Home »
05 MAR 2022
REPORTAGEM | "Um Museu da Ibéria"
Por Jornal Abarca

Ao MIAA o Tejo ajuda a dar-lhe perspetiva. Tem grandeza interior, força histórica e impressiona os sentidos. Elencar o que o museu que Abrantes oferece agora a Portugal e à Ibéria é um exercício que nos obriga a referir desde logo, e com método e critério, isto: está ali a nata da nata, e nada do que por lá se expõe é menos do que essencial.

Elencar o que o museu que Abrantes oferece agora a Portugal e à Ibéria é um exercício que nos obriga a referir desde logo, e com método e critério, isto: está ali a nata da nata, e nada do que por lá se expõe é menos do que essencial. E é transversal à História, à Geografia e à evolução de ser humano por elas: no museu vai-se do estritamente local e ínfimo dos montes e vales de Abrantes e do Médio Tejo, a uma abrangência e a um envolvimento que contemplam o Mar Mediterrâneo, a Europa, o Médio Oriente, a China, o Mundo e, enfim, o homo sapiens sapiens, cuja evolução ali é retratada com grande rigor, pertinência e fundamentação, e em admiráveis reflexões complementares sobre a nossa condição de hominídeos já tardios. O museu tem fascínio e merece a nossa admiração tal como, acredito, merecerá o reconhecimento da esmagadora maioria dos seus visitantes. (...)

Poderá ler a reportagem completa na edição em papel do Jornal Abarca, disponível nos postos de venda habituais.

(0) Comentários
Escrever um Comentário
Nome (*)

Email (*) (não será divulgado)

Website

Comentário

Verificação
Autorizo que este comentário seja publicado



Comentários

PUB
crónicas remando
PUB
CONSULTAS ONLINE
Interessa-se pela política local?
 73%     Sim
 27%     Não
( 339 respostas )
© 2011 Jornal Abarca , todos os direitos reservados | Mapa do site | Quem Somos | Estatuto Editorial | Editora | Ficha Técnica | Desenvolvimento e Design