Home »
04 JUN 2018
Os Quatro Inventores da Escola de Alcanena
Por Jornal Abarca

Quatro alunos de Alcanena criaram pellets, combustível para caldeiras industriais, menos poluente e mais económico. Tornaram um projecto de escola num caso de estudo para as empresas. Receberam uma bolsa para investigação mas é curta para levar o projecto mais além.

O entusiasmo com que os quatro alunos que compõem o grupo P-Improvers nos recebem na Escola Secundária de Alcanena é notório. Inês, Maria, Rodrigo e Rui Pedro falam de pellets com a naturalidade de quem trata um assunto banal mas a verdade é que, há oito meses, nenhum deles imaginava o que são ou para que servem. Pellets são um combustível sólido de granulado de resíduos prensados que serve como fonte de energia para caldeiras industriais. No fundo, pellets é lenha. (...)

A ideia inicial passou por produzir um retardante de chamas de cortiça, centrados na problemática dos incêndios que afectaram Portugal em 2017, e chegaram a reunir com os Bombeiros Municipais de Alcanena, acabando por seguir outra via. (...)

Mas como os custos são elevados, enviaram “muitos e-mails para várias universidades” de forma a poderem utilizar as suas instalações nos testes, sem nunca obterem uma resposta concreta. (...) Realizaram o ensaio com a ajuda de uma engenheira especializada e até se tornar real, o pellet passa por vários procedimentos de produção. (...)

A ideia do projecto P-Innovation é a de “criar uma economia circular dentro da própria empresa”.

Poderá ler o resto da reportagem na edição em papel do Jornal Abarca, disponível nos postos de venda habituais.

(0) Comentários
Escrever um Comentário
Nome (*)

Email (*) (não será divulgado)

Website

Comentário

Verificação
Autorizo que este comentário seja publicado



Comentários

PUB
crónicas remando
PUB
CONSULTAS ONLINE
Interessa-se pela política local?
Sim
Não
© 2011 Jornal Abarca , todos os direitos reservados | Mapa do site | Quem Somos | Estatuto Editorial | Editora | Ficha Técnica | Desenvolvimento e Design