusão da empreitada e a abertura ao público da Passagem Superior de Peões, estão previstas para o mês de dezembro.

  • A Santa Casa da Misericórdia da Golegã promove em Maio a XI Marcha do Coração Avós e Netos e a VI Caminhada do RH.

    A primeira está agendada para dia 6 de Maio, com partida marcada para as 10 horas. Com a participação das crianças do Jardim de Infância, a marcha terá o seguinte percurso: Jardim-de-infância na Rua Luís de Camões / Rua José Relvas / Rua Dr. José Pedro Campos Marreca / Rua D. Afonso Henriques / Rua Infante D. Henrique / Rua João de Deus / Campus Misericórdia.

    A VI Caminhada do RH “Redescobrir a história da Golegã” terá lugar dia 9 de Maio, em Quinta-feira da Ascensão, com início pelas 8h30.

    Aberto a toda a população, as inscrições podem ser efectuadas pelo email ana.lucia@misericordiagolega.pt ou através dos números 249979114 e 969787941.
     

  • O Parque de Feiras de Vila de Rei vai receber, de 27 de Julho a 4 de Agosto, a XXIV edição da Feira de Enchidos, Queijo e Mel (FEQM).

    O evento, organizado pela Câmara Municipal de Vila de Rei, volta assim a divulgar da melhor forma os produtos endógenos e artesanais do Concelho e a promover as actividades empresariais Vilarregenses.

    Na edição de 2013, a FEQM volta a ser realizada durante nove dias, numa medida que, após a realização de um inquérito de satisfação, se provou ser do agrado de visitantes, expositores e comerciantes locais.

    O palco principal do Parque de Feiras de Vila de Rei volta também a receber grandes nomes do panorama musical português, dos mais variados estilos, tendo os visitantes da FEQM a oportunidade de assistir aos espectáculos de Augusto Canário e Amigos, Miguel Araújo, Graciano Ricardo, Quim Barreiros, João Só e Abandonados, Mafalda Arnauth e The Gift.

    À semelhança dos anos anteriores, o programa da XXIV edição do evento conta também com mais uma edição da Feira do Livro, exposições, animação de rua, rastreios de saúde, diversas actividades desportivas, tasquinhas e com a realização da 22ª Colheita de Sangue de Vila de Rei e da 3ª Colheita de Medula Óssea.

    O certame irá contar com mais de uma centena de expositores oriundos de vários pontos do país, que apresentarão variados produtos artesanais, para além da gastronomia regional e dos sectores de serviços, industriais e comerciais do concelho de Vila de Rei.

    Os visitantes podem, uma vez mais, saborear os deliciosos enchidos, queijo e mel da região, admirar e adquirir o típico artesanato local e deliciar-se com a óptima gastronomia regional nas esplanadas instaladas no recinto da Feira.

  • O protocolo aprovado entre a Câmara de Abrantes e a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Abrantes (AHBVA) entra em vigor na data da criação do corpo de bombeiros. Em comunicado, a autarquia abrantina propõe-se "a investir e disponibilizar os meios necessários para que o corpo de bombeiros funcione com as melhores condições possíveis, em prol dos munícipes de Abrantes e da região, dentro das suas competências nesta matéria".

     

    Equipamento e Património

    O Património imóvel, constante das instalações do quartel de bombeiros na Av. D. João I em Abrantes e os veículos são cedidos à AHBVA a título de comodato para o funcionamento do quartel de bombeiros sob gestão da Associação Humanitária, não podendo a Associação fazer alterações estruturais, sem consentimento da Câmara. Fica estipulado que o serviço municipal de proteção civil também utiliza parte adequada das instalações, e, sempre que necessário, também o Município.

     

    Recursos Humanos

    A gestão dos recursos humanos empregues é da exclusiva responsabilidade da Associação Humanitária. A Câmara cede os seus colaboradores atualmente em funções nos bombeiros, de acordo com a sua vontade e de acordo com o estabelecido pela legislação em vigor, podendo os mesmos optar entre a cedência por interesse público para a Associação Humanitária, conservando os direitos da carreira de origem, designadamente a contagem, na categoria de origem, do tempo de serviço prestado em regime de cedência, ou permanecer na autarquia em funções equivalentes em termos remuneratórios. A qualquer momento poderão por termo à cedência e ser reintegrados na Câmara Municipal. Independentemente da opção, ninguém perde regalias, nomeadamente ao nível remuneratório. Os bombeiros voluntários poderão solicitar a passagem para o corpo misto de bombeiros voluntários.

     

    Encargos

    Os encargos relativos a consumos de energia, água, gás, consumíveis e combustíveis são suportados pela AHBVA.

    Para fazer face aos encargos fixos do corpo de bombeiros, e uma vez que a Associação Humanitária é uma entidade sem fins lucrativos, o Município atribui um subsídio mensal à Associação tendo por base o duodécimo dos encargos anuais, cujo valor atual são 620 mil euros. A Câmara apoiará investimentos, caso a caso, na parte não comparticipada por outras entidades. Por sua vez, a AHBVA deve apresentar semestralmente relatório de execução da receita e da despesa relativo ao funcionamento do corpo de bombeiros.

     

     

    notícias relacionadas

  • Ocorreu esta tarde, um acidente de viação na EN 118, em Coalhos, Abrantes, entre veículo pesado de passageiros e pesado de mercadorias. De registar dois feridos e um encarcerado tipo 2.

    Ao local deslocaram-se a VMER médio tejo, o INEM Abrantes e as viaturas ABSC06, VSAT01 e VTPT01 de Abrantes.

    Segundo o Bombeiros Online, a via encontra-se cortada nos dois sentidos.

  • Um jovem de 22 anos foi detido pela GNR de Tramagal, pelas 18h20 de ontem, dia 18, depois de roubar os brincos de uma idosa na via pública.

    Após ter arrancado com violência os brincos das orelhas de uma idosa, que seguia na rua, o indivíduo entrou no carro de conhecidos seus que parou no local do delito e fugiu. Efetuadas algumas diligências no sentido de localizar o suspeito, este foi detido junto da estação de caminhos-de-ferro de Santa Margarida ainda na posse do produto do roubo.

  • No âmbito do projecto “Médio Tejo Gestão em SIG”, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, já estão online as plantas de localização do Município de Vila Nova da Barquinha.

    Este sistema de informação geográfica pode ser consultado em http://sig.mediotejo.pt/CMVNBARQUINHA/GeoCMSPortal/Maps.aspx.

    Através deste website, o munícipe pode efectuar pesquisas cadastrais e por nome de Rua, assim como a consulta e impressão de plantas relativas a Cartografia, ao Plano Director Municipal, Infra-estruturas, Cadastro e Ortofotomapas.

    O MuniSIG Web é uma solução desenvolvida como resposta às necessidades específicas das autarquias. O seu objectivo primordial é o dotar as autarquias com uma ferramenta universal de publicação, pesquisa, consulta e actualização de informação geográfica.

  • O Município de Sardoal divulgou, através do Edital n.º14/2013, de 11 de abril, a aprovação das denominações para os arruamentos de Santiago de Montalegre, propostos pela respetiva Junta de Freguesia.

    Assim, as ruas, travessas e largos dos lugares de Codes, Salgueira, Portela da Selada, São Domingos, Lomba, Cerro, Lobata, Casal dos Pombos, Brescovo, Amieira, Mogão Cimeiro, Lameiras, Mivaqueiro e Mogão Fundeiro, já têm nomes atribuídos e aprovados oficialmente.

    A proposta das denominações foi analisada pela Câmara Municipal, em setembro do ano passado, tendo o processo seguido os seus trâmites normais.

     

  • Foi aprovada a candidatura do Município de Abrantes ao PRODER (Programa de Desenvolvimento Rural) para a limpeza da floresta contra incêndios e faixas de proteção, no valor de 548.800€ (quinhentos e quarenta e oito mil e oitocentos euros).

    O projeto tem como principais objetivos a prevenção estrutural dos espaços, pessoas, bens e património florestal, através do tratamento de áreas florestais com intervenções ao nível do controlo de vegetação, redução de densidade, desramações e podas, favorecendo assim uma descontinuidade vertical e horizontal dos combustíveis, minimizando o risco e a progressão de incêndios.

  • O Comando Distrital da PSP de Santarém, através da divisão policial de Tomar, Esquadra do Entroncamento, deteve, ontem (dia 20) à noite, um homem, de 39 anos, por suspeita de tentativa de homicídio.

    A detenção ocorreu na residência do suspeito, onde vive com a mãe, de 67 anos, depois de o mesmo ter atingido a sua progenitora com um cutelo de cozinha. A senhora sofreu um corte de 5 a 6 centímetros, na zona posterior da cabeça. Transportada ao hospital da área, a vítima regressou a casa durante a manhã de hoje.

    O suspeito foi entregue à Polícia Judiciária de Leiria, que se encontra a realizar exames técnicos e que o irá apresentar amanhã, a primeiro interrogatório judicial, no tribunal judicial do Entroncamento.

  • "Gestão, Saúde e Apoio Social: Qual o Futuro?" é o tema a debater, dia 14 de Maio, no Campus da Santa Casa da Misericórdia da Golegã.

    O Colóquio, agendado para as 10 horas, surge na necessidade de promover os valores e a importância da gestão e dos profissionais de saúde como especialidades importantes no apoio social e no futuro das organizações de apoio social.

    O evento conta com a Organização da Santa Casa da Misericórdia da Golegã e com o Apoio do Instituto Politécnico de Tomar.

     

    PROGRAMA

    10h00
    Abertura
    Provedor SCM Golegã
    Diretora da ESG Tomar
    Representante CM Golegã
    Representante da União das Misericórdias

    Coffe – Break

    10h45
    Importância das Organizações de Apoio Social
    José Amendoeira (Professor Doutor ESSS)
    Mariano Cabaço (União das Misericórdias Portuguesas)
    Lídia Gameiro (Segurança Social Santarém)
    Moderador: Mª Céu Freire (Associação dos Ferroviários)

    14h00
    Abertura das “Sénior Residence”

    14h30
    Gestão para as Organizações
    Pedro Marques (EX-Diretor Executivo ACES Serra Aire)
    André Escórcio Soares (Docente IPT)
    Gonçalo Silva (Gestor de Projetos da Mutação)
    Rui Pascoal (Gestor da Qualidade do Centro de Assistência Social de Tomar)
    Moderador: Jorge Simões (Professor Doutor ESGT)

    16h30
    Encerramento
    Marcelo Mendes (EX- Assessor Imprensa Governo Civil de Santarém)

  • A Câmara Municipal de Mação promove, em parceria com a Associação Pinhal Maior, mais um interessante evento gastronómico, desta vez o Festival de Enchidos, Presuntos e Maranhos, que arranca no próximo dia 11 de Maio prolongando-se até 30 de Junho.

    Esta iniciativa surge depois do Festival da Lampreia, que decorreu em dez restaurantes do Concelho, entre 23 de Fevereiro e 14 de Abril, com sucesso comprovado. Integram ambos um calendário gastronómico composto por quatro Festivais, delineado pela autarquia com a colaboração dos restaurantes do concelho que aderem aos mesmos.

    O Festival de Enchidos, Presuntos e Maranhos terá igualmente dez restaurantes aderentes que, tendo por base a Carta Gastronómica “À Mesa em Mação”, irão apresentar pratos típicos locais que envolvam os produtos mencionados, sendo que os maranhos e enchidos estarão presentes diariamente nas suas ementas. Cada restaurante apresentará depois, neste âmbito, pratos tradicionais variados em dias estipulados e também na própria carta.

    O Festival dos Arrozes, de 3 de Agosto a 8 de Setembro, e o Festival do Azeite Novo, Migas e Almeirão, de 15 de Novembro a 31 de Dezembro, completam o calendário gastronómico.

  • O Vilarregense Futebol Clube, com o apoio da Câmara Municipal de Vila de Rei, organiza, dia 18 de Maio, o I Passeio de Tractores. A iniciativa prevê juntar dezenas destes veículos, que percorrerão várias localidades do Concelho.

    A concentração está marcada para as 9 horas, junto ao Estádio Municipal, onde decorrerá a abertura do secretariado e o pequeno-almoço. O início do passeio terá lugar pelas 10 horas.

    A inscrição para o I Passeio de Tractores inclui seguro pessoal durante o evento, pequeno-almoço, almoço e uma lembrança. Todos os interessados deverão realizar a sua inscrição até ao dia 16 de Maio, através dos números 969 389 094, 961 830 474 ou 918 404 304.

  • O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) estima em cerca de 70 por cento a adesão dos enfermeiros do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), que hoje (dia 26) protestam pela alegada falta de condições técnicas e humanas de trabalho.

    Joaquim Esperancinha, presidente do Conselho de Administração (CA) do CHMT, admitiu que os números de adesão à greve "deverão andar perto" dos valores avançados pelo sindicato, sublinhando que os serviços mínimos estão assegurados.

    Com 670 enfermeiros nos três hospitais do CHMT - Abrantes, Tomar e Torres Novas -, estes profissionais dizem estar "no limite" da sua capacidade operacional e alertam para as "sucessivas reuniões com o conselho de administração e a contínua não resolução de problemas graves".

    Helena Jorge, do SEP, disse que os enfermeiros "não aguentam mais o desgaste porque atingiram o limite físico e psicológico" e que "o atual estado de coisas coloca em risco a qualidade e segurança dos cuidados aos utentes".

    A dirigente sindical afirmou que os enfermeiros não vão aceitar “fazer mais horas extraordinárias” e que não há profissionais em número suficiente “para dar resposta ao serviço e para a prestação de cuidados no serviço cirúrgico pós-operatório".

    "Como não nos apresentam uma solução para este problema, as nossas reivindicações vão continuar em cima da mesa até que alguém se decida a resolvê-las", vincou.

    Joaquim Esperancinha disse que “a situação vivida pelos enfermeiros não é recente", tendo sido detetada aquando da tomada de posse do CA, no final de 2011.

    "Vamos pagar tudo o que tivermos a pagar, de 2012 para cá, em dinheiro ou em tempo, mas temos de elaborar um plano de pagamento, uma vez que esta questão não se pode resolver de dia para o outro", disse Esperancinha.

    Este responsável disse que o CA vai voltar a reunir com o sindicato dentro de três meses para apresentar um plano para a resolução dos problemas. 

  • A Associação Bandeira Azul da Europa, ABAE fez hoje, 30 de Abril, o anúncio oficial das Praias Costeiras e Fluviais, Portos de Recreio e Marinas galardoadas com a Bandeira Azul 2013.

    A Praia Fluvial de Carvoeiro, no Concelho de Mação, foi distinguida pelo 7.º ano consecutivo. Refira-se que na região hidrográfica do Tejo apenas foram galardoadas duas Praias Fluviais, a de Carvoeiro, em Mação e Valhelhas, na Guarda.

    A Bandeira Azul é atribuída mediante critérios de qualidade da água, de informação e educação ambiental, de gestão ambiental e de equipamentos e segurança. Para a Câmara Municipal de Mação esta distinção vem provar a qualidade da Praia Fluvial de Carvoeiro que, ano após ano, é mais visitada e destino de férias de muitas centenas de pessoas tendo sido vários os prémios e distinções que esta Praia tem recebido ao longo dos anos.

    A Praia Fluvial de Carvoeiro localiza-se na localidade que lhe dá o nome, a cerca de 25 minutos de Mação. Tem sido uma agradável surpresa para todos os que a visitam, não só pelo enquadramento natural, mas também pela qualidade e beleza das infra-estruturas que compõem este equipamento. Dispõe de vários equipamentos que permitem ao visitante passar ali um dia agradável, como Balneários, Bar, Parque de Merendas, Churrasqueira e está dividida com zona de banhos para adultos e para crianças.

  • O novo Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes, a inaugurar na terça-feira em Alcanena, é a primeira estrutura do género a ser criada no Médio Tejo, região com 11 municípios e cerca de 240 mil habitantes.

    O novo Centro – CLAII - visa dar respostas ao nível da informação e integração a todas as comunidades emigrantes da região do Médio Tejo, e a sua instalação em Alcanena decorre da candidatura apresentada pela autarquia local ao ACIDI - Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, efetuada em fevereiro deste ano.

    "Era nossa preocupação criar uma oferta social alargada às várias características, proveniências e nacionalidades das pessoas que residem em Alcanena, procurando, assim, não deixar ninguém de fora", disse hoje à agência Lusa a presidente da Câmara Municipal.

    "A criação deste CLAII", continuou Fernanda Asseiceira, "vai ao encontro desse objetivo no âmbito de uma comunidade imigrante residente muito considerável e de um processo de proximidade na integração que sabemos ser muito importante, a par do trabalho que se desenvolve na inserção educacional dos filhos, mas também na socialização e no trabalho".

    Fernanda Asseiceira disse ainda que o projeto foi "muito bem acolhido" pelo Centro Nacional de Apoio ao Imigrante (CNAI) e pelo ACIDI pela "abrangência" do plano projetado.

    "A nossa proposta foi a de que este CLAII servisse toda a região do Médio Tejo, uma vez que ainda não existia uma resposta a este nível, e que servisse como ponto de proximidade onde as comunidades imigrantes pudessem recorrer para solicitar todo o tipo de informações, tendo ligação direta ao Alto Comissariado", precisou.

    A presidente da Câmara Municipal de Alcanena disse ser "difícil" quantificar o número de imigrantes no concelho e na região do Médio Tejo, tendo, no entanto, referido existir em Alcanena algumas "comunidades de dimensão considerável", provenientes de países como a Ucrânia, Roménia, Brasil, Guiné ou Cabo Verde.

    "São pessoas que estão inseridas na realidade profissional, social, educativa e desportiva do concelho mas são uma comunidade que necessita deste apoio de proximidade para uma efetiva e mais completa inserção nas várias realidades da região", observou.

    O novo CLAII vai funcionar de segunda a sexta-feira nas instalações do edifício de Desenvolvimento Social e Humano da autarquia, junto ao gabinete de inserção profissional, "rentabilizando" os recursos físicos e humanos existentes.

    O Médio Tejo abrange os municípios de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha - abrangem um território com cerca de 2.700 quilómetros quadrados para uma população na ordem das 240 mil pessoas.

  • O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) registou, pelas 12h59 desta terça-feira, dia 30 de Abril, a ocorrência de um sismo de magnitude 1.3 em Ponte de Sor.

    Recorde-se que este ano foi registada, a 14 de Fevereiro, uma ocorrência de igual magnitude em Constância.

     

  • A Câmara Municipal de Abrantes revelou que foram detetadas concentrações de alumínio, superiores às dos valores recomendados, na água de consumo fornecida através do Sistema Público de Abastecimento de Bemposta. O abastecimento de água potável será assegurada à população pelos bombeiros de Abrantes.

    Até que a situação se regularize, aconselha-se a todos que não bebam nem confecionem alimentos com a água do sistema público. O abastecimento público continuará a ser feito na freguesia uma vez que a água poderá continuar a ser utilizada na higiene pessoal, em lavagens, nas regas e outros usos que não impliquem a ingestão. Também não deverá ser utilizada, em qualquer circunstância, a água de nascentes, fontanários ou poços, pois ao contrário da rede não são águas controladas.

    A autarquia esclarece que estes valores não resultam de nenhum problema relativo ao tratamento da água, e que estão relacionado com os solos, condições climatéricas com forte impacto no nível freático da zona envolvente e aumento progressivo dos caudais. 

    A Câmara Municipal de Abrantes afirma que estão a ser desenvolvidos todos os esforços para reposição da qualidade da água da rede de abastecimento em Bemposta. Os Serviços Municipalizados de Abrantes estão a monitorizar a situação e assim que se regresse aos valores regulamentares a população será informada. Como medida preventiva, os serviços municipalizados vão instalar um sistema com filtro que irá permitir corrigir esta situação.

  • O Agrupamento de Escuteiros 172 Abrantes está a desenvolver diversas actividades no âmbito das comemorações do seu cinquentenário.

    A próxima actividade, a realizar dia 4 de Maio, junto à Biblioteca Municipal de Abrantes, é a Amostra de Acampamento Escuta e Fogo de Conselho. Pelas 9h30 inicia-se a Montagem de Acampamento e pelas 21h30 tem lugar o Fogo de Conselho.

    A agenda integra ainda a Exposição dos 50 anos de Vida, patente de 8 a 15 de Junho, o Fórum Escuta e o Festival Escuta, a realizar a 8 de Junho, e um almoço convívio precedido de Eucarístia, a ter lugar a 9 de Junho.

  • A Freguesia do Souto, Abrantes, recebeu, a 20 de Abril, o IX Encontro de Associações de Juventude, que este ano foi promovido pela AJAF - Associação Juventude Acção no Futuro, com o apoio do município de Abrantes.

    O evento teve início com o Peddy-Paper “Nos Trilhos da Cidadania do Souto” que decorreu pela freguesia e à tarde os participantes puderam visitar a “Feira de Empreendedorismo, Formação e Emprego”, na qual estiveram presentes entidades e jovens que desenvolvem o seu trabalho nestas áreas.

    De seguida decorreu o Fórum “Empreendedorismo, Formação e Oportunidade” que contou com a presença da Diretora do Centro de Emprego e Formação Profissional do Médio Tejo, Lurdes Fernandes, do Diretor Adjunto da Agência para a gestão do Programa Juventude em Ação, Pedro Reis e da Presidente da CRES.SER – Associação de Desenvolvimento Pessoal e Comunitário, Ana Silvério.

    Ao final da tarde, e depois de um momento musical com o Grupo de Cantares da Sociedade Recreativa do Souto, foram ainda assinados os contratos-programa do FINABRANTES. O evento culminou com o desfrutar de um porco no espeto, e com a animação pelo Duo musical Bruno Matias, seguindo-se o DJ Mossy.

  • Pedro Dinis Gaspar, com raízes na aldeia de Penedo, em Vila de Rei, foi distinguido, no dia 2 de Abril, em Paris, com o prémio “Papers Award”, como reconhecimento pela investigação científica desenvolvida na melhoria do desempenho térmico e da eficiência energética de sistemas/equipamentos de refrigeração.

    Professor do departamento de Engenharia Electromecânica da Universidade da Beira Interior, Pedro Gaspar venceu o prémio no seguimento da sua participação na 2nd IIR International Conference on Sustainability and the Cold Chain, organizada pelo International Institute of Refrigeration (IIR) em colaboração com a AFF (Association Française du Froid), Irstea (Institut national de recherche en sciences et technologies pour l'environnement et l'agriculture) and Cemafroid. 

    O International Institute of Refrigeration (IIR) é a única organização intergovernamental independente de base científica e tecnológica que promove o conhecimento da refrigeração e tecnologias associadas que melhorem a qualidade de vida de uma forma económica e ambientalmente sustentável, incluindo: qualidade e segurança alimentar do produtor até ao consumidor, conforto térmico em edifícios, produtos e serviços de saúde, tecnologia de baixa temperatura e tecnologia de gás liquefeito, eficiência energética, uso de refrigerantes ambientalmente amigáveis de uma forma segura. 

  • A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, identificou e deteve três homens, de 25, 31 e 85 anos de idade, pela presumível prática de um crime de homicídio, na forma tentada, ocorrido em finais de março deste ano, no Entroncamento.

    As detenções ocorreram na sequência de uma investigação, sendo apreendidas aos suspeitos uma pistola de calibre 7,65mm, duas pistolas de calibre 6,35mm e uma espingarda caçadeira, todas com as respetivas munições, sem autorização legal para o efeito.

    Para além disso, foram apreendidas 63 doses individuais de haxixe, aparentemente destinadas ao tráfico, e ainda duas notas falsas de 50 euros.

    Apresentados às autoridades judiciárias competentes, dois dos detidos, presumíveis autores da tentativa de homicídio, ficaram sujeitos à medida de coação de prisão preventiva.

    Ao terceiro foi-lhe aplicada, como medida de coação, a proibição de adquirir, deter e usar armas de fogo.

  • A Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém vai atribuir a Medalha de Serviços Distintos – Grau Ouro, ao Presidente da Câmara Municipal de Sardoal, Fernando Moleirinho. Esta cerimónia de atribuição vai ser realizada em Rio Maior, este domingo, dia 5 de maio, a partir das 14h30, nas instalações dos “soldados da paz”.

    A distinção a Fernando Moleirinho teve em conta a sua conduta pessoal e a mais-valia da sua ação “para a continuidade dos Bombeiros Municipais de Sardoal, contribuindo assim com notável evidência para o engrandecimento da Instituição de Socorrismo”.

    Esta Medalha de Serviços Distintos foi proposta, por unanimidade, pela Direção da Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém, em 4 de fevereiro passado, e aprovada pelo Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses. 

  • A Câmara Municipal de Abrantes não apresentou a candidatura da Praia Fluvial Aldeia do Mato ao galardão Bandeira Azul 2013, apesar de ter sido classificada como boa em 2012 pela Autoridade Nacional da Água.

    A autarquia justifica a decisão afirmando que "considera que os atuais critérios exigidos, impostos pela aplicação dos novos critérios relativos à qualidade da água balnear, nomeadamente dos previstos na Diretiva 7/2006/CE sobre a qualidade das águas balneares, não traduzem os excelentes resultados de qualidade da Praia Fluvial Aldeia do Mato". Assim, "o município revela a discordância da forma irreal como é aferida e classificada a qualidade da água balnear das praias".

    No entanto, "a autarquia continuará a desenvolver um trabalho de excelência no que respeita aos seus equipamentos, serviços, segurança e atividades, resultante de um grande empenho que tem vindo a ser aplicado na Praia Fluvial de Aldeia do Mato".

  • O Comando Distrital da Polícia de Segurança Pública de Santarém, através da Esquadra Policial de Abrantes, deteve, a 2 de maio, em flagrante delito, de uma cidadã, do sexo feminino, com 40 anos de idade, pela prática do crime de furto qualificado, tendo subtraído dez notas de 50 € a um cidadão de 80 anos de idade.

    A detenção ocorreu na localidade de Alferrarede e resultou de uma investigação desenvolvida pela Brigada de Investigação Criminal que intercetou a suspeita recuperando o valor subtraído. Durante o dia de sexta-feira foi presente a audiência de julgamento no tribunal de Abrantes, tendo-lhe sido aplicada pena de multa e obrigação de pagamento de indemnização à vítima.

    A PSP continuará atenta atuando preventivamente junto da população idosa. 

  • Convocada através do Facebook, na página não-oficial da freguesia, uma acção conjunta de um grupo de voluntários com a Associação de Caça e Pesca de Azinhaga realizou, a 4 de Maio, mais uma limpeza de jacintos-de-água nas lagoas designadas localmente como alvercas.

    A oportunidade da acção foi justificada pelo facto de a mais recente cheia do Tejo, em Abril de 2013, ter arrastado a grande maioria dos jacintos-de-água e ter deixado apenas aglomerados isolados de plantas, sobretudo junto às margens arborizadas. Contudo, esses aparentemente poucos jacintos-aquáticos, por força da sua reprodução vegetativa representam um perigo real de rápida propagação. "As plantas descendentes crescem a partir dos rizomas e a sua população duplica entre 6 a 18 dias", adverte Carlos Simões, um dos promotores da iniciativa no Facebook, que preconiza ainda "uma acção constante de remoção e monitorização destas plantas ainda relativamente isoladas", que considera "fundamental para impedir ou atrasar a re-infestação".

    Com essa preocupação em mente, a Associação de Caça e Pesca de Azinhaga, como aliás já vem fazendo desde a iniciativa "SOS Alvercas da Azinhaga" em Julho de 2011, irá monitorizar a expectável re-infestação e outras acções de cariz semelhante a esta serão realizadas com a ajuda de voluntários, sempre que se julgue necessário.

    Para esse efeito está na calha a constituição de uma associação, para já com a designação de "Grupo de Defesa das Alvercas da Azinhaga" que pretende "tornar permanente, e mais efectivo, o cuidado a ter com as nossas alvercas, património natural da freguesia de Azinhaga e do Concelho em que esta se insere", conforme se pode ler já na página web do grupo, em http://www.alvercas.azinhaga.net, e onde se encontram mais pormenores sobre a acção de hoje, bem como informações sobre Zonas Húmidas e o Jacinto-de-água, por exemplo. 

  • Estão abertas as inscrições para o Colóquio “Voluntariado – Enquadramento Jurídico” que a Avasocial / Banco Local de Voluntariado do Entroncamento, realiza a 8 de junho, a partir das 15 horas.

    Trata-se de mais uma iniciativa que se enquadra nas atribuições dos Bancos de Voluntariado e nos objetivos do Ano Europeu dos Cidadãos, que este ano se celebra em toda a Europa.

    O Colóquio é aberto a todos os públicos, embora se recomende vivamente a voluntários, dirigentes e técnicos de entidades que enquadram voluntários.

    As inscrições realizam-se presencialmente no Banco Local de Voluntariado – Rua 5 de Outubro 96 A – Entroncamento, nos sites, www.avasocial.org e www.voluntariadoemsaude.org bem como através do endereço eletrónico voluntariado.entroncamento@gmail.com. O prazo para inscrição termina a 27 deste mês de maio.

    Mais informação nos sites indicados e pelos telefones 249728338 e 933150002.

