Home »
04 FEV 2020
Um Drama Sem Fim à Vista
Por Jornal Abarca
Foto: Jesus Batista
Foto: Jesus Batista

De Alcanena a Abrantes, passando por Torres Novas ou Tomar, os efeitos da poluição têm gerado várias reacções dos populares que não se conformam com o mau ambiente em que são obrigados a viver. No rio Nabão, os crimes ambientais parecem não ter fim à vista.

São imagens chocantes, mas que se repetem vezes sem conta. No final de Janeiro a espuma voltou a cobrir as águas do Nabão, mas parece não cobrir de vergonha os poluidores que vão abusando cada vez mais da passividade das autoridades. (...)

Américo Costa é taxativo: “Andei quatro anos a lutar e a senhora Presidente da Câmara desmentia-me”, lamenta. Queixa-se de que a estratégia da autarquia passou por o desacreditar: “Parecia que se eu não falasse o rio estava limpo”, ironiza. Por isso, diz, “a Câmara Municipal de Tomar foi cúmplice disto tudo”. 

Poderá ler o resto da reportagem na edição em papel do Jornal Abarca, disponível nos postos de venda habituais.

(0) Comentários
Escrever um Comentário
Nome (*)

Email (*) (não será divulgado)

Website

Comentário

Verificação
Autorizo que este comentário seja publicado



Comentários

PUB
crónicas remando
PUB
CONSULTAS ONLINE
Interessa-se pela política local?
 81%     Sim
 19%     Não
( 212 respostas )
© 2011 Jornal Abarca , todos os direitos reservados | Mapa do site | Quem Somos | Estatuto Editorial | Editora | Ficha Técnica | Desenvolvimento e Design