Home »
03 SET 2020
REPORTEGEM: "Dona Amélia"
Por Jornal Abarca

Luís Agudo decidiu reabilitar um edifício histórico de Abrantes e dar-lhe nova vida respeitando o passado. O palacete que outrora pertenceu a Solano de Abreu é agora uma guesthouse que mantém o espírito do século XIX. O proprietário fala também de como pretende trazer os abrantinos até ao espaço.

Quem entra em Abrantes, junto ao quartel, nota agora num palacete que brilha. Mas, até há pouco tempo, a Villa Maria Amélia, nome de baptismo dado por Solano de Abreu, estava devoluta e a ameaçar tornar-se num embaraço paisagístico na cidade. “Foi a beleza inquestionável deste palacete e a paixão a esta cidade, onde nasci e cresci, que me levaram à criação deste projecto”. É assim que Luís Agudo, 60 anos, se apresenta ao público na página oficial da Dona Amélia. (...)

Durante um ano, num projecto familiar em que se envolveram a mulher, a filha e os enteados, renovou a casa exclusivamente com “capitais próprios”. O mais importante, garante, era respeitar a história do local: “Era impensável modificar as linhas arquitectónicas”, declara peremptoriamente. (...)

Luís Agudo acredita que algo tem de ser feito para que as pessoas fiquem nas terras em vez de passarem por lá. “Faz-me lembrar quando foi a Expo’98 e havia os passaportes com os carimbos. As pessoas andavam a coleccionar carimbos e muitas vezes nem visitavam os pavilhões”, compara. “A estadia não pode resumir-se à pessoa chegar às 18h e no outro dia de manhã ir embora”. Para inverter essa tendência, acredita, tem de existir uma estratégia concertada para a região: “Temos de tirar partido disto. Por exemplo, quem vem de Vila de Rei para Abrantes vem pela variante nova e não vai dentro do Sardoal”, onde passa a rota original da EN2. (...)

Poderá ler o resto da reportagem na edição em papel do Jornal Abarca, disponível nos postos de venda habituais.

(0) Comentários
Escrever um Comentário
Nome (*)

Email (*) (não será divulgado)

Website

Comentário

Verificação
Autorizo que este comentário seja publicado



Comentários

PUB
crónicas remando
PUB
CONSULTAS ONLINE
Interessa-se pela política local?
Sim
Não
© 2011 Jornal Abarca , todos os direitos reservados | Mapa do site | Quem Somos | Estatuto Editorial | Editora | Ficha Técnica | Desenvolvimento e Design