  • A Câmara Municipal de Mação promove, em parceria com a Associação Pinhal Maior, mais um interessante evento gastronómico, desta vez o Festival de Enchidos, Presuntos e Maranhos, que arranca sábado, dia 11 de Maio, prolongando-se até 30 de Junho. 

    Esta iniciativa surge depois do Festival da Lampreia, que decorreu em 10 restaurantes do Concelho, entre 23 de Fevereiro e 14 de Abril, com sucesso comprovado. Integram ambos um calendário gastronómico composto por quatro Festivais, delineado pela Autarquia com a colaboração dos restaurantes do Concelho que aderem aos mesmos. 

    O Festival de Enchidos, Presuntos e Maranhos terá igualmente 10 restaurantes aderentes que, tendo por base a Carta Gastronómica “À Mesa em Mação”, irão apresentar pratos típicos locais que envolvam os produtos mencionados, sendo que os maranhos e enchidos estarão presentes diariamente nas suas ementas. Cada restaurante apresentará pratos tradicionais variados em dias específicos, sendo que nas suas cartas figurarão outros pratos típicos envolvendo os produtos desta iniciativa.

    – AVENIDA (Pica-Fino) - Mação
    Contactos: 966225784/241572585
    Cozido à Portuguesa – 3.ª feira | Arroz de Bucho – fim-de-semana

    – CASA CARDOSO - Envendos 
    Contactos: 965047832/961527716/241555134
    Favas – 3.ª feira | Cozido – 6.ª feira (por encomenda)

    – CASA VELHA – Mação
    Contactos: 918536199/241572632
    Rancho – domingo | Feijoada de Bucho – 4.ª feira

    – DONA FLOR – Penhascoso
    Contactos: 964841691
    Sopa da Pedra – 2.ª feira | Dobrada – 5.ª feira | Cozido – 6.ª feira

    – O CANTINHO – Mação
    Contactos: 964677705/241573367
    Grão da Malha – sábado | Arroz de Bucho – todos os dias 

    – O GODINHO – Mação
    Contactos: 962536310/241572874
    Cozido à Portuguesa – 4.ª feira

    – O PESCADOR – Mação
    Contactos: 934244472/241573180
    Couve com Feijão e enchidos grelhados - todos os dias

    – O PICARETO (antigo Kabra’s) – Ortiga
    Contactos:969008445/925304110
    Feijoada – 6.ª feira

    – O REGIONAL – Cardigos 
    Contactos: 274866858
    Maranho e Bucho Recheado – fim-de-semana (dias úteis por encomenda)

    – SOLAR DO MOINHO - Cardigos 
    Contactos: 910308055/274866505
    Cozido – 4.ª feira e domingo | Feijoada – 6.ª feira 

  •  

  •  

  • Alferrarede vai ter um stand na Feira Social, integrada na Semana da Educação Igualdade e Cidadania que decorre até domingo, dia 12 de Maio.

    Com o apoio da Junta de Freguesia, o stand é dinamizado pelo Centro Cívico, Cultural e Desportivo de Alferrarede Velha, pela Sociedade Recreativa Pró Casais de Revelhos, pelo Rancho Folclórico e Etnográfico de Casais de Revelhos e pelo Núcleo Sportinguista de Alferrarede. Para além de produtos frescos, pão e bolos para venda, existe ainda um quiosque para venda de cerveja e café. Os lucros reverterão a favor da Comissão Social de Freguesia de Alferrarede.

    Assim, a Junta de Freguesia de Alferrarede apela à visita e contributo de todos, ao visitar a Feira Social ou ao oferecer alguma produto para venda. Neste caso, pode ser entregue na sede da Junta de Freguesia, no sábado, entre as 9 e as 10 da manhã.

  • O executivo da Câmara Municipal do Entroncamento aprovou, por unanimidade, a abertura dos procedimentos para lançamento dos concursos públicos das empreitadas referentes à reabilitação/construção do “Edifício para Força de Segurança – Esquadra da PSP” e do “Edifício para Força de Segurança – Posto de Atendimento” do Entroncamento.

    O edifício onde irá funcionar a nova Esquadra da PSP – Polícia de Segurança Pública está localizado na Rua D. Afonso Henriques, junto à estação dos Caminhos-de-ferro. A estimativa orçamental máxima para a execução dos trabalhos é de 1.024.979,02 euros, tendo um prazo de execução de 16 meses. 

    O Posto de Atendimento, por sua vez, ficará situado na Rua Coronel Joaquim Estrela Teriaga, no Bairro Eng.º Frederico Ulrich, com uma estimativa orçamental máxima para a execução dos trabalhos de 154.719,76 euros e um prazo de execução de 8 meses.

  • O Portal de Geocaching e Aventura www.geopt.org está a promover, pelo terceiro ano consecutivo, os Prémios “GPS 2012 – Grandes Plásticos do Século”, que pretendem eleger a melhor cache portuguesa criada durante o ano de 2012, assim como a melhor cache de cada um dos 20 distritos de Portugal Continental e Regiões Autónomas.

    A concurso estão 393 caches nacionais, escolhidas segundo critérios objectivos de qualidade que levam em conta a opinião dos Geocachers que já as visitaram, estando o distrito de Castelo Branco representado com 8 caches, duas delas no Concelho de Vila de Rei.

    Da responsabilidade da equipa de Geocachers Vilarregense “Nocturnosbike”, as duas caches a concurso são intituladas de “A cache do nada”, escondida no percurso pedestre Trilho das Cascatas e que dá a conhecer esta zona rochosa com uma paisagem inigualável, e “A Gastronomia de Vila de Rei”, numa justa homenagem aos sabores regionais do Concelho, elevados a património cultural. 

    Todos os Geocachers registados em www.geopt.org poderão votar nas suas caches favoritas até Agosto de 2013, sendo que os resultados serão divulgados durante a cerimónia de entrega dos Prémios GPS, que deverá decorrer no início de Setembro.

    De recordar que, na edição de 2011, a cache “Paraíso Perdido – Vila de Rei” foi uma das vencedoras, tendo sido eleita como a melhor cache do distrito de Castelo Branco.

    O Geocaching é uma actividade lúdica que alia a caminhada e aventura outdoor com a tecnologia de localização por satélite através do uso de equipamentos GPRs. 

  • Estão abertas as inscrições para o Passeio de Cicloturismo de Sardoal, que se realiza a 16 de junho, integrado no programa dos festejos dos Santos Populares.

    Organizado pela Filarmónica União Sardoalense e pelo GETAS – Centro Cultural, o percurso será de 40 km, passando pelas quatro freguesias do concelho, com concentração às 8h30m, junto ao Pelourinho.

    As inscrições são limitadas e poderão ser efetuadas até 11 de junho, no Posto de Turismo de Sardoal, presencialmente ou através do telefone 241 851 498.

    Será obrigatório o uso de capacete e os participantes terão direito ao passeio, reforço, banhos, seguro, lembrança e almoço. Os acompanhantes poderão usufruir de uma Visita Guiada à Rota Religiosa do Sardoal e ao almoço. 

  •  

  • Sardoal promove, dia 26 de maio, mais uma edição da já tradicional Feira da Primavera, que se realiza anualmente no quarto domingo de maio. 

    Assim, a Praça da República, a Avenida Luís de Camões, a Rua Lúcio Serras Pereira e artérias adjacentes, vão receber mais uma vez a animação dos pregões dos feirantes anunciando desde vestuário, calçado, até às loiças, passando pelos utensílios agrícolas, ferros e variada produção alimentar.

    Esta feira é a mais recente que existe na sede do concelho e foi criada por volta de 1970, pelo então Presidente da Câmara, Dr. Álvaro Andrade e Silva Passarinho. Realizou-se durante anos no último domingo de março, na tentativa de aproveitar os feirantes que saíam da Feira de S. Matias, em Abrantes. Nos últimos anos, depois de várias experiências, foi transferida para o quarto domingo de maio.

    Em 1989 foram-lhe atribuídas características de Feira Franca, abolindo-se o pagamento dos terrados, o que permitiu melhorar a oferta e a procura. Os dias de feira no Sardoal configuram-se sempre, como momentos de grande animação e convívio.

  • A III Cãominhada de Vila de Rei, organizada pelo Vilarregense F.C., com o apoio da Câmara Municipal de Vila de Rei e do Instituto Vaz Serra, teve lugar na manhã do dia 11 de Maio, juntando cerca de 30 caminhantes e dos seus animais de estimação.

    O percurso do passeio teve início e fim na Aldeia do Xisto de Água Formosa, percorrendo as margens da Ribeira da Galega.

    A iniciativa foi, uma vez mais, um sucesso, marcada por grandes momentos de convívio e diversão entre “os melhores amigos do Homem” e dos seus donos, ao mesmo tempo que se promovia a prática do exercício físico. 

  • Os trabalhos de execução de um novo troço que ligará as aldeias de Lousa e Vale das Casas tiveram início a 29 de Abril, numa obra que irá permitir uma significativa aproximação entre as localidades e uma consequente diminuição do tempo necessário nas viagens dos seus habitantes.

    Adjudicada à empresa Américo R. Rolo – Construções Lda, a obra terá um custo de 148.032,55€, com um prazo de execução previsto para cinco meses.

    O troço que ligava as duas aldeias será assim alvo de trabalhos de terraplanagem, drenagens, pavimentação e colocação de equipamentos de sinalização e segurança.

    Ricardo Aires, Vice-Presidente da Autarquia, "a execução desta obra vai permitir que os habitantes das aldeias abrangidas pela remodelação da estrada tenham um acesso muito mais rápido e seguro nas suas deslocações, reforçando também a sua proximidade com a sede do Concelho". 

  •  

  • O Município do Entroncamento comemora, dia 20 de maio, a 10ª edição do Dia Municipal do Idoso, com o objetivo de proporcionar momentos de são e alegre convívio a toda a população sénior do Concelho.

    Como habitualmente, o evento foi preparado com especial cuidado, pois destina-se a uma faixa etária que primamos por acarinhar. Esta comemoração reúne mais de mil pessoas com idade superior a 60 anos, que tenha efetuado a sua inscrição nos Serviços de Ação social do Município.

    Todas as atividades comemorativas deste Dia Municipal do Idoso têm lugar no Pavilhão Desportivo Municipal, sendo o transporte disponibilizado gratuitamente pelo Município, a todos os participantes. 

    O evento, organizado pela Câmara Municipal do Entroncamento em colaboração com o Programa REVIVER, conta ainda com o apoio da Junta de Freguesia de Nossa Senhora de Fátima, da Junta de Freguesia de São João Baptista, da Associação dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento e da Policia de Segurança Pública - Esquadra de Entroncamento.

     

    Programa

    12h00 - Sessão de Boa vindas proferida pelo Sr. Presidente da Câmara Municipal, Jaime Ramos

    12h30 - Celebração da Palavra levada a efeito pelos Párocos José Luis Borga e Ricardo Madeira

    13h00 - Almoço-Convívio

    15h30 – Animação Musical a cargo da Acordeonista e Organista Sílvia Alcobia

  • A Aldeia do Xisto de Água Formosa tem, desde o dia 13 de Maio, placas toponímicas, colocadas em todas as ruas da aldeia.

    A consignação da empreitada teve lugar no dia 3 de Maio, à empresa Ambienti d’Intermi Unipessoal, Lda (Wallshape), pelo valor de 1.225,60€, estando a obra já executada.

    As placas colocadas, em tons de branco e castanho, possuem o brasão de Vila de Rei ao topo, o nome da rua e, em baixo, o logotipo da Rede de Aldeias de Xisto.

    Para Paulo César Luís, Vereador do Pelouro do Turismo da Câmara Municipal de Vila de Rei, "esta obra vem dotar a Aldeia do Xisto de Água Formosa, um dos ex-libris turísticos do nosso Concelho, de novas placas toponímicas indicativas dos nomes das ruas da aldeia, que possibilitam uma informação mais precisa aos milhares de pessoas que, anualmente, visitam Água Formosa". 

  • A biblioteca digital da Comissão de Coordenação e Desenvolvimentos Regional do Centro (CCDRC) conta com 20 novos livros em formato digital.

    No âmbito da sua estratégia de difusão de informação e reconhecendo a importância do espólio bibliográfico que foi reunindo ao longo dos anos, a CCDRC disponibiliza de forma gratuita cerca de 150 livros, que em muitos dos casos é único nas áreas do planeamento e desenvolvimento regional, ambiente e ordenamento do território e administração local.

    A Biblioteca de Livros Digitais da CCDRC pode ser consultada em http://bibliotecadigital.ccdrc.pt, onde se pode encontrar publicações recentes, antigas, periódicas ou estudos e monografias.

    Para Pedro Saraiva, Presidente da CCDRC, “esta iniciativa insere-se dentro de uma lógica de crescente aproximação da CCDRC ao exterior, enquanto entidade de referência ao apoio ao desenvolvimento do Centro de Portugal, neste caso através da partilha de informação e conhecimento.”

    Em breve serão criadas novas funcionalidades na aplicação que permitirão pesquisas nas publicações. Prevê-se ainda a digitalização do acervo bibliográfico existente no Centro de Documentação e Informação da CCDRC de publicações que já sejam do domínio público. 

  • Dois reclusos tentaram fugir, esta tarde, do Tribunal de Abrantes, quando iam ouvir a Leitura da Sentença. Um idoso ficou ferido durante a perseguição.

    Os jovens colocaram-se em fuga pelo Largo 1.º de Maio, sendo perseguidos pela Guarda Prisional que atingiu de imediato um dos fugitivos. Na perseguição, um idoso que se encontrava no estacionamento foi acidentalmente atingido num braço.

    O segundo recluso tentou escapar em direcção ao Rossio ao Sul do Tejo, no entanto, foi imobilizado, já com a ajuda da PSP de Abrantes, na Avenida Dr Solano de Abreu.

    Um dos detidos encontra-se em estado grave, tendo sido transferido para Lisboa e o segundo, atingido numa perna, já foi levado para Leiria. O idoso, residente em Coalhos, encontra-se a ser assistido no Hospital de Abrantes, apresentando ferimentos sem gravidade.

    O Comissário da PSP de Abrantes afirma que não foi requisitado reforço policial para esta situação, tendo os seus elementos sido chamados posteriormente.

    Os reclusos são da zona de Abrantes e encontravam-se detidos do Estabelecimento Prisional de Leiria, tendo tentado a fuga mesmo antes da entrada no edifício do Tribunal de Abrantes.

  • A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém e a UAERLVT – União das Associações Empresariais da Região de Lisboa e Vale do Tejo, encontram-se a dinamizar o ECOMOVEL, projecto que tem como objectivos principais, o desenvolvimento e a implementação de ferramentas no domínio do Eco-Design aplicadas ao sector do mobiliário, nomeadamente através da facilitação do diálogo entre empresas, Universidades e Centros de Investigação. 

    No âmbito da respectiva dinamização do projecto, encontra-se agendado para dia 23 de Maio (Casa do Brasil em Santarém), das 09h30m às 13h00m, o Evento Internacional de Encerramento do projecto, que irá contar com a participação de várias entidades a nível internacional.

    O projecto ECOMOVEL é liderado pela UAERLVT e conta com a participação de mais cinco parceiros: CSM - Centro Experimental do Móvel da Toscana (Itália), Cluster da Indústria de Mobiliário da Croácia (Croácia), CETEM - Centro Tecnológico da Madeira e do Mobiliário de Múrcia (Espanha), Câmara Profissional de Tessalónica (Grécia) e o FCBA – Instituto Tecnológico Nacional da Floresta, Madeira e Celulose (França).

     

    Programa

    9.30 - 10.00 - Credenciação – Registo dos participantes

    10.00 -10.15 - Abertura da Sessão
    Dr. Ricardo Gonçalves – Presidente da Câmara Municipal de Santarém
    Dra. Maria Salomé Rafael – Presidente da UAERLVT

    10.15 -11.00 - Apresentação dos resultados globais do projeto ECOMOVEL UAERLVT

    11.00 -11.30 - Apresentação de importantes ferramentas para as empresas portuguesas do setor:
    MATREC
    INNOVATHEQUE
    MATERIA

    11.30 -11.45 - Coffee break

    11.45 -12.00 - Intervenção das empresas que participaram nas atividades do projeto

    12.00 -12.30 - Intervenção do representante do Programa MED

    12.30 – Encerramento da sessão / Debate

  • “Prevenir para Viver” é a mega campanha de prevenção rodoviária que se realiza, dia 31 de Maio, em Mação.

    A organização é da Câmara Municipal de Mação, através da Escola Fixa de Trânsito. Os destinatários principais desta campanha são os alunos das escolas do Concelho de Mação, na qualidade de peões, passageiros e futuros condutores, bem como toda a comunidade escolar. A população em geral está também convidada a participar nesta actividade.

    Os objectivos deste mega evento são sensibilizar os mais novos para os procedimentos a ter em caso de acidente rodoviário, segurança pessoal e na estrada; criar na população escolar hábitos de segurança rodoviária; promover a reflexão sobre as causas e consequências da sinistralidade rodoviária e consciencializar sobre os altos índices de acidentes e vítimas registadas anualmente no nosso país.

    A convite da Câmara Municipal de Mação participarão neste importante dia várias entidades da sociedade promovendo acções de enorme importância junto da comunidade escolar do concelho sob o lema “Prevenir para Viver”.

    O Vereador da Educação da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela, sublinha que “a prevenção rodoviária, pela pertinência que sempre teve e terá para a Câmara Municipal de Mação, e a particular atenção que devemos dar a esta temática junto das nossas crianças, justifica esta acção abrangente, com várias entidades envolvidas, que seguramente irá contribuir para a sua formação relativamente a algo que está sempre na ordem do dia.”

    A GNR fará uma demonstração no terreno de exercícios com o grupo de intervenção sinotécnico da GNR (cães), cavalos, motos, carros, entre outros.

    A Brigada de Trânsito que fará intervenção no terreno com viaturas e campanha de informação.

    Os Bombeiros Voluntários de Mação irão realizar um simulacro de um acidente rodoviário, ou seja, irão simular um acidente rodoviário com vítimas encarceradas; Envolvimento de viatura e elementos dos Bombeiros Voluntários de Mação; Utilização de viaturas disponíveis (carros de desencarceramento, carro de fogo, ambulâncias, entre outros); Socorristas e “vítimas”. Os objectivos: com o simulacro são mostrar às crianças uma parte do trabalho que é desenvolvido pelos bombeiros neste tipo de situação. Com o flagelo dos acidentes é muito importante que as crianças percebam que a acção dos bombeiros é importante para salvar uma vida e ao mesmo tempo eles mesmo serem agentes da prevenção rodoviária em casa.

    A Protecção Civil, participará nas actividades de sensibilização e prevenção em acidentes rodoviários.

    Centro de Saúde fará acções de prestação de primeiros socorros; cuidados que devem ser prestados a uma vítima até a chegada de atendimento médico ou socorro especializado.

    O projecto Escola Segura dará auxílio nas actividades que vão decorrer no interior da escola fixa de trânsito.

    A SCUTVIAS junta-se à acção de sensibilização com uma viatura SOS com equipamento especial de socorro (simulador de carro).

    A Câmara Municipal de Mação convidou a comunidade escolar para esta grande acção e convida, igualmente, toda a população do Concelho a participar neste dia na Escola Fixa de Trânsito. 

  •  

  • Os Municípios de Constância e de Vila Nova da Barquinha informam que ontem, dia 14 de maio de 2013, ambas as autarquias praticaram o acto formal de posse administrativa dos respectivos Centros Náuticos, o qual resulta de anteriores rescisões de contrato de comodato entre os municípios e a Sociedade Parque Almourol, da rescisão de contrato de concessão entre o Parque Almourol e a empresa concessionária, bem como da rara utilização dos edifícios para o objectivo inicial que motivou o investimento público feito pelas autarquias – promoção do turismo activo, desporto aventura e a dinamização das zonas ribeirinhas.

    Com o acto de posse administrativa foram também devidamente identificados todos os casos de degradação e deterioração dos edifícios, em função do quase abandono dos mesmos, e da correspondente ausência de qualquer tipo de manutenção corrente.

    Os dois municípios irão assumir a gestão dos respectivos centros náuticos de forma concertada, pretendendo envolver as duas Associações de Desenvolvimento Local – ADIRN e TAGUS – com o objectivo de tirar partido de todas as potencialidades dos centros náuticos, colocando-os ao serviço das populações, do desporto náutico, do turismo activo e do desporto aventura. 

  •  

  • Na reunião de câmara de 13 de maio foi aprovada a minuta de um protocolo a estabelecer entre o Município e a Associação de Agricultores de Abrantes, Constância, Sardoal e Mação através do qual se assume o financiamento da equipa de sapadores florestais, que atua no concelho, na ordem dos 30 mil euros anuais. 

    Esta equipa de sapadores florestais, gerida pela Associação e composta por pessoal especializado, faz a vigilância e apoio ao combate a fogos florestais na época de incêndios (junho, julho, agosto e setembro), na área do concelho de Abrantes. Nos restantes meses executa os seguintes trabalhos: roça de matos, limpeza de povoamentos, manutenção e beneficiação de rede divisional, silvicultura preventiva, linhas quebra fogos, construção e beneficiação de infra estruturas em terrenos municipais; os sobrantes das atividades de limpeza serão tratados pela equipa de sapadores através de supressão pelo fogo, ou pela trituração com equipamento próprio.

    Esta equipa está ainda ao serviço do Município para realização de trabalhos de limpeza de terrenos municipais e linhas de água que são indicados pelo Serviço Municipal de Proteção Civil/Gabinete Técnico Florestal.

    O protocolo irá vigorar por cinco anos. 

  • O Grupo de Defesa das Alvercas da Azinhaga e a Associação de Caça e Pesca de Azinhaga apelam ao voluntariado para mais uma acção de combate aos jacintos-de-água agendada para este sábado, dia 18 de Maio.

    "Canoas e caiaques são bem vindos e serão bastante úteis. Mas, um ancinho e vontade de ajudar é quanto basta!", refere os promotores da iniciativa.

    A concentração está marcada para as 9h00, junto à Ponte do Cação.

    Mais informações em http://www.alvercas.azinhaga.net/

  • A Comissão de Desenvolvimento Cultural e Recreativo da Venda Nova, em Sardoal, promove, de 24 a 26 de maio, as tradicionais festividades em louvor à sua Padroeira, Nossa Senhora de Fátima.

    No dia 24 a animação vai estar a cargo do Duo Thema 1 e no dia 25 será a vez de Carlos Catarino. Neste dia, à tarde, será realizado um Torneio de Futebol 2 vs. 2. No domingo, dia 26, terá lugar na Capela de Nossa Senhora de Fátima, um Missa Solene e um leilão das fogaças.

    A partir das 17 horas, a Festa da Taça de Portugal (Benfica-Guimarães) poderá ser seguida em ecrã gigante. 

    Durante os três dias funcionará um Bar e Quermesse e um restaurante de cozinha típica, muito apreciada por todos os gastrónomos. 

  • No intuito de contribuir para a preservação e valorização do património construído, a Câmara de Abrantes vai disponibilizar cal às Juntas de Freguesias que manifestaram interesse, para se proceder à caiação de muros, alegretes, fontanários e edifícios do domínio municipal de pequena dimensão.

    Tal como em anos anteriores, os particulares podem também dirigir-se à Junta de Freguesia da sua residência para requisitarem a cal necessária para procederem à caiação dos seus espaços. 

    No total, a Câmara tem disponível 11.450 Kg. de cal, que vai agora distribuir por 16 juntas de freguesia, de acordo com o que por cada uma foi solicitado. 

  • A inauguração do Centro de Alto Rendimento de Desportos Equestres da Golegã, o primeiro do género a nível nacional, é o ponto alto da edição deste ano da Expoégua. A cerimónia está marcada para amanhã, dia 18, pelas 12 horas. Este equipamento, adaptado às exigências de todas as disciplinas equestres, representa um investimento de 3,2 milhões de euros.

    Entretanto, a Expoégua arrancou esta quinta-feira, também com algumas novidades. O Equuspolis recebeu o I Congresso Internacional “O cavalo e o touro na Pré-História e na História”, iniciativa que continua, este fim-de-semana, na Chamusca, terra de conceituadas ganadarias. Conta com cerca de uma centena de participantes e é organizada pelo Centro Português de Geo-História e Pré-História, com o apoio da Câmara Municipal da Golegã, Câmara Municipal da Chamusca e Centro de Estudos Politécnicos da Golegã, entre outras instituições.

    Neste primeiro dia, foi ainda inaugurada a exposição de pintura “Inspiração Lusitano”, da autoria de Frédérique Lavergne, pintora francesa apaixonada por cavalos. A mostra estará patente até meados de Junho no Equuspolis. Também a abertura do Núcleo Museológico Hipomóvel, no Hippos - Centro de Alto Rendimento, marcou esta tarde. Trata-se de um espaço onde podem ser apreciados vários carros como o Phaeton Break, o Park Drag ou uma Traquitana do século XVIII pertencentes a colecções particulares. Era um sonho da Associação Portuguesa de Atrelagem (APA) tornado agora realidade. Esta ideia resultou de uma conversa entre amigos (Madalena Abecassis – presidente da APA, José Canelas, Veiga Maltez e José Veiga). “Só somos aquilo que os outros nos deixam ser”, afirmou Veiga Maltez em jeito de agradecimento aos proprietários dos carros. O espaço será ainda embelezado com motivos ligados aos cavalos e ao mundo equestre.

    De destacar ainda que a Capital do Cavalo recebe a primeira EquusGolegãTur, que marca a criação, a promoção e a divulgação da Rota do Cavalo e do Ribatejo, num concelho que se pretende de excelência turística. Assim, no Largo do Arneiro, foi celebrada a escritura da Associação Rota do Cavalo e do Ribatejo, uma associação sem fins lucrativos que tem por objectivo o apoio a quem a integrar na promoção e desenvolvimento turístico local (restaurantes, hotelaria, artesãos, coudelarias, etc). Pretende-se que seja uma rede de cooperação público-privada que visa a valorização dos recursos locais, promovendo a marca Rota do Cavalo e do Ribatejo. Os sócios fundadores são a Câmara Municipal, ANTE – Associação Nacional de Turismo Equestre e a Associação Feira Nacional do Cavalo. 

  • Em virtude da previsão de tempo instável para o fim de semana, a Marinha do Tejo decidiu adiar a vinda de três barcos tradicionais do Tejo ao espelho de água do Aquapolis.

    A iniciativa que estava agendada para amanhã, dia 18 de maio, no âmbito das comemorações do 179.º aniversário da freguesia ribeirinha do Rossio ao Sul do Tejo, realizar-se-á no mês de Junho, em dia a anunciar.

  • Sob o lema "com um simples clique, ajude a alimentar quem mais precisa", o Banco Alimentar Contra a Fome está a promover uma Campanha Online que começou hoje, dia 17 de Maio, e decorre até 9 de Junho de 2013.

    Basta aceder a http://www.alimentestaideia.net, escolher os alimentos a doar e designar a que Banco Alimentar serão entregues.

    Até ao momento (20h45), já foram doados 107 litros de azeite, 96 litros de óleo, 269 litros de leite, 42 quilos de atum, 112 quilos de salsichas e 146 quilos de açucar.

  • A Autoridade Nacional de Proteção Civil autorizou a criação de um corpo de bombeiros voluntários a ser detido e gerido pela Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Abrantes (AHBVA), anunciou hoje o município.

    A autarquia presidida por Maria do Céu Albuquerque (PS) vê assim ratificada pela Autoridade Nacional (ANPC) a sua pretensão de ceder a gestão do corpo de bombeiros municipais a uma associação criada especificamente para o efeito, um processo que tem sido alvo de contestação por parte do sindicato e da associação nacionais de bombeiros profissionais.

    "Um corpo de bombeiros integrado na AHBVA está em melhores condições para prosseguir a missão de prevenção e segurança contra riscos de incêndio, acidentes, socorro e participação em atividades de proteção civil a levar a efeito de forma coordenada no concelho de Abrantes", justificou a autarca, em declarações à agência Lusa.

    A criação da nova entidade resulta de "limitações impostas pelas leis orçamentais recentes, incapacidade de meios para suportar um corpo de bombeiros totalmente profissional" e da "redução da disponibilidade de pessoal para a prestação de atividades de bombeiro voluntário", trabalhos que a Câmara Municipal de Abrantes deixou de poder gratificar. 

    "Congratulo-me com a decisão da ANPC, porque me parece que este é o caminho mais acertado para uma prestação de socorro mais efetiva aos cidadãos e porque vai permitir à autarquia investir e disponibilizar os meios necessários para que o corpo de bombeiros funcione com as melhores condições possíveis", sublinhou Maria do Céu.

    Segundo o protocolo que regerá a relação da autarquia com a AHBVA - e para fazer face aos encargos fixos do corpo de bombeiros, tendo em conta que a associação humanitária é uma entidade sem fins lucrativos -, o município vai atribuir um subsídio mensal à associação tendo por base o duodécimo dos encargos anuais, cujo valor atual é de 620 mil euros. 

