Home »
01 OCT 2018
Geopark Estrela em perspetiva para 2019
Por Jornal Abarca
Na candidatura apresentada são referenciados 124 pontos de interesse geológico relevante, mas há que destacar pela sua importância o vale glaciário do Zêzere, as colunas graníticas do Covão do Boi e a Lagoa Seca.
 
A serra, olhando-a na sua beleza austera e projetada no perfil recortado dos montes, além de uma oferenda ao olhar, é agora o próprio presente a dar-se ao futuro na forma de um geoparque. Aqueles impressionantes blocos de granito rugosos e compactos modelados pelo gelo, por vezes cheios de estranhas cronologias, são também um livro aberto sobre passados remotos. (...)
 
“Entregámos já a candidatura do Geopark Estrela em novembro de 2017, este ano, em junho, o território foi visitado por dois peritos da UNESCO, em setembro houve nova visita, e até à primavera de 2019 será tomada uma decisão em relação ao reconhecimento da Serra da Estrela como geoparque da rede mundial de geoparques da UNESCO”, afirma Emanuel de Castro (...)
 
A ideia é a de que o pensamento a nove (os nove municípios da serra), estando cada um a remar para o seu lado, dê lugar a uma perspetiva que ganhe escala, coesão, missão, transversalidade e valor acrescentado.
 
Poderá ler o resto da reportagem na edição em papel do Jornal Abarca, disponível nos postos de venda habituais.
(0) Comentários
Escrever um Comentário
Nome (*)

Email (*) (não será divulgado)

Website

Comentário

Verificação
Autorizo que este comentário seja publicado



Comentários

PUB
crónicas remando
PUB
CONSULTAS ONLINE
Interessa-se pela política local?
 81%     Sim
 19%     Não
( 204 respostas )
© 2011 Jornal Abarca , todos os direitos reservados | Mapa do site | Quem Somos | Estatuto Editorial | Editora | Ficha Técnica | Desenvolvimento e Design