    Os encargos relativos a consumos de energia, água, gás, consumíveis e combustíveis são suportados pela AHBVA.

    A câmara apoiará investimentos, caso a caso, na parte não comparticipada por outras entidades. 

    Por sua vez, a AHBVA deve apresentar semestralmente um relatório de execução da receita e da despesa relativo ao funcionamento do corpo de bombeiros. 

    O protocolo entra em vigor na data da criação do corpo de bombeiros, "em princípio no dia 01 de junho, dependendo da publicação em Diário da República", apontou a autarca. 

     

    notícias relacionadas

  • Um busto em bronze de homenagem ao ator Francisco Taborda, ator de Abrantes nascido em 1824, foi roubado de uma praça no centro histórico da cidade, informou hoje a câmara. 

    Outros bustos de homenagem a personalidades históricas de Abrantes foram roubados no concelho, como o de António Silva Martins, médico natural de Rossio ao Sul do Tejo, busto desaparecido há cerca de dois anos do Jardim do Castelo, e uma escultura dedicada a Nuno Álvares Pereira, também em bronze, da autoria de Lagoa Henriques, levada do Outeiro de São Pedro mais recentemente.

    A presidente da câmara, Maria do Céu Albuquerque, disse que já apresentou queixa às autoridades policiais, tendo manifestado a sua "indignação" para com os "atos de vandalismo" praticados em monumentos nacionais.

    "As peças são todas em cobre, relativamente fáceis de transportar e de derreter. São perdas irreparáveis e estamos a estudar uma maneira de solucionar o problema", disse a autarca. 

  • No fim-de-semana de 20 e 21 de Abril, a Delegação de Abrantes da Cruz Vermelha Portuguesa, foi responsável pela Recolha de Bens Alimentares efectuada nos Hipermercados Continente de Abrantes e Torres Novas, no âmbito da Missão Sorriso. 

    A generosidade das pessoas foi o ponto forte desta campanha, dado que os bens alimentares oferecidos ultrapassaram as três toneladas, excedendo os resultados obtidos em Dezembro. Com este apoio, a Delegação de Abrantes da Cruz Vermelha Portuguesa, irá apoiar mais de 150 famílias dos concelhos de Abrantes e Torres Novas, devidamente identificadas e diagnosticadas. Serão estabelecidas acordos com Parceiros Sociais para uma entrega justa e adequada destes bens recolhidos. 

    Assim, a Delegação de Abrantes da Cruz Vermelha Portuguesa, considera os resultados desta campanha excelentes, não só no sentido do apoio social, como também no contributo dado por todos os intervenientes, os quais merecem um sincero agradecimento. 
     

  • À semelhança de anos anteriores, a Câmara Municipal de Sardoal, promove a Campanha da Cal 2013, entre os meses de julho e setembro, com o objetivo de incentivar a caiação de muros e as habitações confinantes com a via pública, em todo o concelho. Neste sentido, o Município apela à colaboração e bairrismo das populações para contribuírem para o embelezamento das respetivas terras.

    A Câmara Municipal fornecerá a cal necessária para o efeito, no máximo de 7 kg por edifício e/ou muros. Em casos devidamente justificados, poderá ser fornecida quantidade superior. Os interessados deverão, assim, dirigir-se à Secção de Apoio Administrativo da Divisão de Operações Urbanísticas e Planeamento, desta Câmara Municipal, para efetuar o respetivo pedido.

    Estes trabalhos estão isentos de licença camarária, quando, não haja alteração de cores exteriores nos imóveis suprarreferidos, estando apenas sujeita a licenciamento a ocupação da via pública, quando necessária. 

  • À semelhança do que se tem verificado desde 2004, a Câmara Municipal do Entroncamento e o Programa REVIVER assinalaram o Dia Municipal Idoso que se comemorou no dia 20 de maio, no Pavilhão Desportivo Municipal. O local esteva repleto com os mais de novecentos séniores que partilharam momentos de salutar e alegre convívio. 

    A Sessão de Boas-vindas, proferida pelo Presidente da Câmara Municipal, Jaime Ramos, deu início às comemorações, seguindo-se a Celebração da Palavra proferida pelo Pároco Ricardo Madeira. De seguida decorreu o habitual almoço-convívio, oferecido pela Câmara Municipal, tendo contado com o apoio da Junta de Freguesia de Nossa Sra. de Fátima.

    Após o almoço todos os participantes cantaram os parabéns a mais um aniversário deste dia muito especial dedicado à população sénior do Entroncamento, tendo-se cortado os três bolos para os idosos, oferecidos pela Câmara Municipal e pelas Juntas de Freguesia do Concelho que, desde a primeira hora colaboraram no evento, que este ano foi um pouco mais modesto. Ao Sénior mais idoso do Concelho, Manuel Horta, com 105 anos, coube a honra de apagar as velas. 

    A encerrar as comemorações, decorreu numa animada matiné-dançante com a atuação da acordeonista e organista Sílvia Alcobia.
     

  • Foi aprovado em reunião de Câmara do dia 13 de Maio os projetos de execução da rede de drenagem de águas residuais de alguns arruamentos dos lugares de Rossio ao Sul do Tejo, Coalhos e Bicas.

    Estas obras surgem na sequência do aumento do plano de investimentos que consta da revisão do “Contrato de Concessão do Serviço de Águas Residuais Urbanas do Município de Abrantes”, assinado em Dezembro de 2012, entre a Câmara e a Abrantaqua, empresa concessionaria. 

  • O chefe do Estado-Maior do Exército (CEME) defendeu hoje "ajustamentos" na situação de passagem à reserva, atualmente aos 55 anos, com "uma atualização em função dos tempos e que evite a existência de brigadas do reumático" nas Forças Armadas. 

    Em declarações à margem do Dia da Escola de Tropas Paraquedistas, que reuniu milhares de militares no ativo e na reforma no quartel de Tancos, o general Artur Pina Monteiro disse que a situação de passagem à reserva é "uma sujeição que o militar tem de aceitar em determinadas circunstâncias, a partir do momento em que não estejam reunidos os requisitos físicos ou psicológicos para desempenhar, com todo o vigor, determinadas funções".

    No entanto, defendeu o CEME, "apesar dessa obrigatoriedade, nenhum militar deve ser penalizado no final da sua vida, em função disso".

    Pina Monteiro disse ainda que a atual situação de passagem à reserva "carece de ajustamentos, como tem acontecido no passado, em função dos tempos e das necessidades que vivemos, da esperança de vida, e da realidade sócio económica" do país.

    "A reserva é, do ponto de vista militar, uma sujeição a que estamos obrigados a aceitar e também deve ser vista na perspetiva de sentir que nas Forças Armadas não venham a existir, como no passado, as denominadas brigadas do reumático", notou.

    A situação da passagem à reforma e a sua atualização está englobada nas linhas de orientação para a reforma da defesa nacional e das Forças Armadas, designada por "Defesa 2020". 

    Esta reforma estrutural implementa um modelo que responde ao "desafio da mudança" definido no Programa do Governo. Visa obter ganhos de eficiência, economias de escala e vetores de inovação com efeitos no curto, médio e longo prazo.

    O centro de gravidade da «Defesa 2020» passa pela definição e implementação de um modelo sustentável para a defesa nacional e para as Forças Armadas e exige reorganizar e racionalizar o Ministério da Defesa Nacional e a estrutura superior das Forças Armadas.

    Neste âmbito, Pina Monteiro disse que o Exército "nunca teve medo" da modernização, "avançando mesmo com soluções e propostas próprias concretas" para implementação.

    O general disse ainda que o programa "Defesa 2020" é "um trabalho em curso e consolidado" e anunciou para "dentro de dias" a "difusão de diretivas para execução de trabalhos preliminares necessários para iniciar a operacionalização da Escolas das Armas", em Mafra.

    O tempo de implementação das Escolas Práticas de Artilharia, Cavalaria, Engenharia e Transmissões, a par da de Infantaria e do Centro Militar de Educação Física e Desportos, já em Mafra, vai durar até dezembro de 2015, com a entrada em funcionamento agendada para outubro de 2013, acrescentou o CEME.

    Depois de o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, ter anunciado a 3 de maio que o Governo pretendia aumentar de 55 para 58 anos a idade da pré-reforma dos militares e dos membros das forças de segurança, o ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, já admitiu que o aumento da idade de passagem à reserva dos militares pode não se concretizar se se considerar que esta não é uma medida significativa do ponto de vista da contenção de despesa.
     

  • A Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais e o Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP/SNBP) vão organizar, dia 12 de Junho, em Abrantes, uma manifestação contra a intenção da Câmara Municipal em extinguir os bombeiros municipais. A ANBP/SNBP, que pretende demonstrar solidariedade com a luta destes bombeiros municipais, está ainda a ponderar interpor uma providência cautelar, para impedir a extinção dos Bombeiros Municipais de Abrantes (BMA).

     


    COMUNICADO ASSINADO PELA ANBP E PELO SNBP
    A 23 DE MAIO DE 2013

    ANBP/SNBP organizam manifestação contra a extinção dos Bombeiros Municipais de Abrantes

    A Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais e o Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP/SNBP) vão organizar, dia 12 de Junho, em Abrantes, uma manifestação contra a intenção da Câmara Municipal em extinguir os bombeiros municipais. A ANBP/SNBP, que pretende demonstrar solidariedade com a luta destes bombeiros municipais, está ainda a ponderar interpor uma providência cautelar, para impedir a extinção dos Bombeiros Municipais de Abrantes (BMA).

    A extinção dos Bombeiros Municipais de Abrantes está prevista para a próxima reunião de Câmara, a realizar dia 27 de maio (segunda-feira). Trata-se do culminar de uma intenção à muito premeditada por parte da presidente da Câmara, que passou pela criação da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Abrantes (AHBVA), a extinção dos Bombeiros Municipais e a entrega de todo o seu património, sem quaisquer custos, à AHBVA.

    A presidente da Câmara veio colocar aos bombeiros dois cenários: ou eram cedidos por interesse público à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários ou, em caso de recusa, entrariam na mobilidade interna em qualquer outro serviço do município e perdem o estatuto de funcionários públicos.

    A ANBP/SNBP manifestam a sua preocupação pela situação precária em que se encontram os bombeiros municipais, pelo que vão realizar hoje um plenário no quartel dos Bombeiros Municipais de Abrantes para discutir todos os problemas que afetam os membros desta corporação.

    Foi também solicitada uma audiência à presidente da Câmara Municipal para saber qual o destino profissional dos bombeiros de carreira.

    Ao contrário do que afirma a presidente da Câmara, eleita pelo PS, a criação dos bombeiros voluntários não vai diminuir os custos pois a autarquia vai transferir anualmente mais de 600 mil para a Associação Humanitária, suporta a sua manutenção e transfere todo o património dos bombeiros municipais sem quaisquer custos. Pelo contrário, os bombeiros municipais são uma solução mais económica, com o seu custo anual a ascender a 300 mil euros.

    A dissolução dos bombeiros municipais, com 184 anos de existência, coloca também em causa a segurança da população de Abrantes e demonstra que a pretensa economia afinal não passa de um pretexto para extinguir um serviço público essencial à população.

     

    notícias relacionadas

  • Foi aprovado, por unanimidade, em Reunião Ordinária do Executivo Camarário, efetuada a 20 de maio, o Projeto “Família +”, no âmbito da intervenção e acompanhamento das famílias em situação de vulnerabilidade social. O Projeto, promovido pela Câmara Municipal do Entroncamento, destina-se a famílias da comunidade que manifestem dificuldades na aquisição de competências promotoras da sua autonomia. 

    Trata-se de uma resposta social por parte da Autarquia, que compreende um conjunto de ações, integradas e multidisciplinares, com vista à transmissão de conhecimentos e competências, de modo a promover a autonomia dos utentes na gestão da sua vida diária. Neste conjunto de ações estão inseridas sessões de esclarecimento; apoio psicológico e social; ateliers ocupacionais; iniciativas que visam a participação em ações de natureza cultural e recreativa e atividades que promovam a aquisição de pré-requisitos básicos a nível da leitura, escrita e do cálculo numérico.

    A gestão do Projeto será assumida pelo Serviço de Apoio Social da Autarquia, tendo como parceiros a AVA-Social, o Centro Local de Segurança Social, a CPCJ – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, as Escolas do Concelho; a Junta de Freguesia de Nossa Senhora de Fátima, a Junta de Freguesia de São João Baptista e ainda a UCC – Unidade de Cuidados na Comunidade.

    Com este Projeto, o Município pensa que poderá ajudar a colmatar lacunas existentes a nível da educação parental, ao mesmo tempo que converge no sentido de contribuir para desenvolver competências ao nível da economia doméstica das famílias envolvidas.
     

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei, em parceira com a SEPNA – Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente da GNR, promove, este domingo, dia 26 de Maio, duas Acções de Sensibilização alusivas ao tema “Defesa da Floresta contra Incêndios”.

    As iniciativas, abertas a toda a população, terão lugar, pelas 10h00, no Auditório Municipal de Vila de Rei, e pelas 11h30, na Casa do Povo de São João do Peso.

    Esta acção terá como objectivo alertar sobre os correctos comportamentos a ter na defesa de florestas e matas para uma eficaz prevenção dos incêndios florestais. 

  •  

  • O Parque de Merendas do Ribeiro Barato (à entrada da vila de Sardoal) vai ser palco de um conjunto de iniciativas, destinadas a comemorar o Dia Mundial da Criança, 1 de junho, a partir das 14 horas.

    O espaço lúdico vai contar com jogos tradicionais, oficinas de música, teatro, pinturas faciais, provas desportivas e um lanche partilhado.

    A iniciativa é da Associação de Pais e Encarregados de Educação local, em parceria com o Município, Juntas de Freguesia e diversas associações concelhias de cultura e desporto. 

  • Vila Nova da Barquinha vai transformar-se numa verdadeira capital portuguesa da Ciência e da Arte, entre 8 e 13 de junho.

    O Parque de Escultura Contemporânea Almourol, recentemente nomeado para melhor Exposição de Arte Contemporânea 2012 pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), e o Centro Integrado de Educação em Ciências (CIEC), o mais recente centro de ensino e divulgação da ciência em Portugal, ambos em Vila Nova da Barquinha, acolhem este evento que fará a ligação das Artes com a Ciência.

    Ao mesmo tempo que a ciência visita o parque, o CIEC abre as suas portas para interagir com os visitantes.

    Durante seis dias, Demonstrações de Ciência, Planetário Portátil, Observação do Sol, Tendas de Ciência, Experiências interactivas, entre outras actividades dinamizadas pelos Centros de Ciência de Constância, Estremoz e Vila Nova da Barquinha compõem esta autêntica festa da ciência.

    Em paralelo, o melhor do Artes de Rua acontece no parque de Vila Nova da Barquinha, com a performance/instalação “A Passagem” da companhia portuguesa PIA (dia 10) a encabeçar um variado número de espectáculos de animação, teatro e dança.

    Na Vila Nova da Ciência e da Arte haverá espaço ainda para concertos, com destaque para as bandas portuguesas “Dixie Boys” (dia 8) e “Expensive Soul” (dia 9). No dia 13, a Orquestra Ligeira do Exército irá proporcionar um espectáculo único, uma sincronia perfeita entre a música e o fogo-de-artifício da internacionalmente consagrada LusoPirotecnia.

    O evento integra ainda um espaço de exposição e divulgação ao ar livre constituído por 58 módulos, nas áreas da Ciência, das Artes e do artesanato.

    Além da zona expositiva, a área de apoio aos visitantes contará com 8 módulos destinados à restauração.

    Além da animação, em Vila Nova da Barquinha os visitantes poderão apreciar um espaço com o melhor da escultura contemporânea portuguesa, o Parque de Escultura Contemporânea Almourol, com trabalhos de Alberto Carneiro, Ângela Ferreira, Carlos Nogueira, Cristina Ataíde, Fernanda Fragateiro, Joana Vasconcelos, José Pedro Croft, Pedro Cabrita Reis, Rui Chafes, Xana e Zulmiro de Carvalho. 

    Vila Nova da Ciência e da Arte é também uma oportunidade para conhecer o património histórico e cultural de Vila Nova da Barquinha – os monumentos nacionais Castelo de Almourol e a Igreja Matriz de Atalaia – numa região marcada pela boa gastronomia.

     

    Programa

    Download aqui

     

    Vídeos

    Performance “A Passagem” http://youtu.be/SOUj38s5R6Y

    Expensive Soul http://youtu.be/4UbVmXHmLzs

    Dixie Boys http://youtu.be/J2N2SpOy9hQ

    Concerto sincronizado com pirotecnia http://www.youtube.com/watch?v=gfnJI1MSs5E
     

  • Tiveram inicio a 22 de maio as obras de requalificação do Largo do Cruzeiro no Pego, em Abrantes. A empreitada, adjudicada pelo valor de 109 998,06€, está a cargo da empresa Construforte – Sociedade de Construções e Empreitadas Lda. e tem a sua conclusão prevista para 11 de outubro de 2013. 

    Trata-se da requalificação do largo que se encontra à entrada da aldeia do Pego, numa zona com diversos estabelecimentos comerciais. A intervenção, com a simplificação daquele espaço, perspetiva aliar o uso quotidiano à possibilidade de realização de eventos/festas, dotando-o também de condições que estimulem a estadia e o convívio dos seus utentes.

    Esta é uma obra que irá criar no Largo do Cruzeiro um espaço polivalente, com arborização e mobiliário urbano, em que se preservam alguns elementos existentes como a fonte, o fontanário, o cruzeiro e o parque infantil, e caraterizada pelas seguintes intervenções: Pavimentação do espaço com o aproveitamento de materiais existentes no local (calçada de calcário e granito); Arborização do Largo com 3 espécies arbóreas; Colocação de mobiliário urbano e iluminação pública; Requalificação do parque infantil; Recuperação da fonte e fontanário existente; Remoção de plátanos; Ordenamento do estacionamento com a criação de lugares perpendiculares ao largo; Demolição de alguns muretes da praça, de modo a eliminar barreiras; Definição das áreas destinadas aos resíduos sólidos urbanos e ecopontos; Alteração da base de uma palmeira a manter.

    Atualmente, o espaço é arborizado na sua periferia por plátanos, os quais possuem uma dimensão considerável, tendo as suas raízes provocado danos ao nível dos pavimentos, infraestruturas, muretes, guardas e outros elementos existentes no largo, razão pela qual serão substituídas por outras espécies arbóreas adequadas ao ambiente urbano.
     

  • "Kuri Kuri - Um Mundo de Fantasia", é um festival temático para crianças e famílias que se irá realizar em Vila Nova da Barquinha, de 31 de maio a 2 de junho.

    "Kuri Kuri - Um Mundo de Fantasia" é um mundo paralelo ao nosso onde vivem os kuri, que são os responsáveis por plantar e zelar pelos nossos sonhos. Actualmente como andamos muito tristes, eles decidiram vir à Terra e criar um festival para nos recordar do poder dos sonhos. Um festival temático para crianças e famílias com uma decoração que nos transporta para um mundo de fantasia, que aposta forte em actividades para serem realizadas entre pais e filhos, e na diversão pura.

    Um insuflável com 20m de comprimento, uma bola que desliza sobre a água, canoagem, pinturas faciais, jardim dos embaixadores, espaço ciência promovido pelo CIEC - Centro Integrado de Educação em Ciências de Vila Nova da Barquinha, animação de rua e concertos, em aproximadamente 19 espaços diferentes.

  • O Agrupamento 172 de Abrantes celebra, dia 9 de Junho, o seu Cinquentenário com um almoço convívio precedido de Eucarístia, pelas 11h30, na Igreja de S. Vicente, em Abrantes. Mas a festa começa antes. No dia 8 tem lugar, o Fórum Escuta, pelas 16h00, e o Festival Escuta, pelas 22h00, ambos no Cine-Teatro S. Pedro. Será ainda inaugurada a exposição do cinquentenário no Centro Histórico de Abrantes, pelas 19h00.

    No entanto, nesta data redonda, importa também recordar o percurso realizado, projectando o futuro "sempre com o objectivo de fazermos mais e melhor, para construir valores na sociedade em que vivemos".

    A 9 de Junho de 1963 nasce o Agrupamento 172, tendo como patrono D. Nuno Álvares Pereira. Pertencente ao Corpo Nacional de Escutas (CNE), Escutismo Católico Português, Região de Portalegre e Castelo Branco, a direção fundadora era composta por Fernando Velez (chefe de agrupamento), Padre Ernesto Jana (Assistente de agrupamento), Fernando Taborda (secretário de agrupamento), Fernanda Bioucas (chefe da alcateia) e José Tomé (chefe do grupo).

    No arranque inicial do agrupamento, apenas existiam duas das quatro secções que compõem normalmente um agrupamento: a Alcateia Nº 6 São Francisco de Assis - 12 Lobitos e o Grupo Nº 8 São Nuno de Santa Maria - 12 Júniores (Exploradores). Corria o ano de 1986, quando finalmente o agrupamento ficou com as quatro secções no ativo de funcionamento. Surgiram assim o Grupo Sénior Nº 16 Santa Bárbara - Pioneiros e o Clã 7 São Jorge - Caminheiros.

    Após 50 anos de história a fazer crescer as crianças e jovens que passaram pelo agrupamento, muitas foram as datas e os acontecimentos importantes que nunca mais caíram no esquecimento. Destacam-se a primeira participação no JOTA (Jamboree on the Air), onde estiveram presentes 47 elementos (18 de Outubro de 1980), a organização de um acampamento regional pelo clã para juniores, seniores e clã, que teve como nome “Tubucci 86” (22 a 26 de Março de 1986), a organização da primeira atividade de pais e amigos do agrupamento 172 “Scouts Challenger” que tem vindo a repetir de ano para ano (19 de Junho de 1994), a doação ao agrupamento de um terreno junto às margens do Rio Tejo, onde atualmente o Agrupamento está a desenvolver um projeto de um campo de atividades escutistas - Campo de Atividades António Moreno (Março de 1995), a inauguração da primeira sede própria do agrupamento no seu quadragésimo aniversário (15 de Junho de 2003), a benção da primeira pedra colocada no Campo de Atividades António Moreno (14 de Abril de 2007), a partida dos Caminheiros numa das primeiras actividades fora de território nacional, rumo a Santiago de Compostela (25 de Julho a 1 de Agosto de 2009), a organização de inúmeras atividades regionais para Lobitos, Exploradores, Pioneiros e Caminheiros (1996, 1998, 1999, 2001, 2003, 2004, 2005, 2011) e a participação nos diversos Acampamentos Nacionais (Marrazes, Palheirão, Valado de Frades, Santa Margarida, Idanha-a-Nova, etc), assim como outras actividades nacionais, regionais e locais (1963 a 2012).

    Mas a história não acaba aqui. O escutismo tem como finalidade educar os escuteiros para a vida. E à semelhança da cerimónia da Partida na IV Secção, em que o Caminheiro vai avançando progressivamente para a sua Partida, esta exprime simbolicamente que o acto de caminhar é mais importante do que o acto de chegar. É por isso que, no final do seu tempo de caminheiro, quando sai do Clã, o jovem não chega ao fim do seu caminho, mas parte para um novo caminho. De facto, o fim de uma etapa significa sempre o início de outra e a Partida é o momento de o caminheiro se lançar no caminho da vida.

    Passa-se o mesmo com o agrupamento que atualmente conta com 82 elementos no ativo (22 Lobitos, 15 Exploradores, 13 Pioneiros, 14 Caminheiros e 18 Dirigentes). E ao transpor o meio século, lança o convite a novos elementos que possam ser a Geração do 2.º Cinquentenário.

  •  

  • Ontem dia 24 de Maio, a Associação Palha de Abrantes em parceria com a Escola Dr. Manuel Fernandes, levaram a efeito mais uma edição das “Conferências do Liceu”.

    José Pacheco Pereira foi o convidado que trouxe a debate o tema “Há Progressos Civilizacionais ou não?”.

    Durante a tarde, a sessão decorreu na Escola Dr. Manuel Fernandes, onde várias turmas interagiram com o convidado. Há noite o “Sr. Chiado” superlotou para ouvir atentamente e confrontar o convidado com a análise que ele mesmo se propôs fazer.

    Depois de no exterior, alunos da já referida escola receberam o convidado com uma canção de boas vindas, no interior conduziram a sessão, iniciada com a apresentação do interlocutor. Pacheco Pereira explicou a razão do tema proposto: “Escolhi um tema que permite discutir várias questões actuais através de um passado recente. Uma parte que tem que ver com os 48 anos de ditadura; outra que diz respeito à Europa e a terceira ao pós 25 de Abril.Três questões, três perguntas e três princípios de resposta que acho importante para percebermos a actualidade”.

    “Vou partir da história para as condicionantes da nossa vida de hoje. Primeiro: O que é que ficou na vida política portuguesa, de Salazar, tantos anos depois? É um exercício sobre a nossa mentalidade política. Segundo tantos anos de ditadura, moldaram a nossa memória e deixaram marcas embora não muito visíveis”.

    Quanto à segunda questão, Pacheco Pereira colocou a interrogação: “Porque é que na Europa as coisas estão a correr mal? É uma questão que tem que ver com a nossa condição de país soberano; com o problema do protectorado e otambém problema da evolução da Europa”. Como ex-vice presidente do Parlamento Europeu tem uma visão profunda do que se move por detrás do que não vemos… abordou a Europa dos interesses geoestratégicos e a sua lógica de adesão de novos países. As incompatibilidades entre alguns. A religião e as suas condicionantes na unidade europeia.

    Por último, “em que é que os programas dos partidos políticos criados antes e depois do 25 de Abril nos fornecem indicações ideológicas para compreendermos a realidade dos dias de hoje Uma tão longa experiência autoritária, não pode ter deixado marcas”. As ideologias partidárias e as semelhanças evidentes entre PSD e PS. As juventudes partidárias, o seu acesso e o seu servilismo. A influência negativa que têm na vida política e o descrédito total que lançam sobre a mesma.

  •  

    No sábado, a PSP, com reforços da Unidade Especial de Polícia e a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica(ASAE), fiscalizaram o mercado semanal da cidade do Entroncamento, tendo detido duas mulheres, de 35 e 37anos, por terem na sua posse para venda produtos suspeitos de serem contrafeitos e outros por usurpação de direitos de autor, num total de três mil peças (vestuário, perfumes, relógios, ténis, entre outros), avaliados em 53 mil euros.

    As detidas foram constituídas arguidas, sujeitas a termo de identidade e residência, e foram notificadas para comparência no tribunal judicial do Entroncamento para julgamento em processo sumário amanhã, segunda feira.

  • Na sequência de operação policial simultânea, que decorreu na Divisão Policial de Tomar, nas esquadras de Abrantes e Entroncamento, foi intercetada uma viatura automóvel, na cidade de Abrantes, que se tornou suspeita. Os ocupantes, três adultos e uma criança, residiam no Entroncamento, para onde se dirigiam.

    Ao ser passada revista aos ocupantes e busca à viatura, foi encontrado um produto suspeito de ser haxixe equivalente a 1585doses individuais.

    Foram também apreendidos dois telemóveis por suspeita de serem utilizados na transação dos estupefacientes.

    Os trêsdetidos, dois homens, de 22 e 23 anos e uma mulher, de 25, foram presentes a primeiro interrogatório judicial, desconhecendo-se as medidas de coação aplicadas.

    Taxas de alcoolemia

    Polícias da cidade, fiscalizaram 61 viaturas e efetuaram 54 testes de despistagem de álcool no sangue.

    Durante a fiscalização, foram detidos doishomens, de 30 e 44 anos, por terem acusado taxas de 2,02, e 1,28 gramas por litro no sangue, respetivamente. Foi detido umoutro homem, de 29 anos, por se ter verificado não ser titular de habilitação legal para o exercício da condução.

    Foram ainda apreendidas trêsviaturas automóveis por alteração de caraterísticas e elaborados autos de notícia por contraordenação, designadamente umpor condução por excesso de álcool no sangue, dois) por alteração de caraterísticas e um por falta de inspeção, entre outros.

    Os detidos foram notificados para comparecer para julgamento em processo sumário, no tribunal de Abrantes, amanhãsegunda-feira. 

  • Sábado, dia 1 de junho, assinala-se o Dia Mundial da Criança e com o objetivo de comemorar esta data de uma forma muito especial, a Câmara Municipal do Entroncamento propõe-se presentear as crianças do Concelho com um dia pleno de atividades e diversão que irão, certamente, ao encontro do gosto dos mais novos.

    O evento terá lugar no Campo de Futebol de Relvado Sintético nº3, do Complexo Desportivo Municipal e irá decorrer das 10h às 12h e das 14h às 19h. 

    O programa é constituído por diversas atividades lúdicas e de lazer que prometem fazer as delícias das crianças e também dos seus familiares. Insufláveis, air bungee, carrinhos da ESER, pinturas faciais e modelagem de balões são as atividades que vão estar ao dispor das crianças.

    Para que os mais pequenos possam assistir a algo de absolutamente inovador e que faz parte do imaginário infantil, preparámos um espetáculo inédito que as crianças poderão observar de perto, o lançamento de paraquedistas no mesmo campo, pelas 17 horas. 

    Durante o evento, e porque é Dia de Festa para a pequenada, serão servidas pipocas e algodão doce. 

  • Apesar de a abertura do Parque Verde do Bonito estar prevista para o dia 15 de Junho, primeiro dia das Festas de S. João e da Cidade, o Parque está aberto ao público desde o dia 11 de Maio. 

    Esta diretiva, assumida pelo Presidente do Município, prende-se com o facto das inúmeras solicitações, por parte dos munícipes, relativamente à sua utilização, uma vez que o tempo primaveril torna-se extremamente convidativo ao passeio ao ar livre, ao lazer e ao desfrute do espaço. 

    Efetuada a inspeção da obra a 10 de Maio e asseguradas as condições de segurança, o Presidente do Executivo Camarário decidiu não privar, por mais um mês, os entroncamentenses da fruição daquele espaço verde privilegiado do Concelho.

    A abertura efetuou-se apenas por esta razão, embora haja a consciência que o Parque não está concluído. Existem espaços, mencionados nos placards, que só estarão concluídos numa segunda fase, como o Parque de Merendas, o Parque de Minigolfe, o Parque dos Jogos Tradicionais, o Jardim dos Fenómenos, o Parque Infantil, o Circuito de Manutenção e o Parque Permanente e Restaurante.

    A autarquia afirma estar ciente que está a corresponder à solicitação de muitos concidadãos e, por uma questão de segurança, dos seis portões existentes só quatro estarão abertos ao público. São eles o Portão 1 (entrada Principal do Parque, voltado para o Parque de Estacionamento), o Portão 2 (localizado a Norte, junto ao viaduto que transpõe a Ribeira do Bonito e que liga o Entroncamento à Atalaia) e os Portões 5 e 6 (são os portões que ladeiam a barragem do Bonito).

    O Parque está aberto das 7h00 às 22h00, sendo que 15 minutos antes do fecho dos portões os utentes serão avisados do seu encerramento através de um sinal sonoro. Com o objetivo de elucidar os utilizadores ou visitantes, todos os painéis informativos onde constam espaços por concluir, serão devidamente assinalados.

    A autarquia alerta ainda os munícipes no sentido de não fazerem lume uma vez que o Parque de Merendas só será construído numa segunda fase.

  • A cidade volta a ser palco das Festas de Abrantes, entre os dias 13 e 16 de Junho.

    Com um programa repleto de iniciativas desportivas, musicais, mas também com espaço para o artesanato, para a cultura ou interculturalidade, a Câmara Municipal de Abrantes oferece nas Festas de Abrantes um programa diversificado.

    De realçar os concertos com os Deolinda, Tito Paris ou os Quinta do Bill, mas também os espetáculos das bandas locais abrantinas que se têm vindo a destacar no panorama musical e que irão contribuir para a animação das Praças do Centro Histórico. 

    Haverá também um espaço intercultural, nas instalações da Antiga Rodoviária, onde serão expostos os países com quem Abrantes estabelece relações de geminação, amizade e cooperação: Japão, Cabo Verde; Roménia; França e Timor Leste, contando ainda com a participação da TAGUS e da empresa Sofalca.

    No desporto, para além das habituais provas de Downhill, Carrinhos de Rolamentos, Xadrez, Hipismo, Festival de Canoagem, Águas Abertas, Vólei, Futebol e Rugby de Praia ou a Caça ao Pato, este ano o programa conta ainda, na Margem Sul do Aquapolis, com a apresentação da Rota do Tejo. 

    No programa das comemorações do dia da Cidade será também inaugurado, no Jardim da República, o memorial aos mortos da guerra do ultramar. 


    clique AQUI para conhecer o programa

  • Mação acolherá, dia 8 de Junho, uma grande noite de Fado Solidário. A organização é dos Bombeiros Voluntários locais, sendo que o valor dos bilhetes reverte para a aquisição de uma ambulância.

    A grande noite de Fado Solidário contará com os conceituados guitarristas Ângelo Freire e Pedro Soares. A voz será de Francisca Correia.

    Os bilhetes para o evento que terá lugar no Cine-teatro de Mação, pelas 21 horas, têm o custo de 6 euros e já estão à venda na secretaria dos Bombeiros de Mação e no Posto de Turismo.
     

  •  

  • A Câmara Municipal do Entroncamento promove, este sábado, dia 1 de junho, uma Oficina de Cores e Misturas dirigida a bebés dos 12 aos 30 meses e respetivos pais. O evento decorrerá das 16h às 17h, na Sala de Formação dos Serviços Culturais. 

    Trata-se da 5ª edição desta atividade, na qual, à semelhança das anteriores pretende-se envolver as crianças nas artes plásticas de uma forma livre, mas com apoio pedagógico, sensibilizando-as para esta área. Nesta edição haverá uma pequena sessão de poesia para bebés. 

    As inscrições têm o valor de 3€, devendo ser efetuadas até amanhã, dia 30 de maio, nos Serviços Culturais da Autarquia.
     

  • A Associação de Melhoramentos e Amigos de Entrevinhas, em Sardoal, promove, dia 15 de junho, o “3.º Passeio de Bicicletas Antigas”, sob o lema “Relembrar outros tempos”.

    A iniciativa visa desafiar todas as pessoas que possuam velhos velocípedes que os tragam de novo para a estrada, lhes limpem o pó e encham os pneus.

    O passeio, destinado a toda a família, vai partir do largo da aldeia, às 10 horas e inclui almoço no largo dos Moinhos de Vento. Serão atribuídos prémios especiais para o “Melhor Traje”, “Pedal mais Lento” e “Bicicleta mais Ferrugenta”.

    As inscrições poderão ser efetuadas até dia 13 de junho, através do telefone 241 852 381 ou do e-mail geral@amaentrevinhas.pt

  • A freguesia da Concavada, concelho de Abrantes, está sem comunicações desde as 9h30 do dia 28 de Maio. Também na freguesia vizinha, Alvega, foi registada a mesma avaria que, hoje de manhã, foi dada como solucionada e, sensivelmente meia hora depois, voltou a ser reaberta.

    Fonte da PT confirma que a avaria na Concavada se deve a roubo de cabos, mas, relativamente a Alvega ainda não está apurada a causa. No entanto, presume-se que seja a mesma dada a proximidade.

    Quanto às previsões para restabalecer o serviço, a PT refere que na Concavada o problema estará solucionado até às 20 horas de amanhã, dia 31 de Maio. Em Alvega, tendo em conta que a avaria foi registada esta manhã, prevê-se que o serviço seja reposto até 4 de Junho.

  • O período alusivo aos Santos Populares vai ser festejado no Sardoal, nos dias 14, 15 e 16 de junho de 2013, por iniciativa do GETAS – Centro Cultural de Sardoal e Filarmónica União Sardoalense.

    O evento decorre no Parque de Lazer e Campo de Jogos da Tapada do Milheiriço (“Bairro da Câmara”), onde será montado um bar com a tradicional sardinha assada e petiscos.

    Dia 14, será apresentada a nova Marcha Popular do GETAS e a atuação do DJ Flowers. Dia 15, será a vez da nova Marcha Popular da Filarmónica, estando a animação musical a cargo do duo Ernesto e Inês.

    Quanto ao dia 16, haverá uma manhã de Cicloturismo e uma tarde em que serão exibidas, na Praça da República, as duas Marchas Populares das associações organizadoras, às quais se juntam a Marcha da Santa Casa da Misericórdia de Sardoal e outras marchas convidadas. 

  • A Biblioteca Municipal José Cardoso Pires recebe, a partir das 15 horas do dia 1 de Junho, o Torneio de Pro Evolution Soccer 2013, numa iniciativa integrada na programação do 10º Festival Rock na Vila.

    As inscrições para o Torneio de PES encontram-se já abertas na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, podendo ainda os interessados realizar a sua inscrição através do número 274 890 000 ou do correio electrónico biblioteca@cm-viladerei.pt

  • O Parque Ambiental de Santa Margarida – um espaço público que, para além de proporcionar momentos de lazer aos residentes, tem atraído milhares de visitantes ao Concelho de Constância – ficará agora ainda mais atraente, com a entrada em funcionamento do borboletário, que será inaugurado a 5 de junho, pelas 18h00.

    Já considerado local de grande importância educativa, por permitir abordagens científicas aos diversos tipos de plantas, às suas caraterísticas e, em particular aos proveitos que delas podemos obter, o Parque Ambiental abre agora uma outra vertente em que pode ser apreciada a beleza de insetos muito especiais e, simultaneamente, perceber as metamorfoses por que passam ao longo da sua vida.

    O equipamento, financiado a 85% por fundos comunitários, está envolvido por um espaço ao ar livre onde serão criados ambientes com plantas próprias da alimentação das borboletas locais, de modo a que, observando-as, se possa estabelecer comparações com as que vivem exclusivamente no espaço interior do borboletário. Aí, as condições de temperatura e humidade são controladas de modo a simular-se um clima tropical, ou seja, as condições em que podem desenvolver o seu ciclo de vida, borboletas consideravelmente diferentes das que, especialmente na primavera e no verão, povoam campos e jardins das regiões temperadas.

    Em relação às vulgares borboletas que conhecemos, são bem diferentes as “tropicais”, quer nos tamanhos e nas cores, bem como nos hábitos alimentares. Na pequena “sala de espera” do borboletário os visitantes contemplam imagens de exemplares que terão oportunidade de ver voar por entre plantas ou pousadas sobre elas e, através de microscópios simples, observar detalhes de asas, antenas ou até de alguns ovos, começando assim a “viagem” pelo ciclo fantástico da vida destes seres que habitam a Terra há mais de quarenta milhões de anos, ou seja, desde muito antes de existirem os humanos.

    Na verdade, os milhares de visitantes esperados, em cada ano, iniciarão no borboletário, uma aula que, certamente, continuará em casa, no jardim ou no quintal, numa intimidade com o mundo vegetal e animal, desenvolvendo, assim, o apreço pela beleza e pelo conhecimento. 

  • Um projeto-piloto de transportes públicos "à medida e a pedido" dos utentes, que está a ser testado em Mação desde janeiro, vai ser replicado nos 11 municípios do Médio Tejo, informou o presidente daquela comunidade intermunicipal.

    A experiência, com a duração de seis meses, contempla cinco circuitos de ligação à vila de Mação, abrangendo as freguesias de Aboboreira, Amêndoa, Cardigos, Mação e Penhascoso e uma população de cerca de 4.000 pessoas.

    À semelhança do transporte coletivo regular, o Transporte a Pedido tem circuitos, paragens e horários definidos. No entanto, distingue-se do transporte regular porque o cliente é que desencadeia a viagem, através do seu pedido para uma central de reservas. Deste modo, as viaturas só efetuam os percursos se, antecipadamente, o serviço tiver sido solicitado e só vão às paragens que tiverem reservas.

    O concelho de Mação foi o escolhido para o programa piloto devido a fatores técnicos como a dispersão urbana, o envelhecimento da população e a grande carência de transportes públicos. 

  • A Casa do Povo de São João do Peso recebeu, na manhã do dia 26 de Maio, a Acção de Sensibilização “Defesa da Floresta contra Incêndios”.

    A iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Vila de Rei, em parceria com a SEPNA – Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente da GNR, foi aberta a toda a população e teve o objectivo de promover os correctos comportamentos a ter em prol de uma eficaz prevenção dos incêndios florestais.

    Durante a sessão, os participantes tiveram ainda a oportunidade de esclarecer algumas dúvidas relacionadas com outros processos florestais, nomeadamente com o registo anual de colmeias.

    Ricardo Aires, Vice-presidente da Autarquia e responsável pelo pelouro da Protecção Civil, adiantou que “as Acções de Sensibilização realizadas no âmbito da defesa da floresta contra os incêndios pretendem alertar os proprietários de matas e bosques no nosso Concelho sobre os procedimentos que devem tomar na defesa das suas propriedades, numa medida que julgamos importante para combatermos o flagelo dos incêndios florestais.” 

  • No dia 29 de Maio de 2013, Dia Nacional do Bombeiro, as crianças da sala 2 da Creche Municipal de Vila de Rei foram visitar o Quartel dos Bombeiros Voluntários de Vila de Rei.

    Os meninos tiveram a oportunidade de conhecer os diferentes espaços existentes e a sua função, e, na parte final da visita, puderam entrar num carro dos Bombeiros (uma verdadeira aventura!). Para exemplificar um carro em acção, foi accionada a sirene de um carro dos Bombeiros. As crianças não demonstraram medo algum, mas sim alguma admiração. 

    Todos gostaram muito de estar perto dos “nónis”, como algumas das crianças designam os Bombeiros. Foi um dia diferente e todos estavam ansiosos por contar aos pais as suas aventuras. 

  • O Concelho de Vila de Rei tem, desde o dia 30 de Maio, 12 muppies remodelados com a imagem da campanha “Vila de Rei – Qualidade Devida”.

    A iniciativa surge no seguimento de variadas acções que certificam Vila de Rei como um dos Concelhos mais atractivos para se viver, como a 50ª posição no ranking nacional “Os Municípios e a Qualidade de Vida”, ou a recepção da Bandeira de “Município + Familiarmente Responsável”, pelo quarto ano consecutivo.

    A nova campanha pode assim ser vista nos muppies colocados em Vila de Rei (2) e nas aldeias de Cabeça do Poço, Lavadouro, Milreu (2), Penedo Furado, Pisão Fundeiro, S. João do Peso (2), S. Martinho e Zaboeira.

    Para a Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata, “o Município de Vila de Rei tem, ao longo dos últimos anos, dado enormes passos na criação de condições e de novas infra-estruturas que fazem do nosso Concelho um dos mais atractivos para se viver. A campanha «Vila de Rei – Qualidade Devida» vem, desta forma, enaltecer esse esforço e promover as condições que Vila de Rei oferece.” 

  • A associação ambiental Quercus criticou hoje o abate de um olival com mais de 1.400 árvores em Torres Novas, reclamando do Ministério da Agricultura a "definição de políticas claras" sobre a valorização do olival tradicional.

    Em comunicado, a Quercus afirmou que o corte de milhares de oliveiras na Quinta do Bonflorido, no concelho de Torres Novas, com o objetivo de converter a área em cultura de regadio, "despreza o potencial existente para produção de azeitona e azeite de qualidade, afetando a produção do ano e a biodiversidade existente em plena primavera".

    Segundo a associação ambientalista, só no caso da Quinta do Bonflorido foi dada autorização para o arranque de 1.420 oliveiras em cerca de uma dezena de hectares pela Direção Regional de Agricultura do Ribatejo e Oeste à Sociedade Agrícola do Bonflorido.

    A Quercus criticou o corte das oliveiras com estas "em floração e quando os animais silvestres, nomeadamente as aves, estão em nidificação, constituindo uma ação destrutiva da biodiversidade", associada aos olivais tradicionais.

    O organismo assegurou ter recebido "denúncias sobre o aumento das autorizações de abate de olival tradicional" pelas direções regionais de Agricultura do Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território e indicou que, "depois do Alentejo, o Ribatejo parece agora estar sujeito a esta mesma pressão devido à frágil regulamentação de proteção e à procura de subsídios comunitários por parte de alguns agricultores, sem compatibilização das culturas existentes".

    No entender da associação ambientalista, esta é uma situação "reveladora de uma enorme ausência de políticas de conservação e valorização do olival tradicional" por parte do Ministério da Agricultura.

    "Existem pedidos e autorizações para diversas áreas com elevada incidência no Ribatejo, nos concelhos de Torres Novas e Santarém, que totalizam centenas de hectares de corte raso com milhares de oliveiras, muitas delas seculares, mas em produção, as quais são cortadas e arrancadas para conversão em culturas de regadio", pode ainda ler-se no comunicado.

    A Quercus contestou as "pretensões junto de áreas protegidas com autorização para abate de olival tradicional em dezenas de hectares, como na envolvente à Reserva Natural do Paul do Boquilobo", na zona envolvente a Torres Novas e Golegã, e reiterou a "exigência" de que o Ministério da Agricultura "defina políticas claras sobre a valorização do olival tradicional" e reveja também a sua regulamentação.

    "O regime em vigor é demasiado permissivo e tem levado às situações de delapidação deste património nacional", concluem. 

  • A Avasocial - Associação Voluntariado e Acção Social do Entroncamento afirma que "nunca foi vista nem achada" na Campanha de Recolha de Alimentos do Banco Alimentar, pelo que esclarece que é falso dizer-se que esta associação seria um dos destinos dos alimentos recolhidos.

    Em comunicado, a Avasocial louva "a ideia da Dra. Isabel Jonet que se concretizou no Banco Alimentar contra a Fome", mas a associação "nunca foi vista nem achada na iniciativa. Apenas foi uma vez contactada para colaborar com o Banco Alimentar da Região de Lisboa e nunca foi contactada pelo Banco Alimentar que abrange o concelho do Entroncamento".

    "A Avasocial não recebe nem nunca recebeu alimentos provenientes das campanhas do Banco Alimentar nem de outras iniciativas que profusamente têm sido divulgadas e realizadas no Entroncamento", lê-se no documento onde se explica que a associação é parceira e executora da Campanha DA – Direito à Alimentação, em que o Município do Entroncamento é a entidade gestora, e que conta com as doações de restaurantes e alguns cidadãos anónimos. Mais adianta que em 2012 foram recebidas e entregues 2945 refeições no valor de 17.605 euros. O resultado leva a inferir do sucesso da iniciativa que se prolongará no tempo, enquanto houver doadores e beneficiários.

    A associação, que pretende esclarecer o seu envolvimento "na realização da recolha e no benefício, relativamente a alimentos recolhidos", termina "apelando às entidades públicas e privadas, e também aos cidadãos, no sentido da abertura à compreensão e à doação de refeições e alimentos prontos a consumir, com vista à melhoria da Campanha DA – Direito à Alimentação e satisfação das necessidades dos beneficiários".
     

  • A Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza atribuiu Qualidade de Ouro às Praias Fluviais de Fernandaires e Pego das Cancelas, em Vila de Rei, e à Praia Fluvial do Carvoeiro, em Mação. Na lista de candidatas figuravam 3335 praias.

    No início de todas as épocas balneares, a Quercus atribui a classificação de “Praias com Qualidade de Ouro” às zonas balneares do país com melhores resultados em termos de qualidade da água. O objectivo desta distinção é realçar as praias que, ao longo de vários anos (cinco anos, neste caso), apresentam sistematicamente boa qualidade ou qualidade excelente (tendo em conta a classificação da legislação em vigor), e que, nesse sentido, oferecem uma maior fiabilidade no que respeita à qualidade da água.

    Em comparação com 2012, há mais quarenta praias com qualidade de ouro, num total de 335 das 543 zonas balneares. Das 335 praias identificadas, 309 são costeiras, 20 são interiores e 6 são de transição.

  • Foi inaugurado no dia 31 de maio o Posto de Turismo de Vila Nova da Barquinha, a funcionar nas instalações do Centro Cultural, junto ao Parque de Escultura Contemporânea Almourol (PECA). O equipamento funciona também como Loja do Parque, estando a sua gestão concessionada à empresa Welcome To. 

    Perante dezenas de convidados e de Filipe Bento, empresário responsável pelo espaço, Miguel Pombeiro, Presidente da Câmara, salientou a importância da implementação do equipamento, há muito desejado no concelho, como complemento aos recursos turísticos já existentes – os monumentos nacionais Castelo de Almourol e Igreja Matriz de Atalaia - assim como o Parque de Escultura Contemporânea Almourol e o Centro Integrado de Educação em Ciências (CIEC), infra-estruturas únicas em Portugal.

    O Posto de Turismo, assim como os Serviços Turísticos e de Apoio às Atividades Náuticas foram concessionados pelo Município de Vila Nova da Barquinha, em 2012, à Welcome To, empresa que será responsável pelo desenvolvimento e dinamização turística do Concelho. 

    A concessão tem por objecto a execução de serviços turísticos e de apoio às actividades náuticas, através da exploração do Posto de Turismo de Vila Nova da Barquinha, do Bar de Tancos e do Quiosque do Rio (VN Barquinha). Integra a Concessão do Posto de Turismo o atendimento, informação turística, venda de produtos regionais e merchandising alusivo ao concelho, bem como o exercício, em regime de exclusividade, das visitas guiadas ao Parque de Esculturas, Castelo de Almourol e Igreja da Atalaia.

    O edifício do Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, no Largo 1º Dezembro, sofreu obras de remodelação para o efeito, intervenção co-financiada em 85% pelo QREN, no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro (Mais Centro), e da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).
     

  • À semelhança de anos anteriores, a Câmara Municipal de Vila de Rei promove uma visita à Feira Nacional da Agricultura, em Santarém, no dia 10 de Junho, cedendo gratuitamente o transporte a todos os Vilarregenses que realizarem a sua inscrição.

    A visita tem como principal objectivo contribuir para o aumento do conhecimento das técnicas de trabalho no sector da agricultura, contactando de perto com outras práticas laborais, proporcionando, ao mesmo tempo, importantes momentos de lazer.

    Os interessados em participar deverão efectuar a inscrição na recepção da Câmara Municipal de Vila de Rei até ao dia 7 de Junho. 

  • A Praia Fluvial do Penedo Furado é uma das 174 zonas balneares nacionais presentes na nova versão da aplicação “Praia em Directo”, numa iniciativa da Vodafone Portugal, em parceria com a Marinha Portuguesa – Instituto de Socorros a Náufragos.

    A aplicação disponibiliza, em tempo real, informação sobre o índice UV, temperatura da água, temperatura e humidade do ar, velocidade e direcção do vento, dados sobre as marés (informação cedida pelo Instituto Hidrográfico da Marinha), ondulação, pressão atmosférica e qualidade de água balnear (informação cedida pela Agencia Portuguesa do Ambiente), entre outros.

    A informação sobre as praias portuguesas abrangidas pela aplicação está disponível em português, inglês, espanhol, francês, alemão e italiano através do serviço “Praia em Directo” nos equipamentos iPhone, iPad e iPod, na App Store da Apple, e para os restantes modelos de telemóveis e tablets Android, através da Google Play Store, assim como para PCs em versão web.

    Os visitantes da Praia Fluvial do Penedo Furado têm assim ao seu dispor um vasto leque de notícias relativas à praia, que lhes darão importantes informações para que usufruam de todas as suas potencialidades. 

  • Paulina Pereira, a Bombeira da corporação de Abrantes que faleceu a 21 de Julho de 2012 na sequência do despiste do autotanque onde seguia a caminho de um incêndio, foi homenageada durante a X Gala de Homenagem aos Bombeiros de Portugal promovida pela Associação Nacional de Bombeiros Profissionais.

    Durante a cerimónia, que decorreu no dia 18 de Maio, foram homenageados, a título póstumo, os bombeiros que, em 2012, perderam a vida no combate às chamas, tendo estado presentes bombeiros de todo o país, assim como várias entidades ligadas ao setor dos bombeiros e proteção civil.

    Os Prémios Prestígio a título Póstumo foram entregues aos familiares de Paulina Pereira (Bombeiros Municipais de Abrantes), Vítor Joaquim (Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos), Fernando Reis (Bombeiros Voluntários da Aguda) e Sérgio Hilário (Bombeiros Voluntários do Sabugal).

    Já os Prémios Prestígio, que pretendem homenagear pessoas/entidades que se distinguiram ao longo do ano no apoio aos bombeiros portugueses e às atividades da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais foram atribuídos ao Coronel da Força Aérea, José Codeço, ao Major-General Arnaldo Cruz (antigo presidente da ANPC), a Dinis Jesus (antigo CDOS Setúbal), Luís Caracol (subchefe principal RSB) e a José Calixto (presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz).

    A cerimónia de homenagem foi apresentada por Eládio Clímaco e por Patrícia Henrique. Contou com as atuações de Simon Blue, Lenita Gentil, Ludgero Rosas, Adelaide Ferreira, Jó e os Dados, o Orfeão dos Serviços Sociais da Câmara Municipal de Lisboa, o mágico Nuno André.

    A Banda do Regimento Sapadores de Bombeiros fechou com chave de ouro esta homenagem aos bombeiros portugueses tocando vários temas e oferecendo a partitura do hino feita para a ANBP ao presidente Fernando Curto. 

  • A Escola Profissional Gustave Eiffel do Entroncamento (EPGE) promove, esta quarta-feira, dia 5 de Junho, entre as 18h00 e as 21h30, a conferência “Barragens: da Prevenção à Emergência”.

    O evento decorre no auditório do polo 3, Campus Escolar na Rua D. Afonso Henriques e é aberto ao público em geral. As entradas são livres, mas sujeitas a marcações que devem ser efectuadas, até às 10h00 do próprio dia, para o e-mail gerp.ent@gustaveeiffel.pt.

    O evento integra-se nos Ciclos de Conferências EPGE e conta com o seguinte programa:
    » 18h00: receção aos convidados no espaço do terraço do polo 3 (Terrace Events Eiffel)
    » Painel 1: “Barragens: da Prevenção à Emergência” (orador a confirmar)
    » Painel 2: “Planeamento de Emergência para as Barragens" (Eng.º Paulo Resende)
    » Painel 3: “Grandes Emergências: A Gestão do Caos" (Dr. Paulo Gil Martins) 
     

  •  

  • A Câmara Municipal do Entroncamento comemorou, no dia 1 de Junho, de forma inédita e com muita alegria o Dia Mundial da Criança.

    O Campo de Futebol de Relvado Sintético nº 3, no Complexo Desportivo Municipal estava completamente repleto de crianças e familiares que se divertiram com uma panóplia de equipamentos que a Autarquia colocou ao dispor de toda a população.

    Cerca de mil crianças do Concelho e dos arredores viveram momentos inesquecíveis, onde não faltaram as pinturas faciais, a modelagem de balões e, como não podia deixar de ser, as pipocas e o algodão doce.

    Para além dos insufláveis, os carrinhos da ESER fizeram as delícias das crianças. A coroar os festejos, o lançamento de tropas paraquedistas permitiu um contacto mais próximo com esta atividade.

    Por volta das 19 horas encerraram-se as comemorações, com a promessa de se repetirem devido ao enorme êxito alcançado.

    A iniciativa teve o apoio incondicional dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento e da Polícia de Segurança Pública do Entroncamento.
     

  • Ana Moura e Clã são os nomes mais sonantes para a edição de 2013 das Festas da Cidade de Ponte de Sor que se realiza de 4 a 8 de Julho.

    No ano em que se comemoram os vinte e oito anos de elevação à categoria de cidade, o assinalar da efeméride vai reunir, no Anfiteatro da Zona Ribeirinha e na sua zona envolvente, a mostra de artesanato, a gastronomia representativa das sete freguesias do concelho e animação noturna.

    A abertura deste ano fica mais uma vez a cargo da Orquestra de Harmónicas de Ponte de Sor, a que se segue a apresentação do projeto Musicando e para final de noite os pontessorenses Mood’s. Sexta-feira é a vez da Orquestra Ligeira da CMPS e da multipremiada Ana Moura a que se segue a animação com o DJ Johnivz. Os Clã de Manuela Azevedo são os cabeças de cartaz para sábado, antecedidos pela banda da pontessorense Marta Marecos, Ai Deus e U é. O final da noite fica a cargo do DJ PutSouza.

    Os italianos Sossiobanda, do Festival 7Sóis7Luas, sobem ao palco no domingo, com a primeira parte a cargo da Banda da Sociedade Filarmónica Galveense. Mas domingo é também dia do XVII Encontro de Coros de Ponte de Sor com a participação do Coral Polifónico de Ponte de Sor, do Coro do Orfeão da Covilhã e do Coral Jubilare de Alcanena, no Teatro-Cinema a partir das 17h30.

    A música popular portuguesa do Cantargil, de Montargil, abre o último dia dos festejos, que encerram com as Classes de Dança do EFC. Mas dia 8 de julho, ainda antes dos eventos no Anfiteatro, ao final da tarde, no Centro de Artes e Cultura, é lançado o livro "Município de Ponte de Sor, Encontro de Memórias".
     

  • Mário Silvestre deixou o comando dos Bombeiros Municipais do Cartaxo para assumir o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém. Joaquim Chambel, que ocupava o cargo, vai agora liderar o Agrupamento Distrital de Operações de Socorro do Centro Sul que integra os distritos de Santarém, Portalegre, Castelo Branco e Leiria.

    Também Rui Natário, Segundo Comandante Operacional de Santarém, foi substituído por José Guilherme São Marcos, ex-comandante dos Bombeiros Voluntários de Benavente, e Lurdes Fonseca, Adjunta do Comando, saiu da estrutura por extinção do cargo.

    As mudanças surgem na sequência da publicação da nova lei de bases da Autoridade Nacional de Proteção Civil, (Decreto-Lei n.º 72/2013, de 31 de maio) que determinou a criação de cinco agrupamentos distritais de operações de socorro, para além dos já existentes comandos distritais.

    A tomada de posse dos novos comandantes deve registar-se nos próximos dias, sendo que as nomeações, ambas em comissão de serviço, pelo período de três anos, têm efeitos a partir desta segunda-feira, 3 de junho de 2013.

  • Militares da GNR de Montargil detiveram, hoje, dia 5 de junho, pelas 7 horas, dois indivíduos, em flagrante delito, quando furtavam cobre e aparelhos de ar condicionado nas instalações anexas às antenas de comunicações existentes no Lugar de Viola, em Montargil, Ponte de Sor.

    A dupla, constituída por um homem de 45 anos e uma mulher de 18 anos, foi surpreendida pela patrulha do Posto de Montargil após ter sido dado conhecimento pelos proprietários de que o alarme das mesmas tinha sido acionado. Os militares detiveram os suspeitos, apreenderam a viatura em que se faziam transportar e onde carregavam o material furtado e recuperaram todo o material.

    A estimativa do valor do furto e dos danos causados situa-se na ordem dos € 25.000. Os detidos serão presentes no Tribunal Judicial de Ponte de Sor.  

  • A E.B.I. do Centro de Portugal recebeu, no dia 4 de Junho, o “Tour Agarra a Vida”, numa iniciativa de sensibilização dos jovens para os riscos associados ao consumo de drogas, ao mesmo tempo que os incentivava para a prática desportiva, através da presença de alguns dos mais importantes nomes nacionais de desportos radicais.

    Organizado pela Câmara Municipal de Vila de Rei, em parceria com a Academia dos Patins e com o apoio do Instituto da Droga e da Toxicodependência e do Agrupamento de Escolas de Vila de Rei, o evento teve início pelas 10 horas, com demonstrações de inline, skate e BMX. Ao mesmo tempo, eram distribuídos, a todos os alunos presentes, suportes de informação e brindes temáticos relacionados com “Estilos de Vida Positivos e Sem Drogas”, “Igualdade de Género” e “Não Violência no Namoro”.

    Pelas 14 horas, no Auditório Municipal de Vila de Rei, o Tour prosseguiu com o debate “Os Fenómenos da Toxicodependência”, que juntou cerca de 200 alunos entre o 7º e o 12º ano lectivo. Durante a sessão, marcada pela forte interacção com o auditório de jovens, foram abordados e discutidos diversos temas relacionados com a problemática das drogas, álcool e violência.

    Presente na iniciativa, Ricardo Aires, Vice-Presidente da Autarquia e responsável pelo pelouro da Educação, afirmou que “a prevenção de comportamentos de risco por parte dos jovens atinge uma importância cada vez maior nos dias que corem. Com esta iniciativa, conseguimos sensibilizar os alunos Vilarregenses sobre os comportamentos a evitar, oferecendo-lhes, ao mesmo tempo, um verdadeiro espectáculo de desportos radicais com alguns dos principais nomes nacionais da modalidade. Acreditamos que, no final deste dia, todos os jovens sentem que é possível correr alguns riscos, sentir adrenalina e passar bons momentos sem necessitarem de qualquer tipo de drogas.” 

  • Estão abertas as inscrições para segurança, vigilância e manutenção das Piscinas Municipais de Mação.

    Os destinatários são os jovens do Concelho de Mação com idades entre os 14 e os 22 anos, sendo que as inscrições decorrem até 14 de Junho na secretaria dos Bombeiros Voluntários de Mação.

    Para a inscrição devem ser portadores de fotocópia do Bilhete de identidade ou Cartão de Cidadão e os menores de 18 anos devem entregar também fotocópia do BI ou CC do Encarregado de Educação.

    As Piscinas estão abertas entre 2 de Julho e 8 de Setembro de 2013.
     

  • Reunido em Assembleia Geral no passado dia 25 de maio, o movimento ProTEJO elegeu uma nova direção. Paulo Constantino, de Vila Nova da Barquinha, e Sara Cura, de Abrantes, foram eleitos como porta vozes. Para a mesa do Conselho Deliberativo foram eleitos José Louza, do Cartaxo, como presidente, José Moura, de Nisa, como vice-presidente, e Luís Carvalho, de Rio Maior, como secretário. 

    O proTEJO pugna pela “mobilização de cidadãos na defesa e promoção da bacia hidrográfica do Tejo – rio Tejo e seus afluentes – nas vertentes ambiental, científica, cultural, social e patrimonial”.

    Na mesma reunião, o movimento proTEJO decidiu tomar posição a favor do encerramento da central nuclear de Almaraz, sublinhando que já ultrapassou há dois anos o seu prazo de validade e tem sido afectada por frequentes avarias. Localizada em Espanha, a cerca de 100 km da fronteira portuguesa, esta central nuclear é refrigerada com águas de um afluente do rio Tejo.

    O movimento manifesta a sua solidariedade com a rede de cidadania pela defesa do rio Tejo em Espanha, a Rede do Tejo, em particular a sua luta pela despoluição do rio e contra novos desvios de água do Tejo para outras regiões de Espanha e consequente diminuição do caudal em Portugal.

    O proTEJO reclama ainda que o governo português divulgue publicamente os relatórios hidrológicos anuais da Bacia do Tejo, para que a opinião pública possa saber ao certo a quantidade e qualidade da água que entra em Portugal e aferir o cumprimento da Convenção de Albufeira.
     

  • O Decreto-Lei n.º 72/2013, de 31 de Maio, já em vigor, instituiu cinco novos agrupamentos de distritos.

    A área de influência do jornal Abarca fica assim abrangida pelo Agrupamento do Centro Sul, composto pelos distritos de Santarém, Castelo Branco, Portalegre e Leiria. Joaquim Chambel, nomeado, em comissão de serviço, pelo período de três anos, é o Comandante Operacional de Agrupamento, com efeitos a 3 de junho de 2013.

    Com a saída de Joaquim Chambel do comando distrital de Santarém, foi nomeado Mário Silvestre para desempenhar as funções de Comandante Operacional Distrital do Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém.

     

    Agrupamentos Distritais

    - Agrupamento Distrital do Norte, composto pelos distritos de Braga, Bragança, Porto, Viana do Castelo e Vila Real
    - Agrupamento Distrital do Centro Norte, composto pelos distritos de Aveiro, Coimbra, Guarda e Viseu
    - Agrupamento Distrital do Centro Sul, composto pelos distritos de Castelo Branco, Leiria, Portalegre e Santarém
    - Agrupamento Distrital do Sul, composto pelos distritos de Beja, Évora, Lisboa e Setúbal
    - Agrupamento Distrital do Algarve, composto pelo distrito de Faro

     

    O que diz o Decreto-Lei n.º 72/2013

    "A alteração do modelo de organização da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), evolui, do ponto de vista operacional, de um modelo de lógica distrital para uma organização apoiada numa lógica de agrupamento distrital, consagrando-se cinco novos agrupamentos de distritos que refletem a criação de um modelo mais ajustado à realidade territorial e facilitador de uma operacionalidade mais eficiente, progredindo -se desta forma, para uma conceção que ultrapassa a divisão administrativa assente em 18 comandos distritais.

    Neste contexto, prevê-se uma adaptação do novo modelo de organização operacional do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro, designado por SIOPS, tendo por base, ao nível operativo, o princípio do comando e estratégia únicos, independentemente da respetiva dependência hierárquica e funcional.

    Para tal, reforça-se o CNOS – Comando Nacional de Operações de Socorro, dotando-o de uma maior capacidade de resposta e criam-se os agrupamentos distritais de operações de socorro, com o objetivo de aproveitar efeitos de escala e sinergia na capacidade de coordenação e controlo.

    Simultaneamente, procura-se dar maior uniformidade e constância às diferentes respostas que se afiguram necessárias, sejam no âmbito do combate a incêndios florestais, acidentes industriais ou outro tipo de ocorrência de acidente grave ou catástrofe.

    Acresce ainda o objetivo de se obter uma redução do número de elementos ao nível da estrutura operacional, permitindo racionalizar estruturas e alocar recursos a outras áreas da proteção civil.

    Foram ouvidas a Associação Nacional de Municípios Portugueses e a Associação Nacional de Freguesias."

  • Com apenas 250 euros a Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA) fará a diferença no abastecimento de água ao orfanato Wanalea, no Quénia.

    Para tal, está a decorrer na ESTA uma angariação de fundos que tornará possível armazenar as águas pluviais ao longo do ano e permite o seu aquecimento. O desafio é a comunidade académica conseguir patrocinar, em exclusivo, a primeira fase deste projecto e, para isso, basta que todos contribuam apenas com 50 cêntimos. É um exemplo como muito pouco fará uma enorme diferença para a vida das crianças do orfanato Wanalea.

    Recorde-se que o autor deste projecto é Augusto Gaspar que enquanto finalista da licenciatura em Engenharia Mecânica, optou por realizar o seu estágio no Quénia, procedendo ao levantamento de necessidades para o abastecimento de água a orfanatos no interior deste país africano. Esta iniciativa contou com o apoio da ADDHU - Associação de Defesa dos Direitos Humanos.

    Os relatos desta experiência encontram-se publicados em http://www.esta-comunica.com/category/missao-quenia/ e em https://www.facebook.com/pages/Estágio-Solidário-no-Quénia/226049760797448

  • Em virtude do mau tempo que se abateu durante o fim de semana de 18 de Maio, a vinda dos barcos tradicionais do Tejo foi adiada para o domingo do dia 23 de Junho.

    Tal como já tinha sido anunciado virão três barcos tradicionais do Tejo, dois Catraios e uma Canoa. Os quais estarão abertos ao publico, para levarem quem quiser dar um pequeno passeio no espelho de água do Tejo, em frente ao Rossio ao Sul do Tejo.

    Esta iniciativa por parte da Junta de Freguesia do Rossio ao Sul do Tejo em conjunto com a Marinha do Tejo e está também enquadra no âmbito de outras homenagens e conferencias aos dois últimos sobreviventes, Jacinto Abreu e Armando, do Rossio ao Sul do Tejo, na época em que as fragatas d'Água a Cima levavam a cortiça para Lisboa. 

    Os barcos fazem parte da Marinha do Tejo, a qual é um polo vivo do Museu da Marinha e que envolve também outras associações náuticas, câmaras municipais, como Lisboa, Montijo, Vila Franca de Xira e outras, assim como particulares que tenham barcos tradicionais do Tejo. A Marinha do Tejo tem como objectivo a defesa da historia náutica, a reconstrução, a sua forma de navegar, as suas tradições e a divulgação das embarcações tradicionais do Tejo. Estas embarcações estão protegidas por lei , a qual define os tipos de barcos tradicionais mas também define que têm de ser construidas em madeira nacional, por isso são construidas com madeira de pinho.

    Este acontecimento vem restabelecer, se bem que duma forma simbólica a ligação entre Abrantes e Lisboa pelo rio Tejo. Isto porque a meio de dos anos 40, mais precisamente em 1944, terá saído do porto de Abrantes, no Rossio ao Sul do Tejo, a ultima fragata carregada de cortiça em direção à área de Lisboa.

    Por parte da Marinha do Tejo estará presente o presidente o Contra-Almirante José Bastos Saldanha, o vice-presidente Professor Fernando Carvalho Rodrigues, também conhecido como o “pais do satélite português” , por ter sido um dos responsáveis pelo satélite português nos anos 90, além de outros tripulantes dos barcos. Alguns deles responsáveis pela recuperação e reconstrução de alguns barcos tradicionais.
     

  • O grupo de autocaravanistas “Roteiros de fim-de-semana – Autocaravanismo” esteve presente em Vila de Rei durante o dia 9 de Junho, juntando cerca de 30 veículos que percorreram diversos pontos do Concelho.

    Os autocaravanistas começaram por visitar o Mercado Municipal de Vila de Rei, onde adquiriram os bens alimentícios para o almoço-convívio que realizaram na Praia Fluvial e Parque de Campismo Rural do Bostelim.

    Ao final do dia, o grupo de autocaravanistas regressou a Vila de Rei, à Área de Serviço de Autocaravanas, onde acabaram por passar a noite.

    Inaugurada em 2012, a Área de Serviço de Autocaravanas de Vila de Rei recebeu já centenas destes veículos, revelando-se como uma importante infra-estrutura para atrair mais visitantes ao Concelho, reforçando o nome de Vila de Rei como destino turístico. 

  • A décima quinta edição do “Portugal de Lés-a-Lés” passou, durante o dia 9 de Junho, pelo Concelho de Vila de Rei, tendo os participantes a oportunidade de visitar alguns dos mais importantes pontos turísticos Vilarregenses.

    A iniciativa, que entre os dias 8 e 10 de Junho ligou Fafe a Aljezur, juntou uma caravana de cerca de 1.100 motas e 1.200 pessoas que realizaram uma pausa no percurso para visitar o Centro Geodésico de Portugal e o Museu da Geodesia.

    Muitos dos participantes do evento, alguns que visitavam Vila de Rei pela primeira vez, mostraram-se “bastante impressionados com a beleza do Concelho” e manifestaram o desejo de voltar em breve para nova visita. 

  • Cerca de 40 pessoas estiveram presentes, na manhã de 8 de Junho, em mais uma edição do Passeio Pedestre “Rota das Conheiras”.

    A iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Vila de Rei, ligou a aldeia de Lousa à Praia Fluvial do Penedo Furado, passando por diversas Conheiras resultantes da exploração de frentes mineiras de ouro, presumivelmente da época romana, e terminando com fantásticas paisagens de quedas de água junto à Praia Fluvial.

    O Percurso Pedestre “Rota das Conheiras” encontra-se devidamente limpo e sinalizado durante todo o ano, encontrando-se à disposição de todos os caminhantes interessados em realizar este trilho. 

  • Bombeiros de todo o país responderam ao apelo da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais e do Sindicato Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP/SNBP) para se reunirem, esta quarta-feira, dia 12 de Junho, em Abrantes.

    Cerca de meio milhar de operacionais, de Norte a Sul de Portugal, protestaram em frente ao edifício da Câmara Municipal de Abrantes (CMA) contra a extinção do corpo de bombeiros municipais da cidade e a mobilização de meios humanos para outros serviços.

    Em causa, está o apoio da CMA à criação da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Abrantes (AHBVA) e consequente dissolução de corporação profissional abrantina, com mais de 150 anos. Alguns dos profissionais seriam encaminhados para cargos camarários como jardineiros, coveiros ou para serviços sanitários. Segundo a CMA, outros integram a AHBVA.

    Além disso, a organização do protesto queixou-se, em comunicado distribuído durante a manifestação, de falta de transparência no respeitante a subsídios e ao relatório da morte da bombeira Paulina Pereira, a 21 de Julho do ano passado. 
     

  • Em Monte Cimeiro, Alcaravela, Sardoal, os tradicionais festejos em honra de S. João, têm lugar nos dias 21, 22 e 23 de junho de 2013. Graciano Ricardo, Àpart, DJ Turtledove Brothers e Ricardo Rebelo serão os animadores do arraial.

    O evento é organizado pela Comissão de Criatividade Social de Monte Cimeiro, que promete alegria e boa gastronomia, através de jantares com pratos regionais. 

  • Comemorou-se, a 10 de junho, o 23.º aniversário do Centro de Convívio da Terceira Idade, no Entroncamento.

    Do programa constou um almoço oferecido a todos os utentes do Centro de Convívio e a Celebração da Palavra, proferida pelo Reverendo Ricardo Madeira. De seguida, assinalou-se o momento com a partilha do bolo de aniversário.

    Para terminar as comemorações, realizou-se uma matiné dançante, que animou todos os que participaram no evento.

  • Por ocasião das Festas de Abrantes, e à semelhança dos anos anteriores, ocorrem algumas alterações ao trânsito na zona central da cidade e em Rossio ao Sul do Tejo, a divulgar nos locais mediante a colocação de sinalização.

    Estas alterações verificam-se entre os dias 13 e 18 de Junho e têm como propósito a garantia da segurança do público e a criação de uma fluidez nos trajetos de ligação dos vários espaços envolvidos.

     

    CORTES DO TRÂNSITO 

    Entre as 19.30 horas do dia 13 de Junho e as 3.00 horas do dia 17 de Junho:

    - Rua do Montepio Abrantino;
    - Largo General Avelar Machado;
    - Rua 17 de Agosto de 1808;
    - Jardim da República;
    - Rua Tenente Valadim;
    - Rua Monteiro de Lima.

    No dia 15 de Junho, entre as 9.00 e as 20.00 horas:

    - Rua Capitão Correia de Lacerda;
    - Rua Grande;
    - Rua Dr. Manuel Constâncio;
    - Rua do Pisco entre a Travessa do Pisco e a Rua D. Miguel de Almeida.

    No dia 16 de Junho, entre as 14.00 e as 20.00 horas:

    - Rua Dr. Manuel Fernandes;
    - Rua Coronel Luís Jorge de Mena e Silva;
    - Travessa Coronel Luís Jorge de Mena e Silva;
    - Rua António Botto
    - Avenida Marginal do Tejo, no sentido nascente-poente.

    Entre as 9.00 horas do dia 13 de Junho e as 22.00 horas do dia 16 de Junho:

    - Avenida Marginal do Tejo, entre o entroncamento com a Rua das Comissões e o entroncamento com a Rua da Fonte dos Touros.

    CORTES PARCIAIS DO TRÂNSITO 

    No dia 16 de Junho, entre as 14.00 e as 20.00 horas:

    - Rua General Humberto Delgado, na zona do entroncamento com a Rua Coronel Luís Jorge de Mena e Silva;
    - Avenida 25 de Abril entre o entroncamento com a Rua de Angola e o entroncamento com a Rotunda da Liberdade.

    CORTE DO TRÂNSITO E PROIBIÇÃO DO ESTACIONAMENTO 

    Entre as 24.00 horas do dia 10 de Junho e as 18.00 horas do dia 18 de Junho:

    - Praça D. Francisco de Almeida.

    PROIBIÇÃO DE ESTACIONAMENTO 

    Entre as 24.00 horas do dia 10 de Junho e as 18.00 horas do dia 18 de Junho:

    - Largo General Avelar Machado

    Entre as 24.00 horas do dia 10 de Junho e as 15.00 horas do dia 18 de Junho:

    - Jardim da República, entre o entroncamento com a Rua 17 de Agosto de 1808 e o entroncamento com a Rua Tenente Valadim, no lado poente.

    Entre as 24.00 horas do dia 11 de Junho e as 18.00 horas do dia 18 de Junho:

    - Jardim da República, no lado nascente, 4 lugares a sul da escadaria de acesso à Santa Casa da Misericórdia de Abrantes.

    Entre as 9.00 horas do dia 14 de Junho e as 18.00 horas do dia 17 de Junho:

    - Rua Nossa Senhora da Conceição, no lado nascente, entre o entroncamento com a Rua Luís de Camões e o segundo portão de acesso ao edifício onde funcionou a Rodoviária.

    No dia 15 de Junho, entre as 9.00 e as 20.00 horas:

    - Rua Capitão Correia de Lacerda;
    - Largo da Ferraria;
    - Rua Prof. Manuel Constâncio;
    - Largo Dr. Ramiro Guedes;
    - Rua Monteiro de Lima

    Entre as 9.00 horas do dia 13 de Junho e as 22.00 horas do dia 16 de Junho:

    - Avenida Marginal do Tejo, de ambos os lados, entre a Rua das Comissões e a Rua da Fonte dos Touros.

    Entre as 14.00 horas do dia 13 de Junho e as 20.00 horas do dia 17 de Junho:

    - Avenida Marginal do Tejo, de ambos os lados, entre a Rua do Cais e o entroncamento com o arruamento sem topónimo desafetado da Avenida Marginal do Tejo, em Rossio ao Sul do Tejo.

    No dia 16 de Junho, entre as 9.00 e as 20.00 horas:

    - Rua Dr. Manuel Fernandes;
    - Rua Coronel Luís Jorge de Mena e Silva.

    PERMISSÃO DE CIRCULAÇÃO 

    Entre as 9.00 horas do dia 13 de Junho e as 22.00 horas do dia 16 de Junho:

    - Rua da Fonte dos Touros em ambos os sentidos.

    PROIBIÇÃO DE VENDA AMBULANTE 

    Num perímetro de 100 metros em redor do Centro Histórico da Cidade de Abrantes.

    No período compreendido entre 13 e 16 de Junho, com exceção para os vendedores autorizados pela Câmara Municipal. 
     

  • A PSP do Entroncamento, com o reforço de meios da Unidade Especial de Polícia da Direção Nacional da PSP, procedeu à realização de três buscas domiciliárias no âmbito de processos em investigação, tendo detido dois indivíduos, um homem de 45 anos de idade e uma mulher de 47. Contra os mesmo foram emitidos mandados de busca domiciliária e de detenção e condução para serem ouvidos em primeiro interrogatório judicial.

    Durante as buscas domiciliárias foram apreendidos uma arma de fogo de defesa pessoal, de calibre 6,35 milímetros, um carregador com duas munições e dois telemóveis, entre outros artigos. Foram ainda apreendidas 30 munições de diversos calibres.

    O homem, residente num concelho limítrofe do Entroncamento, foi identificado e constituído arguido por posse de munições para arma de fogo de calibre proibido.

  •  

  •  

  • À semelhança dos anos anteriores, a Câmara Municipal do Entroncamento promove as Férias Municipais de Verão, que irão decorrer no período de 17 de Junho e 30 de agosto.

    Direcionadas às crianças do 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico do Concelho do Entroncamento, irão abranger um período de onze semanas, no horário das 09h às 12h30m e das 14h às 17h30m.

    As inscrições não se encontram limitadas e têm o valor de 13,79€ (opção sem almoço) ou 26,32€ (opção com almoço) por criança. Realizam-se nas Piscinas Municipais do Entroncamento, entre as 9h e as 21h. Para os beneficiários de apoio social escolar existem 30 vagas disponíveis (por semana).

    Os participantes nas Férias Municipais terão a oportunidade de praticar diversas atividades desportivas, culturais e ambientais, nomeadamente: Futsal; Basquetebol; Andebol; Orientação; Patinagem; Badmínton; Mini-trampolim; Natação; Ténis; Atletismo; Street Football; Escalada; Jogos Pré-Desportivos; Rugby, atividades na ESER; Ateliê de Dança; Jogos, Contos; Teatro e realização de uma Gincana Ambiental. As atividades decorrem em diversos equipamentos do Concelho. Durante a manhã e a tarde, será fornecido um lanche a todos os participantes. Serão também oferecidas t-shirts a todos os intervenientes.

    Um dia em cada semana, a Autarquia proporciona uma visita de recreio à Praia Fluvial “Olhos d`Água” localizada em Alcanena, com caráter opcional.

    Esta iniciativa tem como objetivos fundamentais, contribuir para o desenvolvimento da atividade desportiva; para a inserção dos alunos na comunidade; para o enriquecimento cultural e cívico dos alunos; para o desenvolvimento do trabalho e do sentido de grupo. Pretende ainda estimular as relações interpessoais; facultar o desenvolvimento de situações motoras diversificadas e criativas; proporcionar a atividade livre e espontânea; incrementar uma interligação cada vez mais próxima entre o Município e os seus jovens.
     

  • “As Rotas do Entroncamento” são uma iniciativa voluntária, sociocultural e sem fins lucrativos, promovida e realizada pela Avasocial – Associação Voluntariado e Acção Social do Entroncamento.

    "O Entroncamento é uma cidade onde cada dia que passa e apesar de contratempos ou constrangimentos, apetece mais estar e viver. Uma cidade feita de pessoas e com pessoas que se entrecruzam nas mais diversas atividades económicas, sociais, desportivas e culturais. Uma cidade que merece outro olhar e que deve deixar de ser “mal-amada” mesmo que persista a ideia de “continuar a ser chique não gostar” do Entroncamento", refere a Avasocial em comunicado.

    E continua: "Cidade ferroviária e em movimento, ela carece ser conhecida e reconhecida nos seus mais diversos aspetos: da história, do património construído, ambiental e imaterial, da economia e outros. Só o verdadeiro conhecimento conduzirá a posturas de paixão e amor pelo Entroncamento, que se há-se manifestar em aumento de investimento, fruição dos bens culturais e de visitantes verdadeiramente interessados e interessantes.

    “As Rotas do Entroncamento” que não se esgotam na cidade, querem ser a diferença e são a resposta sociocultural que se considera adaptada à realidade e à necessidade da vivência cultural mesmo em tempo de crise económica e financeira, considerando que a cidade se contextualiza perfeitamente numa envolvente rica que lhe dá o verdadeiro sentido de Entroncamento ou entrecruzamento de vidas, multiculturalidades e afetos.

    Se a iniciativa é promovida pela Avasocial, aquela, para andar verdadeiramente, tem necessidade do apoio e da colaboração das mais diversas Entidades, públicas, privadas e da comunicação social escrita, falada e digital. Contamos com manifestações de apoio e efetiva ajuda quando solicitada".

    "As Rotas do Entroncamento” são apresentadas publicamente, dia 20 de Junho, pelas 11 horas, na Junta de Freguesia de S. João Baptista.
     

  •  

  •  

  • A CGTP União de Sindicatos de Santarém promoveu, hoje, dia 18 de junho, várias conferências de imprensa no âmbito da Greve Geral convocada pela CGTP-IN para o dia 27 de Junho.

     

    O porquê desta Greve Geral

    Hoje e passado dois anos da tomada de posse do governo PSD/CDS o País e os trabalhadores vivem uma verdadeira crónica do desastre anunciado.

    Tal como a CGTP denunciou e alertou, a politica deste governo levou-nos até um ponto onde a austeridade não tem fim, o défice e a divida não param de aumentar, o desemprego atinge 1,5 milhões de trabalhadores com tendência a subir, pois o ritmo de falências não abranda.

    Hoje Portugal é um dos Países mais pobres da União Europeia e as desigualdades económicas e sociais acentuam-se.

    Hoje e passados dois anos de governo PSD/CDS há mais crianças a ir para a escola com fome, há mais pais com salários em atraso, há mais trabalhadores a viver na miséria.

    Esta é uma realidade com que nós contactamos no nosso quotidiano e essa é a mais importante, no entanto os números também não enganam.

    O ministro das finanças bem tenta criar manobras ilusionistas mas já não consegue esconder mais o desastre em que se tornou a politica deste governo.

    Em Dezembro dizia ao País que a recessão em 2013 seria de -1%, em Fevereiro já dizia que seria -2%, concluindo finalmente o INE por divulgar que a actividade económica no 1.º trimestre caiu 4%.

    Há mais de 30 anos que não se observava uma recessão económica tão intensa no País, situação que a continuar este governo no poder só irá piorar.

    Para estes números contribuem fortemente dois factores: a quebra do poder de compra e o desemprego.

    Relativamente ao poder de compra, hoje ninguém tem já coragem de questionar a necessidade de aumentar salários e reformas para melhorar o poder de compra e dinamizar a economia. Ninguem à excepção do governo e dos grandes grupos que beneficiam com a crise, em primeiro lugar por terem um exercito de desempregados à sua disposição, em segundo porque preferem continuar com baixos salários para que os seus lucros continuem intocáveis e em terceiro porque assim mesmo quando sobra mais mês do que dinheiro com maior facilidade as pessoas recorrerão às grandes superfícies de forma a conseguir preços mais baixos.

    Só nos primeiros nove meses de 2012 comparado com o mesmo período de 2011 o peso dos salários caiu 6%, sendo os trabalhadores da função pública os mais afectados tendo os seus salários caído 5% em 2011 e 12% em 2012.

    Quanto ao desemprego, não há memória de alguma vez ter estado tão elevado. Desde a entrada deste governo em funções foram destruídos 101 mil empregos.

    No distrito de Santarém, no final do passado mês de Abril existiam mais de 31.628 desempregados, sendo que o concelho com maior número de desempregados registados era o de Santarém com 4333 desempregados, seguido de Abrantes com 3543 desempregados, Tomar com 2923 desempregados e a sul Benavente com 2463 trabalhadores desempregados registados.

    São cada vez mais os que deixam Portugal rumo a outro país que não lhes negue um emprego e um salário digno para si e para a sua família. São 250 mil novos emigrantes sendo que grande parte são jovem com habilitações ao nível superior.

    E não admira pois a taxa de risco de miséria em Portugal é já de 25%.

    Está definitivamente à vista de todos que esta politica não resolve os problemas do País, agrava-os, só com um combate ao desemprego e com uma melhoria dos rendimentos é possível dar a volta por cima.

    Só quando o desemprego for reduzido e quando os trabalhadores e reformados tiverem mais dinheiro no bolso para poder consumir, a economia vai ser redinamizada.

    Este é o cenário terrivel em que nos encontramos e para nós, para a CGTP a situação é verdadeiramente insustentável e é necessário exigir a demissão do governo.

    Não podemos continuar a empobrecer e não podemos permitir que PSD/CDS destruam as nossas vidas e o futuro das próximas gerações.

    Este é o motivo da convocação da Greve Geral de dia 27 de Junho. Uma Greve Geral onde todos os que estão descontentes com o empobrecimento constante e com a austeridade possam participar e reclamar a imediata demissão do governo.

    A Greve Geral é para todos e ninguém deve ficar de fora. Hoje todos temos motivos para estar descontentes, sejam trabalhadores do sector público, do sector privado ou reformados.

    Todos estamos a ser atacados de igual forma.

    É importante não esquecer que são muitos os milhares de trabalhadores que hoje no final do mês levam para casa menos vencimento devido às alterações ao código do trabalho que cortaram no pagamento do trabalho extraordinário, muitos milhares de trabalhadores trabalham hoje sem ver contabilizado mais qualquer ano para a sua compensação em caso de despedimento ou nos casos em que ainda acumularem a indeminização será mais curta, muitos são aqueles que estão desempregados e que lhe foi cortado parcialmente ou totalmente o subsidio de desemprego e muitos são aqueles que sofrem com o não aumento do salário mínimo tal como estaria acordado em concertação social e PSD/CDS não cumpriram.

    Para além disto muitas são as famílias que lhe foi retirado o abono de família e que hoje vivem pior pois o aumento do IMI, do IVA, do IRS e do custo de vida em geral não perdoam.

    No caso dos trabalhadores da administração pública e como se não bastasse os anos sucessivos de congelamento de salários, o governo pretende agora empurrar para o desemprego milhares de trabalhadores, aumentar o horário de trabalho e de forma vingativa desrespeita o tribunal constitucional e continua a reter os subsídios de Natal e de férias aos trabalhadores.

    Não podemos por isso deixar de saudar os professores do distrito e o SPGL que fase à ofensiva do governo, não cederam e que corajosamente tem aderido às greves do seu sectores, sendo de salientar que muitas escolas as adesões foram de 100% como é o caso da Escola Secundaria Dr. Ginestal Machado em Santarém e da EB Gualdino País em Tomar com também 100% de adesão à greve às avaliações. 

    Todos temos razões para estar fartos deste governo e ainda mais razões temos para lutar para derrotar este governo e a sua politica.

    Hoje o governo tenta virar os trabalhadores do sector público contra os trabalhadores do sector privado, dizendo que os trabalhadores do público são privilegiados, estratégia do dividir para reinar, mal intencionada sim porque quer PSD quer CDS sabem bem que se os trabalhadores da administração pública perderem direitos os patrões do sector privado virão em peso e em abono da produtividade reclamar que se trabalhe mais horas no sector privado, que os salários sejam mais baixos e que seja mais fácil despedir.

    Na União dos Sindicatos de Santarém temos a percepção do esforço que pode significar para muitos trabalhadores fazerem um dia de greve, mas é importante que ninguém fique de fora e apela-mos a todos os trabalhadores do distrito de santarém que equacionem bem o que continuarão a perder se PSD e CDS continuarem a governar.

    Equacionem quanto perdem mensalmente com as alterações ao código do trabalho, quanto perdem com o brutal aumento de impostos, quanto perdem por terem que pagar mais para ter os seus filhos no ensino superior ou por acederem aos SNS e em muitos casos quanto perdem por ter salários em atraso devido ao enfraquecimento da economia.

    Na nossa opinião mais vale a pena perder um dia de salário, por muito sacrifício que seja, a perder a dignidade e o futuro dos nossos filhos.

    Apelamos assim a todos que dia 27 ganhem confiança, que tomem o futuro nas suas mãos e que adiram à Greve Geral.

     

    Existem alternativas

    Não estamos condenados ao empobrecimento, para isso é necessário substituir a austeridade por uma política de crescimento económico e social.

    Mais uma vez a União dos Sindicatos aproveita este espaço para defender que se substituam os cortes nos abonos de família por um imposto especial sobre as transacções financeiras, que se reduza o IVA e em alternativa se tribute extraordinariamente os lucros das grandes empresas, que se pague o subsidio de desemprego a todos os desempregados, que se recupere o dinheiro perdido no BPN, que se corte nas PPPs danosas.

    Todas estas propostas são concretizáveis, Passos Coelho, Portas, Gaspar e Santos Pereira preferem continuar a retirar aos mesmos e por isso a alternativa passa também pela derrota deste governo e por devolver a palavra ao povo através de eleições.

     

    As iniciativas da União dos Sindicatos de Santarém

    A União dos Sindicatos e à semelhança do que se passou na anterior Greve Geral irá levar a cabo uma campanha de esclarecimento junto do comércio local com o objectivo que também este sector participe na Greve Geral.

    Os comerciantes locais sofrem diariamente com o empobrecimento da população e por isso defendemos que também eles têm que assumir as suas responsabilidades para a mudança. Só quando os trabalhadores viverem melhor deixarão de encerrar lojas no comércio tradicional e como tal é hora de também, em alguns casos mais uma vez, de os comerciantes assumirem a sua posição enquanto trabalhadores. Mais que palavras soltas ao vento é necessário tomarem acções concretas para melhorar a sua vida, neste caso juntando-se à Greve Geral.

    Para além desta campanha e para proporcionar a oportunidade a todos os que assim entendam de se juntarem á Greve Geral, sejam trabalhadores no activo, desempregados ou reformados, a USS/CGTP-IN vai realizar no dia 27 de Junho três concentrações no distrito de Santarém, em Torres Novas na Avenida 8 de Julho pelas 10h30, em Samora Correia também pelas 10h30 no Largo da República e em Santarém no Largo Cândido dos Reis pelas 15h00.

    Por fim mais uma vez afirmar a convicção que esta será uma grande Greve Geral também no distrito de Santarém, pois motivos para lutar contra este governo e a sua politica não faltam e certamente os trabalhadores do distrito saberão ter nesta altura tão difícil a coragem e a confiança que noutra hora nos levou a conquistar a liberdade e melhorar as condições de vida dos trabalhadores do distrito de Santarém.
     

  • O Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela, reuniu na passada semana com o Secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Silva Monteiro, para analisar questões pendentes relativas a estradas nacionais do Concelho de Mação.

    Em cima da mesa estiveram as situações da EN 3-12, EN 244 e EN 241-1, da jurisdição das Estradas de Portugal, que têm sido alvo de grande e constante preocupação por parte da Autarquia Maçaense sendo que, apesar de estarem classificadas como estradas nacionais no PRN 2000, não são, como deveriam ser, assumidas como tal pelo Estado Português.

    Nesta reunião estiveram também presentes os Presidentes de Câmara de Ferreira do Zêzere e da Sertã, que apresentaram igualmente questões referentes aos respectivos Concelhos, nomeadamente a reabilitação da EN 238, que liga os dois Municípios, e a ligação da A13 à Sede de Concelho (Ferreira do Zêzere).

    Refira-se que Carina João Oliveira, Deputada da região preocupada com estas problemáticas, acompanhou os Presidentes de Câmara nesta ocasião.
     

  • Foi aprovado o processo para lançamento de concurso público para adjudicação da conclusão das obras do novo Mercado Diário, após a revisão do projeto. O valor fixado é de € 1.067,323 e o critério de adjudicação será o do preço mais baixo. O prazo previsto para execução da empreitada é de 120 dias.

    Recordamos que a empresa responsável pela realização desta obra, a Sociedade de Construções José Coutinho, S.A. viu-se forçada a parar os trabalhos por motivos de dificuldades de ordem financeira, de resto tal como tem vindo a acontecer com outras empresas de construção civil. 

    Terminado o prazo de suspensão concedido pela Câmara ao empreiteiro responsável pela obra sem que a mesma fosse retomada e sem que fosse concretizada uma cessão da posição contratual, aconteceu que nenhuma empresa manifestou interesse em aceitar os trabalhos adjudicados pelo preço contratual, por ter sido considerado baixo. Refira-se a este propósito que a empreitada havia sido adjudicada por um valor 20% inferior ao preço base.

    A Câmara de Abrantes lamenta a situação e os transtornos que a paragem dos trabalhos acarretou. Acompanhou e acompanha com preocupação e em permanência o evoluir da situação e a tomou as diligências que considera mais adequadas, dentro das normas legais em vigor e tendo em vista o interesse público.
     

  • Vão ser retomadas as obras da empreitada de construção do Centro de Acolhimento do Tejo, na margem sul do Aquapolis, Rossio ao Sul do Tejo, prevendo-se que possam ser concluídas no prazo de quatro meses.

    Esta obra estava adjudicada a uma empresa que por motivos de ordem financeira se viu forçada a parar os trabalhos. A Câmara de Abrantes acaba de autorizar a cessão da posição contratual da Sociedade J. Gomes – Sociedade de Construções do Cávado, S. A., a favor do agrupamento complementar de empresas designado J. Gomes – I.Q.S.N.C. ACE.

    A obra resulta na ampliação e reordenamento de todos os equipamentos existentes no antigo Parque de Campismo e está a ser introduzida uma nova vocação de apoio a todas as atividades estruturadas em torno do rio Tejo, como o desporto, os tempos livres, a cultura, o conhecimento, o contacto com a natureza. O equipamento terá capacidade para cerca de 300 utentes e beneficiará de áreas multifuncionais como área de acampamento e área para autocaravanas/caravanas, sala de convívio, esplanada, cafetaria, parque infantil e área para desportos livres.
     

  • A FAJUDIS - Federação das Associações Juvenis do Distrito de Santarém está entre os vencedores da 10ª edição do Prémio EDP Solidária 2013, da Fundação EDP. Dos 1211 projetos apresentados, apenas 51 foram aprovados, tendo o anúncio dos vencedores sido realizado esta segunda-feira, dia 17 de junho, no Museu da Eletricidade, em Lisboa.

    O Programa EDP Solidária foi criado em 2004 e tem como objetivo o apoio a projetos que melhorem a qualidade de vida de pessoas socialmente desfavorecidas, a integração de comunidades em risco de exclusão social e a promoção do empreendedorismo social.

    No decorrer da cerimónia foram apresentados exemplos de boas práticas de projetos apoiados pela Fundação EDP em anteriores edições e, no encerramento, esteve presente o Ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares, que enalteceu a iniciativa da Fundação EDP e referiu que “a melhor resposta a problemas de exclusão social é aquela que é dada em parceria, pois quanto maior for a sustentabilidade das instituições, maior autonomia terão perante o Estado, mais capacidade terão, por si próprias, para melhorar a resposta e alargar a rede de solidariedade”.

    Refira-se que A FAJUDIS tem como missão permanente apoiar e dinamizar o associativismo juvenil no distrito de Santarém, sempre com o intuito de valorizar e promover as associações juvenis, salientando as suas potencialidades no desenvolvimento local e na formação da juventude, promovendo ações que mobilizem os/as jovens e as associações para uma atitude empreendedora na causa associativa. Deste modo, com este prémio, a Federação dará continuidade às ações que vai desenvolvendo, em prol da juventude, do associativismo, da participação e da cidadania ativa, através da implementação do projeto “Impulsos de Mudança”. Este projeto visa acompanhar jovens institucionalizados, através da dinamização de workshops participativos nas áreas do emprego e do empreendedorismo, assim como a realização de atividades ao ar livre e ateliers criativos para o desenvolvimento de estilos de vida saudáveis, favorecendo a criatividade e a inclusão social, através das artes e do desporto.
     

  • A partir de hoje, dia 19 de Junho, é restabelecida a circulação ao trânsito na Rua D. Miguel de Almeida, no centro histórico da cidade. 

    Recorde-se que a Rua D. Miguel de Almeida esteve até à data fechada ao trânsito devido a uma derrocada ocorrida em prédio particular, obrigando a Câmara Municipal a notificar o proprietário para que procedesse à demolição de paredes que ameaçavam ruir para a via pública e à execução de várias obras no interior do edificado.
     

  • Na véspera da 8.ª Gala da Cultura e Desporto de Tramagal, recordamos os galardoados deste evento que marca a história desta vila do concelho de Abrantes.

     

    Nota: O jornal Abarca não conseguiu reunir a lista de galardoados relativamente à quinta edição, pelo que agradecemos o envio de informações para abarca@abarca.com.pt

     

     

    1ª GALA DA CULTURA E DESPORTO DE TRAMAGAL
    11 de Dezembro de 1999

    ASSOCIATIVISMO
    Associações e Colectividades: Associação Humanitária de Dadores de Sangue da Freguesia de Tramagal

    ARTES E LETRAS
    Literatura: Ludgero Garcia
    Música - Música Popular Portuguesa: Rancho Folclórico de Tramagal
    Música - Autores, Compositores e Intérpretes: Fernando Barralé
    Teatro - Melhor Actriz: Lídia Aparício
    Teatro - Melhor Actor: José Barralé
    Teatro - Revelação: Sónia Costa

    DESPORTO
    Futebol (juvenis): Ricardo Relvas
    Futebol (juniores): Daniel Martins
    Futebol (seniores): Gameiro
    Atletismo (sector feminino): Mónica Almeida
    Atletismo (sector masculino): Ricardo Alves
    Basquetebol (escalão): Juniores Femininos
    Pesca de Rio: Luís Pinheiro
    Columbófilia: Vitor Bastos e Silva

    COMUNICAÇÃO SOCIAL
    Jornalismo: Mário Mendes
    Rádio: Manuel Tomaz

    ATRIBUIÇÃO ESPECIAL: Maria Isabel Sancho Marques

     

     

    2ª GALA DA CULTURA E DESPORTO DE TRAMAGAL
    21 de Outubro de 2000

    ASSOCIATIVISMO
    Associações e Colectividades: Sociedade Artística Tramagalense
    Dirigente Associativo do Ano: António José Contente

    ARTES E LETRAS
    Literatura: Emílio Serra
    Música - Música Popular Portuguesa: Grupo Rouxinol
    Música - Autores e Compositores: José Horta
    Música - Intérpretes: Sónia Gonçalves
    Teatro - Melhor Actriz: Nazaré Chambel Capitão
    Teatro - Melhor Actor: Samuel Barralé
    Teatro - Revelação: Duarte Mendes Oliveira

    DESPORTO
    Futebol (juniores): Daniel Martins
    Futebol (seniores): Paulo Renato I
    Atletismo (sector feminino): Susana Estriga
    Atletismo (sector masculino): Ricardo Alves
    Basquetebol (sector feminino): Vera Lourenço
    Basquetebol (sector masculino): Artur Jorge Ribeiro
    Pesca de Rio: Pedro Santos Ferreira
    Columbófilia: Luís Alves Jesus

    COMUNICAÇÃO SOCIAL
    Jornalismo: Manuel Tomaz
    Rádio: Alcinio Serras

    ATRIBUIÇÃO ESPECIAL: Maria Helena Duarte Ferreira
    ATRIBUIÇÃO PRESTÍGIO: Victor Manuel

     

     

    3ª GALA DA CULTURA E DESPORTO DE TRAMAGAL
    3 de Novembro de 2001

    ASSOCIATIVISMO
    Associações e Colectividades: Associação Juvenil CISTUS
    Dirigente Associativo do Ano: Joaquim Ricardo

    ARTES E LETRAS
    Literatura: Augusto Mendes
    Música - Música Popular Portuguesa: Grupo Coral Juvenil da SUC
    Música - Autores e Compositores: Fernando Barralé
    Música - Intérpretes: Andreia Barroso
    Teatro - Melhor Actriz: Anabela Caroço
    Teatro - Melhor Actor: Pedro Santos
    Teatro - Revelação: Marta Rossana Fernandes

    DESPORTO
    Futebol (seniores): Daniel Martins
    Atletismo (sector feminino): Angelina Reis
    Atletismo (sector masculino): Ricardo Alves
    Basquetebol (sector feminino): Ana Rita Ferreira
    Basquetebol (sector masculino): Alexandre Almeida
    Pesca de Rio: Luísa Duarte
    Columbófilia: Vitor Bastos e Silva

    COMUNICAÇÃO SOCIAL
    Jornalismo: Mário Rui Fonseca
    Rádio: Aníbal Almeida

    ATRIBUIÇÃO ESPECIAL: Ricardo Alves
    ATRIBUIÇÃO PRESTÍGIO: Carlos Mineiro Alves

     

     

    4ª GALA DA CULTURA E DESPORTO DE TRAMAGAL
    30 de Novembro de 2002

    ASSOCIATIVISMO
    Associações e Colectividades: Associação de Melhoramentos da Freguesia de Tramagal
    Dedicação Associativa: João Manito
    Dirigente Associativo do Ano: Manuel Guterres

    ARTES PLÁSTICAS
    Leonor Aivado

    ARTES E LETRAS
    Música: Ana Margarida
    Literatura: Rosa Barralé
    Teatro: Joaquim Agostinho

    DESPORTO
    Futebol: Pedro Carmo
    Atletismo (sector feminino): Anna knoch
    Atletismo (sector masculino): David Oliveira
    Basquetebol (sector feminino): Maria Braz
    Basquetebol (sector masculino): Duarte Oliveira
    Pesca de Rio: Isidro Prata
    Columbófilia: Vitor Bastos e Silva
    Patinagem Artística: Telma Elias
    Dedicação Desportiva: João Caroço
    Dirigente Desportivo do Ano: Fernando Jorge

    COMUNICAÇÃO SOCIAL
    Jornalista: Luísa Bastos

    ATRIBUIÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO
    Melhor Aluno: Vera Lúcia Oliveira

    EVENTOS
    Melhor Evento: TiC’02

    ATRIBUIÇÃO ESPECIAL: Pe Alfredo
    ATRIBUIÇÃO PRESTÍGIO: Jorge Mineiro

     

     

    5ª GALA DA CULTURA E DESPORTO DE TRAMAGAL (incompleto)
    24 de Janeiro de 2004

    ASSOCIATIVISMO
    Associações e Colectividades: Sociedade União Crucifixense
    Dirigente Associativo do Ano: César Grácio

    ARTES E LETRAS
    Música: Hyubris

    DESPORTO
    Futebol: Marquitos

     

    6ª GALA DA CULTURA E DESPORTO DE TRAMAGAL
    29 de Janeiro de 2005

    ASSOCIATIVISMO
    Associações e Colectividades: Associação Humanitária de Dadores de Sangue da Freguesia de Tramagal
    Dedicação Associativa: António Eugénio
    Dirigente Associativo do Ano: Fernando Brazão

    ARTES PLÁSTICAS
    Mário Santos

    ARTES E LETRAS
    Música: André Vicente
    Teatro: Nazaré Chambel

    DESPORTO
    Futebol: Gonçalo Manito
    Atletismo (sector feminino): Ana Rita Lopes
    Atletismo (sector masculino): Márcio Pires
    Basquetebol (sector feminino): Joana Varge
    Basquetebol (sector masculino): Fábio Gomes
    Columbófilia: Silvestre Alarico
    Especial Desporto: Infantis Masculinos do Tramagal SU Campeões Distritais 2003/2004
    Dedicação Desportiva: João Fernandes
    Dirigente Desportivo do Ano: Carlos Ferreira

    COMUNICAÇÃO SOCIAL
    Jornalista: A. Carvalho

    ATRIBUIÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO
    Melhor Aluno: Anna Knoch

    ATRIBUIÇÃO ESPECIAL: Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Oliveira
    ATRIBUIÇÃO PRESTÍGIO: Maria Lurdes Jorge

     

     

    7ª GALA DA CULTURA E DESPORTO DE TRAMAGAL
    18 de Julho de 2009

    ASSOCIATIVISMO
    Associações e Colectividades: Associação de Reformados de Tramagal
    Dedicação Associativa: António José Contente
    Dirigente Associativo do Ano: Sérgio Aparício dos Santos

    ARTES PLÁSTICAS
    Pintura: Gilberto Gonçalves

    ARTES E LETRAS
    Literatura: Patrícia Fonseca
    Teatro: Grupo Cénico da Sociedade União Crucifixense

    DESPORTO
    Formação: Escolinhas do Tramagal Sport União
    Futebol: Luís Lopes
    Basquetebol: Gonçalo Romano
    Columbófilia: Silvestre Alarico
    Dedicação Desportiva: Mário Mendes
    Dirigente Desportivo do Ano: Ernesto Andrade

    COMUNICAÇÃO SOCIAL
    Jornalista: Mário Rui Fonseca
    Rádio: Aníbal Almeida

    ATRIBUIÇÃO ESPECIAL: Vilela Brazão

  • A Confederação Portuguesa do Voluntariado lança, em 2013, a 5ª edição do Troféu Português do Voluntariado. Este prémio é atribuído, anualmente, pela Confederação Portuguesa do Voluntariado e tem como finalidades homenagear o trabalho dos voluntários e incentivar a prática do voluntariado.

    As candidaturas decorrem até 15 de setembro de 2013, devendo todos os interessados submeter as suas inscrições através da ficha de candidatura, disponível no site www.convoluntariado.pt

    Podem candidatar-se organizações de voluntariado ou promotoras de voluntariado, com projetos nas seguintes áreas: Ação Cívica ou Social, Ciência e Cultura, Cooperação para o Desenvolvimento, Defesa do Consumidor, Defesa do Património e do Ambiente, Desenvolvimento da Vida Associativa e da Economia Social, Direitos Humanos, Educação, Emprego e Formação Profissional, Proteção Civil, Reinserção Social e Saúde. 

    Entre os objetivos do Troféu Português do Voluntariado destacam-se: Beneficiar pessoas que se encontrem em situação ou risco de pobreza e apresentem dificuldades de cobertura das suas necessidades básicas ou se encontrem em situação ou risco de exclusão social; Apoiar e incentivar atividades artesanais que estejam em vias de desaparecimento; Promover a defesa do meio ambiente; Promover atividades educacionais para crianças e jovens; Propiciar a divulgação das boas práticas no voluntariado, a nível nacional e internacional, na expetativa de que os projetos apresentados e selecionados possam ser replicados ou constituir incentivo para novos projetos em áreas afins.

    O prémio consta de um troféu, consubstanciado numa peça de cristal, acompanhado de um certificado emitido no nome do vencedor. A organização proponente receberá também um certificado, mencionando o nome do projeto associado ao vencedor.

    O Júri do Troféu Português do Voluntariado é constituído por Rui Rama da Silva, da Liga dos Bombeiros Portugueses (preside em representação da CPV), Paula Guimarães, da Fundação Montepio (membro da CPV), Maria José Ritta, Duarte Caldeira e Conceição Lino (personalidades).

    Mais informações em www.convoluntariado.pt ou através do e-mail informa.cpv@gmail.com

  • Foi por “unanimidade e aclamação” que a Assembleia Geral do Centro de Recuperação e Integração de Abrantes (CRIA) designou a Câmara Municipal de Abrantes “Sócia Benemérita” daquela Instituição. 

    A nomeação da Autarquia foi baseada em diversos apoios concedidos à Instituição, designadamente com materiais, mas também pela cedência de equipamentos para a concretização de obras que “têm contribuído para que a Instituição possa continuar a cumprir os seus objetivos junto dos seus Clientes e da Comunidade”.

    A cerimónia do reconhecimento é dia 21 de Junho nas instalações do CRIA, numa ocasião em que será também efetivada a Certificação do Sistema de Qualidade da Instituição com o nível “EQUASS EXCELLENCE in Social Services”.
     

  • A Associação Esganados TT – Vila de Rei, com o apoio da Câmara Municipal, organiza, no próximo dia 28 de Julho uma Concentração/Passeio de Motorizadas e Motas Clássicas.

    A iniciativa, inserida na programação da XXIV Feira de Enchidos, Queijo e Mel, prevê juntar dezenas de veículos que se irão concentrar no jardim da Nossa Senhora da Guia, em Vila de Rei, partindo depois por um passeio pelo Concelho.

    A concentração das motorizadas e motas clássicas está marcada para as 9 horas, estando previsto o início do passeio para uma hora mais tarde. O programa do evento inclui ainda um reforço alimentar, pelas 12 horas, e um almoço convívio entre todos os participantes pelas 14 horas.

    A inscrição para o Passeio terá um custo de 15€ (incluindo brinde, reforço alimentar e almoço) e poderá ser feita na Tasquinha dos Esganados TT na Feira de Enchidos, Queijo e Mel, junto ao jardim da Nossa Senhora da Guia. 

  • O Cruzeiro de Vila de Rei, situado no topo da colina a sudeste da sede do Concelho, foi alvo de obras de restauração, levadas a cabo pela Junta de Freguesia de Vila de Rei, tendo sido colocada uma nova cruz no topo da construção.

    A antiga cruz encontrava-se bastante danificada depois das tempestades sofridas no final de 2012 e, não sendo possível a sua reparação, foi assim substituída pela que se encontra presentemente.

    O Cruzeiro de Vila de Rei foi edificado em 25 de Dezembro de 1940, como forma de celebrar os oito séculos da criação da Pátria Portuguesa, em 1140, e os três séculos da Restauração da Independência, em Dezembro de 1640. 

  • No âmbito do projeto “Juventude Ação na Solidariedade” 2013, promovido pela AJAF-Associação Juventude Ação no Futuro, com o apoio do programa FINABRANTES 2013, e em parceria com o Centro de Solidariedade Social da Freguesia do Souto, decorreu neste mesmo centro, no passado dia 22 de Junho de 2013, um ateliê criativo de bijuteria em trapilho.

    A atividade consistiu em elaborar acessórios de beleza, designadamente, colares, pulseiras, pregadeiras, através do trabalho em trapilho. Os trabalhos elaborados neste ateliê posteriormente serão colocados em exposição a definir.

    Com vista à criação de dinâmicas nas freguesias da zona norte do concelho, estes ateliês são sem dúvida um momento de interação entre habitantes das várias freguesias, assim como também são promotores da partilha de experiências e saberes entre os/as mesmos/as. 

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei, em parceria com as instituições sociais do Concelho, organizou uma comemoração intergeracional dos Santos Populares, numa iniciativa que contou com a presença dos utentes das instituições e dos jovens participantes nas Férias Desportivas de Verão.

    As celebrações tiveram lugar no Parque de Feiras de Vila de Rei, juntando cerca de 220 pessoas que desfilaram nas tradicionais Marchas Populares e entoaram cantigas comemorativas desta época festiva.

    Para finalizar a iniciativa, os participantes cumpriram a tradição num divertido almoço onde a sardinha assada foi o prato principal.

    Presente na iniciativa, onde ofereceu uma pequena lembrança a todos os presentes, a Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata, salientou que “as comemorações dos Santos Populares, numa iniciativa que juntou os jovens Vilarregenses e os utentes das instituições sociais do Concelho, proporcionaram a todos, uma vez mais, um dia repleto de muita animação. A Autarquia voltou assim a apostar, com sucesso, numa actividade intergeracional que proporciona uma importante troca de valores e experiências.” 

  • A Câmara de Abrantes procedeu à transplantação de quatro palmeiras do espaço verde existente junto à entrada do serviço de urgências do hospital de Abrantes, para o Parque do Alto de Santo António.

    A espécie em causa é Phoenix Canariensis (Palmeiras-das-Canárias), sendo que três delas possuem cerca de quatro metros de tronco livre e outra, de muito mais reduzida dimensão, apresenta menos de um metro.

    O Centro Hospitalar do Médio Tejo, unidade de Abrantes, pretende reformular o local de onde foram removidas as palmeiras, criando uma zona de estacionamento condicionado, destinado a ambulâncias, para responder a situações excecionais de maior afluxo de tráfego.

    Por seu turno, o Município beneficiou da cedência destas árvores, não só face ao valor económico que representam, como pela oportunidade de melhorar o Parque Alto de Santo António, local onde de alguns anos a esta parte já se encontravam algumas plantas idênticas desta espécie, que se apresentam perfeitamente adaptadas e enquadradas na paisagem, não apresentando qualquer incompatibilidade com infraestruturas, e proporcionado sombras e aspeto visual bastante agradáveis.
     

  • Vila de Rei volta a receber, de 27 de Julho a 4 de Agosto, mais uma edição da Feira de Enchidos, Queijo e Mel (FEQM). O certame tradicional organizado pelo Município de Vila de Rei, que vai este ano para a sua vigésima quarta edição, pretende divulgar as actividades económicas do concelho e apresentar os mais variados produtos artesanais.

    A inauguração da FEQM está marcada para as 17 horas do dia 27 de Julho e contará com a presença do Secretário de Estado da Administração Local, Dr. António Leitão Amaro e da Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata.

    O programa da XXIV edição do evento conta com a 15ª Feira do Livro, exposições, tasquinhas, animação de rua, karaoke, jogos tradicionais, programa desportivo e a realização da 22ª Colheita de Sangue de Vila de Rei. 

    Para animar as noites de festa, os palcos do Parque de Feiras de Vila de Rei vão receber artistas de diferentes estilos musicais, estando a animação do palco principal destinada a Augusto Canário e Amigos, Miguel Araújo, Graciano Ricardo, Quim Barreiros, João Só e Abandonados, Mafalda Arnauth e The Gift. No palco 2 da Feira actuarão ainda Nelson António, Igor Alves, Mário Jorge, Rui Miguel e Grupo Novo Ritmo.

    Constam ainda no programa actuações de grupos de música tradicional – Grupo de Cantares Regionais de Sta. Maria dos Olivais, Grupo de Concertinistas da Casa do Benfica de Vila de Rei, Grupo de Cantares da Amêndoa, Villa d’el Rei Tuna, Rancho Folclórico “Os Canteiros” da Pedreira e Grupo de Cantares “A Bela Serrana”.

    O evento conta com cerca de 110 expositores oriundos de vários pontos do país, que irão apresentar, além da gastronomia regional, artigos em artesanato e representativos dos sectores industrial, comercial e de serviços. Os visitantes poderão assim provar os saborosos enchidos, queijo e mel da região, apreciar o típico artesanato local e deliciar-se com a rica gastronomia local nas esplanadas instaladas no recinto da Feira. 

  •  

     

     

     

     

     

     TEMPERATURA

     

    QUINTA
    DIA 4

    SEXTA
    DIA 5
    SÁBADO
    DIA 6
    DOMINGO
    DIA 7
    ABRANTES 39ºC 39ºC 40ºC 40ºC
    CHAMUSCA 40ºC 39ºC 41ºC 41ºC
    CONSTÂNCIA 39ºC 38ºC 40ºC 40ºC
    ENTRONCAMENTO 39ºC 38ºC 40ºC 40ºC
    GAVIÃO 38ºC 39ºC 40ºC 40ºC
    GOLEGÃ 40ºC 38ºC 41ºC 41ºC
    MAÇÃO 38ºC 38ºC 39ºC 40ºC
    PONTE DE SOR 39ºC 39ºC 40ºC 40ºC
    SARDOAL 39ºC 39ºC 40ºC 40ºC
    VILA DE REI 38ºC 38ºC 39ºC 39ºC
    VILA NOVA DA BARQUINHA 39ºC 39ºC 40ºC 40ºC

     

     

     

     

     

     

     

     

      

     

     

    ÍNDICE ULTRAVIOLETA
    (CLIQUE NAS IMAGENS PARA AUMENTAR)

    QUINTA
    DIA 4

    QUINTA
    DIA 5

     

     

    RISCO DE INCÊNDIO
    (CLIQUE NAS IMAGENS PARA AUMENTAR)

     

    QUINTA
    DIA 4

    QUINTA
    DIA 5

     

     

     Fonte: IPMA

  • A CGTP-IN volta a convocar mais uma manifestação. Este sábado, dia 6 de Julho, a concentração será pelas 15h00 em Belém. Pela "demissão do Governo, dissolução da Assembleia e eleições antecipadas. Por uma alternativa política de progresso social, de esquerda e soberana".

    Os interessados em usar o transporte disponibilizado para participar nesta acção devem fazer hoje a sua inscrição pelo número 913450741. O autocarro passará em Mouriscas (11h45), Alferrarede (11h50), Rossio ao Sul do Tejo (12h00), São Miguel do Rio Torto (12h10), Tramagal (12h15), Chamusca (12h45) e Vale de Cavalos (12h50).

  • A XX Feira Mostra do Concelho de Mação arranca hoje, dia 5 de Julho. A Abertura Oficial do certame está marcada para as 19 horas, no Largo Infante D. Henrique. Mas antes, pelas 16 horas, será inaugurado o novo Quartel dos Bombeiros Voluntários de Mação.

    Com duas décadas de existência, a Feira Mostra já se afirmou como um espaço privilegiado de reunião e convívio dos habitantes do Concelho e de Concelhos vizinhos. Particularmente, é a continuação de uma aposta em mostrar o que Mação tem de melhor.

    Na sexta-feira, às 21h00 terá lugar uma Sessão de Autógrafos do livro “Viagem à Roda da Banda de Mação”, com recolha e apresentação de Carlos Gueifão, livro que marcou o fim das Comemorações dos 150 anos da Banda, editado pela Câmara Municipal de Mação em Fevereiro de 2013.

    O Sábado, dia 6 de Julho começa com Canoagem no Rio Tejo, às 9h00. Uma fantástica oportunidade de um passeio no Tejo com partida de Ortiga e descida até à Central do Pego. Uma paisagem deslumbrante serve de mote ao convite. 

    Pelas 16 horas tem lugar um Concerto pelo Conservatório de Música Firmação, no Anfiteatro do Sobreiro com a apresentação pública do trabalho desenvolvido ao longo do ano com os alunos do Conservatório Firmação. À mesma hora tem lugar o Jogo da Malha, evento que atrai todos os anos dezenas de visitantes da região!

    Às 17h00 tem lugar um Passeio BTT, passeio com cerca de 30 km's e um desnível acumulado de 650 metros. As inscrições são grátis e incluem o jantar (apenas para os participantes que forem pedalar no evento). A concentração e levantamento de dorsais será às 17h junto ao recinto da Feira Mostra e a partida pelas 18h.

    A fechar a tarde de sábado, às 18h00 tem lugar uma Sessão de Empreendedorismo no Stand da Autarquia. A Câmara Municipal de Mação homenageia publicamente as Empresas do Concelho de Mação distinguidas pelo IAPMEI com o Estatuto “PME Líder” e “PME Excelência” 2012 e os alunos da EB2,3/S de Mação, vencedores do Projecto EMPRE Escolas – Empresários na Escola.

    Pelas 21h00 haverá Sessão de Autógrafos do livro “Cultura e Artes da Pesca Tradicional no Rio Tejo em Ortiga – Mação”, de João de Matos Filipe. Livro sobre Artes da Pesca em Ortiga foi apresentado no dia 23 de Dezembro de 2012 em Ortiga. No prefácio lê-se “este livro dá-nos muito do que é o grande Tejo. João de Matos Filipe partilha com o leitor, de forma íntima, o Tejo que lhe corre nas veias. Mais do que um livro de história, “Cultura e Artes da Pesca Tradicional no Rio Tejo, em Ortiga – Mação” é o testemunho vivo de que o rio e o homem são um só.”

    O Domingo acorda cedo, às 08h00, com o II Audace Mação, uma iniciativa da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta e do BTZ Mação, com o apoio da CMM. Com partida e chegada no recinto da Feira Mostra, vai ligar Mação a Vila Velha de Ródão, num percurso de 121 Km. 

    Uma hora depois, pelas 09h00 decorre o IV Passeio Pedestre “Um Passeio pela Vida”, iniciativa que tem lugar há vários anos no âmbito da Feira Mostra pela necessidade de alertar a população para a necessidade de cuidar da sua saúde!

    À mesma hora decorre ainda o Passeio de Motorizadas Clássicas e o Passeio de Cicloturismo com partida e chegada no recinto da Feira Mostra, este Passeio terá um percurso de 55 kms. Decorre ainda a esta hora um Torneio de Sueca.

    Às 17h00 no Stande da Câmara tem lugar uma interessante Oficina sobre Observação de Aves – “Que Aves (en)cantam Mação?”, caracterização e conservação da avifauna do Concelho de Mação.

    Uma hora depois, pelas 18h00 têm lugar as Marchas Populares com a participação de cinco Marchas organizadas por várias Associações e Instituições do Concelho de Mação.

    Às 21h00 terá lugar uma Sessão de Autógrafos do Livro “Não somos pó, somos magia”, de João Beija-Flor.

    Todos os dias da Feira decorre a 15.ª edição da Feira do Livro que tem vindo a revelar-se um sucesso e um dos espaços mais visitados da Feira Mostra. Terá centenas e centenas de livros, de diversas editoras, para todas as idades e gostos.

    A Gastronomia é uma das forte apostas do certame, com sucesso comprovado ano após ano. Este ano são sete os espaços de restauração, que apresentarão os sabores típicos e tradicionais do Concelho de Mação. Serão dinamizados essencialmente por Associações Concelhias: A Freguesia de Aboboreira; Associação de Santo António de Mação; Associação Desportiva de Mação; Associação Desportiva e Recreativa de Chão de Lopes; Centro de Dia de S. José das Matas; Grupo Desportivo de Carvoeiro e Liga Regional de Melhoramentos de Ortiga.

    O Cartaz Musical é outra das grandes apostas da Câmara Municipal de Mação passa por incluir no programa do certame grupos musicais de renome nacional. Este ano não vai ser excepção, com a presença de Hands on Approach, na sexta-feira; Quinta do Bill, no sábado e Joana Amendoeira, no domingo.

    A fechar a noite de sexta-feira actuará a banda Dried Flowers e sábado, destaque para Planeta Vaca, um grupo local que se tem vindo a destacar no panorama musical nacional.

    A participação de Grupos de Cantares Concelhios que partilham a nossa identidade cultural com todos aqueles que nos visitam: Grupo de Cantares do Grupo Cultural “Os Maçaenses, Grupo de Cantares da Associação “Musical Amendoense”, Grupo de Cantares da Serra da Associação Recreativa e Cultural da Serra e Rancho de Folclore Sénior do Centro Cultural e Recreativo de Chaveira e Chaveirinha.
     

  • A Câmara Municipal de Vila de Rei aliou-se à Quercus para a realização no Concelho do projecto Green Cork, programa de recolha e reciclagem de rolhas de cortiça.

    A iniciativa tem como objectivo não só a transformação das rolhas usadas noutros produtos, mas, também, com o seu esforço de reciclagem, permitir o financiamento de parte do Programa “Floresta Comum”, que possibilitará a criação de novos bosques, utilizando exclusivamente árvores que constituem a nossa floresta autóctone.

    O Município de Vila de Rei vai colocar à disposição pontos de recolha de rolhas de cortiça, denominados de “Rolhinhas”, situados no edifício dos Paços do Concelho, nas sedes das três Juntas de Freguesia e em todos os restaurantes do Concelho.

    A realização do projecto Green Cork permitirá a redução de resíduos, a valorização da rolha de cortiça como produto plenamente ecológico, e consequente defesa do montado de sobro, e a possibilidade de plantação de novas árvores. 

  • A época balnear no Concelho de Vila de Rei, que teve início no dia 15 de Junho, desenrolando-se até 15 de Setembro, encontra-se actualmente a funcionar na sua máxima força, com todas as infra-estruturas e bares de apoio abertos ao público.

    Desta forma, todas as praias fluviais do Concelho encontram-se preparadas para voltar a receber milhares de visitantes neste Verão, estando os seus bares de apoio abertos nos seguintes horários: Penedo Furado – das 09h00 às 24h00; Fernandaires – das 10h00 às 20h00; Pego das Cancelas – 10h00 às 18h00; Bostelim – das 08h00 às 02h00 (com funcionamento do Parque de Campismo Rural durante todo o dia).

    A Piscina Descoberta de Vila de Rei encontra-se também aberta ao público, funcionando das 10h00 às 12h00 e das 15h00 às 20h00.

    Para além dos bares de apoio, os visitantes vão ainda encontrar balneários e zonas de estacionamento fácil em todos estes locais.

    As Praias Fluviais do Concelho e a Piscina Municipal Descoberta encontram-se vigiadas por Nadadores Salvadores, salvaguardando toda a segurança dos seus visitantes. 

  • A AJAF - Associação Juventude Acção no Futuro, promove, dia 13 de Julho, o Ateliê Criativo "Vitral" que tem lugar, pelas 14h30, na sede da Sociedade Cultural e Recreativa da Carreira do Mato.

    Os interessados devem fazer a sua inscrição na Junta de Freguesia da sua área de residência ou através do número 960 318 387. As inscrições têm um custo de 3 euros, sendo que o preço inclui os materiais e as peças feitas na aula.

    Esta é mais uma iniciativa integrada no projeto "Juventude Ação na Solidariedade 2013", com o apoio do programa FINABRANTES 2013. 

  • Animação vai ser a palavra-chave das tradicionais festas de verão em Andreus, Sardoal, que vão decorrer de 12 a 14 de julho.

    Na sexta-feira, dia 12, a noite será ao som do grupo “À-Part”. No sábado, destacam-se as atuações da tuna feminina “Cavaleiras de Sellium”, do Instituto Politécnico de Tomar, de “Ruizinho de Penacova” acompanhado pela sua banda e, apartir das 3 horas da madrugada a festa ficará a cargo de DJ Pedro. No domingo à noite, a música estará a carga do duo musical “Piano Vox”.

    Do programa dos festejos consta ainda o Torneio do Teimoso, no sábado, pelas 15 horas, e o Passeio de Motas de Chapa Amarela, no domingo, às 9 horas, ao qual se seguirá um almoço-convívio entre os participantes.
    Todos os dias, a partir das 19h30, haverá serviço de jantares com pratos de cozinha tradicional. 

  • Os Núcleos de Investigação Criminal (NIC) de Tomar, Torres Novas e Santarém, apoiados pelos militares do Destacamento Territorial de Abrantes e Destacamento de Intervenção do Comando de Santarém detiveram, no dia 2, dois suspeitos de tráfico de estupefacientes.

    No âmbito da investigação, os militares deram cumprimento a mandados de busca domiciliária que permitiram apreender: três televisões LCD; 665 euros; dois telemóveis; uma reprodução de arma de fogo; uma pistola de alarme; 101 munições de vários calibres; uma granada de mão; uma balança de precisão e vários artigos relacionados com a preparação/embalagem das doses de produto estupefaciente.

    Durante esta ação foram detidos dois indivíduos, com 23 e 38 anos, e constituídos arguidos dois suspeitos de 26 e 69 anos, e uma mulher de 54 anos. Os suspeitos foram presentes no Tribunal Judicial de Abrantes para primeiro interrogatório judicial e sujeitos a Termo de Identidade e Residência.  

  • O Sistema de Informação da Bolsa de Terras (SiBT) centraliza e divulga informação sobre os prédios e os terrenos baldios disponibilizados na bolsa de terras, nomeadamente área, aptidão agrícola, florestal ou silvopastoril, principais características do solo, eventuais restrições à sua utilização, tipo de cedência pretendida e respetivo valor.

    O Sistema de Informação da Bolsa de Terras (SiBT) já está operacional, podendo ser consultado nos endereços eletrónicos http://www.bolsanacionaldeterras.pt/ ou http://www.anmp.pt/
     

  • Por ocasião das Festas da Cidade de 2013, decorre até domingo, dia 7 de julho, entre as 17h00 e as 24h00 a primeira Feira Agro-florestal, organizada pela Leadersor - Associação para o Desenvolvimento Rural Integrado do Sor, com coordenação e apoio técnico da Aflosor - Associação dos Produtoes Agro-Florestais da Região de Ponte de Sor.

    Esta mostra, na Zona Ribeirinha, junto às Piscinas Municipais Descobertas, visa divulgar um sistema de agricultura diverso, valioso, que envolve uma multiplicidade de pessoas e atividades. A feira pretende ser um espaço vivo em constante animação, com demonstrações, degustações, performances ao ar livre e ainda um colóquio a decorrer no Teatro-Cinema. O evento dirige-se a todos os agentes do setor, agricultores, empresários, técnicos, investigadores, decisores políticos e principalmente ao público em geral. 

  • Iniciou, no dia 1 de Julho, a fase Charlie de Combate aos Incêndios Florestais. O DECIF consagra quatro fases de perigo, cujo período crítico decorre de 1 de julho a 30 de setembro.

    Para este ano, estão disponíveis 237 postos de vigia, 2.172 equipas/Grupos/Brigadas, 1976 viaturas e um total de 9337 operacionais. A composição destes meios passa por um conjunto de entidades, nomeadamente bombeiros, Força Especial de Bombeiros (FEB), GNR, PSP, ICNF e AFOCELCA. No que respeita a meios aéreos prevê-se um total de 45, dos quais 28 helicópteros ligeiros, 8 helicópteros médios, 5 helicópteros pesados e 4 anfíbios.
     

  • A PSP deteve, no dia 6 de Julho, dois homens por condução sob o efeito de álcool. Em Abrantes, o indíviduo de 34 anos, acusou uma taxa de 1,63 gramas por litro. No Entroncamento, o indivíduo de 55 anos, acusou uma taxa de 2,89 gramas por litro.

    Durante o dia de sábado, realizaram-se no Comando Distrital de Polícia de Santarém, operações de prevenção da criminalidade em geral e da sinistralidade rodoviária, em particular. Foram fiscalizadas e controladas por radar 2804 viaturas, foram efetuados 100 testes de despistagem de álcool ao sangue, foram detidos 5 condutores por excesso de álcool e foram detetadas 17 infrações graves por excesso de velocidade controlada por radar.

  • A XX Feira Mostra do Concelho de Mação, que decorreu entre 5 e 7 de Julho, garantiu o sucesso de que se revestiu pela aposta e pelo enorme envolvimento das Associações, Empresas, Artesãos e Serviços do Concelho. 

    Os sete espaços de restauração foram assegurados por Associações do Concelho e os 65 stands foram ocupados maioritariamente por artesãos, Associações, Instituições e Empresas do Concelho.

    A Feira Mostra do Concelho de Mação é o grande evento do Concelho, espaço de encontro e convívio dos naturais e habitantes tendo como objectivo principal mostrar o que este território tem de melhor.

    O programa contemplou todos os gostos e idades. A abertura oficial contou com a Banda da Filarmónica União Maçaense. Tiveram lugar imensas actividades como a Feira do Livro, Cicloturismo, BTT, Jogo da Malha e de Sueca, Futsal, Passeio Pedestre, Canoagem, Encontro de Motorizadas antigas, 3 sessões de autógrafos de autores locais que lançaram livros no último ano, marchas populares, actuação de grupos concelhios, concerto de fim-de-ano dos alunos do Conservatório Firmação, pinturas faciais e insufláveis. O Cartaz Musical esteve a cargo de Hands on Approach e Dried Flowers, na sexta-feira; Quinta do Bill e Planeta Vaca, no sábado e Joana Amendoeira, no domingo.

    Destaque, na tarde de sábado para a Sessão de Empreendedorismo marcada por três importantes momentos, tendo sido homenageadas publicamente as Empresas do Concelho de Mação distinguidas pelo IAPMEI com o Estatuto “PME Líder” e “PME Excelência” 2012. Seguidamente homenagearam-se os alunos da EB2,3/S de Mação, vencedores do Projecto EMPRE Escolas – Empresários na Escola cujo projecto recebeu o prémio de “Melhor ideia empresarial “. Por fim, com a presença do Prof. Doutor David Justino, foi assinado um de Protocolo entre a Câmara Municipal de Mação, Agrupamento de Escolas Verde Horizonte e Universidade Nova, para adesão à Rede de Escolas de Excelência (ESCXEL).

    Na tarde de sábado teve lugar uma interessante Oficina Temática sobre Observação de Aves. Além do interesse do tema percebeu-se que deverá repetir-se no futuro pela riqueza, beleza e diversidade da avifauna do Concelho de Mação.

    O stand dos Produtores do Concelho de Mação, com destaque para a Marca Mação, voltou a ser um sucesso sendo que os visitantes puderam conhecer as mais importantes fileiras de produção do Concelho e provar aquilo que Mação tem para oferecer.

    A colaboração das Associações do Concelho de Mação nas Feira Mostra é de uma importância enorme e a sua participação, em diversas formas, neste evento, deixa a Câmara Municipal de Mação muito reconhecida pois trata-se, sem dúvida de uma mais-valia para o sucesso da Feira Mostra.

    Todas as actividades que integraram a XX Feira Mostra do Concelho de Mação tiveram uma grande participação, tendo algumas tido alteração de horário dadas as altas temperaturas que se fizeram sentir. Para a Câmara Municipal reiterou-se uma vez mais a importância que este evento tem na vida do Concelho e dos Munícipes.
     

  • Após se terem verificado concentrações de alumínio superiores às do valor recomendado na água fornecida pelo sistema de abastecimento de Bemposta, foi aconselhada a população a não beber nem confecionar alimentos com a água até que a situação fosse regularizada, sendo entretanto o seu fornecimento e distribuição sido assegurado através do serviço dos bombeiros. 

    Como medida corretiva, os Serviços Municipalizados adjudicaram a uma empresa externa o fornecimento e instalação de filtro destinado à remoção do alumínio. Após a conclusão destes trabalhos, têm vindo a ser efetuada recolhas de amostras para análises em vários pontos da rede e recorrendo a diversos laboratórios.

    Perante os mais recentes resultados obtidos no Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, informa-nos o Sr. Delegado de Saúde que os valores do alumínio já se encontram dentro dos valores paramétricos estabelecidos na legislação em vigor.

    Nesse sentido, a população de Bemposta pode voltar a ingerir a água que é fornecida pelo sistema de abastecimento público, cuja água é captada no dreno de Arrancada.
     

  • A proposta de deliberação apresentada pela Presidente da Câmara, para aprovação da minuta do contrato da Empreitada de Requalificação da Estrada entre Bemposta e Vale das Mós, foi aprovada por unanimidade em reunião de Câmara de 8 de julho.

    A obra será executada pelo Consórcio Asibel – Asibetumes, num período de 120 dias, pelo valor de 335.607,55€ (trezentos e trinta e cinco mil seiscentos e sete euros e cinquenta e cinco cêntimos), acrescido do IVA a taxa legal em vigor.

    As obras de requalificação irão incidir sobre a faixa de rodagem, bermas, valetas, aquedutos, passagens hidráulicas, restabelecimento de serventias e beneficiação da sinalização vertical, horizontal e equipamento de segurança. 

    No decorrer das obras a circulação será feita alternadamente na zona onde serão executados os trabalhos com a respetiva colocação de sinalização.
     

  • A Câmara Municipal deliberou em reunião de 8 de julho isentar do pagamento de taxas de utilização da Piscina de Ar Livre do Complexo Municipal de Piscinas de Abrantes a instituições do concelho que o solicitaram.

    São elas o Centro de Recuperação e Integração de Abrantes, a Associação de Desenvolvimento Cultural Palha de Abrantes, o Centro Social Juvenil de Nossa Senhora da Esperança, a Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola do 1º Ciclo e Jardim de Infância de Mouriscas, a Santa Casa da Misericórdia de Abrantes (Lar de Infância e Juventude) e a Associação Envolve/União Desportiva Rossiense.
     

  • Concluídas as obras de requalificação, o Jardim-Parque Dr. José Pereira Caldas abre de novo as suas portas ao público, dia 20 de julho.

    Para assinalar a reabertura deste espaço nobre da cidade, a Câmara Municipal do Entroncamento realiza um espetáculo musical que contará com a atuação da Banda da Associação Filarmónica e Cultural do Entroncamento que, como anfitriã, fará o acolhimento a todos os convidados, ou seja, a toda a população do Entroncamento.

    De seguida haverá lugar para um Concerto de Gala, ao ar livre, para que todos possam usufruir desta combinação que se pretende soberba, entre a Natureza e a Música.

    O Concerto, composto por ópera, napolitanas e musicais, contará com a atuação do conceituado tenor Carlos Guilherme, por muitos considerado um dos mais talentosos cantores líricos portugueses que tem encantado plateias inteiras não só em Portugal como no estrangeiro, da acreditada soprano Carla Simões, acompanhados pelo magnífico pianista Pedro de Almeida.

    O evento, com início pelas 21h30, contará, para além da música, com a apresentação ímpar da arte da imobilização, através da participação de estátuas vivas em vários espaços do Jardim-Parque.

  • A Associação Viver entre Amigos vai inaugurar a sua sede social no Centro Comunitário da Atalaia (antiga escola primária), no dia 23 de Julho de 2013, pelas 19 horas.

    Estarão presentes os comités de Geminação de Madone (Itália) Dissay (França), 38 franceses e 13 italianos.

    Do programa consta, pelas 19h, um Porto de honra na sala das geminações, seguido de actuação da Banda da Associação dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha e pelo Rancho Folclórico "Os Pescadores de Tancos".
     

  • O artesanato Vilarregense foi novamente distinguido num certame internacional, desta feita na Feira Internacional do Artesanato (FIA), em Lisboa, com a Menção Honrosa na categoria de Prémio de Artesanato Contemporâneo, com a peça “A Roda”.

    O certame teve lugar na FIL, no Parque das Nações, de 6 a 14 de Julho, e contou com cerca de 140 expositores oriundos de todo o País.

    O artesão José Luís Dias viu assim, uma vez mais, o seu talento reconhecido com a entrega desta Menção Honrosa, numa iniciativa promovida pela AIP – Feiras, Congressos e Eventos em parceria com o IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional.

    Os cesteiros Vilarregenses, que participam anualmente em diversas Feiras de Artesanato por todo o país em representação do Município de Vila de Rei, irão agora estar presentes como expositores na XXIV Feira de Enchidos, Queijo e Mel de 27 de Julho a 4 de Agosto. 

  • A Câmara Municipal do Entroncamento promove, dia 27 de julho, um workshop que consiste na decoração de uma cesta de verga, onde serão utilizadas diversas técnicas de aplicação de materiais decorativos. Aprenderão ainda a forrar a cesta. 

    O resultado final será um moderno e decorativo acessório, muito em voga neste verão, que poderá ser usado tanto na cidade como na praia, de acordo com o gosto de cada formanda, decorada e personalizada pela própria. A combinação da cesta com as restantes peças de vestuário resultará num conjunto de grande elegância feminina.

    A atividade é dirigida a maiores de 16 anos de idade e decorre entre as 14h e as 19h, na Sala de Formação da Cultura, tendo como formadora Paula Sofia Santos. 

    As inscrições têm o valor de 30€ (material incluído) e devem ser efetuadas nos Serviços Culturais da Autarquia, até sexta-feira, dia 19 de julho.
     

  • Cerca de 30 crianças do Concelho de Mação tiveram a felicidade de participar no Festival Panda. Esta oportunidade surgiu pela mão do Projecto I HAVE A DREAM, da blogger Sara Patrão, do blogue Profissão Mãe. Além dos bilhetes para oferecer a 30 crianças do Concelho, teve a colaboração dos sumos Bongo, as Bolas da Praia de Lisboa e a Vaca que Ri. 

    A Câmara Municipal de Mação apoiou esta iniciativa, através do Serviço de Acção Social, e facultou o transporte e acompanhamento das crianças para o Festival Panda onde passaram um dia muito especial e divertido.

    A blogger Sara Patrão, a viver no Concelho de Mação, explica que “quando saí de cidade e vim morar para as beiras apercebi-me da realidade, um interior envelhecido, empobrecido e sem as mesmas oportunidades para as poucas crianças que se atrevem a nascer. Foi aí que pensei e se, por momentos, eu com a ajuda de outros pudéssemos tornar a infância destes miúdos num momento de grande felicidade, algo inesquecível? A ideia tinha nascido...depois pensei, falta um nome para o Projecto e por momentos, pensei em dois homens: Fernando Pessoa e Martin Luther King, as suas palavras ecoaram dentro da minha cabeça. Fernando Pessoa que dizia "Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo" e Martin Luther King, "I have a Dream"...pois todos temos sonhos, e o desejo de realizar sonhos é sempre muito grande. Este Sonho é o de tornar realidade sonhos de crianças com algumas carências, com doenças graves...ou simplesmente crianças que vivam nas zonas "esquecidas de Portugal".

    Além do Blogue Profissão Mãe (www.profissaomae.com) Sara Patrão é ainda a criadora do Portal do Bebé (www.dobebe.com). 
     

  • O Concelho de Vila de Rei recebeu, no fim-de-semana de 13 e 14 de Julho, 70 pessoas pertencentes ao Grupo de Caminhantes CAOS, que aproveitaram para conhecer alguns dos principais pontos turísticos Vilarregenses, numa iniciativa que contou com o apoio da Câmara Municipal de Vila de Rei e de algumas empresas locais.

    O primeiro dia foi marcado pela realização do Passeio Pedestre “Rota das Conheiras”, que liga a Aldeia do Xisto de Água Formosa à Praia Fluvial do Penedo Furado, com paragem no Lagar da Ferrugenta. O grupo de aventureiros partiu depois para o Parque de Campismo Rural do Bostelim, onde pernoitou.

    No segundo dia do fim-de-semana, os participantes puderam optar por realizar um passeio de canoagem, com início e fim na zona balnear da Zaboeira, e rappel, na ponte que liga os Concelhos de Vila de Rei e Ferreira do Zêzere, ou por, no local do descanso da noite anterior, realizar o Passeio Pedestre “Rota do Bostelim”.

    Muitos dos participantes visitaram o Concelho de Vila de Rei pela primeira vez, mostrando-se “fascinados pelas paisagens lindíssimas” e “agradecendo à Câmara Municipal de Vila de Rei pelo apoio e fomentação do melhor que o nosso Portugal tem.”

    Paulo César, Vereador do Pelouro do Turismo, salienta que “a Autarquia de Vila de Rei mostra-se sempre disponível para apoiar iniciativas deste género, que permitem dar a conhecer as maravilhas do nosso Concelho a pessoas que nunca nos visitaram antes e que ficam sempre com vontade de repetir a visita.” 

  • Mação é conhecido pela sua água, pela água em abundância nas muitas nascentes, ribeiras e no privilégio que é ter no Rio Tejo a linha divisória entre o Concelho e o Alentejo. 

    Este ano, Mação oferece três Praias aos habitantes e visitantes do Concelho. A sul, a Praia Fluvial de Ortiga tira partido do curso do Rio Tejo. Mais a norte, a Ribeira do Carvoeiro serviu de mote para a Praia Fluvial com o nome da localidade que a acolhe e este ano, mesmo no norte do nosso Concelho, em Cardigos, encontra-se já pronta a belíssima Praia Fluvial de Vergancinho.

    A nova Praia Fluvial de Vergancinho – Cardigos oferece uma fantástica Zona de banhos, Balneários, Bar de Apoio, Parque de Merendas e Churrasqueira. A Praia Fluvial de Carvoeiro, a única Praia Fluvial com Bandeira Azul na região, enquadrada numa moldura verde, dispõe de Balneários, Bar de Apoio, Parque de Merendas, Churrasqueira e Zona de banhos para adultos e para crianças. A Praia Fluvial de Ortiga dispõe de Bar, Restaurante, Piscina Flutuante, Cais de Embarque, Balneários e Posto Médico. É também possível a marcação de actividades desportivas de ar livre e lazer. Para quem pretende estender a sua permanência, neste local encontra-se em funcionamento o Parque de Campismo de Ortiga, classificado com três estrelas e que conta como mais-valias os altos padrões de qualidade de equipamentos e de serviços prestados.

    Na Vila de Mação encontra ainda a opção de se refrescar nas Piscinas Municipais, que dispõem de espaços verdes, chuveiros, balneários, um bar de apoio e duas Piscinas, contemplando os mais pequenos numa piscina para crianças. 

    "Mação convida! Mação apetece! Este Verão, Mação apetece ainda mais!"
     

  • O protocolo de cooperação assinado em 2011 entre o Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, a CresSer Associação de Desenvolvimento Pessoal e Comunitário e o Município de Abrantes, foi renovado por vontade de todas as partes envolvidas, sendo assim possível dar continuidade, até setembro de 2014, ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido com o projeto de Mediadores Municipais.

    O projeto tem em vista a colocação de Mediadores Municipais nos serviços dos municípios ou em iniciativas de que estes tomem parte, de forma a melhorar o acesso das comunidades ciganas a serviços e equipamentos locais, e promover a comunicação entre a comunidade cigana e a comunidade maioritária, com vista à prevenção e gestão de conflitos.

    Com esta renovação, o Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural será responsável pela comparticipação financeira de 50% e o Município de Abrantes assegura os restantes 50%.

    Recordamos que em Abrantes este projeto tem vindo a ser desenvolvido por uma mediadora municipal de etnia cigana que tem vindo a trabalhar no sentido de promover a vivência entre as comunidades.
     

  • A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, com a colaboração da GNR, identificou e deteve um homem, sem profissão, presumível autor material de um crime de roubo do qual resultou a morte da vítima. 

    A prática delituosa consumou-se no dia 10 de setembro de 2012, em Mação, no decurso de assalto perpetrado na residência da vítima que foi amarrada e sujeita a agressões na região crânio-encefálica, provocando-lhe a morte. 

    Na ocasião foi roubada uma carteira que continha cerca de 140 euros em dinheiro. 

    O detido, de 28 de idade, foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva. 

  •  

     

    19h30

    O incêndio que lavra em Mação foi dominado. No local estão ainda 202 operacionais apoiados por 59 veículos e três meios aéreos.

     

    Histórico da ocorrência

    16:13 Incêndio em Vale de Amêndoa / Aboboreira / Mação
    16:20 Comandante das Operações de Socorro (COS): Comandante do Corpo de Bombeiros de Mação.
    16:20 Incêndio ativo com duas frentes.
    16:42 Acionado Grupo de Reforço para Ataque Ampliado (GRUATA) de Lisboa.
    16:43 Acionado Grupo de Reforço para Ataque Ampliado (GRUATA) da FEB.
    17:30 Incêndio ativo com quatro frentes.
    17:48 Posto de Comando Operacional (PCO) instalado em Vale da Amêndoa (N 39º 35' 25'' W 008º 01' 23'').
    17:56 Acionado Grupo de Reforço para Combate a Incêndios Florestais (GRIF) de Portalegre.
    18:35 Vice Presidente da Câmara Municipal de Mação no Posto de Comando Operacional.
    19:02 Comandante das Operações de Socorro (COS): Comandante Operacional Distrital.
    19:19 Incêndio ativo com uma frente.
    19:26 Incêndio dominado.

     

    18h20

    Deflagrou, esta tarde, um incêndio em Vale de Amêndoa, freguesia de Aboboreira, concelho de Mação.

    O alerta foi dado pouco depois das 16h00, estando o incêndio ainda activo com quatro frentes. No terreno estão 125 operacionais, 35 veículos e quatro meios aéreos. 

  • Octávio Oliveira, até agora presidente do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) foi nomeado secretário de Estado do Emprego. O tramagalense toma posse esta sexta-feira, dia 26 de Julho, ficando na tutela do ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares.

    Licenciado no Instituto Superior de Economia e Gestão, Octávio Oliveira, 53 anos, ex-vereador do PSD na Câmara Municipal de Torres Novas, entre outros cargos, foi vice-presidente do IEFP, director do Centro de Emprego de Torres Novas, director do Centro de Emprego de Picoas, em Lisboa, e director do centro de formação profissional para a indústria da cerâmica das Caldas da Rainha.

  • A PSP de Abrantes, deteve um indivíduo do sexo masculino, com 23 anos de idade, pela prática do crime de tráfico de estupefaciente, tendo-lhe sido apreendidas várias plantas suspeitas de ser “cannábis” numa plantação que o mesmo cultivava e ainda várias folhas prontas para consumo. No mesmo período, foram igualmente intercetados outros três indivíduos do sexo masculino com idades de 37, 45 e 47 anos de idade pela posse de cerca de 65 doses de cocaína.

    A investigação, realizada pelas Brigadas de Investigação Criminal, ocorre no âmbito do plano de combate ao tráfico/consumo drogas desenvolvido no concelho de Abrantes, onde, no decorrer de buscas domiciliárias, foram ainda apreendidos, além do estupefaciente mencionado, vários utensílios próprios para a sua transformação e consumo.

  • O Ministério Público requereu o julgamento em tribunal colectivo de um arguido pela prática de 22 crimes de roubo qualificado ocorridos entre 2010 e 2013, sendo dois deles da forma tentada. Entre os crimes, registam-se os assaltos ao Santander do Rossio ao Sul do Tejo, à Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Tramagal e à Caixa Geral de Depósitos da Chamusca.

    No essencial, ficou indiciado que este arguido se dedicava sistematicamente a assaltos a dependências bancárias como modo de vida. Utilizava armas com a aparência de armas de fogo a fim de intimidar as pessoas, os disfarces habituais e a partir de certa altura passou a usar uma máscara de látex/silicone e uma cabeleira.

    O arguido encontra-se em prisão preventiva, tendo a investigação sido dirigida pela Unidade Especial de Combate ao Crime Especialmente Violento (UECCEV) do DIAP de Lisboa e executada pela Unidade Nacional de Combate ao Terrorismo (UNCT) da PJ.

    De acordo com a prova indiciária o arguido subtraiu as seguintes quantias em dinheiro nos assaltos a dependências bancárias:

    - No dia 26.02.10 à Caixa Geral de Crédito Agrícola Mútuo sita na Foz do Arelho, a quantia de 5.890 euros.
    - No dia 1.07.10 à Caixa de Crédito Agrícola sita em Alfeizerão, a quantia de 6.686,96 euros.
    - No dia 6.05.11 à Caixa de Crédito Agrícola sita na Póvoa da Galega, a quantia de 1.445,00 euros.
    - No dia 11.06.11 à Caixa de Crédito Agrícola sita em Évora de Alcobaça, a quantia de 1.900,00 euros.
    - No dia 24.06.11 ao balcão do “Santander” sito em Arruda dos Vinhos, nada tendo conseguido subtrair em virtude do retardamento de abertura do cofre.
    - No dia 29.06.11 ao balcão do BES sito em Mafra, a quantia de 75,00 euros. 
    - No dia 5.07.11 ao balcão da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo da Guia, a quantia de 6.840,00 euros.
    - No dia 9.09.11 ao balcão do BPN sito em Portomar, Mira, a quantia de 11.200,00 euros.
    - No dia 28.12.11 na loja do posto de abastecimento da área de serviço de Quiaios, a quantia de 165,00 euros.
    - No dia 12.01.12 à Caixa de Crédito Agrícola Mútuo na estrada nacional, em Calvão, a quantia de 4.620,00 euros.
    - No dia 22.02.12 ao balcão do BPN sito em Monte Redondo, Leiria, a quantia de 6.693,00 euros.
    - No dia 15.05.12 ao balcão do BPN sito em cabaços, Alvaiázere, a quantia de 9.070,00 euros.
    - No dia 18.10.12 à Caixa de Crédito Agrícola Mútuo na Pampilhosa, Mealhada, a quantia de 6.700,00 euros.
    - No dia 4.02.13 à Caixa Geral de Depósitos sita na urbanização da Cruzinha, Abrigada, a quantia de 6.805,00 euros.
    - No dia 4.02.13 à Caixa Geral de Depósitos sita em Monte Redondo, a quantia de 2.045,00 euros.
    - No dia 4.02.13 ao balcão do BIC sito em Amião, a quantia de 1.280,00 euros.
    - No dia 22.02.13 ao balcão do “Santander” sito no Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes, onde não havia numerário em caixa.
    - No dia 19.03.13 à Caixa de Crédito Agrícola Mútuo sita no Tramagal, Abrantes, a quantia de 5.568,00 euros.
    - No dia 21.03.13 ao balcão da Caixa Geral de Depósitos sita na Chamusca, a quantia de 2.050,00 euros.
    - No dia 21.03.13 ao balcão do BIC sito em Cabaços, a quantia de 2.300,00 euros.
    - No dia 19.04.13 à Caixa de Crédito Agrícola Mútuo sita Carapinheira, Montemor-O-Velho, a quantia de 9.434,05 euros.

     

  • No âmbito de um processo de investigação criminal que decorre há 40 dias, foi efetuada, no dia 23 de Julho, uma busca domiciliária à residência de um indivíduo de 24 anos de idade, por suspeita de furto ocorrido no Entroncamento.

    Resultaram da busca domiciliária a apreensão de várias dezenas de munições de diversos calibres, bem como algumas armas brancas e material tipo militar (espoletas, minas antipessoal) e também algumas substâncias suspeitas de ser “canábis”.

    Ainda no decorrer da busca domiciliária, verificou-se que residia outro homem, também de 24 anos de idade, que tinha em seu poder cinco plantas de um produto também suspeito de ser “canábis”, além de uma quantidade já em folhas suficiente para doze doses individuais de produto, igualmente suspeito de ser “canábis”.

  • Os Quatro Cantos do Cisne comemoram 19 anos de existência. A Associação para o Desenvolvimento Social e Comunitário IPSS e Associação Juvenil estão sediados em Pereira, Santa Margarida da Coutada, Concelho de Constância. De registar a sua evolução.

    A Criação de Emprego tem sido uma referência da instituição. É uma das maiores empregadoras do concelho de Constância, contando hoje com 49 postos de trabalho.

    Também o voluntariado cresceu muito nesta instituição, sendo o número de horas registadas nos últimos anos a confirmação do envolvimento com a comunidade local. Uma IPSS deverá sempre ter conta a comunidade e onde está inserida e a participação na dinâmica da instituição será sempre um sinal de proximidade e complemento da Missão d’ Os Quatro Cantos do Cisne. Em 2013, os QCC registaram 3388 horas anuais de voluntariado.

    Em termos Internacionais, OQCC apresenta-se como a “estrada” que trouxe mais diversidade cultural ao concelho de Constância, colaborando em atividades regulares e pontuais, nomeadamente no âmbito de Intercâmbios acolhidos em Constância, Formações/seminários no âmbito da Juventude Europeia e financiamentos Europeus, Campos de Trabalho Internacionais e Serviço de Voluntariado Europeu. Em números, e focando só os que foram acolhidos em Constância, contabilizam-se 250 Intercâmbios Internacionais, 50 Seminários/formações, 70 Serviços de Voluntariado Europeu e 50 Campos de Trabalho Internacional.

    De sublinhar ainda o crescimento do património, onde se têm desenvolvido várias atividades diárias (profissional e voluntária). Os QCC dinamizam hoje diversas valências, sendo que o património aumentou de 196.010,51€ (2002) para 303.113,68€ (2012).

    Os Quatro Cantos do Cisne pretendem continuar a servir Constância a todos os níveis e fazem questão de agredecer a todos os que ao longo destes 19 anos têm contribuído para que os números apresentados se tenham tornado uma realidade.
     

  • O Município de Vila de Rei e a Pinhal Maior organizam, pelas 19 horas do dia 1 de Agosto, uma iniciativa de Showcooking com a presença do Chefe Luís Jesus.

    O evento, inserido na programação da XXIV Feira de Enchidos, Queijo e Mel, terá lugar no Parque de Feiras de Vila de Rei e consistirá numa demonstração culinária com base nos produtos regionais Vilarregenses.

    Esta acção de Showcooking permitirá que o público presente possa assistir à confecção de pratos elaborados com ingredientes locais, ao mesmo tempo que possibilita a interacção com o Chefe presente.

    Luís Jesus é actualmente Chefe de Cozinha no Restaurante Nortada, em Sintra, tendo já desempenhado igualmente funções no Hotel Meliã, na Costa da Caparica, no Praia Caffé, na Praia da Torre e no Jardim do Marisco, no Parque das Nações, entre outros. 

  • Montalvo recebe de 2 a 4 de Agosto a terceira edição do B’JICA, que terá pela primeira vez a Quinta da Dona Maria como palco. O objectivo deste festival passa pela apresentação de bandas e artistas regionais e grandes nomes do panorama nacional português, apoiando, também, novos projectos locais. 

    Desta panóplia musical fazem parte bandas de covers, originais e Dj’s. Este festival pretende ser plural, contando com bandas locais e regionais, que começam já a dar provas do sucesso e da sua qualidade a nível nacional. Estes artistas enriquecem o cartaz do evento com os seus diversos estilos musicais, todos os dias, a partir das 21 horas no recinto. 

    No primeiro dia do evento, 2 de Agosto, (sexta-feira), a noite fica a cargo de bandas e artistas que nasceram na nossa região, começando pelos Dog Days, que apresentam um espectáculo de originais onde o som é à base de Rock n’ roll.

    Diversas influências musicais tornam o espectáculo dos abrantinos Kwantta enérgico, único e peculiar. A sonoridade desta banda de originais é difícil de definir num único estilo. O primeiro álbum da banda será lançado brevemente com o título “Casa Real”.

    A banda de Rock The Kaviar é uma das presenças fortes deste cartaz. Um projecto da nossa região que já deu cartas a nível nacional, pisando palcos de grandes salas e festivais, como o Optimus Alive e a Aula Magna. Ainda na sexta-feira, contamos com a presença do músico O Pacifico Orgulho em Ti e o Dj X_Acto Live Set.

    O segundo dia do B’JICA, 3 de Agosto, (sábado), começa mais cedo, com a Beer Parade, às 16 horas, na Quinta da Dona Maria. Mais um ano em que os ingredientes se juntam para animar a avenida principal de Montalvo. Espuma, cerveja e muita música prometem ser o arranque para mais uma grande noite de festival.

    Rock em Stock pisam o palco com uma actuação de tributo ao Rock português. De seguida, os RAD trazem-nos um som mais pesado. Rui Duarte, vocalista da banda é já conhecido do grande público, uma vez que se trata do frontman dos RAMP, considerada uma das maiores bandas de metal do nosso país.

    Trêsporcento é o grande nome nacional deste dia. Esta banda já passou pelo Palco Antena 3, no Super Bock Super Rock, e continuam a rodar na playlist desta rádio. A noite segue com os Dj’s Stormers, ao som do seu Electro House, Dubstep e Drum&Bass.

    O último dia do festival recebe os Hollow Page. Num estilo musical que se enquadra no Pop Rock, esta é mais uma banda de originais do concelho de Abrantes a pisar o palco do B’JICA. Os Monstro apresentam-nos um brilhante tributo a Ornatos Violeta. Os Ornatos ficaram conhecidos por terem sido uma das grandes bandas portuguesas de rock alternativo. O artista “O Martim”, “cansado de viver em constante anestesia”, preferindo “ser cozinhado em banho maria”, é outro dos nomes nacionais que anima a última noite deste evento. 

    O festival encerra com a performance do Dj Barral, que irá criar uma atmosfera de diversão.
     

  • No âmbito da candidatura ao programa FINABRANTES - medida 5 Eventos, a AJAF - Associação Juventude Ação no Futuro, em parceria com entidades locais, promove o "Festival Rural" na freguesia do Souto, nos dias 3, 4, 15, 16, 17 e 18 de Agosto. 

     

  •  

    19h26

    O incêndio em Atalaia, Vila Nova da Barquinha, está dominado. No terreno estão ainda 235 operacionais, apoiados por 68 veículos e quatro meios aéreos.

     

     

    Histórico da ocorrência

    16:39 Incêndio em Atalaia, Vila Nova da Barquinha
    17:15 No Teatro de Operações (TO), encontra-se a atuar um Helicóptero Bombardeiro do Agrupamento Complementar de Empresas do Grupo Portucel Soporcel e do grupo ALTRI (AFOCELCA).
    17:25 Comandante das Operações de Socorro (COS): Comandante do Corpo de Bombeiros de Vila Nova da Barquinha.
    17:25 Incêndio ativo com uma frente.
    17:35 Acionado Grupo de Reforço para Ataque Ampliado (GRUATA) da Força Especial de Bombeiros (FEB).
    17:58 Posto de Comando Operacional (PCO) instalado em Zona Industrial de Atalaia (N 39º 30' 02'' W 008º 25' 34'').
    18:08 Comandante das Operações de Socorro (COS): 2º Comandante Operacional Distrital de Santarém.
    18:10 Incêndio ativo com duas frentes.
    18:20 Acionada uma Equipa do Grupo de Análise e Uso do Fogo.
    19:14 Incêndio Dominado.
    19:15 Incêndio ativo com duas frentes.
    19:17 Presidente da Câmara Municipal da Barguinha no Posto de Comando Operacional (PCO).
       

     

    19h20

    O incêndio em Atalaia, Vila Nova da Barquinha, está agora activo com duas frentes. No terreno estão 235 operacionais, apoiados por 68 veículos e quatro meios aéreos.

     

    18h40

    Deflagrou, esta tarde, um incêndio em Atalaia, Vila Nova da Barquinha.

    De momento, com duas frentes, está a ser combatido por 201 operacionais, apoiados por 56 veículos e quatro meios aéreos.

  • Um veículo dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha ardeu, ontem, dia 30 de Julho, durante o combate ao incêndio que deflagrou em Atalaia.

    "Trata-se de um veículo rural de combate a incêndios, com capacidade para três mil litros" e que "terá avariado e bloqueado, obrigando os bombeiros a abandoná-lo. Não há feridos a registar", explicou Joaquim Chambel, comandante Distrital de Operações e Socorro de Santarém. 

  • A Festa de Alcaravela (antiga Feira-Mostra) vai decorrer entre 16 e 18 de agosto, em Santa Clara, sede de freguesia, organizada em conjunto pelas coletividades locais.

    Pretende-se com isto mobilizar esforços, rentabilizar recursos e promover um espírito de união e envolvimento ativo das associações em torno de um objetivo central.

    Do programa destacam-se a “Resistência de 50’s”, com motorizadas de 50cc, no sábado, dia 17, a partir das 14 horas, e a Tarde de Folclore, no domingo, às 17h30m, com as atuações dos Ranchos Folclóricos “Os Resineiros” de Alcaravela e da Casa do Povo de Tramagal. 

    Nos festejos incluem-se ainda os habituais e animados bailaricos, solenidades religiosas em louvor à Padroeira, Santa Clara, quermesse, jogos e tiro de pressão de ar. 

    Como sempre, Alcaravela destaca-se pela qualidade da sua gastronomia, havendo tasquinhas a funcionar em permanência, com serviço de jantares. 

  • A aldeia de Entrevinhas (Sardoal), conhecida pelo seu núcleo de Moinhos de Vento, vai viver três dias de animados festejos, entre 9 e 11 de agosto. Designado “Festa da Cabra”, o evento conta com uma vertente gastronómica de relevo, com um Concurso de Arroz Doce e uma “Tarde do Caracol”.

    De destacar as diversas atividades desta festa. No sábado, dia 10, a partir das 16 horas, terá início a “Tarde do Caracol” e uma hora depois decorrerá o Concurso de Arroz Doce. Às 21 horas as atenções centrar-se-ão no Touro Mecânico, que promete momentos muito divertidos aos participantes. No domingo à tarde, a partir das 17 horas, terão lugar os “Jogos da Troika”, que primam pela surpresa…. 

    A animação musical na sexta-feira e no domingo, dias 9 e 11, a partir das 22 horas, estará a cargo de Carlos Catarino. No sábado, será assegurada pelo conjunto “Street Band”. 

    Todos os dias haverá serviço de jantares com pratos de cozinha regional, como as tradicionais sopa da pedra e feijoada bruta. 

  • A GNR de Vila Nova da Barquinha, após ter recebido denúncia de uma burla que ocorreu no passado dia 30 de julho, iniciou diligências policiais no sentido de identificar a autora do crime, o que acabou por acontecer pelas 9 horas do dia 31. 

    A detenção ocorreu em flagrante delito, quando a suspeita, de 35 anos, entretanto sujeita a termo de identidade e residência, tentou levar a cabo um novo crime e foi abordada pelos militares. Foram detetadas na posse da suspeita diversas peças em ouro, dois telemóveis e dinheiro.  

  • Vila Nova da Barquinha recebeu, no passado fim-de-semana, um conjunto de actividades que integravam o programa do segundo Mercado Ribeirinho deste ano. O último mercado irá acontecer em Abrantes, na margem Sul do Aquapolis nos dias 30, 31 de Agosto e 1 de Setembro com uma panóplia de actividades.

    Sob a temática artes, o Barquinha Parque acolheu iniciativas dinamizadas por actores locais como o cinema ao ar livre, em que foram integrados na noite de sábado documentários sobre actividades económicas, religião, e outras características dos territórios das margens do rio Tejo. 

    As danças de salão marcaram, claramente, a noite de sexta-feira que contou também com os representantes das localidades de Dissay, Madone e Santa Catarina do Fogo geminadas com Vila Nova da Barquinha. As aulas de zumba e de fitness encheram e fizeram mesmo as senhoras menos equipadas para o efeito mexerem a todo o ritmo. No domingo, estiveram também alguns artistas a pintar no parque. Para as crianças havia dois insufláveis nas tardes de sábado e domingo, fazendo a delícia dos mais pequenos. 

    Origami em papel ou plástico, bordados, rendas, crochet sabonetes artesanais, peças em arame trabalhado, bijutaria, cestos de palha, malas, miniaturas em latão, objectos de retalhos, mel, vinho, azeite e doces compuseram a mais de 20 bancas em representação do artesanato da região, umas peças mais tradicionais outras mais contemporâneas, no mercado de produtos locais e artesanato que foi um espaço permanente neste evento. 

    No panorama musical, a actuação Grupo Coral de Tancos teve casa cheia no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, na tarde de sábado. Após o grupo Arregaita ter animado o Bar dos Plátanos pela noite de sexta-feira a dentro. O Dj Tomezine fez um set de fim de tarde e VicJames aqueceu o início da noite de sábado, que terminou com o Dj Mossy, acompanhado por Alex numa estreia como Vj. Já no domingo o artista Ricardo Monteiro fechou a tarde com pequenas couvers. 

    Tasquinhas, exposição, música, cinema ao ar livre, mercado de produtos locais e muitas mais actividades animarão o próximo Mercado Ribeirinho, sob o tema gastronomia tradicional a realizar em Abrantes na margem Sul do Aquapolis no último fim-de-semana do mês.

    Os Mercados Ribeirinhos são uma iniciativa da TAGUS em parceria com os municípios de Constância, Vila Nova da Barquinha e Abrantes, no âmbito da estratégia de eficiência colectiva PROVERE - Mercados do Tejo - Rede para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia do Tejo" e Co-financiado pelo QREN, Mais Centro - Programa Operacional Regional do Centro e União Europeia e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e têm como objectivo o restabelecimento dos mercados em rede nos antigos portos fluviais e promover a identidade da região. 

  • Mação oferece, de 3 de Agosto a 8 de Setembro, nos restaurantes aderentes do concelho, pratos regionais de Arroz.

    O Festival do Arroz traz à mesa o arroz combinado nos pratos mais tradicionais, envolvido pelos temperos e cheiros únicos do Concelho de Mação.

    Aquando da elaboração da Carta Gastronómica de Mação, a Autarquia percebeu que o arroz apareceu desde sempre nas nossas mesas, acompanhado de carne ou peixe e em todas as situações, para bebés, doentes, em casamentos e em todas as festas, na versão mais doce.

    Aparece, assim, o Festival do Arroz, para todos os que o apreciam nas imensas variedades em que pode ser servido. Esta situação comprova-se com o facto de Portugal ser o maior consumidor de arroz de toda a Europa, sendo que cada português come, em média, 15 kg de arroz por ano.

    A Câmara Municipal de Mação lança assim a questão: Há quanto tempo não prova um arroz de cabidela, de bucho, ou mesmo de bacalhau? E arroz doce? 

    As informações sobre os pratos e restaurantes estarão disponíveis em www.cm-macao.pt a partir de 2 de Agosto.

    De 3 de Agosto a 8 de Setembro todos podem apreciar o Festival do Arroz e desfrutar das excelentes Praias Fluviais do concelho de Mação.
     

  •  

  • Uma fotografia dos Bombeiros Municipais de Sardoal integra o lote de 11 vencedoras no Concurso Internacional, promovido pela Holmatro Rescue World, e vai fazer parte do Calendário 2014 desta prestigiada empresa global, a ser distribuído à escala mundial, por Corporações de Bombeiros, entidades da Proteção Civil, firmas e agentes da especialidade e não só.

    O instantâneo em causa é da autoria do fotógrafo sardoalense Paulo Sousa e foi captado a pedido dos “soldados da paz”, em junho último, no cenário natural dos Moinhos de Vento, na aldeia de Entrevinhas.

    Este Concurso pretende mostrar os equipamentos de socorro dos Bombeiros, tendo em fundo cenários de referência histórica/cultural ou paisagística de cada país, e a ele se candidataram centenas de corporações de largas dezenas de países. A intenção será divulgar os equipamentos de resgate e emergência, utilizados à escala universal pelas Brigadas Especializadas de Bombeiros.

    Os Bombeiros de Sardoal representam Portugal neste projeto, fazendo parceria com outros dez países vencedores: Austrália, Bélgica, China, República Checa, Lituânia, Luxemburgo, Macedónia, Mongólia, Namíbia e Sultanato de Omã. A foto portuguesa consta em primeiro lugar na lista divulgada pela empresa.

    Cada uma das 11 fotos vencedoras vai ilustrar um mês do referido calendário. O 12.º caberá à própria Holmatro.
    Em breves palavras a Holmatro Group é uma empresa global de ativos, com 40 anos de existência, que possui sedes administrativas em Inglaterra, China e Polónia. As instalações de produção estão situadas na Holanda e Estados Unidos.

    Esta empresa projeta, desenvolve e fabrica produtos hidráulicos inovadores e de avançada tecnologia para socorrismo e técnicas de resgate de vidas humanas. Os seus equipamentos são utilizados por milhares de Corporações de Bombeiros em todo o mundo. 

  • Largos milhares de pessoas estiveram presentes em Vila de Rei, entre 27 de Julho e 4 de Agosto, durante a realização da XXIV Feira de Enchidos, Queijo e Mel, visitando os cerca de 110 expositores do certame.

    Durante nove dias, o Parque de Feiras de Vila de Rei recebeu o melhor da gastronomia e artesanato, diversas exposições, a Feira do Livro, um programa desportivo variado e alguma da melhor música nacional.

    O evento foi inaugurado na tarde de 27 de Julho, com a presença do Secretário de Estado da Administração Local, António Leitão Amaro, e da Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Irene Barata, que, após a recepção oficial no Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho, realizaram uma visita a todos os expositores do evento.

    O público aderiu em massa logo no primeiro fim-de-semana desta iniciativa, com milhares de pessoas a visitarem desde logo o certame. O espaço perto do palco principal do evento juntou também muito público para as actuações dos cabeças-de-cartaz Augusto Canário e Amigos e Miguel Araújo. 

    A programação musical da XXIV Feira de Enchidos, Queijo e Mel confirmou-se, uma vez mais, um sucesso durante todo o evento. Os restantes cabeças-de-cartaz, Graciano Ricardo, Quim Barreiros, João Só e Abandonados, Mafalda Arnauth e The Gift foram brindados com um banho de multidão durante os seus espectáculos.

    As actuações do Rancho Folclórico do CIRE, Grupo de Cantares Regionais de Sta. Maria dos Olivais, Grupo de Concertinas da Casa do Benfica de Vila de Rei, Grupo de Cantares da Amêndoa, Villa d’el Rei Tuna, Rancho Folclórico “Os Canteiros” da Pedreira e Grupo de Cantares “A Bela Serrana”, assim como as bandas locais Nelson António, Sem Filtro, Mário Jorge, Rui Miguel e Novo Ritmo, foram também presenciadas por bastante público.

    O certame contou com um variado programa desportivo, que contou também com a participação de centenas de pessoas. O Encontro de Motas Clássicas e Motorizadas, Torneio de PES 13, Passeio de Canoagem, Torneio de Minigolfe, Descida de Carrinhos de Rolamentos, Torneio de Sueca, Passeio BTT Nocturno, Torneio de Chinquilho, Torneio Inter-Associações de Futebol de 7 e Olimpíadas Populares deram também um importante contributo para o êxito da XXIV edição da Feira.

    A programação do evento foi ainda enriquecida com a inauguração da Exposi&